Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

2ª edição do “Montra” junta artistas profissionais com artistas do Centro Hospital Psiquiátrico de Lisboa (CHPL)

 

 

Artistas unem-se contra o estigma da doença mental

 

Artistas consagrados de arte contemporânea como Anne Lefebvre (França), Jeane Terra (Brasil), Susana Anágua, Paulo Arraiano, e Graça Pereira Coutinho juntam-se aos artistas do CPHL e intervencionam, em conjunto, mais de uma dezena de montras do Centro Comercial Alegro Alfragide.

 

O “Montra” estará patente de 27 de abril a 12 de maio no Alegro Alfragide. Este projeto artístico conta com parcerias com a P28, associação de desenvolvimento criativo e artístico, e com a CHPL com o objetivo de dar visibilidade, através da arte, à problemática social em torno do estigma da doença mental.

 

José Ribeiro, Artur Moreira, Francisco Gromicho e Filomena Carvalho são os artistas do Atelier de Artes Plásticas do CHPL que se associarão a Anne Lefebvre, Jeane Terra, José Lourenço, Susana Anagua, Cristina Ataíde, Paulo Arraiano, Pedro Soares Neves, Andrea Brandrão e Graça Pereira Coutinho para trabalhar os projetos das montras.

 

O projeto “Montra” surge na sequência do posicionamento do Alegro Alfragide que, desde a sua génese, apostou em cruzar o espaço comercial com o espaço cultural, democratizando e facilitando o acesso à cultura.