Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

CineLençol

3 de Julho

22h

 

Jardim de São Pedro de Alcântara

 Lisboa

 

 

Depois de uma passagem deliciosa e concorrida pelo parapeito da Graça na semana passada, o MAL balança-se hoje para a colina do lado oposto da cidade, olhando o castelo pelo lado poente. O lençol é esticado, escorrido de qualquer prega e segue enxuto para o Jardim de São Pedro de Alcântara, varanda noctívaga colada ao Bairro. Agora o mote é o bom cinema bom feito do outro lado do oceano e a película a apresentar Cinema, Aspirinas e Urubus – os maldosos disponibilizam o filme em início de noite quente quente de começo de copos. Vai um cineminha do cacete? Rafik

 

 

 

 

Se quiserem saber mais sobre o MAL - Movimento Acorda Lisboa.

 

Inauguração Kunsthalle Lissabon

3 de Julho
22h
 
Kunsthalle Lissabon
Rua Rosa Araújo 7-9
Lisboa
 

Kunsthalle_lissabon_web_copy_m
 

Kunst é a palavra que em teutónico e nórdico significa arte sendo Kunsthalle transportado para o idioma luso em algo evocativo como Casa das Artes ou melhor, em Espaço de Artes – nome mais que apropriado para um novo espaço artístico da cidade que se quer catalisador e despoletador de novas visões da matéria artística em Lissabon. A exposição de lançamento é X-Office for a Sculpture e parte do desafio a Nuno Sousa Vieira para que interviesse no espaço que se lhe deparou e que acaba por ser simultaneamente invólucro e objecto da exposição e que na linha de Cabrita Reis e Ângela Ferreira (com originalidade e mérito bem próprios) alteram e parasitam o espaço construído e contaminam o espaço intersticial. A arte tem casa, vai uma visita com tempo? Rafa O El

Inauguração atelier ea+

2 de Julho

21h

 

Pavilhão 28
 Centro Hospitalar Psiquiátrico de Lisboa
 Lisboa

 

 

Pavilhao_28_m

Uma exposição colectiva com obras de artistas internacionais com a curadoria do açoriano atelier ea+ e parceria com dois artistas alemães e instalada em Lisboa é o que chamo de pan-exposição! Tanta diversidade só poderia sair em jeito de gosto e em fórmula de vontade de agregar artistas de areas tão complementares como o video, a pintura, a fotografia, a escultura e a instalação de nacionalidades portuguesa, alemã e norte-americana – usurpando as alas do Pavilhão 28 e contaminando as gentes com um riquíssimo catálogo artístico. A efemeridade vitoriosa duma peça numa galeria passa por que a vejas, a toques e a saboreies. E a arte quer-te sempre por perto – para que o seja. Rafa Eli

 

 

“Resíduos em Movimento – Uma Viagem Virtual”.

2 de Julho

10h às 18h

 
Junta de Freguesia de São Francisco
Alcochete
 
 
A AMARSUL, em parceria com a Câmara Municipal, vai realizar três acções de divulgação e de sensibilização dos munícipes do concelho de Alcochete para as questões relativas à reciclagem de resíduos sólidos urbanos.


 

Esta iniciativa contará com a visita de dois funcionários apoiados por uma viatura, que estará estacionada nas principais praças das Freguesias do Concelho e que permitirá aos munícipes aceder a vários conteúdos do projecto de sensibilização ambiental intitulado “Resíduos em Movimento – Uma Viagem Virtual”.


O projecto “Resíduos em Movimento – Uma Viagem Virtual” tem como objectivo informar os cidadãos para as questões relacionadas com a problemática dos resíduos, mostrando os diversos processos de tratamento, valorização e deposição de resíduos e mobilizar os cidadãos para a reciclagem, no contexto da promoção da utilização racional dos recursos naturais e do cumprimento das metas nacionais estabelecidas.
 

Carlos Barretto Trio: Lokomotiv

2 de Julho
22h00

 

Centro Cultural de Belém

Praça do Império

Lisboa

Depois de ter assinado "Radio Song", aclamado pela crítica especializada como um dos melhores discos portugueses de 2005, Carlos Barretto regressa com uma nova proposta: "Lokomotiv".

O registo traz a promessa de voltar a abrir novos territórios para o jazz português e prosseguir a ideia de estudar as regras para melhor as quebrar, na busca da liberdade total.

 

Carlos Barretto (contrabaixo)

Mário Delgado (guitarra)

José Salgueiro (bateria)

 

Pág. 8/8