Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Histórias Vivas na Biblioteca - "A Rainha das Cores" - 1 de outubro - Biblioteca Municipal do Barreiro

a%20rainha%20das%20cores.jpg

 

No próximo dia 1 de outubro, pelas 11h00, está agendada mais uma sessão de “Histórias Vivas na Biblioteca” Municipal, leituras encenadas pela ArteViva - Companhia de Teatro do Barreiro.

“A Rainha das Cores”, de Jutta Bauer, é o título do livro escolhido para esta atividade destinada a crianças dos 3 aos 10 anos, com entrada livre sujeita à lotação da sala.

 

Este livro está recomendado para a Educação Pré-Escolar, destinado a leitura em voz alta, e insere-se no Plano Nacional de Leitura.

 

Jutta Bauer

Jutta Bauer (Autora e Ilustradora) nasceu em 1955, estudou design em Hamburgo onde vive e trabalha como ilustradora até aos dias de hoje. É uma das mais prestigiadas ilustradoras na Alemanha e no mundo e tem merecido ao longo dos anos várias distinções e prémios. Foi premiada pela IBBY em 1994; recebeu o German Youth Literature Prize, prémio de Literatura Alemã para a juventude em 2001; entre outras distinções. Em 2010 recebe o Prémio Hans Christian Andersen, o "pequeno" Prémio Nobel da Literatura.

 

 

CMB

Feira Quinhentista de Coina-Barreiro 30SET a 2OUT disponibiliza fatos para vestir a pele de personagem da época | Comemoração dos 500 Anos do Foral Manuelino

Feira_Quinhentista_1950x1000px.jpg

 

 

Coina, no Concelho do Barreiro, vai receber, no próximo fim-de-semana, de 30 de setembro a 2 de outubro, no recinto do Mercado Mensal/Tradicional, uma Feira Quinhentista. Este evento, que tem gerado grande entusiasmo e expectativa junto da população e, “artífices, artesãos, mercadores e regatões”, e, ainda, com inscrições abertas, terá uma área da restauração com, para já, 30 opções, das quais se destacam o ‘porco preto’, ‘leitão no espeto’ e ‘cerveja artesanal’. Estão, também, nesta altura, garantidas, dentro do recinto, 35 bancas de artesanato local e 30 espaços de artesanato temático. Com entrada livre, este evento está aberto ao público entre as 14h00 e as 00h00.

 

Existirão fatos de época para disponibilizar. O pedido deve ser feito junto da organização nos dias em que decorre a Feira. ‘Vestir’ a pele de uma personagem de época é o Convite deste evento, inserido no Programa de Comemorações dos 500 anos do Foral de Coina, atribuído por D. Manuel, a 15 de fevereiro de 1516.

 

O programa da Feira Quinhentista de Coina contém uma série de atrativos. Entre as muitas propostas refira-se, no domingo, 2 de outubro, pelas 10h00, o Passeio histórico, pedestre, por Coina – Visita guiada por um técnico da Câmara Municipal do Barreiro (CMB)/Espaço Memória a alguns dos vestígios históricos mais interessantes da vila de Coina. As inscrições para esta iniciativa são gratuitas (inscrições, ponto de encontro e início, no secretariado da Feira Quinhentista).

 

Arruada e Cortejo

 

Nos dias 30 de setembro e 2 de outubro irá realizar-se um desfile/arruada e um cortejo pelas ruas da Freguesia, pelo que se prevê condicionamento de circulação rodoviária nas seguintes artérias e períodos:

30 de setembro, das 14h00 às 16h00

. Estrada de Coina – Quinta da Areia

. Rua Profª Maria Rita Amaro Duarte

. Rua Bartolomeu Dias

. Rua D. Manuel I

 

2 de outubro, das 16h30 às 18h00

. Rua D. Manuel I

. Rua Profª Maria Rita Amaro Duarte

. Rua do Mercado

. Rua Bartolomeu Dias

. Estrada de Coina – Quinta da Areia

 

Programa:

30 de setembro – 6ª feira

14h00 - Abertura da Feira para a comunidade escolar

- Arruada e desfile pelas ruas do burgo (JOGRAIS DEL REI)

- Visita das crianças da comunidade escolar à Feira e participação na animação diversa

- Visita do Meirinho (oficial de justiça) às tendas dos mercadores, acompanhado por nobres e donzelas

