Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Espaços Vivos 2017

CARTAZ.jpg

 

 

Os parques, jardins e praias do Barreiro recebem, em junho e julho, várias iniciativas que vão animar estes espaços nas tardes e noites de verão. Programa completo em http://www.cm-barreiro.pt/frontoffice/pages/792?news_id=6370

 

JUNHO


3 junho | sábado | 10h30 | Pantini e Pantinella | Parque Catarina Eufémia

Ficha técnica

Produção: Companhia Marimbondo

Duração: 45m

Classificação etária: M/3

 

3 junho | sábado | 16h00 | As Aventuras de Vítor na Praia – Yoga com Livros | Praia de Alburrica

Ficha técnica

Produção: Marta Teixeira

Duração: 1hora

Classificação etária: M/3

Nº máximo participantes: 12

Material Necessário: toalha de praia e água

 

3 junho | sábado | 17h00 às 18h00 | Zumba Fitness * | MGB - Bar do Bento | Praia de Alburrica

 

4 junho | domingo | 16h00 às 20h00 | Sunset em Alburrica – Dj Clemente | MGB - Bar do Bento | Praia de Alburrica

 

10 junho | sábado | 10h00 | Descubra o complexo oleiro dos séculos XV e XVI - Visite o CICAMM | Mediante marcação | Mata da Machada

As visitas guiadas, mediante inscrição (21 206 81 85), decorrem de maio a setembro para grupos com um mínimo de cinco e um máximo de 15 participantes.

 

10 junho | sábado | das 10h00 às 17h00 | Feira de artesanato, velharias e colecionismo | Parque Catarina Eufémia

Visite as nossas feiras e valorize os trabalhos feitos à mão dos nossos artesãos.
Para inscrições: artesanato.cmb@gmail.com

 

10 junho | sábado | 10h30 | Os Piratas e O Tesouro do Capitão Morgano! | Parque Catarina Eufémia

Produção: LePersilNoir

Duração: 1hora

Classificação etária: M/3

 

10 junho | sábado | 17h00 às 18h00 | African Dance Revolution (ADR) * | MGB - Bar do Bento | Praia de Alburrica


17 junho | sábado | 10h30 | As seis Suítes para Violoncelo Solo | Largo em frente à Piscina Municipal do Lavradio

 

17 junho | sábado | 16h00 às 04h00 | Soirée Copacabana em parceria com Cooperativa Mula | Praia de Copacabana

 

17 junho | sábado | 17h00 às 18h00 | Kizomba *| MGB - Bar do Bento | Praia de Alburrica

17 junho | sábado | 21h00 | Noite de Combos da Escola de Jazz do Barreiro | Largo do Mercado 1º Maio


18 junho | domingo | 16h00 | O senhor minúsculo e a baleia | Praia de Alburrica

Produção: Joana Manaças e Madalena Marques

Duração: 45m

Classificação etária: M/3

 

24 junho | sábado | 10h30 | Sons do Corpo | Parque Catarina Eufémia

Produção de Hugo Botelho

 

24 junho | sábado | 16h00 | As Aventuras de Vitor na Praia – Yoga com Livros | Praia de Alburrica

Produção: Marta Teixeira

Duração: 1hora

Classificação etária: M/3

Nº máximo participantes: 12

Material Necessário: toalha de praia e água

 

24 junho | sábado | 17h00 às 18h00 | Ritmos Brasileiros * | MGB - Bar do Bento | Praia de Alburrica


24 junho | sábado | 22h00 às 02h00 | Summer Night Session | Out.ra ASSOCIAÇÃO Cultural | Moinhos de Alburrica

 

25 junho | domingo | 16h00 às 20h00 | Sunset em Alburrica – Dj Hugo Mosse | MGB - Bar do Bento | Praia de Alburrica


JULHO


1 julho | sábado | das 10h00 às 17h00 | Feira de artesanato, velharias e colecionismo | Parque Catarina Eufémia

Visite as nossas feiras e valorize os trabalhos feitos à mão dos nossos artesãos.
Para inscrições: artesanato.cmb@gmail.com

 

1 julho | sábado | 10h30 | A Flor Vem Ver o Mar, Alves Redol - Histórias pelo Arteviva | Biblioteca do Parque Catarina Eufémia

Produção: Arteviva – Companhia de Teatro do Barreiro

Duração: 1hora

Classificação etária: M/6

 

1 julho | sábado | 16h00 | As Aventuras de Vítor na Praia – Yoga com Livros | Praia de Alburrica

Produção: Marta Teixeira

Duração: 1hora

Classificação etária: M/3

Nº máximo participantes: 12

Material Necessário: toalha de praia e água

 

1 julho | sábado | 17h00 | Kangaroo Dance * | MGB - Bar do Bento | Praia de Alburrica

1 julho | sábado | 22h00 | Concerto: Pokitapoko | Largo do Mercado 1º Maio

2 julho | domingo | 16h00 | O Senhor minúsculo e a baleia | Praia de Alburrica

Produção: Joana Manaças e Madalena Marques

Duração: 45m

Classificação etária: M/3

 

2 julho | domingo | 17h00 às 21h00 | Kikko Special | Moinhos de Alburrica

8 julho | sábado | 10h00 | Descubra o complexo oleiro dos séculos XV e XVI - Visite o CICAMM | Mediante marcação | Mata da Machada

As visitas guiadas, mediante inscrição (21 206 81 85), decorrem de maio a setembro para grupos com um mínimo de cinco e um máximo de 15 participantes.

