Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Passatempo Amor e Informação - Teatro Aberto

O Blog Cultura de Borla em parceria com o Teatro Aberto  tem bilhetes para a peça Amor e Informação para sábado, dia 3 de Janeiro no Teatro Aberto aos leitores que de 5 em 5 participações:

 

 

17845138_tkWkG.jpg

 

 Enviem um email para o culturadeborla@sapo.pt com a frase "Eu quero ver Amor e Informação com o Cultura de Borla" com nome, BI e nº de telefone:

O espectáculo Amor e Informação, de Caryl Churchill, com encenação de João Lourenço, estreia AMANHÃ dia 13 de Dezembro às 21h30 na Sala Azul do Teatro Aberto. Amor e Informação é uma peça caleidoscópica, fora do vulgar, que propõe uma reflexão sobre o modo como lidamos com a informação, o amor, os afectos, a memória e a privacidade no momento presente, profundamente marcado pela tecnologia e pelas ligações digitais que se estabelecem na sociedade contemporânea.

 

Ficha Artística

Versão João Lourenço | Vera San Payo de Lemos

Dramaturgia Vera San Payo de Lemos

 

Encenação João Lourenço

Cenário António Casimiro | João Lourenço

Figurinos Isabel Carmona

Vídeo Nuno Neves

Coreografia Cláudia Nóvoa

Luz João Lourenço

 

Com

Ana Guiomar | Carlos Malvarez | Cristóvão Campos | Francisco Pestana | Irene Cruz | João Vicente | Marta Dias | Marta Ribeiro | Melim Teixeira | Patrícia André | Paulo Oom | Rui Neto | Teresa Sobral

 

SINOPSE

Ama-se e deixa-se de amar, perde-se a memória de quem se amou, recorda-se os tempos do amor, faz-se o luto, vai-se à procura da intensidade do sentir longe da civilização, tem-se uma paixão virtual difícil de explicar, idolatra-se uma estrela até à loucura. Quer-se saber mais, esconder o que se sabe, revelar segredos, não esquecer nada, conhecer o futuro, perceber a dor, o medo, o significado das palavras, o sentido da vida. Como num caleidoscópio ou num zapping de imagens, surgem mais de 100 personagens em mais de 50 peças curtas e outros tantos intermezzos, criados por esta encenação, numa proposta teatral invulgar que investiga sempre de novos pontos de vista os múltiplos aspectos da nossa infinita necessidade de amor e de conhecimento.

 

M/12

 

ESPECTÁCULOS

4ª a Sábado às 21h30

Domingo às 16h

Pág. 15/15