18h00 - “O Dia nos Acampamentos Nómadas”: jogos de equilíbrio, malabarismo, dança e show aéreo (KINESSIS) (Palco da Feira)

18h30 - Aves de rapina: Demonstração de voo livre

(FAZENDA DOS ANIMAIS)

19h00 - Abertura Oficial da Feira Quinhentista

Encenação - Arauto anuncia a visita de D. Jorge, Mestre da Ordem de Santiago. Folguedos e danças

(GILTEATRO e GRUPO DANÇAS ANTIGAS ALHOS VEDROS)

19h30 - Comeres de sabor quinhentista e beberes de aroma nas tabernas

21h30 - Encenação – Atribuição do Foral à vila de Coina

22h00 - Animação diversa no Palco e ruas da Feira

- Danças da renascença

(GRUPO DANÇAS ANTIGAS DE ALHOS VEDROS)

- Danças orientais (COMPANHIA AL-NAWAR)

- Espetáculo de malabares de fogo (GILTEATRO)

23h00 - “Noite nos Acampamentos Nómadas”: jogos de equilíbrio, malabarismo, dança e show aéreo (KINESSIS)

24h00 - Encerramento

 

1 de outubro – sábado

15h00 - Abertura da Feira nas tendas dos mercadores e acampamentos

Arruada pelas ruas do burgo (BARDOADA e JOGRAIS DEL REI)

15h30 - Jogos Tradicionais e Animações de Rua (GILTEATRO, KINESSIS)

17h30 - Aves de rapina: Demonstração de voo livre

(FAZENDA DOS ANIMAIS)

18h00 - “O Dia nos Acampamentos Nómadas”: jogos de equilíbrio, malabarismo, dança e show aéreo (KINESSIS) (Palco da Feira)

18h30 - Exercícios de combate apeado (ESPADA LUSITANA)

19h30 - Comeres de sabor aldeanos e beberes de aroma nas tabernas

21h00 - Encenação – Atribuição do Foral à vila de Coina

21h30 - Animação diversa no Palco

- Música, animações e folguedos em honra D’El-rei D. Manuel I

(GRUPO DE DANÇAS ANTIGAS DE ALHOS VEDROS)

- Danças orientais (COMPANHIA AL-NAWAR)

- Espetáculo de malabares de fogo e queimada galega (GILTEATRO)

23h00 - “Noite nos Acampamentos Nómadas”: jogos de equilíbrio, malabarismo, dança e show aéreo (KINESSIS)

 

2 de outubro – domingo

10h00 - Passeio histórico por Coina – Visita guiada por um técnico da Câmara Municipal do Barreiro/Espaço Memória a alguns dos vestígios históricos mais interessantes da vila de Coina

Ponto de encontro e início – Feira Quinhentista (secretariado)

Inscrições gratuitas no secretariado da Feira

15h00 - Abertura da Feira nas tendas dos mercadores e acampamentos

Arruada pelas ruas do burgo (BARDOADA e JOGRAIS DEL REI)

15h30 - Jogos Tradicionais e Animações de Rua (GILTEATRO, KINESSIS)

15h30 - Mesa pedagógica sobre armaria (ESPADA LUSITANA)

(Acampamento Militar)

16h00 - Danças Antigas (GRUPO DE DANÇAS ANTIGAS CORVOS DO CONDE)

16h30 - Cortejo dos Cavaleiros, Meirinho, nobres, donzelas e homens bons pela vila de Coina

18h00 - Jogos de armas em honra d’El-Rei D. Manuel (ESPADA LUSITANA)

18h30 - “O Dia nos Acampamentos Nómadas”: jogos de equilíbrio, malabarismo, dança e show aéreo (KINESSIS) (Palco da Feira)

19h00 - Aves de rapina – Demonstração de voo livre

(FAZENDA DOS ANIMAIS)

19h30 - Comeres de sabor quinhentista e beberes de aroma nas tabernas

21h00 - Animação itinerante pelos palcos e recinto da Feira

- Danças orientais (COMPANHIA AL-NAWAR)

- Dança medieval (GRUPO DE DANÇAS ANTIGAS DE ALHOS VEDROS)

- Espetáculo de malabares de fogo no final da noite (GILTEATRO)

22h00 - “Noite nos Acampamentos Nómadas”: jogos de equilíbrio, malabarismo, dança e show aéreo (KINESSIS) (Palco da Feira)

