Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

UM PALCO DE TODOS E PARA TODAS AS ARTES PERFORMATIVAS

Palco Comunitário.png

 

Alegro Castelo Branco apresenta: o Palco Comunitário

 

UM PALCO DE TODOS E PARA TODAS AS ARTES PERFORMATIVAS

 

O Centro Comercial Alegro Castelo Branco acaba de apresentar mais um conceito inovador: o Palco Comunitário. Esta é a sua mais recente oferta de lazer e entretenimento, destinada à exibição de performances artísticas e partilha comunitária, em que o palco é de todos.

 

E se o palco fosse seu? Para receber e dar vida ao talento escondido da região, o Alegro Castelo Branco aposta num projeto inovador e aberto à comunidade: um Palco Comunitário.

 

Seja no teatro, na música, na dança, na magia, no stand up ou através de outras formas de expressão, grupos amadores, associações culturais ou ilustres desconhecidos podem subir ao Palco Comunitário do Alegro Castelo Branco e brilhar.

 

O Palco Comunitário é apadrinhado pelo Conservatório Regional de Castelo Branco, uma instituição que ocupa um papel de relevância no Ensino Artístico Especializado da Música e dinamização cultural nesta zona do país. Na noite inaugural, a 16 de fevereiro, começou por presentear o público com uma atuação do seu Ensemble de Cordas, sob a direção do professor Nicolas Celis, e outra do Quinteto de Acordeões, dirigido pelo professor Horácio Pio.

 

Localizado no Merenda 6000, espaço de restauração do Alegro Castelo Branco, é num ambiente moderno e acolhedor, que qualquer pessoa poderá testar a recetividade do grande público ao seu talento e mostrar que é uma estrela.

 

“Trata-se de um projeto inovador e, ao mesmo tempo, capaz de criar laços emocionais com a nossa comunidade. Queremos que este palco seja sentido por todos os profissionais e amadores do mundo do espetáculo, como sendo deles, e se assuma como uma oportunidade de dar a conhecer os seus dotes artísticos a todos os que passam pelo Alegro Castelo Branco, proporcionando momentos verdadeiramente especiais”, explica Cristina Roxo, Diretora do Centro Comercial Alegro Castelo Branco.

 

“Para esta iniciativa contamos com diferentes embaixadores, com mérito reconhecido ao nível local e nacional. Nesta fase temos já como embaixador o Conservatório Regional de Castelo Branco, e muito em breve vamos dar a conhecer outro embaixador, também com atuação na nossa cidade, e fortemente reconhecido. Acreditamos que o Palco Comunitário reúne todas as condições para surpreender os nossos clientes com espetáculos originais e diferentes a cada dia. O palco é de todos, por isso, venham experimentá-lo”, conclui Cristina Roxo.

 

Para que o palco seja seu, basta enviar a sua ideia ou projeto para geral.alegrocb@auchan.pt ou preencher o formulário para o efeito aqui.

 

Desafie os seus limites e mostre o seu talento. O Palco é seu!

ABRE ALAS… OS “DOMINGUINHOS” QUEREM PASSAR

image001.jpg

 

Abre alas… os “Dominguinhos” querem passar para ao Carnaval brincar! Já aprumadas com as suas fantasias, as crianças com maquilhagem própria se vão transformar! Em princesa para reinar? Ou em pirata para lutar? As pinturas faciais vão ajudar… Na manhã de domingo de 26 de fevereiro, os foliões no MAR Shopping vão “desfilar”. 

 

Os “Dominguinhos” são compostos por diferentes temáticas mensais e surgem da parceria com a Catavento, empresa da incubadora de indústrias criativas da Fundação de Serralves, que se dedica a projetos educativos. Aos domingos, entre as 11h00 e as 12h00, no corredor de Moda Infantil do MAR Shopping, Piso 0, acontece um leque de atividades gratuitas de lazer, numa simbiose perfeita de momentos alegres e educativos.

