Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Atividades no Convento Madre de Deus da Verderena

 

Exposições no Claustro do Convento

 

- Embarcações Tradicionais do Tejo no Concelho do Barreiro

19 de junho a 31 de agosto

 

- Álvaro Velho do Barreiro

  2 de outubro a 29 de dezembro de 2017

 

 

Horário: dias úteis, das 9h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30.

 

Entrada Livre

 

 

Tertúlias no Convento

Ao Encontro de…

 

Cartaz Tertulias Poéticas 7.jpg

 

24 abril | 15h00 | “Memórias de África”

Integrada nas comemorações do 25 de Abril

Convidado – José Espadeiro

 

22 maio | 15h00 | “Os Poetas do meu livro de escola”

Comemorativa do Dia do Autor Português

Convidada – Paula Leite

Participação de alunos da disciplina de Cante Alentejano da UTIB

 

26 junho | 15h00 | “Património Cultural do Barreiro”

Convidada – Carla Marina Santos

Integrada nas comemorações do Dia da Cidade

 

Capela Grande do Convento da Madre de Deus da Verderena

 

Mais informações 21 206 8654

 

CMB

Ateliê Municipal do Barreiro | Atribuído ao projeto Oficina de Artes, apresentado por Cristina Arvana e Joana Maurício

image001.jpg

 

No âmbito do IV Concurso para Atribuição do Ateliê Municipal do Barreiro, o júri, constituído por  Lurdes Lopes (em representação da Câmara Municipal do Barreiro), Paulo Nunes (como professor de artes do Agrupamento de Escolas de Casquilhos) e Carlos Ribeiro (artista plástico), deliberou que o Projeto “Oficina de Artes”, apresentado por Cristina Arvana e Joana Maurício, foi ao encontro dos critérios de avaliação estabelecidos para Ateliê e apresentou uma maior estruturação e maior consistência, exigidas nas normas.

 

Foi valorizada a multidisciplinariedade do projeto e a promoção do contacto com a comunidade e o tecido cultural local.

 

O Ateliê Municipal do Barreiro integra-se no Plano Estratégico de Desenvolvimento das Artes Visuais no Barreiro e tem como principais objetivos dinamizar e promover a criação artística no Concelho, oferecer condições de trabalho a artistas locais visando uma crescente profissionalização, desenvolver a descentralização cultural pelas freguesias, incentivar os artistas a desenvolver trabalho no âmbito das Artes Visuais, assim como, dinamizar o contacto entre os artistas e a comunidade.

CMB

Festival 7/1 - Diário de um Copo de Água - entrega de prémios

Festival 7/1 “Diário de um Copo de Água”

 

“A Nossa Água”, “Água, Fonte de Vida” e “E Tudo a Água Levou” foram as Curtas-Metragens premiadas

 

melhor argumento.jpg

 

 

O Festival 7/1, de curtas-metragens, “Diário de um Copo de Água” realizou-se no dia 3 de junho, sábado, no Auditório Municipal Augusto Cabrita, no dia de encerramento da XVI Feira Pedagógica. Na cerimónia de entrega de prémios, a Vice-Presidente da CMB, Sofia Martins, os elementos do júri, To Zė Martinho e Susana Sá, Rita Burmester e Alexandra Oliveira, da Associação de Teatro e Educação, entregaram os seguintes prémios às curtas-metragens realizadas nas escolas do Concelho: “A Nossa Água”, da Escola Básica e Secundária Alfredo da Silva, foi distinguida com o prémio de “Melhor Filme”, a "Água, Fonte de Vida", da Escola 2/3 Álvaro Velho recebeu o prémio de “Melhor Interpretação” e a curta-metragem "E Tudo a Água levou”, da Escola Básica Padre Abílio Mendes recebeu o prémio de “Melhor Argumento”. 