23h00 - Encerramento da Feira

 

GRUPOS DE ANIMAÇÃO

ALCAIDE – camelos e acampamento

BARDOADA – música de inspiração medieval

BATUCANDO– tambores

COMPANHIA AL-NAWAR – dança oriental

ESPADA LUSITANA – exercícios de combate apeado, mesa pedagógica e acampamento

FAZENDA DOS ANIMAIS – exposição de animais da quinta, aves de rapina e demonstração de voo livre

GILTEATRO – encenações, animação de rua e espetáculo de fogo

GRUPO DE DANÇAS ANTIGAS DE ALHOS VEDROS – danças antigas

GRUPO DE DANÇAS ANTIGAS CORVOS DO CONDE – danças antigas

KINESSIS – animação de rua e espetáculo de fogo

JOGRAIS DEL REI – música de inspiração medieval

LEONOR E OS GANSOS

MINERARTE – acampamento das 3 culturas (árabe, cristã e judaica)

UTIB – alunos de Dança da Universidade da Terceira Idade do Barreiro

E outros...

 

Inserida no Programa de Comemorações dos 500 anos do Foral Manuelino

 

A Feira Quinhentista de Coina insere-se no Programa de Comemorações dos 500 anos do Foral de Coina, atribuído por D. Manuel, a 15 de fevereiro de 1516, a este antigo Município, atualmente, Freguesia integrante do Concelho do Barreiro. Em 2016, neste mesmo dia, foi assinalado o arranque das Comemorações dos 500 anos do Foral com uma “aula” sobre a temática, um Ateliê de Marionetas, ambos conduzidos por técnicos da Autarquia, e uma sessão de Dança Quinhentista, com a participação de alguns elementos da Alius Vetus, trajados à época, tendo como “palco” a Escola Básica local.

Estas Comemorações têm sido assinaladas com várias atividades durante o ano, prolongando-se para 2017.

 

«Se é artífice, artesão, mercador ou regatão»

 

«Se é artífice, artesão, mercador ou regatão e promove a venda e/ou demonstração de produtos característicos da época manuelina esta Feira é para Si!

Participe nesta recriação histórica do comércio, gastronomia e das artes e ofícios quinhentistas.»

As Normas de Participação – Exploração de Espaços encontram-se publicadas no Sítio Oficial da CMB na Internet, página http://www.cm-barreiro.pt/frontoffice/pages/792?news_id=5872.

Inscrições/+Informações sobre as Normas de Participação junto da ALIUSVETUS, através do endereço eletrónico feira.quinhentista.coina@gmail.com ou pelo telefone 962 483 731.

 

Esta é uma iniciativa da Câmara Municipal do Barreiro (CMB) e da União das Freguesias de Palhais e Coina, com o apoio à organização da ALIUSVETUS – Associação Cultural História e Património.

 

'HARLEY AND THE DAVIDSONS' JÁ TEM DATA DE ESTREIA NO DISCOVERY CHANNEL

 

Uma Harley-Davidson é muito mais que uma mota. É um símbolo da cultura Americana, construída de raiz pelos fundadores Walter e Arthur Davidson e pelo Bill Harley. Mas o caminho para o sucesso não foi calmo, havendo inúmeros obstáculos, grandes concorrentes e riscos a tomar. Juntos, estes três homens, filhos de imigrantes operários, deram tudo o que tinham para garantir a sobrevivência da empresa que fundaram. Mas quão longe é que estiveram dispostos a ir para chegar ao verdadeiro sonho americano?

 

As já muito esperadas minisséries do Discovery Channel HARLEY AND THE DAVIDSONS estreiam no canal em Setembro.

 

“Este é o tipo de histórias honestas e irresistíveis que encaixam perfeitamente com o Discovery Channel,” afirma Rich Ross, Presidente do Grupo Discovery Channel, Animal Planet e Science Channel acrescentando que esta “é uma história exmeplo de fraternidade, de uma vontade de ferro em atingir o sucesso ao rumar contra a maré do pensamento convencional daquele tempo. Os fundadores da Harley-Davidson criaram muito mais do que uma simples mota. Foram os criadores do empreendedorismo moderno.”