Próximas Actividades|Nova Acropole Oeiras-Cascais|"AMOR LÍQUIDO E O SENTIDO DA VIDA - RECORDANDO BAUMAN"

 

Terça-Feira, 21 Fevereiro 2017, às 20:00

AULA ABERTA

DO CURSO DE FILOSOFIA PRÁTICA


AMOR LÍQUIDO E O SENTIDO DA VIDA
RECORDANDO BAUMAN

por Paulo Loução, Director da Nova Acrópole Oeiras-Cascais

na Fundição de Oeiras

 


INFORMAÇÕES e INSCRIÇÕES
tlm. 96 39 25 758
e-mail: oeiras-cascais@nova-acropole.pt

 

Quarta-Feira, 22 Fevereiro 2017, às 19:00
 

AULA LIVRE
de
Chi Kung

com Sifu Isabel Gomes
 
no Espaço Arkhé

 

A partir de 1 de Março,
aulas de Chi Kung
todas as quartas-feiras das 19:00 às 20:00, no Espaço Arkhé.

Mensalidade:
30 € (20 € para membros).

Inscrições Abertas
 

INFORMAÇÕES e INSCRIÇÕES
tlm. 96 39 25 758
e-mail: oeiras-cascais@nova-acropole.pt

 

Quinta-Feira, 23 Fevereiro 2017, às 10:30
 

1ª Aula

CURSO DE FILOSOFIA PRÁTICA


com entrada livre
 

por Por Severina Gonçalves e Rafael Zamith Pereira


no Espaço Arkhé

 

Curso DE FILOSOFIA PRÁTICA
todas as quintas-feiras das 10h30 às 12h30
 
20 sessões
duas horas, uma vez por semana
 
Consulte o programa em:
http://nova-acropole.pt/curso-de-introducao/

Local:
Espaço Arkhé, Miraflores


Valor do curso:
120 €

50% de desconto para jovens até aos 30 anos
(Possibilidade de pagamento em 2 prestações)

Inscrições Abertas


INFORMAÇÕES e INSCRIÇÕES
tlm. 96 39 25 758
e-mail: oeiras-cascais@nova-acropole.pt

Warm Up "Março a Partir" | Quatro bandas da região disputam a final a 4 de março, no Pinhal Novo

 

Os Skyard, do Barreiro, e Alexandre Silva & Os Impróprios, de Pinhal Novo, apuraram-se para a final do concurso de bandas amadoras de Palmela na 2.ª eliminatória, que se realizou no dia 18 de fevereiro, na sede da Sociedade de Instrução Musical, em Quinta do Anjo.

Em conjunto com os Mundo Escuro, de Pinhal Novo, e os Esfera, de Setúbal, constituem o lote de quatro bandas a subir ao palco do Espaço ContraFacção, no dia 4 de março, para a final do concurso. Entretanto, está já a decorrer a votação online para o Prémio Especial “Escolha do Público”, que tem o valor de 50 euros.

A organização do concurso é da responsabilidade do Município de Palmela com associações juvenis, no âmbito do grupo de trabalho “Março a Partir”, e pretende promover a música moderna, proporcionando visibilidade e oportunidades de atuação perante o público a projetos musicais amadores da região e, em particular, do concelho de Palmela.

O primeiro lugar receberá 350 euros, o segundo classificado receberá 200 euros e o terceiro 100 euros. Todos os finalistas terão direito a um live take gratuito de quatro horas e a banda do concelho de Palmela melhor classificada representará o Município no Festival Liberdade 2017.

 

Transmissão online do evento emhttps://www.facebook.com/juventudeinteractiva

Mais informação sobre os Esfera emhttps://www.facebook.com/esferamusicpt/?fref=ts

Mais informação sobre os Mundo Escuro emhttps://www.facebook.com/mundoescuro/

Mais informação sobre os Skyard em https://www.facebook.com/SkyardOfficial/

Mais informação sobre Alexandre Silva & Os Impróprios em https://www.facebook.com/alexandresilva68/

 

 

Final | 4 de março, 22h00

Esfera – Setúbal

Mundo Escuro – Pinhal Novo

Skyard - Barreiro

Alexandre Silva & Os Impróprios – Pinhal Novo

 

OWAN apresentam o single "The Colour of Dreams" | 03 de Março em formato digital

image002.jpg

 

OWAN (Out With A New) é um projeto musical criado e liderado por Danniel Boone (autor, compositor, vocalista e multi-instrumentista).

