Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Indústria da Moda com ‘Tendências Verdes’

No Dia Mundial da Terra, que se comemora da próxima segunda-feira, dia 22 de Abril, Idilza Santos aponta o mercado orgânico como tendência deste sector.

A Feel and Dress, empresa especializada em consultoria de imagem, assinala o Dia Mundial da Terra destacando a existência desta preocupação também na Fashion Industrie.

 “A relação do homem com a terra está a mudar. As pessoas estão mais preocupadas com o resultado das suas ações, o que tem levado à evolução do chamado movimento verde. Achamos que é muito importante relembrar isto num dia em que o mundo comeora o seu compromisso na preservação do ambiente, como é o caso deste Dia Mundial da Terra” refere Idilza Santos, fundadora e Personal Stylist da empresa.

Que tendências não nos devem então passar despercebidas? A Feel and Dress deixa algumas dicas sobre como se pode respeitar o planeta sem sacrificar o estilo:

  • Procurar coleções orgânicas – várias marcas acompanham a tendência, como por exemplo a H&M com a sua Conscious Collection, uma coleção a pensar num futuro sustentável e que está a dar os primeiros passos;

  • Preferir jeans sustentáveis – a Levis criou as WaterLess Jeans, uma coleção com um método de fabrico que permite um consumo reduzido de água. Também a Pepe Jeans detém uma linha de jeans orgânicos que, respeitando as últimas tendências, são elaborado com recursos a tintas naturais, fechos reciclados e fibras orgânicas;

  • Escolher peças recicladas – outra opção original foi a ideia que os irmãos Freitag tiveram com as suas malas fabricadas com lonas dos camiões. Além de absorver o desperdício, a linha de acessória representa uma alternative original e com uma outra vantage muito peculiar: são 100% impermeáveis!

Lembremo-nos que a holandesa Li Edelkoort, pioneira em tendências globais, apontou recentemente o movimento verde como uma das tendências de consumo e de retalho para os próximos anos, com popularidade crescente.

A moda sustentável não só preserva o meio ambiente, como traz recompensas a quem a usa: mais conforto e resistência. O desafio é criar roupas e acessórios sustentáveis, sem sacrificar o estilo de quem os compra, cabendo às marcas continuar a pesquisa e desenvolvimento nesta área que tem ganho cada vez mais fãs.

Mais informações:

http://www.feelanddress.com/

http://feelanddress.blogspot.pt/

https://www.facebook.com/feelandress

https://twitter.com/FeelandDress