 

Baseado numa história real, HARLEY AND THE DAVIDSONS conta o nascimento desta mota icónica num tempo de enormes mudanças sociais e tecnológicas ao virar do séc. XX. Walter, Arthur e Bill arriscaram toda a sua fortuna e vida para lançar a empresa. Cada um destes homens enfrentou desafios diferentes, mas foi a mota que uniu os seus sonhos e ambições. Para Walter Davidson, o negócio foi uma oportunidade de escaparem dos confins da sociedade – de ignorar as regras e construírem uma mota que fosse capaz de ir a qualquer lado. Para Arthur Davidson, era uma oportunidade de finalmente colocar o seu nome na ribalta e, para Bill Harley, a mota deu-lhe a esperança de se descolar dos seus pais e aplicar o seu talento na engenharia.

 

Construídas numa barraca em Milwaukee, estas motas eram capazes de sobreviver a quase qualquer circunstância imaginável e o Walter fazia questão em colocar em teste. A sua ambição feroz alavancou uma carreira na corrida de motociclos, ao competir em todas as competições mais perigosas por todo o país. As participações quase mortíferas de Walter colocaram a Harley-Davidson nas bocas do mundo e, embora com algum risco associado, levou a empresa a ultrapassar o maior rival – a Indian – que já dominava o mercado.

 

Mas os fundadores também enfrentaram um questão moral – quanto é que estariam dispostos a arriscar para chegar ao sucesso? As corridas podiam ter consequências mortais…

 

Alimentados pelo engenho, inovação e design, os fundadores da Harley-Davidson foram vivendo e lutando contra rivais muito maiores. Como se já não houvesse obstáculos suficientes, a Grande Depressão chegou e dizimou a indústria. Mas a Harley-Davidson continuou a desafiar todas as probabilidades com as suas ideias inovadoras.

 

HARLEY AND THE DAVIDSONS irá mostrar como é que os fundadores continuaram perante a crise e a fazer crescer a legião de fãs como nenhum outro concorrente – fosse por terem assinado um contrato com as forças armadas americanas ou ensinado os motociclistas a repararem as motas no meio do campo, incentivando à criação de clubes de motociclistas em todo o país, até chegarem àquele que seria o maior risco até então – criarem a primeira superbike: uma máquina de corridas topo de gama para as massas.

 

Walter, Arthur e Bill solidificaram a reputação da Harley-Davidson como uma empresa construtora de motas para qualquer lugar, que fosse um prazer de conduzir e que ignorasse todas as regras. É um legado que já dura há mais de 100 anos no coração dos seus condutores mais leais.

 

As séries contam com um elenco de luxo que inclui Michiel Huisman (“Game of Thrones”) no papel de Walter Davidson, Robert Aramayo (“Game Thrones”) no papel de Bill Harley e Bug Hall (“The Little Rascals”) no papel de Arthur Davidson. Outros membros do elenco incluem Stephen Rider (“Daredevil”), Jessica Camacho (“Sleepy Hollow”), Daniel Coonan (“EastEnders”), Annie Read (“Awkward”), Wilson Bethel (“Harto f Dixie”), Dougray Scott (in “Mission: Impossible 2”), Gabe Luna (“Matador”), Alex Shaffer (“Win Win”) e Essa O’Shea e Sean Scully.

 

HARLEY AND THE DAVIDSONS é assinado por Even Wright, Seth Fisher e Nick Schenk. Dimitri Doganis é o Produtor Executivo da parte da Raw Television e John Goldwyn é o Produtor Executivo do Discovery. Ciáran Donnelly é o Produtor Executivo e Realizador com Stephen Kay também realizador.

 

 

As já muito esperadas minisséries do Discovery Channel HARLEY AND THE DAVIDSONS estreiam no canal em Setembro.

Mercado de Campo de Ourique recebe a 2ª Edição do “Festival da Cerveja – Somos Tradição”

image001 (3).png

image002 (2).jpg

 

De 28 de setembro a 2 de outubro, música, gastronomia e uma variedade de cervejas voltam ao Mercado de Campo de Ourique para a 2ª edição do “Festival da Cerveja – Somos Tradição”.

De 28 de setembro a 2 de outubro, Heineken, Sagres, Guinness e Bohemia serão as quatro cervejas para degustar no mercado mais pitoresco de Lisboa. O sucesso da 1ª edição do festival dedicado aos prazeres da cerveja ditou o regresso para uma nova edição que mantém a parceria com a Sociedade Central de Cervejas, mas traz muitas novidades.