 

O júri decidiu, ainda, atribuir distinções às seguintes equipas:

- Escola Básica e Secundária Santo António - "Som"

- Escola Secundária de Casquilhos - "Imagem"

- Escola Básica e Secundária Alfredo da Silva - "Cenografia"

- Escola Básica Padre Abílio Mendes - "Som"

- Escola Álvaro Velho -"Cenografia"

- Escola Mendonça Furtado - "Produção"

- Escola 2/3 Quinta da Lomba - "Imagem"

- Equipa da Câmara Municipal do Barreiro.

 

De referir que neste Festival foram exibidas, pela primeira vez, as curtas-metragens, celebrando os “80 anos do Abastecimento Público de Água, no Barreiro” e produzidas nos sete agrupamentos de escolas do Concelho. Foram, igualmente, sete os pequenos filmes que concorreram entre si.

 

O projeto foi executado em duas fases, uma de oficinas e uma outra de gravações e nele participaram 150 alunos, dos 5º aos 9º anos.

De referir que este projeto foi dinamizado pela Associação de Teatro e Educação (ATE), com o apoio do Município do Barreiro.

 

Em relação à celebração dos 80 anos de abastecimento Público de água no Barreiro realizada no presente ano, na opinião da Vice-Presidente Sofia Martins são honrados “aqueles que durante 80 anos trabalharam para fazer chegar a água a casa de todos nós”. Destacou as imensas atividades comemorativas realizadas ao longo deste ano, que “deram muito prazer em concretizar” e que “sensibilizaram pais e educadores para a escassez deste recurso”. 

 

O projeto 7/1 foi, para Rita Burmester, produtora na ATE, uma “experiência espetacular”. Destacou o empenho de alunos e professores neste trabalho e elogiou o empenho da equipa da Câmara Municipal do Barreiro.

 

Por seu lado, Tó Zé Martinho, ator e guionista, referiu o prazer em ter feito parte do júri.  Para ele “é muito importante tudo o que possa fazer com a criatividade e estou convencido que estes alunos irão, no futuro, produzir coisas fantásticas”.

 

A atriz Susana Sá destacou o facto de a iniciativa ser “muito importante para as escolas e para os alunos”. Felicitou, ainda, o Município do Barreiro “porque teve a sensibilidade de se envolver num projeto destes”.   

 

Na ocasião, todas as equipas participantes receberam certificados de participação. 

 

Consulte mais fotos na página do Município no Facebook:    https://web.facebook.com/pg/municipio.barreiro/photos/?tab=album&album_id=1895857633998487

Apresentação do livro "Sintonias" | 3 de junho | 17h00 | auditório da Biblioteca Municipal do Barreiro

cartaz_apresentação_Sintonias_alterado.jpg

 

No próximo dia 3 junho, pelas 17h00, terá lugar a apresentação do Livro "Sintonias", de Rute Pio Lopes, no auditório da Biblioteca Municipal do Barreiro.

A entrada é livre.

 

Sinopse

"Sintonias" é o reflexo da cumplicidade entre as imagens e a escrita.

É, no fundo, a simbiose das fotografias e das palavras rimadas, na perspetiva da autora, Rute Pio Lopes.

Essa forma peculiar de contar histórias sob a forma de poema, com base na fotografia e vice-versa, num constante jogo de letras e cores sem monotonia temática, faz deste livro uma obra literária com um singular aspeto estético!

 

Biografia

Nasci em meados de fevereiro de 1970 no Lavradio, Barreiro, onde cresci e tive uma infância e juventude muito ativas e felizes, fruto do convívio com o grupo de amigos que lá tinha, os quais ainda hoje mantenho.

No limiar da maioridade comecei o meu percurso laboral e a par, em horário pós-laboral, a vontade de obter novos horizontes levou-me a ingressar no curso superior de gestão.

Posteriormente, por opção, fixei-me na vila da Moita e iniciei uma nova etapa, da qual destaco o nascimento dos meus amores Pedro e Joana.

A escrita e a fotografia são uma ocupação presente há muito tempo na minha vida e são indissociáveis uma da outra. É aliás, através da fotografia que capto imagens do quotidiano e nelas encontro, amiúde, inspiração para escrever, essencialmente sob a forma de poesia.

