Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Passatempo PASSATEMPO - A EXCEPÇÃO E A REGRA

O Blog Cultura de Borla em parceria com  a ARTEVIVA tem bilhetes duplos para a peça A EXCEPÇÃO E A REGRA para os dias 28 e 29 de Abril no TEATRO MUNICIPAL DO BARREIRO aos primeiros leitores que de 5 em 5 participações:

 

 Enviem um email para o culturadeborla@sapo.pt com a frase "Eu quero ver A EXCEPÇÃO E A REGRA com o Cultura de Borla" com nome, BI e nº de telefone.

20333247_sZdmj.jpeg

 

A EXCEPÇÃO E A REGRA, de Bertolt Brecht. Encenação de Rui Quintas.

 

 

E assim começa a nossa viagem...

Um comerciante rico, o seu guia e um carregador vão numa expedição de três dias até Urga, para que o comerciante consiga ser o primeiro a conseguir a concessão de um poço de petróleo. A viagem é longa e tortuosa, terminando com o despedimento do guia e com a morte do carregador.

Na segunda parte da peça assistimos ao julgamento do comerciante e à interessante questão: devemos seguir a regra ou a excepção?

Imagine esta aventura como se as personagens tivessem acabado de sair de um livro de BD.

Imagine esta aventura como se fosse um filme, mas, em teatro. Estranho?!

Pedimo – vos no entanto:

Estranhem o que não for estranho!

Não aceitem o que for normal!

  

Rui Quintas

Art In Town traz Smile para criar mural no centro da cidade alusivo aos Barreirenses que viveram entusiasticamente o direito à liberdade | De 26 de abril a 2 de maio

SITE---1950-x-1000-s+.jpg

 

Numa cidade onde abundam cada vez mais os fenómenos criativos e culturais, e na procura de uma imagem urbana e contemporânea, numa primeira fase para as zonas mais antigas, Art In Town manifesta-se através de vontades entre a Câmara Municipal do Barreiro e a ADAO - Associação de Desenvolvimento de Artes e Ofícios na transformação do espaço comum em “galerias a céu aberto”.

 

Sob a curadoria do artista barreirense Ricardo Manso (TOTA), vários serão os artistas de renome internacional que deixarão o seu marco em várias fachadas do Concelho, onde a história e identidade local serão o suporte para todos os trabalhos artísticos.

Além da vertente artística, procura-se que Art in Town seja o catalisador para o desenvolvimento socioeconómico do Barreiro, associando-se ao potencial fator turístico e cultural da cidade.

As influências que estas práticas exercem sobre a cidade podem ser, também, catalisadoras de diálogo e de experiências, empenhadas na reconstrução do tecido social.

Para além dos objetivos aqui explanados, procura-se, através da concessão de obras de arte, que, mesmo efémeras, tornar possível a reconstrução de novas infraestruturas e habitação, através da valorização do local.

 

Nesta 2ª edição o artista convidado será SMILE, que criará um mural no centro da cidade junto ao Largo do Mercado 1º de Maio alusivo à memória dos Barreirenses que viveram entusiasticamente o direito à liberdade invadindo as ruas da cidade.

A intervenção artística está prevista para 26 de abril e decorrerá até 2 de maio.

 

+ sobre o projeto e o artista convidado: http://www.artintown.pt/smile/

 

 

CMB

AMAC JUNIOR | abril, maio e junho

 

O Auditório Municipal Augusto Cabrita recebe, em abril, maio e junho, as seguintes iniciativas no âmbito da programação AMAC Junior:

 

30 abril | Domingo | 15h00 às 16h30 - Dia Mundial do Jazz | SALA DE ENSAIOS

JungleBrassBand da Escola de Jazz do Barreiro | OFICINA DE MÚSICA

DESTAQUE paços do concelho.jpg

 

Ingressos: 3,00 €

Duração: 1h30m

Faixa-etária: dos 6 aos 10 anos

Inscrições: 212 068 230

 

21 maio | Domingo | 2 Sessões: 15h00 e às 16h30

 “O Baile dos Pirilampos”, de Vera Alvelos e Lucília Raimundo

Espetáculo de Teatro + Ateliê para crianças dos 3 aos 5 anos | TEATRO

Promovido pela ARTEMREDE

baile dos pirilampos.jpg

 

Faixa Etária: dos 3 aos 5 anos

Duração: 1h10 min. (espetáculo + ateliê)

Ingressos: 5,00 € (criança e acompanhante)

 

Na floresta há uma velha árvore oca que serve de casa a uma menina. Durante a noite, ela é visitada pela escuridão, por sons misteriosos e por luzes que dançam. Serão pirilampos num baile? Virá o raio e o trovão?