            Cada cerveja fará as honras do mercado durante um dia, com ativações e iniciativas que irão reinterpretar o seu espírito e identidade. O arranque é feito com Heineken que em dia de jogo da UEFA Champions League, vai promover uma ‘Matrecos League’ onde serão disputados bilhetes para o jogo SL Benfica x LC Dynamo Kyiv. No dia seguinte, a cerveja Sagres vai lançar o desafio das piadas secas, com o mote: “Partilha uma seca, ganha uma gelada!”.

            A sexta-feira será dedicada à Guinness através da explicação do ritual de serviço e consumo desta ancestral cerveja irlandesa. E para ganhar uma cerveja ou alguns dos brindes da marca, basta vencer uma partida de Braço de Ferro, contra o bem constituído promotor da Guinness, ou aguentar 119,5 segundos, sem perder.

            Sábado e domingo, os últimos dias de festival, ficam a cargo da Bohemia que apresentará a sua gama de cervejas artesanais fazendo pairing com as tapas ideais. Um chef de cozinha vai confecionar petiscos para casar com cada género de Bohemia e uma promotora vai convidar os visitantes a fazer degustações. Ao comprar uma Bohemia, os consumidores poderão escolher o copo e a tapa ideal para a cerveja escolhida. A tapa é sempre garantida, mas caso acerte leva a tapa e um avental.

             A entrada é gratuita e os preços praticados serão os regulares. Prevê-se ainda programação musical, com DJ ou banda, para todos os dias do festival.

 

Festival da Cerveja – Somos Tradição

Mercado de Campo de Ourique,

Rua Coelho da Costa, Lisboa

 

De 28 de Setembro a 2 de Outubro,

Quarta-feira, das 12h00 às 23h00

Quinta-feira, das 12h00 às 24h00

Sexta-feira, das 12h00 à 01h00

Sábado, das 12h00 às 23h00

Domingo, das 12h00 às 15h00

 

 

Feira Quinhentista de Coina-Barreiro apresenta programa | 30SET/2OUT | Comemoração dos 500 Anos do Foral Manuelino

 

Cartaz_Feira_Quinhentista.jpg

 

 

Feira Quinhentista de Coina-Barreiro de 30 de setembro a 2 de outubro apresenta programa

 

A Feira Quinhentista de Coina-Barreiro, que decorre de 30 de setembro a 2 de outubro, no recinto do Mercado Mensal/Tradicional de Coina, já apresentou o programa que compõe os três dias de duração do evento, com horário das 14h00 às 00h00. Com entrada livre, esta iniciativa tem estado a gerar grande entusiasmo e expectativa junto da população e, também, dos “artífices, artesãos, mercadores e regatões”.

 

Programa:

30 de setembro – 6ª feira

14h00 - Abertura da Feira para a comunidade escolar

- Arruada e desfile pelas ruas do burgo (JOGRAIS DEL REI)

- Visita das crianças da comunidade escolar à Feira e participação na animação diversa

- Visita do Meirinho (oficial de justiça) às tendas dos mercadores, acompanhado por nobres e donzelas

18h00 - “O Dia nos Acampamentos Nómadas”: jogos de equilíbrio, malabarismo, dança e show aéreo (KINESSIS) (Palco da Feira)

18h30 - Aves de rapina: Demonstração de voo livre

(FAZENDA DOS ANIMAIS)

19h00 - Abertura Oficial da Feira Quinhentista

Encenação - Arauto anuncia a visita de D. Jorge, Mestre da Ordem de Santiago. Folguedos e danças

(GILTEATRO e GRUPO DANÇAS ANTIGAS ALHOS VEDROS)

19h30 - Comeres de sabor quinhentista e beberes de aroma nas tabernas

21h30 - Encenação – Atribuição do Foral à vila de Coina

22h00 - Animação diversa no Palco e ruas da Feira

- Danças da renascença

(GRUPO DANÇAS ANTIGAS DE ALHOS VEDROS)

- Danças orientais (COMPANHIA AL-NAWAR)

- Espetáculo de malabares de fogo (GILTEATRO)

23h00 - “Noite nos Acampamentos Nómadas”: jogos de equilíbrio, malabarismo, dança e show aéreo (KINESSIS)

24h00 - Encerramento

 