Só foi possível chegar a este patamar, vencendo a timidez de tornar públicos os textos que escrevi, graças à insistência de alguns amigos chegados a quem acanhadamente os mostrava. A eles e aos meus filhos, que sempre se dispõem a ler e ouvir com entusiasmo, muito agradeço!

 

 

 CMB

Jogos do Futuro da Região de Setúbal 2017 | Cerimónia de Abertura - 2 de junho

image001.jpg

 

Barreiro acolhe espetacular cerimónia de abertura

É já no dia 2 de junho, sexta-feira, a partir das 21 horas, no Largo do Mercado 1.º de Maio, que o município do Barreiro recebe a Cerimónia de Abertura dos Jogos do Futuro da Região de Setúbal 2017.

O espetáculo é apresentado por Wanda Stuart e Júlio Mesquita e promete momentos memoráveis, repletos de luz, ação e muita animação.

Venha assistir a este grande momento de celebração do desporto e de convívio intermunicipal. A entrada é livre!

image003.jpg

 

Jogos do Futuro movimentam milhares de jovens

A quinta edição dos Jogos do Futuro da Região de Setúbal acontece nos dias 2, 3 e 4 de junho e junta milhares de jovens da região na prática de atividades desportivas em 24 modalidades.

A participação é descentralizada pelos municípios de Almada, Alcochete, Barreiro, Moita, Montijo, Palmela, Seixal, Sesimbra e Setúbal, permitindo criar um espaço de convívio e de estímulo à prática desportiva num âmbito intermunicipal.

XVI Feira Pedagógica | Abertura Oficial a 31 de maio

Cartaz Feira Pedagógica.jpg

 

De 31 de maio a 3 de junho, terá lugar, no Parque da Cidade, a XVI Feira Pedagógica. Esta edição celebra os “80 anos de Abastecimento Público de Água, no Barreiro”.

A Câmara Municipal do Barreiro convida o vosso Órgão de Comunicação Social a estar presente na Abertura Oficial da XVI Feira Pedagógica, no dia 31 de maio, pelas 10h00, no palco da Tenda do Parque da Cidade.

A Feira pretende realçar os projetos educativos e trabalhos desenvolvidos pela comunidade escolar no ano letivo 2016/17 e, ao mesmo tempo, dar a conhecer a oferta educativa do Concelho, valorizando a Comunidade Educativa e o seu trabalho. 

 

Contará com atividades e exposições no Parque da Cidade e exposições no Auditório Municipal Augusto Cabrita. Este espaço cultural irá acolher os espetáculos “Água Vai! Água Vem!”, pela Companhia de Teatro - ArteViva, no Dia Mundial da Criança, 1 de junho, e o Festival 7/1 – Diário de um Copo de Água, no dia 3 de junho, pelas 20h30, a encerrar a Feira Pedagógica. Neste evento serão exibidas, pela primeira vez, as curtas-metragens, celebrando os 80 anos do Abastecimento Público de Água, no Barreiro, e produzidas nos sete agrupamentos de escolas do Concelho. São, igualmente, sete os pequenos filmes que concorrem entre si, em categorias, como a de ‘Melhor Filme’. As curtas serão avaliadas por um jurado artístico constituído por Tó Zé Martinho e Susana Sá, (já confirmados), que se pronunciará sobre os filmes produzidos, deixando, ainda, uma mensagem sobre as suas experiências profissionais e de vida. Este projeto foi dinamizado pela Associação de Teatro e Educação (ATE), com o apoio do Município do Barreiro.

 

A Feira Pedagógica terá diversas atividades lúdicas e desportivas, música, marchas, dança, teatro, promovendo cultura e levando a milhares de pessoas o que a cidade do Barreiro e a comunidade educativa barreirense melhor sabem fazer.

 

A organização do evento está a cargo da comunidade educativa do Concelho e da Câmara Municipal do Barreiro e conta com a colaboração da Junta de Freguesia de Santo António da Charneca, da União das Freguesias do Alto do Seixalinho, Santo André e Verderena, da União das Freguesias do Barreiro e Lavradio e da União das Freguesias de Palhais e Coina.