Enquanto o sono vem e não vem, entre um bocejo e um esfregar de olhos, a noite ganha vida e os animais vêm visitar.

Espetáculo intimista de teatro físico sobre os sons da noite e a sua relação com os animais e as várias luzes que brilham na escuridão, explorando a curiosidade e o medo e a poética visual deste universo. As crianças terão a sensação da noite ao relento sendo guiados por uma menina que habita uma árvore e que experiencia a noite em primeira mão, sugestionada pelos sons que surgem de perto ou de longe, até finalmente adormecer.

 

3 junho | sábado | 16h00

PALAVRA CANTADA  | ESPETÁCULO MUSICAL

DESTAQUE paços do concelho_palavra cantada.jpg

 

Espetáculo de Teatro Musical A Palavra Cantada

Faixa Etária: até aos 8 anos

Ingressos: 5,00 €

 

Chegou a hora…a versão Portuguesa do projecto Brasileiro “Palavra Cantada” sobe aos palcos nacionais para encantar todas as famílias.

Com mais de 20 anos de sucesso no Brasil, as canções de Sandra Peres e Paulo Tatti são agora recriadas e apresentadas ao público nacional.

Todas as canções do CD/DVD que ocupou os primeiros lugares do top de vendas nacional nos últimos meses e presença regular no Canal Panda, serão agora apresentadas ao vivo num teatro musical imperdível!

Muita música e aventuras num espetáculo divertido, conduzido pelas personagens Sandrinha e Paulinho onde não faltarão temas como “ Coloridos”, “Lavar as mãos” ou “ O Caranguejo, Cravo e a Rosa”.

Venham cantar connosco, a Palavra Cantada chegou!

 

 

CMB

Mês da Dança no Barreiro 2017 de 29 de abril a 28 de maio

Mes da Danca 2017 Barreiro+.jpg

 

De 29 de abril a 28 de maio, é “Mês da Dança”, no Barreiro. Esta edição do evento propõe espetáculos para todas as faixas etárias, entre os quais, refira-se, a grande coprodução, de flamenco tradicional de Sevilha, “Sencillo”, que terá lugar no Auditório Municipal Augusto Cabrita (AMAC), workshops e aulas abertas. Trata-se de uma programação “de todos para todos”.

 

5horas de danca non-stop.jpg

 

 

“5 Horas de Dança Non Stop” – com aulas abertas de entrada livre (M/6 anos) –, entre as 15h00 e as 20h00, do dia 29 de abril, sábado, irão assinalar o arranque da programação do Mês da Dança, no Grupo Desportivo e Recreativo “Os Leças”.

Programa:

15h00 / 16h00 – Contemporâneo – Ana Nascimento

16h00 / 17h00 – Zumba – Joana Videira

17h00 / 18h00 – Afro-Tribal + Bollywood – Clarisse Sim-Sim

18h00 / 19h00 – Jive – Marina Popova

19h00 / 20h00 – Apresentações de dança

Nos primeiros dias da programação, refiram-se, ainda as Aulas Abertas de Biodanza, todas as segundas-feiras de maio, às 20h15, no Inst. Politécnico – ESTBarreiro/IPS.

Biodanza é um sistema que estimula o desenvolvimento humano através de vivências integrativas induzidas pela música e pela dança.

Facilitadora: Neusa Tobias

Adultos

biodanza.do.ser@gmail.com | biodanza-do-ser.webnode.pt/ | facebook.com/NeusaTobias/

Mes da Danca Barreiro 2017- 1800x1200 px.jpg

 

Realce para a parceria nesta iniciativa – que assinala o Dia Mundial da Dança, instituído em 1982 pelo CID - Conselho Internacional da Dança, da Unesco, comemorado 29 de abril –, com as escolas do Concelho e a oferta diversificada, desde o ballet, à dança contemporânea, ao hip-hop, passando pela capoeira e samba.

Mês da Dança | Venda de Ingressos: Bilheteira AMAC - 212 068 230 e Posto de Turismo do Barreiro – 212 068 287 (Reserva de ingressos só no AMAC).

