Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Festas de Paço de Arcos

 

 

 

Paço de Arcos vai estar ao rubro de 28 de Agosto a 6 de Setembro. Enquanto decorrem as tradicionais Festas em Honra do Senhor Jesus dos Navegantes no Jardim Municipal de Paço de Arcos, a Praia dos Pescadores é palco do evento “Paço de Arcos Night Sessions”, com muita música para dançar.

Espectáculos, tasquinhas, bancas de artesanato e venda de produtos e doçaria regional são algumas das ofertas que vão animar os visitantes nas Festas em Honra do Senhor Jesus dos Navegantes, que arrancam já na próxima sexta-feira, dia 28. Os primeiros espectáculos, com início às 22H00, são dos Swing Cubano, a 28 e de Gilyto, a 29. Nilton vai trazer o Humor às Festas no dia 30, às 17H00.

Dois pontos altos desta iniciativa, da Junta de Freguesia de Paço de Arcos, são a tradicional Procissão (no domingo, dia 30, às 17H00) e um espectáculo piro-musical, que encerra as Festas no dia 6 de Setembro, às 24H00. Consulte o Programa »»

“Paço de Arcos Night Sessions” promete aquecer o final das noites, a partir das 23H30 e até de madrugada, com muita dança ao som de DJ. Na sexta-feira tem lugar a Ibiza night, por Thomas Hedberg, no sábado, 27, a Flow night, com o Dj Pena e no domingo, Dj Morgana Wicctofly. Consulte o Programa »»

Oeiras - Ciclo de Dança

Oeiras: Ciclo de Dança apresenta três companhias internacionais

Três espectáculos de dança por companhias internacionais constituem o programa do Ciclo de Dança, que se realiza de 28 de Agosto a 11 de Setembro, às 21H30, no Jardim do Palácio Marquês de Pombal, em Oeiras. A estreia é na próxima sexta-feira, dia 28, com o bailado “Los Viages de Marco Pólo”, pelo Ballet Nacional da Rússia.

O Ciclo prossegue, no dia 4 de Setembro, com o Ballet Internacional de La Costa Argentina, que apresenta o espectáculo “Che Argentino Soy”. A encerrar, no dia 11 de Setembro, são apresentados “Short Cuts” e “Wo-man in tomatoes” pelo Polish Dance Theatre.

Esta iniciativa da Câmara Municipal de Oeiras é apoiada pelo Turismo de Portugal.

A entrada é livre.

Informações: 21 440 8524 / 21 440 8510


PROGRAMA:

28 AGO | SEX | Los Viages de Marco Pólo

BALLET NACIONAL DA RÚSSIA

Um espectáculo interpretado pelos Cossacos da Rússia, do Ballet Nacional da Rússia, de Ivan Gromakov, director da Companhia desde 1981 e actualmente Ministro-adjunto da Cultura da Rússia, que reúne mais de 30 artistas em cena com a duração de cerca de duas horas.

Marco Polo (1254 a 1324) mercador e explorador veneziano que, juntamente com seu pai e tio, esteve entre os primeiros ocidentais a viajarem pela rota da Seda.

Diz-se que introduziu a pólvora na Europa, embora a primeira vez que se usou pólvora no Ocidente fosse na batalha Niebla (Huelva) em 1262. A família Polo viveu pela Ásia, supostamente, durante dezassete anos antes de voltarem a Veneza. Durante o seu regresso, trava-se uma batalha marítima entre Veneza e Génova e Marco foi capturado e levado para a prisão, onde ditou a Rustichello de Pisa o livro “Il Milione” (ou “As viagens de Marco Pólo”) acerca das suas viagens.

Originalmente o livro chamou-se ”O livro das maravilhas”, mas rapidamente ganhou a alcunha de “El Millón” já que Marco Polo dizia encontrar milhões de pessoas e milhões de pássaros. A partir daí ganha a fama de exagerado.

Marco Polo foi considerado um dos maiores exploradores do mundo, embora alguns cépticos prefiram dar-lhe o título de maior contador de viagens.

SÍNTESE DO ESPECTÁCULO

Depois de deixar a princesa Cocacin, Marco Polo, seu pai e seu tio, encaminham a expedição rumo a Trebizonda, reino cristão do Mar Negro. Ao chegarem os saqueadores e piratas tinham saqueado a cidade e tornado toda a cidade prisioneira. Amir Khan, capitão dos piratas, manda pendurar alguns prisioneiros, mas ao comprovar o valioso saque que tem deu-lhes a oportunidade de lutar pelas suas vidas. Marco Polo luta contra quatro dos mais sanguinários piratas e consegue ganhar este desigual duelo, ganhando assim a sua vida.

Marco Pólo, para surpresa de Amir Khan, sai airoso do duelo e o capitão determina que tão hábil lutador se torne tenente do seu navio. O grande aventureiro, para salvar o seu pai e o seu tio, aceita e Khan faz uma enorme festa em sua honra que dura dois dias e duas noites. As danças de guerra e de amor, as armas dos piratas, juntamente com o álcool que Marco Polo transportava e lhes ofereceu, causa os estragos que Marco esperava. Ao amanhecer do segundo dia, quando ainda estão todos a dormir, ele, seu pai e seu tio conseguem fugir com alguns dos seus pertences, embarcando rumo a Itália.

