Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Ciclo Clássicos da Poesia Brasileira do séc. XX

9, 18 e 25 Mar 2013 - 18:00 às 19:00
8 e 15 Abr 2013 - 18:00 às 19:00
6, 13 e 20 Mai 2013 - 18:00 às 19:00

Sala Luís de Freitas Branco

Duração 1 hora
Entrada Livre mediante inscrição
 

 


«Garrett incitou os poetas do Brasil a libertarem-se dos modelos europeus. E a verdade é que a partir do Parnaso Brasileiro (1829-1932) de Januário da Cunha Barbosa, por sinal inspirado pelo Parnaso Lusitano (1826), começou a ser mais notório o "abrasileiramento" poético que o modernismo tão explicitamente reclamaria. […] uma poesia que só por limitações da comunicação ou por estupidez nacionalista não é lida e estudada em Portugal como devia ser. […] Mais próximos ou mais afastados da tradição poética da língua portuguesa, escrita e oral, mais voltados para a terra e para a gente do Brasil ou para o homem universal, poetas como Bandeira, Drummond, Cecília, João Cabral, etc., dão boa conta do que pode a língua de Camões e de Pessoa, e, na diversidade e complexidade da sua arte verbal, ajudam-nos a enfrentar a diversidade e a complexidade da vida e do mundo.»

Professor Arnaldo Saraiva 

Programa

1.ª sessão Manuel Bandeira
2.ª sessão Cecília Meireles
3.ª sessão Carlos Drummond de Andrade
4.ª sessão João Cabral de Melo Neto
5.ª sessão Augusto Campos
6.ª sessão Alexei Bueno
7.ª sessão José Costa Leite (e os poetas de cordel)
8.ª sessão Caetano Veloso (e os poetas da canção)

 

Entrada Livre mediante inscrição prévia para: