Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Festival de Cinema Europeu das Gerações no Goethe-Institut

 

Festival de Cinema Europeu das Gerações

17 a 19 de Junho às 19h00
Entrada Livre
Goethe-Institut
Campo dos Mártires da Pátria, 37

Bild (Metadatei) 

Numa sociedade onde a idade média da população é cada vez mais avançada, as implicações do envelhecimento serão abordadas com maior interesse e profundidade nos próximos anos, também na área cultural. Prova disso, é a crescente importância que este tema tem vindo a ocupar no cinema. Desde 2010, existe na Alemanha o “Festival de Cinema Europeu das Gerações” que reflecte sobre alguns dos desafios e oportunidades da terceira idade. O Goethe-Institut associa-se a este projecto e realiza pela primeira vez em Lisboa uma extensão deste festival, apresentando os seguintes filmes:

17 de Junho 19h00
Vergiss mein Nicht
(Não te esqueças de mim)
de David Sieveking, 2011/2012, 92 min., legendas em português do Brasil
Neste documentário, o realizador David Sieveking conduz-nos com uma surpreendente abertura pela vida da sua mãe que sofre de Alzheimer. O seu pai trata da mãe doente desde a reforma, uma tarefa que requer muito tempo e esforço. Para dar algum apoio ao seu pai, David Sieveking volta durante algumas semanas para casa e documenta de perto o dia-a-dia da sua mãe demente. O filme acaba por se tornar numa declaração de amor à sua mãe e à sua família.

18 de Junho 19h00
Wolke 9
(Nunca é tarde para Amar)
de Andreas Dresen, 2008, 100 min., legendas em português do Brasil
Inge conhece Karl e apaixona-se imediata e perdidamente por ele e decide deixar o marido, Werner. Isto até seria uma história de amor igual a muitas outras, se os principais envolvidos não tivessem todos mais de 60 e 70 anos. Apesar de tratar o tema da sexualidade na terceira idade de forma quase provocatória, Wolke 9 é, ao mesmo tempo, uma obra única. É um filme aberto e honesto, onde os protagonistas não interpretam meras histórias sentimentais e nostálgicas.

19 de Junho 19h00
Die Frau mit den 5 Elefanten
(A Mulher com os 5 elefantes)
Vadim Jendreyko, 2009, 97 min.,legendas em português do Brasil
Swetlana Geier é considerada a melhor tradutora de literatura russa para a língua alemã. As suas recentes traduções dos cinco grandes romances de Dostojewski, os "cinco elefantes", são a obra da sua vida. Aos 85 anos de idade, Swetlana Geier regressa pela primeira vez desde a guerra aos locais da sua infância na Ucrânia. O realizador Vadim Jendreyko acompanha-a nesta viagem e regista a memória da protagonista, alternando com imagens de arquivo que reflectem a história da qual foi testemunha.