OUTROS LOCAIS DE VENDA: www.ticketline.sapo.pt, Fnac, Worten, El Corte Inglés, C. C. Dolce Vita, Casino Lisboa, Galerias Campo Pequeno, Ag. Abreu, A.B.E.P., MMM Ticket e C.C. Mundicenter, Fórum Aveiro, U-Ticketline, CCB, Time Out Mercado da Ribeira, Shopping Cidade do Porto, Lojas NOTE, SuperCor – Supermercados e ASK ME Lisboa.

+INFO: http://www.cm-barreiro.pt/frontoffice/pages/792?news_id=6275

++INFO: Divisão de Promoção Cultural: 212 068 232 | cultura@cm-barreiro.pt

 

CMB

80 Anos de Água Pública no Barreiro - Programação da OUT.RA - Associação Cultural

Flyer Programa web.jpg

 

 
Um programa artístico centrado na relação entre a Água e o Som
 
 
A OUT.RA - Associação Cultural associa-se ao município do Barreiro nas comemorações que assinalam, em 2017, os 80 Anos da Rede Pública de Abastecimento de Água do Concelho. 
 
Depois do lançamento da Open Call para performances no Reservatório Elevado do Alto da Paiva, que conta já com mais de uma centena de respostas de músicos e artistas sonoros de quatro continentes, é agora anunciado o programa de actividades construído na relação entre a Água e o Som, a levar a cabo entre Abril e Setembro do corrente ano.
 
Uma das vertentes da programação agora anunciada está intimamente ligada à documentação sonora das várias estruturas que compõem a Rede Municipal de Águas e Saneamento, nas quais têm vindo a ser desenvolvidas captações desde o passado mês de Novembro. A partir destes, será montada uma exposição, a inaugurar no final de Junho no Auditório Municipal Augusto Cabrita, que procurará ilustrar a dimensão sonora oculta desta complexa rede que se estende por todo o Concelho.
 
Em Setembro, este arquivo sonoro - que expandirá também o acervo já existente de retratos sonoros do Concelho decorrente do projecto Sons do Arco Ribeirinho Sul – será disponibilizado ao público numa plataforma online.
 
Antes, no final de Maio, terá lugar a anunciada performance no Reservatório Elevado do Alto da Paiva, onde os quatro artistas seleccionados no decurso da Open Call poderão juntar estes documentos sonoros aos seus próprios materiais musicais.
 
A segunda vertente da programação trabalha o espaço público e a criação musical relacionada com a Água e com os materiais presentes na sua rede de distribuição, procurando ir para além do ano em que se assinala este 80º aniversário da Água Pública no Concelho.
 
Assim, já no final de Abril será inaugurada a escultura sonora Boron, da autoria do Srosh Ensemble (um colectivo de músicos sediado no Porto, dedicado à execução de instrumentos não convencionais), com uma estrutura  que permite utilizar o escoamento das águas pluviais para produzir padrões rítmicos percutidos nos objectos metálicos que estas encontram. 
 
Em Julho, será instalado na frente ribeirinha da cidade um conjunto de instrumentos musicais de acesso público, fazendo uso de alguns dos materiais encontrados nas várias estruturas que compõem a Rede Municipal de Águas e Saneamento.
 
 
 
Calendarização do Programa de Actividades:
 
Abril
Inauguração da Escultura Sonora “Boron”
Maio
Performance no Reservatório Elevado do Alto da Paiva
Junho
Exposição no Auditório Municipal Augusto Cabrita
Julho
Instrumentos Musicais de Acesso Público 
Agosto
Ponto de Escuta do Arquivo Sonoro nas Festas do Barreiro
Setembro
Lançamento do Arquivo Sonoro online

OUT.RA Música: 22 de Abril na ADAO

CALCUTÁ | DAVID MARANHA ENSEMBLE | ESTRANHAS ENTRANHAS | DJ PROBLEMAS

 


Uma noite de OUT.RA Música especialmente plural e diversa, em estilos, abordagens e gerações.

 

DAVID MARANHA é, há quase três décadas (desde a fundação dos pioneiros Osso Exótico), dos mais reconhecidos e consistentes aventureiros sonoros nacionais. No trabalho com o seu ensemble, registado em discos fundamentais como “Marches of the New World” ou o mais recente “Salt Ashes, Goat Skin”, leva à estratosfera as lições fundamentais da música eterna de LaMonte Young através da abrasividade rock dos Velvet Underground.

Nesta noite apresenta uma formação inédita, acompanhado por Manuel Mota, Margarida Garcia e Miguel Abras.