 

Depois do álbum “And Now You”, os OWAN regressam em 2017 com novo trabalho.

“The Colour of Dreams” é o single de apresentação do álbum que será editado brevemente em formato digital.

 

Sobre “The Colour of Dreams” Danniel Boone diz:

“...É um daqueles temas que já andava há muito tempo na minha cabeça e teimava em não ganhar “vida”, lembro-me de escrever o “rif” da guitarra por volta de 2004… Foi um pedido expresso do nosso produtor Quico Serrano incluir este tema no álbum e tinha toda a razão porque, para mim, está um tema fantástico...um tema “happy” que nos lembra, por vezes, de nos valorizarmos mais...”

OS CONCURSOS DE BELEZA JÚNIOR CHEGAM AO TLC COM 'LITTLE MISS ATLANTA' | 27 de fevereiro às 19h05

No mundo altamente competitivo dos concursos de beleza infantis só há uma coroa e todos vão fazer o que é preciso para vencer. A nova série que vai estrear no TLC vai seguir estas duplas no intenso caminho para a vitória, não deixando um pormenor escapar. ‘Little Miss Atlanta’ estreia no TLC no dia 27 de fevereiro às 19h05.

 

 

 

No mundo altamente competitivo dos concursos de beleza infantis só há uma coroa e todos vão fazer o que é preciso para vencer. Esta série documental segue três concorrentes afro-americanas e as suas mães, enquanto se preparam para competir no intenso mundo dos concursos de beleza.

 

Entre os três e os dez anos de idade, as meninas entram sempre nisto para ganhar, mas são as mães que comem, dormem e respiram concursos de beleza. Quer gastem milhares de dólares num único concurso ou deixem o espaço enraivecidas, nada impede estas mães de se assegurarem que a filha é a vencedora.

 

A nova série que vai estrear no TLC – Little Miss Atlanta – vai seguir estas duplas no intenso caminho para a pódio, não deixando escapar nenhum desafio, nenhum drama, nenhuma prova e nenhuma vitória!

 

‘Little Miss Atlanta’ estreia no TLC no dia 27 de fevereiro às 19h05.

 

Crime + Investigation™ estreia Crimes de Long Island

CI_CRIMES DE LONG ISLAND_NOVOS-01.png

 

“Crimes de Long Island” é a série do Crime + Investigation™ que foca os assassínios das 10 prostitutas de Gilgo Beach, por resolver até aos dias de hoje. Acompanhe a partir de quarta-feira, 22 de fevereiro, pelas 23h, ao longo de oito episódios, as investigações de Joshua Zeman e Rachel Mills, dois documentaristas dedicados e perseverantes, que se debruçaram sobre o caso.

Por resolver há 5 anos, este é um dos mais estranhos casos de assassinato em série. As autoridades acreditam que o lendário LISK (abreviatura estrangeira para designar Long Island Serial Killer) é o responsável pelos crimes. No entanto, não conseguem comprová-lo, porque o assassino não identificado ainda permanece em liberdade. 

Estreitando relações com ciber-detectives, jornalistas e com as famílias das vítimas, Zeman e Mills descobrem ligações que sugerem que a localidade de Long Island é apenas o começo de uma complexa investigação.

Apesar do objetivo não ser resolver o caso e ter um final completo com confissão, Zeman e Mills estão com esperança de que algumas das pistas que descobriram vão ajudar a apanhar o serial killer de Long Island. Graças à sua investigação rigorosa, ambos podem trazer resultados a este caso trágico.

 

SOBRE JOSHUA ZEMAN

Joshua Zeman tem estado na vanguarda do género do crime verídico na última década. O seu documentário de terror Cropsey foi aclamado pela crítica incluindo em meios de prestígio como The Wall Street Journal e The New York Times. Posteriormente criou a série Killer Legends para a NBC, que focava crimes reais que inspiraram as mais bizarras lendas urbanas. Apesar do crime ser a sua especialidade, os créditos de Zeman enquanto produtor incluem os filmes The Station Agent, Mysterious Skin, The Hawk is Dying e Against the Current.

Zeman nasceu em Long Island, na mesma área onde os corpos de 10 prostitutas foram encontrados perto de Gilgo Beach.