 

8 julho | sábado | 17h00 | Ritmos Africanos *| MGB - Bar do Bento | Praia de Alburrica

9 julho | domingo| 16h00 | O Senhor minúsculo e a baleia | Praia de Alburrica
Produção: Joana Manaças e Madalena Marques

Duração: 45m

Classificação etária: M/3

 

11 julho | 3ª feira | 16h30 | Espalha Afetos | Parque dos Passarinhos – Lavradio

13 julho | 5ª feira | 16h30 | Espalha Afetos | Parque Catarina Eufémia

Dinamizado por: Protocolo do RSI da Associação NÓS

 

15 julho | sábado | 10h30 | As Aventuras de Vítor na Praia – Yoga com Livros | Praia de Alburrica

Produção: Marta Teixeira

Duração: 1hora

Classificação etária: M/3

Nº máximo participantes: 12

Material Necessário: toalha de praia e água

 

15 julho | domingo | 17h00 às 21h00 | Sunset com Cooperativa Sound System | Avenida Bento Gonçalves – Avenida da Praia

 

15 julho | sábado | 17h00 | Zumba Fitness* | MGB - Bar do Bento | Praia de Alburrica

16 julho | domingo | 16h00 | Concerto: Ruy Barros e Persona 77 | MGB - Bar do Bento | Praia de Alburrica


22 julho | sábado | 10h30 | Na pele da Terra | Parque Catarina Eufémia

Produção: Teatro do Elefante

Duração: 40m

Classificação etária: M/4

 

22 julho | sábado | 17h00 às 21h00 | Sunset com Cooperativa Sound System + NADA NADA live act | Avenida Bento Gonçalves – Avenida da Praia


22 julho | sábado | 17h00 | African Dance Revolution* | MGB - Bar do Bento | Praia de Alburrica


29 julho | sábado | 10h30 | Estórias com o mundo lá dentro | Parque Catarina Eufémia
Produção: Joana Gonçalves Maurício

Duração: 1hora

Classificação etária: dos 3 aos 6 anos

 

29 julho | sábado | 16h00 às 20h00 | Alburrica Party 2017| MGB – Bar do Bento | Praia de Alburrica


30 julho | domingo | 17h00 às 21h00 | Sunset com Cooperativa Sound System | Avenida Bento Gonçalves – Avenida da Praia

 

*Podem existir alterações às aulas apresentadas.

 

CMB

CMB acaba de colocar à venda a 2ª edição do catálogo “O Regresso das Bandeiras”

Imagem2Edicao+.jpg

 

 

 

A Câmara Municipal do Barreiro acaba de colocar à venda a 2ª edição do catálogo “O Regresso das Bandeiras”, publicação de suporte à exposição temporária com o mesmo nome, realizada em parceria com o Arquivo Nacional/Torre do Tombo que, durante o ano de 2016, levou ao Espaço Memória perto de 3 milhares de visitantes, num evento que deu relevo a um acontecimento da história do Barreiro e hoje, sabemo-lo, da história nacional, até então pouco estudado e conhecido. Tratou-se da “Jornada de Agitação e Luta contra a Ditadura Salazarista, a Guerra e o Fascismo”, que culminou com a colocação de várias bandeiras vermelhas em vários pontos da Vila do Barreiro no dia 28 de Fevereiro de 1935.

 

O catálogo tem o preço de 7,5 € e pode ser adquirido no Espaço Memória, na Biblioteca Municipal do Barreiro, no Auditório Municipal Augusto Cabrita e no Posto  de Turismo da Câmara Municipal do Barreiro. 

Recorde-se que este catálogo - cujo trabalho de investigação histórica e conteúdos foi da responsabilidade técnica municipal Rosalina Carmona, com conceção, design e logótipo criado pela empresa WeenOne - foi lançado pela primeira vez a 19 de novembro de 2016 no Espaço Memória, tendo esgotado rapidamente. Na ocasião, Carlos Humberto de Carvalho, Presidente da Câmara Municipal do Barreiro, disse que a Autarquia cumpria “uma obrigação, um dever, uma homenagem à nossa Terra que tanto admiramos. O Barreiro não esquece o terror do período de ditadura e os que lutaram pela liberdade, democracia e pelo futuro”.

Neste sentido, “O Regresso das Bandeiras” visa homenagear e destacar todos os que lutaram. “É função dos poderes públicos preservar essa memória”, considerou.

“Queremos assumidamente tomar partido pela Democracia, pela Liberdade”, salientou o Autarca, considerando que “é preciso não desistir, é necessário definir estratégias de defesa dos Direitos e da Liberdade, semear a esperança, construir um tempo novo. Os povos merecem bem-estar, desenvolvimento, Paz e Liberdade”.

