Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

OCTA PUSH REPRESENTAM PORTUGAL EM NAIROBI 1º ÁLBUM SAI EM JUNHO PELA INGLESA SENSELESS

 

Num projecto comissionado pelo The Goethe Institute, "10 Cities" serão palco, até 2014, de uma experiência multicultural única que juntará músicos e produtores de música electrónica e cultura club (5 cidades europeias e 5 africanas).

 

Depois de Angola, Lagos e Joanesburgo, Nairobi será a próxima cidade onde a música electrónica europeia, e a cultura club em geral, representada pelos portugueses Octa Push e Batida, vai interagir com bandas locais, de 14 de Abril a 1 de Maio, com o objectivo de produzirem temas em conjunto, que serão reunidos posteriormente numa compilação.

 

Durante estas duas semanas de intensa cooperação e produção musical, decorrerão ainda DJ sets, live-acts e concertos pela capital queniana.

 

Deste projecto constam os produtores europeus e africanos: Diamond Version (Alva Noto e Byetone), Gebrüder Teichmann, Jahcoozi, Pinch, Rob Smith, Dirty Paraffin, Vakula, Dubmasta, Wura Damba, Oboyega Oyedele, Djeff, DJ Satellite, Just A Band, Camp Mulla, Marco Messina, Lucio Aquilina e claro, Octa Push e Batida.

 

Tudo isto acontece pouco antes do álbum de estreia dos Octa Push ser editado, em Junho, pela inglesa Senseless, cujo primeiro single, “Françoise Hardy” (clicar para ouvir), conta com a participação do vocalista dos Youthless, Alex Klimovitsky.