 

 

SOBRE RACHEL MILLS

A carreira de Rachel Mills começou em Nova Iorque, onde selecionou e orientou documentários e filmes de ficção incluindo Winter's Bone, Gregory Crewdson: Brief Encounters e Garbage Dreams. Mills produziu o documentário A Matter of Taste para o HBO que venceu um prémio James Beard e teve uma nomeação para os Emmys. Crimes de Long Island não é a primeira colaboração com Zeman — o par trabalhou anteriormente em Killer Legends.

 

Os episódios em fevereiro…

Quem quer que tema monstros

Ao longo de um isolado troço de autoestrada, a polícia descobre os corpos das dez vítimas de assassinato. A polícia apercebe-se de que estão todos relacionados à indústria do sexo, mas o rasto de mais indícios rapidamente se desvanece. Cinco anos mais tarde, a identificação do assassino permanece um mistério e a aplicação da lei local está a fazer pouco para arrefecer os ânimos de uma comunidade ansiosa por respostas. Quando os produtores Josh Zeman e Rachel Mills se fixam no caso do Mistério de Long Island, rapidamente se veem envolvidos numa busca pelo evasivo homicida. Com a ajuda de uma crescente rede de detetives amadores, Josh e Rachel descobrem uma história de engano e ignorância que os leva bem para o centro do mundo online de acompanhantes de luxo.

Quarta-feira, 22 de fevereiro

 

 

Sobre o Crime + Investigation 

Crime + Investigation é o único canal de TV dedicado à investigação de crimes reais.

Produzido pelo The History Channel Iberia, uma joint-venture entre a AMC Networks International – Iberia e A+E Networks, o Crime + Investigation convida os espectadores a mergulhar na apaixonante busca pela verdade através da investigação criminal. Na sua ampla programação, o canal conta impactantes histórias que transportam o espectador até ao mais profundo mundo do crime e leva-o para além do ‘quê’ e ‘como’ para entender o ‘porquê’ e aumentar o seu conhecimento sobre a natureza humana e sua tenacidade na procura da verdade.

O Crime + Investigation é uma marca de referência no género da investigação criminal. O CI está presente em mais de 85 países, tendo sido traduzido em 13 línguas e chega a mais de 61 milhões de famílias. Em Portugal, é distribuído na NOS.

 

Academia divulga nomeados na Cinemateca - Prémios Sophia 2017

A Academia Portuguesa de Cinema divulga os nomeados para os Prémios Sophia 2017, na Conferência de Imprensa que decorre quinta-feira, dia 23 de fevereiro às 18h00, na Cinemateca Portuguesa, Rua Barata Salgueiro nº 39, em Lisboa.

Os atores e membros da Academia Soraia Chaves e Albano Jerónimo serão os responsáveis pela divulgação da lista de nomeados. Serão também anunciados os homenageados para os Prémios Carreira.

Este evento antecede a cerimónia de entrega dos Prémios Sophia 2017 que decorre no dia 22 de março, no Centro Cultural de Belém, em Lisboa.

Passatempo - FRAGMENTOS

 

O Blog Cultura de Borla em parceria com o TEATRO CONTRA - SENSO tem bilhetes duplos para a peça FRAGMENTOS para os dias 3 e 4 de Março no AUDITÓRIO FERNANDO PESSA aos primeiros leitores que de 5 em 5 participações:

Enviem um email para o culturadeborla@sapo.pt com a frase "Eu quero ver FRAGMENTOS com o Cultura de Borla" com nome, BI e nº de telefone.

 

TEATRO  

Fragmentos

de Miguel Mestre | Projecto RevelArte - Teatro Contra-Senso

3 de Março: 11:00, 15:00 e 21:00 + 4 de Março: 15:00 e 21:00

Auditório Fernando Pessa - Lisboa

 

20257943_QHbMU.jpeg

 

 

 

Grupo de jovens apresenta “Fragmentos”,

uma peça sobre a temática dos abusos sexuais

 

 

Se isto fosse televisão, a bolinha vermelha no canto superior direito do ecrã estaria sempre presente. Tal como uma marca, uma cicatriz, que, mais do que permanecer nos corpos, não se extingue da memória de tantos e tantos jovens. Sim, aqui as palavras e as imagens podem ferir a susceptibilidade do espectador. Podem e devem! Mas não irão ferir mais do que já magoaram as próprias vítimas. Tantas! São elas – as personagens-vítimas – que se expõem perante os olhares do público. Contam e revivem, ao pormenor, aqueles momentos que jamais conseguirão esquecer. Abusos. Violência. Sexo pelo sexo. Só pelo corpo. Pela carne. Como um troféu. Sem distinção de idade, género ou orientação sexual. E revelam as consequências destas agressões, impossíveis de apagar.