 CMB

Feira Quinhentista de Coina dias 21, 22 e 23 de julho | Barreiro

Feira Quinhentista Coina 2017.jpg

 

 

No Concelho do Barreiro; 2ª edição do evento

 

 

A 2ª Feira Quinhentista, em Coina, no Concelho do Barreiro, realiza-se nos dias 21, 22 e 23 de julho, das 14h00 às 24h00. Com entrada livre, este evento, que, no ano passado, recebeu milhares de visitantes, terá lugar no espaço do mercado mensal de Coina.

 

Trata-se de uma iniciativa com animação garantida, comida e bebida nas tasquinhas, venda de artesanato temático e disponibilização de vestuário de época para poder participar trajado a rigor.

 

A animação estará a cargo de 80 artistas e animadores:

Música – Colibri e Gaiteiros Dumtrago

Música coral – Animae vox

Animação de rua – Animaregnum, Vox de ville e Gilteatro

Exposição de armamento e demonstração de combates – Espada Lusitana

Acampamentos temáticos – Minerarte e Arefina

Animais da quinta e falcoaria – Fazenda dos animais e Quinta pedagógica

Aves do Novo Mundo – Animal Experience

Dança oriental – Companhia Al-Nawar

Dança medieval – Grupo de Danças Antigas Corvos do Conde

Dança Renascentista – Grupo de Danças Antigas de Alhos Vedros

 

Alguns Destaques:

Dia 21 – 21h00, no Palco da Feira, Abertura Oficial seguida de Dança oriental e danças da Renascença

Dia 22 – 22h00, Cortejo noturno dos Cavaleiros, Meirinho, nobres, donzelas e homens bons pela vila de Coina; 23h00, animação de fogo e queimada galega

Dia 23 – 16h00, concerto pelo grupo Animae Vox, na Igreja de Coina; 22h00, encerramento com animação de fogo

 

Esta é uma iniciativa da Câmara Municipal do Barreiro (CMB) e da União das Freguesias de Palhais e Coina, com o apoio à organização da Alius Vetus – Associação Cultural História e Património.

 

Inscrições abertas para venda de artesanato, e comes e bebes.

+INFO através do endereço eletrónico feira.quinhentista.coina@gmail.com ou pelos telefones 962 483 731 (Alius Vetus) ou 212 068 232 (Divisão de Promoção Cultural da CMB).

Ateliê Municipal do Barreiro | Atribuído ao projeto Oficina de Artes, apresentado por Cristina Arvana e Joana Maurício

Ateliê Municipal do Barreiro

 

protocolo ateliê municipal.JPG

 

Atribuído ao projeto Oficina de Artes, apresentado por Cristina Arvana e Joana Maurício

Hoje, dia 21 de julho, o Presidente da Câmara Municipal do Barreiro, Carlos Humberto de Carvalho, e as artistas Cristina Arvana e Joana Maurício assinaram o Contrato de Comodato do Ateliê Municipal com a duração de um ano a partir desta data.

 

Recorde-se que, no âmbito do IV Concurso para Atribuição do Ateliê Municipal do Barreiro, o júri, constituído por Lurdes Lopes (em representação da Câmara Municipal do Barreiro), Paulo Nunes (como professor de artes do Agrupamento de Escolas de Casquilhos) e Carlos Ribeiro (artista plástico), deliberou que o Projeto Oficina de Artes, apresentado por Cristina Arvana e Joana Maurício, foi ao encontro dos critérios de avaliação estabelecidos para Ateliê e apresentou uma maior estruturação e maior consistência, exigidas nas normas.

Foi valorizada a multidisciplinariedade do projeto e a promoção do contacto com a comunidade e o tecido cultural local.

O Ateliê Municipal do Barreiro integra-se no Plano Estratégico de Desenvolvimento das Artes Visuais no Barreiro e tem como principais objetivos dinamizar e promover a criação artística no Concelho, oferecer condições de trabalho a artistas locais visando uma crescente profissionalização, desenvolver a descentralização cultural pelas freguesias, incentivar os artistas a desenvolver trabalho no âmbito das Artes Visuais, assim como, dinamizar o contacto entre os artistas e a comunidade.

CMB

OUT.FEST 2017 - Anúncio de datas e primeiros nomes

Logo.jpg

 

 

OUT.FEST – Festival Internacional de Música Exploratória do Barreiro 

2017 / 14ª edição 

De 4 a 7 de Outubro em vários locais da cidade do Barreiro

Uma Co-Programação da OUT.RA - Associação Cultural e da Filho Único - Associação Cultural

 

 

Primeiras confirmações: 

THIS IS NOT THIS HEAT

JEJUNO

THE PERE UBU MOON UNIT

CASA FUTURO (P. Sousa, J. Berthling & G. Ferrandini)

NOCTURNAL EMISSIONS

SIMON CRAB

JONATHAN ULIEL SALDANHA & CORAL TAB (Coro dos Trabalhadores da Autarquia do Barreiro) + CORO BE VOICE

BOOKWORMS

 

Espaços: 

Auditório Municipal Augusto Cabrita

ADAO – Associação Desenvolvimento Artes & Ofícios

outros a anunciar

  

Bilhetes: 

Passe geral à venda em  nos locais habituais a partir de hoje em número limitado e a preço reduzido: 25€

 

***

Deste primeiro leque de confirmações salienta-se a presença de alguns nomes com várias décadas de trabalho de inovação, progressismo e experimentação continuada, como sejam os norte-americanos Pere Ubu, liderados pelo icónico David Thomas, ou os britânicos This Heat (rebaptizados This is Not This Heat desde o seu ressurgimento há um par de anos), Nocturnal Emissions ou Simon Crab (do projecto Bourbonese Qualk). 