 

Consulte o programa no site do Município do Barreiro em:   http://www.cm-barreiro.pt/frontoffice/pages/792?news_id=6342

 

 

 

A reprodução textual da informação implica a referência da sua autoria: CMB

Revelado o programa artístico para o Reservatório de Água do Alto da Paiva, Barreiro, 27 e 28 Maio

Poster e-mail.jpg

 

Música / Sound Art no RESERVATÓRIO ELEVADO DO ALTO DA PAIVA (Casquilhos, Barreiro)
 
Comemorações dos 80 Anos da Água Pública no Barreiro
 
27 e 28 Maio
 
Sessões às 16h e 18h de cada dia. Cada sessão é composta pelas quatro performances em sequência.
 
entrada livre mediante inscrição obrigatória para info@outra.pt
 
 
com:
 
MELAINA BARNES & JEAN-PHILIPPE DRECOURT 
Tap the Rain
 
LUÍS BITTENCOURT
Water Music
 
ALBERTO LOPES / SONOSCOPIA
Otolith Organs
 
CARLOS SANTOS & NUNO TORRES
Screaming Tower
 
 
 
O 80º Aniversário da Água Pública no Barreiro proporcionará inusitados espectáculos sonoros no Reservatório Elevado do Alto da Paiva, uma das mais icónicas e reconhecíveis estruturas na rede de abastecimento de água no Concelho.
 
Na sequência de uma Open Call internacional para propostas artísticas, que resultou em mais de uma centena de candidaturas, foram escolhidos quatro projectos que celebram a relação entre a Água e o Som, oriundos do Reino Unido, França, Brasil e Portugal.
 
Melaina Barnes é uma artista britânica, membro fundador do Breathing Space Collective, grupo que tem vindo a desenvolver nos últimos anos um vasto catálogo de trabalhos site-specific. Jean-Philippe Drecourt é um artista sonoro a residir actualmente em Portugal, tendo recentemente (e curiosamente) completado uma tese de mestrado acerca de fugas de água em redes de abastecimento. Juntos, apresentarão a peça “Tap The Rain”, que combina vocalizações com a manipulação de vários dos sons que documentam as várias estruturas da Rede de Abastecimento e Saneamento do Barreiro.
 
Luís Bittencourt é um percussionista, compositor e investigador de origem brasileira, actualmente a residir no Porto. Com trabalho desenvolvido no campo das novas músicas, dedica particular atenção a instrumentos percussivos pouco habituais, e investigou, em contexto académico, o uso da água enquanto fonte sonora através do estudo da obra “Water Music”, do compositor chinês Tan Dun. É precisamente esta obra que virá interpretar no Reservatório do Alto da Paiva.
 
Alberto Lopes é um dos artistas associados da Sonoscopia, associação cultural portuense que reúne vários dos mais destacados músicos e criadores sonoros do norte do país. Na atuação do fim de semana de 27 e 28 de Maio utilizará os “Otolith Organs”, instrumentos de criação colectiva que emitem som em ambiente aquoso, inspirados nos otólitos - estruturas moleculares localizadas no ouvido interno, responsáveis pelo equilíbrio postural.
 
Carlos Santos é um músico e coleccionador sonoro de Lisboa, com um extenso trabalho quer na área dos field recordings / documentação sonora, quer no campo da improvisação, no qual é dos membros mais ativos da rede de improvisadores nacionais e internacionais ligados à celebrada editora Creative Sources. Nuno Torres é um saxofonista, também de Lisboa, e também dos mais activos membros da comunidade alargada do jazz mais livre e da improvisação na capital. Apresentarão a peça “Screaming Tower”, que combina a instrumentação tradicional com a utilização, em tempo real, de vários elementos sonoros presentes quer no interior quer no exterior do Reservatório.
 