1 de outubro – sábado

15h00 - Abertura da Feira nas tendas dos mercadores e acampamentos

Arruada pelas ruas do burgo (BARDOADA e JOGRAIS DEL REI)

15h30 - Jogos Tradicionais e Animações de Rua (GILTEATRO, KINESSIS)

17h30 - Aves de rapina: Demonstração de voo livre

(FAZENDA DOS ANIMAIS)

18h00 - “O Dia nos Acampamentos Nómadas”: jogos de equilíbrio, malabarismo, dança e show aéreo (KINESSIS) (Palco da Feira)

18h30 - Exercícios de combate apeado (ESPADA LUSITANA)

19h30 - Comeres de sabor aldeanos e beberes de aroma nas tabernas

21h00 - Encenação – Atribuição do Foral à vila de Coina

21h30 - Animação diversa no Palco

- Música, animações e folguedos em honra D’El-rei D. Manuel I

(GRUPO DE DANÇAS ANTIGAS DE ALHOS VEDROS)

- Danças orientais (COMPANHIA AL-NAWAR)

- Espetáculo de malabares de fogo e queimada galega (GILTEATRO)

23h00 - “Noite nos Acampamentos Nómadas”: jogos de equilíbrio, malabarismo, dança e show aéreo (KINESSIS)

 

2 de outubro – domingo

10h00 - Passeio histórico por Coina – Visita guiada por um técnico da Câmara Municipal do Barreiro/Espaço Memória a alguns dos vestígios históricos mais interessantes da vila de Coina

Ponto de encontro e início – Feira Quinhentista (secretariado)

Inscrições gratuitas no secretariado da Feira

15h00 - Abertura da Feira nas tendas dos mercadores e acampamentos

Arruada pelas ruas do burgo (BARDOADA e JOGRAIS DEL REI)

15h30 - Jogos Tradicionais e Animações de Rua (GILTEATRO, KINESSIS)

15h30 - Mesa pedagógica sobre armaria (ESPADA LUSITANA)

(Acampamento Militar)

16h00 - Danças Antigas (GRUPO DE DANÇAS ANTIGAS CORVOS DO CONDE)

16h30 - Cortejo dos Cavaleiros, Meirinho, nobres, donzelas e homens bons pela vila de Coina

18h00 - Jogos de armas em honra d’El-Rei D. Manuel (ESPADA LUSITANA)

18h30 - “O Dia nos Acampamentos Nómadas”: jogos de equilíbrio, malabarismo, dança e show aéreo (KINESSIS) (Palco da Feira)

19h00 - Aves de rapina – Demonstração de voo livre

(FAZENDA DOS ANIMAIS)

19h30 - Comeres de sabor quinhentista e beberes de aroma nas tabernas

21h00 - Animação itinerante pelos palcos e recinto da Feira

- Danças orientais (COMPANHIA AL-NAWAR)

- Dança medieval (GRUPO DE DANÇAS ANTIGAS DE ALHOS VEDROS)

- Espetáculo de malabares de fogo no final da noite (GILTEATRO)

22h00 - “Noite nos Acampamentos Nómadas”: jogos de equilíbrio, malabarismo, dança e show aéreo (KINESSIS) (Palco da Feira)

23h00 - Encerramento da Feira

 

GRUPOS DE ANIMAÇÃO

ALCAIDE – camelos e acampamento

BARDOADA – música de inspiração medieval

BATUCANDO– tambores

COMPANHIA AL-NAWAR – dança oriental

ESPADA LUSITANA – exercícios de combate apeado, mesa pedagógica e acampamento

FAZENDA DOS ANIMAIS – exposição de animais da quinta, aves de rapina e demonstração de voo livre

GILTEATRO – encenações, animação de rua e espetáculo de fogo

GRUPO DE DANÇAS ANTIGAS DE ALHOS VEDROS – danças antigas

GRUPO DE DANÇAS ANTIGAS CORVOS DO CONDE – danças antigas

KINESSIS – animação de rua e espetáculo de fogo

JOGRAIS DEL REI – música de inspiração medieval

LEONOR E OS GANSOS

MINERARTE – acampamento das 3 culturas (árabe, cristã e judaica)

UTIB – alunos de Dança da Universidade da Terceira Idade do Barreiro

E outros...