Mais tarde, Marco Polo entra na batalha entre Génova e Veneza como capitão, tornando-se prisioneiro na prisão de Génova onde posteriormente escreveria as suas memórias: “O livro das maravilhas”.


04 SET | SEX | “Che Argentino Soy”

BALLET INTERNACIONAL DE LA COSTA ARGENTINA

O Ballet Internacional de La Costa Argentina é uma instituição cultural com apoios da Cultura, da Educação e da Ciência e Tecnologia, criada em 1998 pelo coreógrafo Osvaldo Uez com o apoio do estado.

Ao acender as luzes e começar a música de Bandonuón é sempre um novo e único desafio. Há dez anos que esta companhia apela aos cinco sentidos dos espectadores que assistem ao milagre do Tango, da música e do virtuosismo técnico dos bailarinos.

O Ballet Internacional de La Costa, leva-nos numa viagem pela dança crioula e argentina, com um grande elenco e cenários, uma técnica clássica e contemporânea, um guarda-roupa vastíssimo e com os ritmos do Tango interpretados com uma grande originalidade.

Esta Companhia já recebeu vários prémios e condecorações como são exemplo o Prémio “LEO 99” para revelação artística e o de melhor espectáculo de verão 2008 da Fundação do Sul.

Realizam tournés por vários países da Europa, pelo México, Costa-Rica, Panamá, Uruguai e Peru, sendo convidados de honra no Panamá, em Honra da Primeira-Dama Livia Ruby Moscoso de Young (2000) e convidados para homenagear o grande bailarino Júlio Boca. Foram seleccionados entre os 10 melhores pares no “II Campeonato Mundial de Tango” (Buenos Aires, 2004) e finalistas para a melhor coreografia original no “VII Festival Internacional de Orquestras de Tango” (Buenos Aires, 2006).

“Che Argentino Soy” é um espectáculo com música ao vivo, em que 20 magníficos artistas (músicos e bailarinos) nos transportam para a Cultura Argentina e da América-Latina. O termo “Che” é uma expressão do Castelhano, utilizado para se referir a uma pessoa de origem Argentina. Daí o motivo pelo qual Ernesto Guevara foi apelidado de “Che”.

 

11 SET | SEX | “Short Cuts” e “Wo-man in Tomatoes

POLISH DANCE THEATRE

Direcção Artística: Ewa Wycichowska

Companhia criada em 1973 por iniciativa das autoridades e meios artísticos locais.

Estes 35 anos significam mais de 170 estreias, apresentadas em cinco continentes, com prémios como o do Festival de Arte em Edimburgo, onde a companhia recebeu o primeiro prémio Fringe Special. Em 2007 recebe o prestigiado prémio "Praga Ouro", da televisão Checa para produção de Festivais, para o desempenho “B@ttle between Carnival and Lent" e outros prémios na Polónia.

Tem tido a colaboração de notáveis coreógrafos de todo o mundo, entre outros Brigit Cullberg, Mats Ek, Örjan Andersson, Jens Ostberg, Karine Saporta, "Le Carnets Bogouet", Virpi Pahkinen e Jacek Przybylowicz.

Polish Dance Theatre acompanha também eventos internacionais no plano político e económico, muitos através de filmes, documentários e produções televisivas, criando também estruturas educacionais e terapêuticas.

Em 2009, tal como em anos anteriores, organizam o XVI International Workshops de Dança Contemporânea e o VI International Festival of Dance Theatres, em Agosto. O Festival, que já existe desde 2003 mostrou inúmeras companhias internacionais, tais como: Compagnie Itinerrances (França); Karine Saporta (França); Agnieszka Laska Dancers (E.U.A.); Las Pleyadas Danza Contemporanea (México); The Symptoms Contemporary Dance and Theatre Company (Hungria); Compagnie Trajectoire (França); Dance Theatre Aura (Lituânia); Larumba Danza (Espanha); Skanes Dansteater Malmö (Suécia); Takako Matsuda (Japão), Yossi Berg / Oded Graf (Israel) e Hungarian Art of Movement Company (Hungria).

Yossi Berg recebeu o primeiro prémio do Ministério da Cultura Israelita, como "melhor Coreógrafo" e "melhor artista a solo”. Venceu os primeiros prémios do "Concurso Internacional de Coreografia", em Hanover, o “Concurso Internacional Serge Diaghilev de Arte Coreográfica” e o “Concurso Internacional de Coreografia, em Burgos e Nova Yorque.

Ganhou bolsas de estudo da “Internacional Tanzwochen Vienna” e da “Fundação Cultural América / Israel”, como bailarino e coreógrafo.