No que diz respeito aos talentos emergentes, lugar para apresentações do produtor nova-iorquino, afiliado às editoras L.I.E.S. e BANK, Bookworms, da portuguesa (e agora estabelecida em Viena) Jejuno e do trio de destacadíssimos representantes do novo jazz europeu Casa Futuro (colaboração entre os lusos Pedro Sousa e Gabriel Ferrandini e o sueco Johan Berthling).

A finalizar este primeiro lote de artistas, destaque para um projecto especial que une o músico e produtor portuense Jonathan Uliel Saldanha aos grupos corais TAB (composto por trabalhadores da autarquia do Barreiro) e Be Voice, que apresentarão a nova peça “Plethora”, composta na sequência de um trabalho em desenvolvimento há já vários meses.

O OUT.FEST tem como principais apoios o Ministério da Cultura / Direcção-Geral das Artes, a Câmara Municipal do Barreiro, a Baía do Tejo e a Entidade Regional de Turismo da Região de Lisboa.

Programação OUT.RA até Julho - Barreiro

A3_FRANÇOIS CARRIER, MICHEL LAMBERT & HUGO ANTUNE

 

Maio, Junho e Julho serão meses particularmente intensos para os lados do Barreiro e para vários dos seus espaços mais emblemáticos.
 
A aliar à continuidade da programação regular “OUT.RA Música”, cujo epicentro em 2017 se tem vindo a deslocar com mais frequência para as instalações da ADAO – Associação Desenvolvimento Artes & Ofícios (colectivo de artistas que tem vindo a recuperar o antigo quartel dos Bombeiros Voluntários Sul & Sueste), as primeiras intervenções da OUT.RA – Associação Cultural no domínio das celebrações do octagésimo aniversário da rede de água pública no Concelho surgem com uma inusitada performance no Reservatório Elevado do Alto da Paiva, com espectáculos a decorrer nas tardes de 27 e 28 de Maio por artistas selecionados na sequência de uma Open Call internacional que resultou em mais de uma centena de candidaturas.
 
A 16 de Junho, inaugura no Auditório Municipal Augusto Cabrita uma exposição que ilustra o trabalho de documentação sonora realizado em volta dos muitos espaços e estruturas que compõem a Rede Municipal de Águas e Saneamento, numa “caça aos sons” que vem complementar o arquivo que tem vindo a mapear as mais diversas paisagens sonoras do Concelho.
 
Já fora do tema da Água Pública – no âmbito do qual se realizarão ainda várias outras actividades até final do ano, a anunciar oportunamente -, mas também em Junho, o trio de Pedro Sousa, Rodrigo Pinheiro e Gabriel Ferrandini - três nomes proeminentes da “Lisbon's New Jazz Vanguard” coberta pela Wire na sua edição de Fevereiro – estabelece residência na Casa da Cultura da Baía do Tejo (o histórico “Cinema da CUF”) para o desenvolvimento de um trabalho mais aprofundado que preparará o primeiro lançamento discográfico da formação. A 8 de Julho mostram o trabalho numa apresentação na Biblioteca Municipal do Barreiro, numa noite que contará também com a actuação do Space Quartet, a actual formação de trabalho de Rafael Toral.
 
Outro trabalho de longo curso que mostrará os seus primeiros avanços resulta da Bolsa de Criação atribuída a um artista local (em 2015 e 2016 o recipiente foi o pianista Tiago Sousa), que neste ano proporciona ao músico e artista sonoro José Bica (Ybasics, Grooveyard Junkies) oportunidade para uma reflexão sonora sobre o património material e imaterial da cidade. O primeiro de três momentos públicos consubstancia-se numa Instalação Sonora Interactiva, de título “Subúrbio Sonoro”, patente na ADAO, com inauguração a 13 de Maio e término a 3 de Junho.
 
A programação regular da OUT.RA continua, após concerto de pré-apresentação de “Casa de Cima”, das Pega Monstro, com o trio do contrabaixista Hugo Antunes e dos canadianos Michel Lambert (percussão) e François Carrier (saxofone) - no dia 2 de Junho no Terraço dos escritórios da associação – e com a apresentação de “Vermelho”, primeiro disco de Bruxas/Cobras, novo duo que junta o baixo de Pedro Lourenço (reconhecido como dos mais únicos ilustradores nacionais e que nos habituámos a ver em palco com nomes como Rafael Toral ou Bernardo Devlin) e a bateria de Ricardo Martins (homem de mil projectos e ainda e sempre lembrado como explosivo motor dos Lobster), a 9 de Junho, na ADAO, numa noite partilhada com os Iguanas, também prestes a lançar novo disco. 
 