 

Nunca a temática dos abusos sexuais na adolescência foi abordada de forma tão directa. Sem meias palavras. Sem imagens encriptadas. Porque a realidade é esta: crua e esmagadora! E o que estes actores com idades compreendidas entre os 14 e os 22 anos denunciam é a sua realidade. Nada mais actual e pessoal.

 

Este é o terceiro e último capítulo de uma trilogia – “Revela-te” – que retrata diversas problemáticas dos jovens de hoje. A primeira peça, “Espinhos da Rosa Que Te Ofereço” tinha como tema a violência no namoro. A segunda, “Caixa Negra”, versava o bullying. Agora, e fechando a tríade, “Fragmentos” reflecte sobre os abusos sexuais.

 

O conjunto destas peças é dotado de vários elementos simbólicos que atravessam as três encenações e que perfazem um todo, o que não exclui a possibilidade de cada uma delas contar a sua história isoladamente. Outra característica comum aos três espectáculos é a linguagem directa, não com o intuito de chocar, mas sim, para alertar para as temáticas abordadas. É proibido ficar indiferente! 

 

Este ciclo de espectáculos é o resultado do trabalho do Projecto RevelArte, promovido pelo Teatro Contra-Senso, com o apoio da Junta de Freguesia de Marvila e em parceria com o Agrupamento de Escolas D. Dinis, em Lisboa.

 

O Projecto RevelArte tem como objectivo proporcionar formação teatral a jovens da freguesia de Marvila, em Lisboa, culminando na apresentação de um espectáculo para a comunidade no final do projecto. Note-se que, para a maioria destes adolescentes, este é o primeiro contacto com o universo teatral.

 

O Teatro Contra-Senso é um grupo de teatro amador, sedeado na freguesia de Marvila, em Lisboa, que em 2017 comemora 20 anos. Muitos foram os palcos que o Contra-Senso pisou ao longo deste percurso, nomeadamente, na Grande Lisboa – Teatro Municipal Maria Matos, Teatro Taborda, Teatro A Barraca, Teatro Armando Cortez, Centro Cultural Malaposta –, entre outros, um pouco por todo o País.

 

 

Fragmentos

3 de Março: 11:00, 15:00 e 21:00

4 de Março: 15:00 e 21:00

Auditório Fernando Pessa - Casa dos Direitos Sociais

Rua Ferreira de Castro, s/n

1900-697 Bairro da Flamenga, Marvila - Lisboa

 

Bilhetes: 3€

Reservas: 917897868| reservas.contrasenso@gmail.com

 

Ficha técnica

 

Texto e encenação: Miguel Mestre

Apoio ao Projecto: Gonçalo Henriques

Interpretação: Alexandre Silva, André Ribeiro, Beatriz Duarte, Bruna Antunes, Inês Martins, Jinissi Meggi, Joana Martins, Mariana Pinto, Maria Rosa Tavares, Rui Alexandre, Samuel Pacheco, Tiago Ferro, Ticha Campos, Vanessa Monteiro.

NOVA DATA | Workshop de Colagem: Oficina de improvisação plástica

No dia 16 de Março, o Edge Arts promove em horário pós-laboral um Workshop de Colagem que desafia jovens e adultos a aprender a técnica da colagem e a construir inúmeras combinações espontâneas de cores, formas e texturas.

O workshop "
Oficina de improvisação plástica" vai levar os participantes a mostrar o seu lado mais criativo, através do uso de materiais pessoas, como bilhetes, selos, postais, pacotes de café, para criar novas imagens e combinações.

A sessão será sob a orientação da artista visual Dilar Pereira.

Pág. 1/39