Saiba mais sobre os quatro projectos em www.outra.pt
 

Revelado o programa artístico para o Reservatório de Água do Alto da Paiva, Barreiro, 27 e 28 Maio

Poster e-mail.jpg

 

Música / Sound Art no RESERVATÓRIO ELEVADO DO ALTO DA PAIVA (Casquilhos, Barreiro)
 
Comemorações dos 80 Anos da Água Pública no Barreiro
 
27 e 28 Maio
 
Sessões às 16h e 18h de cada dia. Cada sessão é composta pelas quatro performances em sequência.
 
entrada livre mediante inscrição obrigatória para info@outra.pt
 
 
com:
 
MELAINA BARNES & JEAN-PHILIPPE DRECOURT 
Tap the Rain
 
LUÍS BITTENCOURT
Water Music
 
ALBERTO LOPES / SONOSCOPIA
Otolith Organs
 
CARLOS SANTOS & NUNO TORRES
Screaming Tower
 
 
 
O 80º Aniversário da Água Pública no Barreiro proporcionará inusitados espectáculos sonoros no Reservatório Elevado do Alto da Paiva, uma das mais icónicas e reconhecíveis estruturas na rede de abastecimento de água no Concelho.
 
Na sequência de uma Open Call internacional para propostas artísticas, que resultou em mais de uma centena de candidaturas, foram escolhidos quatro projectos que celebram a relação entre a Água e o Som, oriundos do Reino Unido, França, Brasil e Portugal.
 
Melaina Barnes é uma artista britânica, membro fundador do Breathing Space Collective, grupo que tem vindo a desenvolver nos últimos anos um vasto catálogo de trabalhos site-specific. Jean-Philippe Drecourt é um artista sonoro a residir actualmente em Portugal, tendo recentemente (e curiosamente) completado uma tese de mestrado acerca de fugas de água em redes de abastecimento. Juntos, apresentarão a peça “Tap The Rain”, que combina vocalizações com a manipulação de vários dos sons que documentam as várias estruturas da Rede de Abastecimento e Saneamento do Barreiro.
 
Luís Bittencourt é um percussionista, compositor e investigador de origem brasileira, actualmente a residir no Porto. Com trabalho desenvolvido no campo das novas músicas, dedica particular atenção a instrumentos percussivos pouco habituais, e investigou, em contexto académico, o uso da água enquanto fonte sonora através do estudo da obra “Water Music”, do compositor chinês Tan Dun. É precisamente esta obra que virá interpretar no Reservatório do Alto da Paiva.
 
Alberto Lopes é um dos artistas associados da Sonoscopia, associação cultural portuense que reúne vários dos mais destacados músicos e criadores sonoros do norte do país. Na atuação do fim de semana de 27 e 28 de Maio utilizará os “Otolith Organs”, instrumentos de criação colectiva que emitem som em ambiente aquoso, inspirados nos otólitos - estruturas moleculares localizadas no ouvido interno, responsáveis pelo equilíbrio postural.
 
Carlos Santos é um músico e coleccionador sonoro de Lisboa, com um extenso trabalho quer na área dos field recordings / documentação sonora, quer no campo da improvisação, no qual é dos membros mais ativos da rede de improvisadores nacionais e internacionais ligados à celebrada editora Creative Sources. Nuno Torres é um saxofonista, também de Lisboa, e também dos mais activos membros da comunidade alargada do jazz mais livre e da improvisação na capital. Apresentarão a peça “Screaming Tower”, que combina a instrumentação tradicional com a utilização, em tempo real, de vários elementos sonoros presentes quer no interior quer no exterior do Reservatório.
 
Saiba mais sobre os quatro projectos em www.outra.pt
 

Mês da Dança do Barreiro até 28 de maio

 

Uma Aula Aberta para Avós e Netos (17 de maio, no Quartel dos Bombeiros Voluntários do Barreiro – Corpo de Salvação Pública), Dancehall  Oficina de Danças Urbanas e Workshop de Ballet para Bebés (ambas dia 21, no AMAC - Auditório Municipal Augusto Cabrita), além de Aulas Abertas de Biodanza (todas as segundas-feiras do mês de maio, Inst. Politécnico – ESTBarreiro/IPS), são algumas das propostas para os próximos dias no âmbito do Mês da Dança, que se prolonga até 28 de maio, e, ainda, tem agendada a grande coprodução, de flamenco tradicional de Sevilha, “Sencillo”, dia 27, às 21h30, também no AMAC.