 
13 Maio a 3 Junho. ADAO
Subúrbio Sonoro – Instalação Sonora Interactiva por José Bica
Entrada livre. Aberto sábados e domingos das 17h-19h
 
27 e 28 Maio. Reservatório Elevado do Alto da Paiva. 16H e 18h
Música / Sound Art com: 
Melaina Barnes & Jean-Philippe Drecourt
Luís Bittencourt
Alberto Lopes / Sonoscopia
Carlos Santos & Nuno Torres
Entrada livre mediante inscrição obrigatória para info@outra.pt
 
2 Junho. Terraço na Rua Elias Garcia, 38. 18h
Hugo Antunes, François Carrier & Michel Lambert
Entrada livre c/ donativo opcional e reserva obrigatória para info@outra.pt
 
9 Junho. ADAO. 22h30
Bruxas / Cobras
Iguanas
Entrada: 5€
 
16 Junho. Auditório Municipal Augusto Cabrita. 18h30
Inauguração da Exposição 80 Anos da Água
Entrada livre. .
 
8 Julho. Biblioteca Municipal do Barreiro. 22h.
Pedro Sousa, Rodrigo Pinheiro & Gabriel Ferrandini
Rafael Toral Space Quartet
Entrada: 5€
 
 
Mais informações sobre todos os eventos em www.outra.pt

Festival Encontros | Este fim-de-semana no Barreiro com entrada livre | Abertura Oficial: sexta-feira, 20h00

Festival Encontros 2017.jpg

 

 

Festival Encontros

Este fim-de-semana no Barreiro com entrada livre

Abertura Oficial: sexta-feira, 20h00

 

A Câmara Municipal do Barreiro (CMB) convida o Vosso Órgão de Comunicação Social para a ABERTURA OFICIAL DO VII FESTIVAL ENCONTROS - CORES, SONS, SABORES E SABERES, agendada para as 20h00 de amanhã, sexta-feira, 7 de julho.

A CMB agradece a confirmação da presença para o contacto da Divisão do Projeto Municipal de Participação, Democracia, Cidadania e Comunicação, 91 105 6130.

 

 

Dillaz e Ferro Gaita este fim-de-semana no Barreiro

 

Recorde-se que Dillaz, amanhã, sexta-feira, 7 de julho e Ferro Gaita, sábado, dia 8, ambos às 22h30, são dois dos destaques do Festival Encontros, que decorre, este final de semana, no Barreiro.

A Praça de Santa Cruz, a Travessa Padre Abílio Mendes e toda a sua envolvência vai, assim, voltar a receber a animação do Festival Encontros. Com o mote “Cores, Sons, Sabores e Saberes”, na sua 8ª edição, o “Encontros”, Festival “de Rua” de entrada livre, é um evento eminentemente intercultural - global.


Música, artesanato, dança, debate, documentários, moda, gastronomia do mundo e, ainda, programação infantil são exemplos do que se pode encontrar neste Festival, repleto de animação, boa disposição e muita diversidade.

 

 

Programa do Festival Encontros

7 JULHO | 19H00 às 02H00

20H00 | ABERTURA OFICIAL DO VII FESTIVAL ENCONTROS

CORES, SONS, SABORES E SABERES

 

MÚSICA

PALCO FESTIVAL

22H30 | DILLAZ

PALCO ENCONTROS

19H00 | HENRIQUINHO JÚNIOR – MÚSICO GUINEENSE

21H30 | CONTRATEMPO – MÚSICA CABO-VERDIANA

00H00 | CELESTE MARIPOSA – AFROBAILE

 

MODA

PALCO ENCONTROS

19H30 | PRINCIPILINA – ESTILISTA GUINEENSE

 

DOCUMENTÁRIOS

PALCO ENCONTROS

20H30 | CICLO DE DOCUMENTÁRIOS – PRODUÇÃO CMB 2017

 

ARTESANATO

LARGO ASSOCIATIVO

19H00 ÀS 22H00

 

GASTRONOMIA DO MUNDO

LARGO ASSOCIATIVO

19H00 ÀS 02H00

 

8 JULHO | 15H00 às 02H00

MÚSICA

PALCO FESTIVAL

22H30 | FERRO GAITA

PALCO ENCONTROS

17H30 | OS CÚMPLICES – JOVENS MÚSICOS

18H00 | KENNY CAETANO – MÚSICO ANGOLANO

18H30 | SOMERSAULT – POESIA E MÚSICA

19H30 | CARLA CORREIA COM JAIR PINA NAS PERCUSSÕES E DJONE SANTOS NA GUITARRA E CAVAQUINHO – MÚSICOS AFRICANOS

20H30 | ADY CARP – MÚSICA MOLDAVA

21H30 | ORIGINAL BANDALHEIRA

00H00 | COOPERATIVA SOUND SYSTEM – MÚSICOS BARREIRENSES

 

DANÇA

PALCO ENCONTROS

19H00 | DANÇAS MIORITA – DANÇAS TRADICIONAIS MOLDAVAS

 

DOCUMENTÁRIOS

CINE-CLUBE DO BARREIRO – LARGO CASAL

DAS 17H00 ÀS 00H00 | CICLO DE DOCUMENTÁRIOS – PRODUÇÃO CMB 2015 E 2016

 

DEBATE

ESCOLA CONDE FERREIRA

15H00 ÀS17H00

 