 

Inserida no Programa de Comemorações dos 500 anos do Foral Manuelino

 

A Feira Quinhentista de Coina insere-se no Programa de Comemorações dos 500 anos do Foral de Coina, atribuído por D. Manuel, a 15 de fevereiro de 1516, a este antigo Município, atualmente, Freguesia integrante do Concelho do Barreiro. Em 2016, neste mesmo dia, foi assinalado o arranque das Comemorações dos 500 anos do Foral com uma “aula” sobre a temática, um Ateliê de Marionetas, ambos conduzidos por técnicos da Autarquia, e uma sessão de Dança Quinhentista, com a participação de alguns elementos da Alius Vetus, trajados à época, tendo como “palco” a Escola Básica local.

 

Estas Comemorações têm sido assinaladas com várias atividades durante o ano, prolongando-se para 2017.

 

Esta é uma iniciativa da Câmara Municipal do Barreiro (CMB) e da União das Freguesias de Palhais e Coina, com o apoio à organização da ALIUSVETUS – Associação Cultural História e Património.

 

«Se é artífice, artesão, mercador ou regatão»

 

«Se é artífice, artesão, mercador ou regatão e promove a venda e/ou demonstração de produtos característicos da época manuelina esta Feira é para Si!

Participe nesta recriação histórica do comércio, gastronomia e das artes e ofícios quinhentistas.»

As Normas de Participação – Exploração de Espaços encontram-se publicadas no Sítio Oficial da CMB na Internet, página http://www.cm-barreiro.pt/frontoffice/pages/792?news_id=5872.

 

Inscrições/+Informações sobre as Normas de Participação junto da ALIUSVETUS, através do endereço eletrónico feira.quinhentista.coina@gmail.com ou pelo telefone 962 483 731.

 

TUDO sobre a Feira Quinhentista de Coina AQUI:http://www.cm-barreiro.pt/pages/1188.

 

CMB

Histórias Vivas na Biblioteca - "A Rainha das Cores" - 1 de outubro - Biblioteca Municipal do Barreiro

a%20rainha%20das%20cores.jpg

 

No próximo dia 1 de outubro, pelas 11h00, está agendada mais uma sessão de “Histórias Vivas na Biblioteca” Municipal, leituras encenadas pela ArteViva - Companhia de Teatro do Barreiro.

“A Rainha das Cores”, de Jutta Bauer, é o título do livro escolhido para esta atividade destinada a crianças dos 3 aos 10 anos, com entrada livre sujeita à lotação da sala.

 

Este livro está recomendado para a Educação Pré-Escolar, destinado a leitura em voz alta, e insere-se no Plano Nacional de Leitura.

 

Jutta Bauer

Jutta Bauer (Autora e Ilustradora) nasceu em 1955, estudou design em Hamburgo onde vive e trabalha como ilustradora até aos dias de hoje. É uma das mais prestigiadas ilustradoras na Alemanha e no mundo e tem merecido ao longo dos anos várias distinções e prémios. Foi premiada pela IBBY em 1994; recebeu o German Youth Literature Prize, prémio de Literatura Alemã para a juventude em 2001; entre outras distinções. Em 2010 recebe o Prémio Hans Christian Andersen, o "pequeno" Prémio Nobel da Literatura.

 

 

CMB

Apresentação do livro “A Comida como Almofada Emocional”

cartaz_apresentação_Comida (2).jpg

 

“A Comida como Almofada Emocional”

 

 

A Biblioteca Municipal do Barreiro irá receber, no próximo dia 1 de outubro, a apresentação do livro “A Comida como Almofada Emocional”, pelas 16h00, no Auditório.

A entrada é livre.

 

Sinopse    

A Comida como Almofada Emocional é um livro que aborda o tema da Fome Emocional, um fenómeno que atinge homens e mulheres de todas as faixas etárias, e que se caracteriza por episódios de voracidade alimentar. Tendo por base contributos das áreas da Psicologia, Medicina e Nutrição, o presente livro aborda um conjunto de factores que contribuem para responder à questão: “Porque comemos sem ter fome?”. De forma adicional, são descritas as várias técnicas cuja aplicação permite combater a Fome Emocional.

                          

Dados biográficos

 

Júlia Marçal é licenciada em Psicologia Social e das Organizações e Mestre em Comportamento Organizacional pelo ISCTE-IUL. Consultora e formadora colaboradora em projectos de intervenção organizacional, social e comunitária. Desenvolve formação no âmbito da Fome Emocional.

 

 

 CMB

Pág. 49/49