Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

The Offshores ao vivo - Fontória (em Lisboa), 20 de Dezembro

Os The Offshores são um grupo Pop pouco convencional; um grupo com uma raiz clássica cravada pelas influências dos Blues, Folk e Rock norte-americanos.
Os The Offshores são de Lisboa e editámos em 2010 o CD "The Spellbound Drift", muito bem recebido pela critica e que nos permitiu levar a diversos palcos as nossas narrativas e viagens musicais.
Estamos actualmente em estúdio a ultimar aquele que será o segundo volume das nossas aventuras, com saída prevista para o inicio do novo ano. 
 
A Música dos The Offshores é uma viagem com viagens dentro; lá longe…
Imaginando; parecem histórias contadas por uma personagem principal que encostada ao balcão, de copo na mão, vai lançando frases para o ar, para a frente, em direcção a um barman que apenas parece fingir ouvir. Lá longe, por terras do tio Sam, volto a imaginar Mr. Wolf – também conhecido por Carlos Gonçalves Pereira (Corpo Diplomático; Casino Twist; The Raindogs). Imagino-o envolvido em aventuras feitas de paisagens sonoras diferenciadas; sempre envolventes; sempre marcadas por uma forte carga emocional. São aventuras profundamente partilhadas com Miro do Carmo (baixo e voz), o companheiro destes estranhos monólogos pensados a dois. 

Rui Dinis in "A Trompa"
 
 
Os The Offshores são:
Carlos Gonçalves: Voz e Guitarra (ex Corpo Diplomático, Casino Twist, Raindogs)
Miro Do Carmo: Baixo (Ex. Votos)
João Parreira: Piano e teclados (Fausto)
Pedro inglês: Bateria
Mico do Rego: Guitarra
Pedro Tatanka: Guitarra (Black Mamba)
 
Oiça o CD "The Spellbound Drift no Bandcampn https://theoffshores.bandcamp.com/