PROGRAMAÇÃO INFANTIL

LARGO DAS ARTES - LARGO ROMPANA

18H00 | HISTÓRIAS DA AVÓ JU & GINCANA DE JOGOS – ATIVIDADES INFANTIS

 

ARTESANATO

LARGO ASSOCIATIVO

19H00 ÀS 22H00

 

GASTRONOMIA DO MUNDO – TASQUINHAS

LARGO ASSOCIATIVO

17H00 ÀS 02H00

 

 

DOCUMENTÁRIOS

Desde 2015 que a CMB, em parceria com as associações de imigrantes, realiza dois documentários, por ano, com famílias de imigrantes residentes no nosso Concelho. Nestes documentários são registados hábitos, costumes e rotinas de cada elemento da família. Em 2015, os documentários foram realizados com uma família moldava e uma angolana – “Canto Santo / Uma Casa Diferente” e “A Minha Pátria”, respetivamente. Em 2016, registaram-se os hábitos de uma família moçambicana e outra guineense, com os títulos “Capulana” e “O meu País é o meu País”. Em 2017 lançamos novos dois documentários “Porto seguro”, família angolana, e “Cavaquinho e cachupa 'alimentam' a amizade”, família cabo-verdiana.

 

“PORTO SEGURO”

Margarida, a filha Cláudia e o irmão Jesus nasceram na Província de

Malanje, em Angola. Vieram viver para o Barreiro juntos há cerca de

20 anos, com o pai de Margarida, que, depois de décadas em

ambiente de guerra, decidiu partir em busca de segurança e paz, em

busca de um porto seguro, Produção CMB 2017

 

“CAVAQUINHO E CACHUPA 'ALIMENTAM' AMIZADE”

Natural da cidade da Praia, ilha de Santiago, em Cabo Verde, Carlos

Pinto imigrou, ainda jovem, para Portugal à procura de um novo

rumo. No Barreiro, constituiu família e na Câmara Municipal,

encontrou sustento, e aqui tem efetuado o seu percurso profissional.

O desporto é um dos pilares da sua vida. É mestre de Karaté

Shotokan, sendo esta arte marcial mais do que um desporto, uma

filosofia de vida. Para Carlos Pinto “não há sítio melhor para criar

amigos”. E é com eles que mata saudades da sua terra natal, da sua

cachupa e das suas mornas, Produção 2017

 

DEBATE

Um dos momentos altos deste Festival é o debate, pois é neste

espaço que se esclarecem dúvidas relacionadas com a imigração.

Este ano, o tema escolhido prende-se com as questões de trabalho

não declarado e integração de imigrantes – benefícios e

dificuldades.

 

PROGRAMAÇÃO INFANTIL

HISTÓRIAS DA AVÓ JU & GINCANA DE JOGOS – ATIVIDADES INFANTIS

A Avó Ju quando era pequena ouvia histórias tradicionais que eram

contadas à volta de uma fogueira, hoje, recorda-as e de forma

mágica conta-as às crianças para que possam passar de geração

em geração.

Jogos tradicionais (corrida de sacos, jogo do limbo, bowling, máscaras, jogo da venda, etc..)

 

GASTRONOMIA DO MUNDO / TASQUINHAS

Um festival intercultural tem que ter comidas e bebidas oriundas dos vários países representados, nas quatro tasquinhas de apoio ao Festival, que são representativas de África (Associação Africana do Barreiro), Moldávia (Miorita – Associação Cultural dos Imigrantes Moldavos), Angola (Associação Angolana Residentes a Sul do Tejo) e CLDS 3G| cumplicidades….. Pela primeira vez apresenta uma variedade de comidas típicas portuguesas. Teremos pratos típicos, desde a tradicional cachupa e grogue, oriunda de Cabo Verde, na Tasquinha da Associação Africana; à muamba de galinha, bifanas, caipirinhas e caipiroskas na Tasquinha de Angola; na Tasquinha da Moldávia temos dois pratos típicos, a Sarmale e Plãcinte; e ainda salgados típicos. Em representação de Portugal teremos os tradicionais caracóis, bifanas, saladas de atum e polvo, pica-pau e ainda sopa caramela. O menu (prato e bebida) custa cerca de 5€. Este é o local escolhido para se petiscar durante estes dias no Concelho do Barreiro.

 

+INFO (programação na íntegra, biografias, atualizações, e outros pormenores da programação): http://www.cm-barreiro.pt/frontoffice/pages/792?news_id=6417.

 

Programação OUT.RA até Julho - Barreiro

A3_FRANÇOIS CARRIER, MICHEL LAMBERT & HUGO ANTUNE

 

Maio, Junho e Julho serão meses particularmente intensos para os lados do Barreiro e para vários dos seus espaços mais emblemáticos.
 
A aliar à continuidade da programação regular “OUT.RA Música”, cujo epicentro em 2017 se tem vindo a deslocar com mais frequência para as instalações da ADAO – Associação Desenvolvimento Artes & Ofícios (colectivo de artistas que tem vindo a recuperar o antigo quartel dos Bombeiros Voluntários Sul & Sueste), as primeiras intervenções da OUT.RA – Associação Cultural no domínio das celebrações do octagésimo aniversário da rede de água pública no Concelho surgem com uma inusitada performance no Reservatório Elevado do Alto da Paiva, com espectáculos a decorrer nas tardes de 27 e 28 de Maio por artistas selecionados na sequência de uma Open Call internacional que resultou em mais de uma centena de candidaturas.
 