Berg trabalhou com DV8, em Londres, na Batsheva Dance Company (onde trabalhou com coreógrafos como Ohad Naharin, Jiri Kylian e Angelin Preljocaj, entre outros), na Companhia Yasmeen Godder, para citar apenas alguns. Desde 1997 as suas obras são encomendadas para a "Curtain-up / Exposição Internacional”, Festivais no Suzanne Dellal Center, em Tel Aviv e vários teatros através da Europa e Israel.

Dance Ensemble’ em Israel, ‘Donlon Dance Company’ e ‘Tanztheater Osnabruck’ na Alemanha, ‘Introdans' na Holanda, ‘Aura Dance Company’ na Lituânia, ‘Polish Dance Theater’, 'Belgrade Drama Theater', 'Muza Dance Company’ e ‘Seminar Hakibutzim University’m em Israel.

Criou obras para Companhias de Dança Internacionais tais como: 'Batsheva Dance Ensemble’ em Israel, ‘Donlon Dance Company’ e ‘Tanztheater Osnabruck’ na Alemanha, ‘Introdans' na Holanda, ‘Aura Dance Company’ na Lituânia, ‘Polish Dance Theater’, 'Belgrade Drama Theater', 'Muza Dance Company’ e ‘Seminar Hakibutzim University’m em Israel.

Os seus trabalhos são apresentados em diversos festivais por todo o mundo, onde ensina e orienta oficinas, de são exemplo o Teatro Comunale di Ferrara, Itália, Moga studio Japan, DansensHus Copenhagen, "Tseh" Moscow Summer Festival, TROIS C-L, Luxemburgo e o VSA artes Novo México.

Istvan Juhos-Putto tem colaborado com as melhores companhias de dança contemporânea, tais como Kibbutz Contemporary Dance Company, Baatsheva Dance Company e Tanz - Fórum Köln, após a graduação na Budapest Ballet School.

Esta experiência está vincadamente marcada na sua linguagem coreográfica, que por um lado, está baseada na técnica de dança contemporânea, e por outro, dá origem a um novo estilo e estruturas temáticas particulares e únicas.

”Short Cuts”

Coreografia: Istvan Juhos-Putto
Música: Arvo Pärt, Steve Roach, Robert Rich
Figurinos: Adriana Cygankiewicz

“Ao caminhar pela rua, imagine o vínculo emocional que existe entre os transeuntes. Tente adivinhar quem gosta (ou não gosta) de quem. Todos queremos impressionar, alguns em segredo, outros abertamente. Todos tendemos a transcender vários limites para contactar com os outros. Estava a pensar na minha infância, quando corria por um pátio de recreio, entre lama, relva, sons, palavras, felicidade e tristeza… Se correr muito rápido, veja onde põe os pés. Correr como um raio e conseguir conhecer o mundo à volta são as primeiras experiências de uma criança. Poderia ser comparado a uma viagem assimétrica e imprevisível ou à busca de um modelo e estilo de vida. É exactamente o que procuro. Escolho formas de construir laços entre bailarinos, mas não quero criar algo finito. Gosto de contar uma história com princípios, que liga as pessoas, em vez de uma história que atira pessoas umas às outras. Atalhos imprevisíveis.”

Intervalo

”Wo-man in Tomatoes”

Coreografia: Yossi Berg
Música: Nancy Sinatra, Julie London, Petula Clark, The treble spankers, The Chemical Brothers, Cosmo Cosmolino, Virginia Rodrigues, Edith Piaf
Figurinos: Dalia Lider
Financiado por: Ministry of Culture and National Heritage
Duração: 75 ’
Classificação etária: Maiores de 12 anos

Blasted Mechanism (Corroios)

 

27 de Agosto
22h00

 

Vale de Milhaços

Quinta da Marialva

Corroios

 

Festas Populares de Corroios

 

Depois dos ensinamentos contidos em "Avatara", da viagem à velocidade da luz em "Sound in Light", chega a "realidade aumentada" de "Mind At Large". Solta-se a centelha com a velha palavra de ordem ("Nadabrovidchka!") e com uma nova voz no lugar de Karkov: Pedro Lousada(Zedisaneonlight).

 

http://www.blastedmechanism.com

 

 

O Zen e a sua prática em Portugal

O ZEN E A SUA PRÁTICA EM PORTUGAL

 

19 Setembro

Horário: 16.00 às 17.00

Museu do oriente

Conferência

Orador: Yves Shosshin Crettaz

Entrada Livre

 

 

 

 

Piso 4

O Zen Soto é uma escola budista caracterizada pela prática intensa da meditação, avessa à especulação filosófica ou teológica e em que as práticas rituais têm uma dimensão relativamente pequena. Nasceu na China, onde assume a designação de Chan, sendo a resultante da interacção do Budismo, vindo da Índia, com a mundividência e o espírito prático chineses, havendo quem lhe descortine influências taoístas. A conferência será seguida de uma pequena meditação Zazen. A conferência é proferida em francês, sem tradução simultânea. Em colaboração com a Associação de Amizade Portugal/Japão

Pág. 1/4