 

O trio ESTRANHAS ENTRANHAS é, provavelmente, a mais barreirense das bandas barreirenses; verdadeira música working class no wave, resultado de uma combinação de personalidades tão heterogénea quanto profundamente real e de uma intensidade sem par.

 

DJ PROBLEMAS é um dos mais novos valores das músicas profundamente contemporâneas e inclassificavéis que têm especialmente vindo a ser trazidas a lume pela Príncipe, editora lisboeta que em meia-dúzia de anos fez o tecno-kuduro-experimental-tudo dos subúrbios de Lisboa viajar por todo o mundo.

 

CALCUTÁ é o alter-ego de Teresa Castro, guitarrista dos muito interessantes lisboetas Mighty Sands, num trabalho de canções e explorações ghost-folk, nocturnas, planantes e misteriosas.


 


 

ADAO – Associação Desenvolvimento Artes & Ofícios

22 Abril. 22h00. 5€

reservas: info@outra.pt

Dia Nacional dos Moinhos e Dia Internacional dos Monumentos e Sítios

Dia Nacional dos Moinhos e Dia Internacional dos Monumentos e Sítios

 

A Câmara Municipal do Barreiro associa-se às comemorações do Dia Nacional dos Moinhos e do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios com as seguintes iniciativas, abertas à população:

 

Flyer Moinhos (3).jpg

 

- Dia Nacional dos Moinhos | 7, 8 e 9 abril | das 10h30 às 12h30 e das 14h30 às 16h30 – Moinho Nascente de Alburrica aberto para visitas

 

Flyer Monumentos 17.jpg

 

- Dia Internacional dos Monumentos e Sítios | 18 de abril | 10h30 – Visita acompanhada às Igrejas de Santa Cruz e Nossa Senhora do Rosário

Local de Encontro: Praça de Stª Cruz

Limite de inscrições: 20 pessoas

Data limite para inscrições: 13 de abril

 

Mais informações e inscrições:

Posto de Turismo, Mercado Municipal 1º de Maio

Telefone 21 206 82 87

Email: postodeturismo@cm-barreiro.pt

 

 

CMB

Sábado: Victor Herrero | Pedro Sousa & Gabriel Ferrandini na ADAO (Barreiro)

A3_victor herrero_OutraMusica-01 WEB.jpg

 

VICTOR HERRERO
PEDRO SOUSA & GABRIEL FERRANDINI
ADAO – Associação Desenvolvimento Artes & Ofícios
8 Abril. 22h30. 5€
 
 
Victor Herrero é um multifacetado músico espanhol, com um passado ligado em simultâneo ao fascínio pelo rock independente e um apego às tradições sonoras quer do mundo clássico quer das ancestrais ligações mediterrânicas que constroem o cancioneiro folk do país vizinho (e que obviamente partilhamos no nosso rectângulo), e dono de um currículo recente no qual se destaca a ligação próxima com a diva relutante Josephine Foster (que é regularmente acompanhada quer em disco quer ao vivo pela Victor Herrero Band), mas também as colaborações com Michael Gira (Swans), Keiji Haino, Sonny Simmons, Master Musicians of Joujouka ou com o “nosso” Norberto Lobo.
 
Foi talvez o trabalho com este último - e certamente a consciência dessas ligações íntimas entre as tradições dos dois países - que o levou à guitarra portuguesa, que abordou de forma exploratória e liberta do peso e história específicas que no nosso país a ela estão associadas – e dessa exploração que a descobre como instrumento hipnótico e capaz de circularidade surgiu “Astrolábio”, disco lançado no início deste ano pela editora norte-americana Feeding Tube, e que virá apresentar nesta sua primeira passagem pelo Barreiro.
 
Pedro Sousa & Gabriel Ferrandini são dois dos expoentes máximos de um movimento que vem desde há anos a ganhar uma força imparável pelo país e além-fronteiras (“Lisbon's New Jazz Vanguard”, como lhe chamou há um mês atrás a revista The Wire), e dois músicos ainda ridiculamente jovens a fazer cada vez mais prova de um talento extraordinário em múltiplas colaborações com figuras superlativas do jazz nacional e mundial (de Peter Evans a Rodrigo Amado, de Johan Berthling a Alex Zhang-Hungtai). Regressam para o seu primeiro concerto em duo no Barreiro desde uma inesquecível noite em 2010 que fica para a história como das maiores emanações de liberdade e energia que testemunhámos nas nossas programações.