A 16 de Junho, inaugura no Auditório Municipal Augusto Cabrita uma exposição que ilustra o trabalho de documentação sonora realizado em volta dos muitos espaços e estruturas que compõem a Rede Municipal de Águas e Saneamento, numa “caça aos sons” que vem complementar o arquivo que tem vindo a mapear as mais diversas paisagens sonoras do Concelho.
 
Já fora do tema da Água Pública – no âmbito do qual se realizarão ainda várias outras actividades até final do ano, a anunciar oportunamente -, mas também em Junho, o trio de Pedro Sousa, Rodrigo Pinheiro e Gabriel Ferrandini - três nomes proeminentes da “Lisbon's New Jazz Vanguard” coberta pela Wire na sua edição de Fevereiro – estabelece residência na Casa da Cultura da Baía do Tejo (o histórico “Cinema da CUF”) para o desenvolvimento de um trabalho mais aprofundado que preparará o primeiro lançamento discográfico da formação. A 8 de Julho mostram o trabalho numa apresentação na Biblioteca Municipal do Barreiro, numa noite que contará também com a actuação do Space Quartet, a actual formação de trabalho de Rafael Toral.
 
Outro trabalho de longo curso que mostrará os seus primeiros avanços resulta da Bolsa de Criação atribuída a um artista local (em 2015 e 2016 o recipiente foi o pianista Tiago Sousa), que neste ano proporciona ao músico e artista sonoro José Bica (Ybasics, Grooveyard Junkies) oportunidade para uma reflexão sonora sobre o património material e imaterial da cidade. O primeiro de três momentos públicos consubstancia-se numa Instalação Sonora Interactiva, de título “Subúrbio Sonoro”, patente na ADAO, com inauguração a 13 de Maio e término a 3 de Junho.
 
A programação regular da OUT.RA continua, após concerto de pré-apresentação de “Casa de Cima”, das Pega Monstro, com o trio do contrabaixista Hugo Antunes e dos canadianos Michel Lambert (percussão) e François Carrier (saxofone) - no dia 2 de Junho no Terraço dos escritórios da associação – e com a apresentação de “Vermelho”, primeiro disco de Bruxas/Cobras, novo duo que junta o baixo de Pedro Lourenço (reconhecido como dos mais únicos ilustradores nacionais e que nos habituámos a ver em palco com nomes como Rafael Toral ou Bernardo Devlin) e a bateria de Ricardo Martins (homem de mil projectos e ainda e sempre lembrado como explosivo motor dos Lobster), a 9 de Junho, na ADAO, numa noite partilhada com os Iguanas, também prestes a lançar novo disco. 
 
 
13 Maio a 3 Junho. ADAO
Subúrbio Sonoro – Instalação Sonora Interactiva por José Bica
Entrada livre. Aberto sábados e domingos das 17h-19h
 
27 e 28 Maio. Reservatório Elevado do Alto da Paiva. 16H e 18h
Música / Sound Art com: 
Melaina Barnes & Jean-Philippe Drecourt
Luís Bittencourt
Alberto Lopes / Sonoscopia
Carlos Santos & Nuno Torres
Entrada livre mediante inscrição obrigatória para info@outra.pt
 
2 Junho. Terraço na Rua Elias Garcia, 38. 18h
Hugo Antunes, François Carrier & Michel Lambert
Entrada livre c/ donativo opcional e reserva obrigatória para info@outra.pt
 
9 Junho. ADAO. 22h30
Bruxas / Cobras
Iguanas
Entrada: 5€
 
16 Junho. Auditório Municipal Augusto Cabrita. 18h30
Inauguração da Exposição 80 Anos da Água
Entrada livre. .
 
8 Julho. Biblioteca Municipal do Barreiro. 22h.
Pedro Sousa, Rodrigo Pinheiro & Gabriel Ferrandini
Rafael Toral Space Quartet
Entrada: 5€
 
 
Mais informações sobre todos os eventos em www.outra.pt

Feira Quinhentista de Sintra 2017

 

13590235_2061732244050884_735880388924863924_n.jpg

 

Feira Quinhentista de Sintra 2017

De 13 a 16 de julho Sintra recebe mais uma edição da Feira Quinhentista, recriando um mercado de época.

A edição deste ano presta homenagem ao Mestre Gil Vicente que frequentou os Paços Reais de Sintra no reinado de D. Manuel I e escreveu alguns dos mais belos textos sobre Sintra e a sua Serra, hoje património mundial.

“...Um jardim do paraíso terreal. Que Salomão mandou aqui. A um rei de Portugal...

...es la sierra mas hermosa

que yo siento en esta vida

es como dama polida

Brava dulce Y graciosa...”

Foi com estas palavras que Gil Vicente definiu a Sintra do seu tempo - o séc. XVI, à época do reinado de D. Manuel I. 