 

Mes da Danca 2017-08_n.jpg

 

O Pássaro de Fogo Re-Imaginado, pela Companhia de Dança Marina Popova, o Workshop de Dança Contemporânea para Crianças "Era Uma Vez Um Corpo: Eu, Tu, Nós", com Rafael Alvarez, e o Workshop “Samba no Pé”, no AMAC, foram as “ofertas” deste fim-de-semana do evento.

 

Até 28 de maio ainda muito há para experimentar, fazer, assistir:

Auditório Municipal Augusto Cabrita

DANCEHALL  OFICINA DE DANÇAS URBANAS

21 Maio | Domingo | 10h00 às 11h00 | Sala de ensaios

Formador: Cíntia Duarte

M/6 anos

Ingressos: 3,00€

Informações/reservas: 212 068 230

 

 

 

“SENCILLO” ESPETÁCULO FLAMENCO TRADICIONAL – SEVILHA

27 Maio | Sábado | 21h30

Projeto em Coprodução com a Câmara Municipal do Barreiro

Quando pensamos em flamenco inevitavelmente somos transportados para um mundo onde imperam os sentidos, o espontâneo, as emoções e as diferentes formas que esta Arte se propõe a expressá-las.

Há um diálogo constante entre cante, toque e baile, impulsionando uma necessidade de ouvir, de respirar, de estar conectado, para que a comunicação se possa sentir fluida e em harmonia... Quase como que uma metáfora para com o pulsar natural da Vida!

“Sencillo” despe-se assim de pretensões e referencia-se num flamenco simples, sensível, sentido, que encontra nos sentimentos comuns a todos os seres humanos, a matéria-prima para contar esta história!

 

Baile - Marta Chasqueira e Marta Manzano
Cante - Rosi Navarro "La Divi"
Guitarra - Jesus Rodriguez
Palmas - Patrícia Lozano

 

M/6 anos

Duração: Aprox. 75 min.

Ingressos: 10,00€

Informações: 212 068 230

 

FESTA DA DANÇA DA UNIVERSIDADE DA TERCEIRA IDADE DO BARREIRO

28 Maio | Domingo | 16h00 às 18h00

Entrada livre

Informações: 212 068 230

 

OUTROS LOCAIS

AULAS ABERTAS DE BIODANZA

Todas as 2ªs feiras de Maio | 20h15 | Inst. Politécnico – ESTBarreiro/IPS

Facilitadora: Neusa Tobias

Adultos | biodanza.do.ser@gmail.com | biodanza-do-ser.webnode.pt/ | facebook.com/NeusaTobias/

 

AULA ABERTA PARA AVÓS E NETOS

17 Maio | Quarta-feira | 11h00 às 12h00 | Quartel dos Bombeiros Voluntários do Barreiro – Corpo de Salvação Pública

Professora: Inês Nunes | Entrada livre

 

WORKSHOP DE INICIAÇÃO AO POLE DANCE

24 Maio | Quarta-feira | 20h00 às 21h30 | Yoga Spot Barreiro

Professora: Miss Jasmin

M/16 anos

Nº máximo de participantes: 6 (só para mulheres)

Entrada livre | Informações/Inscrições: 932 337 557

Morada: Avenida Bento Gonçalves (Avenida da Praia), 124

 

AULA ABERTA DE HIP HOP | DANCE COOLTURE

27 Maio | Sábado | 10h30 às 12h30 | Ginásio Bóia

Inauguração da Academia dos Dance Coolture, no Ginásio Bóia

Professor: Sérgio Alegria

M/5 anos

 

SHOWCASE VI  DANCE FIRST, THINK LATER | COMPANHIA DE DANÇA INFORMAL EFFECTIVE CREW

27 de Maio | Sábado | 14h30 e 19h30 | SDUB "Os Franceses"

Público em geral

Ingressos – 3,00€

Informações/reservas: 212 073 237

 

A reprodução textual da informação implica a referência da sua autoria: CMB

 

CMB