Em pleno período de expansão marítima, a sociedade portuguesa caracterizava-se pelo luxo e riqueza mas também pela imoralidade e ociosidade, estes dois aspetos são transversais a todos os estratos sociais e propícios à crítica de Gil Vicente, que na sua obra, explora de forma caricatural e irónica a sociedade de então.

Esta edição da Feira Quinhentista de Sintra terá como mentor Gil Vicente - “genial comediógrafo” trazendo à feira muitos dos personagens dos seus autos e farsas - sapateiros e onzeneiros, juízes, alcoviteiras, amas, frades, médicos, damas e marinheiros, entre outros, recriando várias situações do quotidiano em interação com o público e proporcionando um ambiente de festa descontraído e de grande diversão.

De todas as zonas do país mas também de paragens mais longínquas, vêm cerca de 150 vendedores. Estarão presentes artífices recriando ofícios da época, artesãos e mercadores, mas também vendedores de produtos regionais, doçaria conventual e gastronomia.

A organização deste evento é da Câmara Municipal de Sintra com produção e animação da Câmara dos Ofícios.


ENTRADA LIVRE

Local: Praça D. Fernando II, S. Pedro de Sintra

Horário: 13 e 14 de julho – das 17h às 24h

  15 e 16 de julho – das 13h às 24h

Informações: camara.oficios@mail.telepac.pt * tel. 219 164 550

Programação OUT.RA até Julho - Barreiro

A3_FRANÇOIS CARRIER, MICHEL LAMBERT & HUGO ANTUNE

 

Maio, Junho e Julho serão meses particularmente intensos para os lados do Barreiro e para vários dos seus espaços mais emblemáticos.
 
A aliar à continuidade da programação regular “OUT.RA Música”, cujo epicentro em 2017 se tem vindo a deslocar com mais frequência para as instalações da ADAO – Associação Desenvolvimento Artes & Ofícios (colectivo de artistas que tem vindo a recuperar o antigo quartel dos Bombeiros Voluntários Sul & Sueste), as primeiras intervenções da OUT.RA – Associação Cultural no domínio das celebrações do octagésimo aniversário da rede de água pública no Concelho surgem com uma inusitada performance no Reservatório Elevado do Alto da Paiva, com espectáculos a decorrer nas tardes de 27 e 28 de Maio por artistas selecionados na sequência de uma Open Call internacional que resultou em mais de uma centena de candidaturas.
 
A 16 de Junho, inaugura no Auditório Municipal Augusto Cabrita uma exposição que ilustra o trabalho de documentação sonora realizado em volta dos muitos espaços e estruturas que compõem a Rede Municipal de Águas e Saneamento, numa “caça aos sons” que vem complementar o arquivo que tem vindo a mapear as mais diversas paisagens sonoras do Concelho.
 
Já fora do tema da Água Pública – no âmbito do qual se realizarão ainda várias outras actividades até final do ano, a anunciar oportunamente -, mas também em Junho, o trio de Pedro Sousa, Rodrigo Pinheiro e Gabriel Ferrandini - três nomes proeminentes da “Lisbon's New Jazz Vanguard” coberta pela Wire na sua edição de Fevereiro – estabelece residência na Casa da Cultura da Baía do Tejo (o histórico “Cinema da CUF”) para o desenvolvimento de um trabalho mais aprofundado que preparará o primeiro lançamento discográfico da formação. A 8 de Julho mostram o trabalho numa apresentação na Biblioteca Municipal do Barreiro, numa noite que contará também com a actuação do Space Quartet, a actual formação de trabalho de Rafael Toral.
 
Outro trabalho de longo curso que mostrará os seus primeiros avanços resulta da Bolsa de Criação atribuída a um artista local (em 2015 e 2016 o recipiente foi o pianista Tiago Sousa), que neste ano proporciona ao músico e artista sonoro José Bica (Ybasics, Grooveyard Junkies) oportunidade para uma reflexão sonora sobre o património material e imaterial da cidade. O primeiro de três momentos públicos consubstancia-se numa Instalação Sonora Interactiva, de título “Subúrbio Sonoro”, patente na ADAO, com inauguração a 13 de Maio e término a 3 de Junho.
 
A programação regular da OUT.RA continua, após concerto de pré-apresentação de “Casa de Cima”, das Pega Monstro, com o trio do contrabaixista Hugo Antunes e dos canadianos Michel Lambert (percussão) e François Carrier (saxofone) - no dia 2 de Junho no Terraço dos escritórios da associação – e com a apresentação de “Vermelho”, primeiro disco de Bruxas/Cobras, novo duo que junta o baixo de Pedro Lourenço (reconhecido como dos mais únicos ilustradores nacionais e que nos habituámos a ver em palco com nomes como Rafael Toral ou Bernardo Devlin) e a bateria de Ricardo Martins (homem de mil projectos e ainda e sempre lembrado como explosivo motor dos Lobster), a 9 de Junho, na ADAO, numa noite partilhada com os Iguanas, também prestes a lançar novo disco. 
 

 
8 Julho. Biblioteca Municipal do Barreiro. 22h.
Pedro Sousa, Rodrigo Pinheiro & Gabriel Ferrandini
Rafael Toral Space Quartet
Entrada: 5€
 
 
Mais informações sobre todos os eventos em www.outra.pt