Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Espaço Cultura Ageas promove exposição ‘Cut to Shape’

Imagem1.jpg

 

Exposição de colagem de Burry Buermans decorre até 28 de Abril

 

Espaço Cultura Ageas promove exposição ‘Cut to Shape’

O Espaço Cultura Ageas recebe, até dia 28 de Abril, uma exposição com várias obras assinadas pelo artista belga Burry Buermans. Em linha com os fundamentos culturais, apoio a novos talentos e mecenato, o espaço incorpora agora a exposição de colagem ‘Cut to Shape’, caracterizada por ser uma coleção de recortes e de emoções que se fundem em imagens simbólicas.

 

As colagens do artista são criadas através de recortes de imagens originais de livros, revistas e jornais antigos e atuais. Na sua execução são usados unicamente originais e nunca cópias ou impressões. Desta forma, a busca das imagens constitui uma parte importante do processo de trabalho, sendo que os materiais encontrados determinam, em grande medida, a direção da obra. A Burry Buermans cabe ainda a arte de manipular as imagens para realçar ou redefinir o seu significado.

 

“O Espaço Cultura Ageas tem o objetivo de estimular a participação no mundo da Arte, Cultura e Solidariedade, através do apoio a novos talentos, que contribuem para o desenvolvimento da criatividade – um elemento que consideramos ser fundamental nas sociedades. Acreditamos que este espaço tem um papel importante na divulgação de novos artistas, que aqui podem encontrar um habitat para a sua expressão artística”, refere Inês Simões, Head of Corporate Communication and Brand da Ageas Portugal.

 

A instalação, presente até dia 28 de abril, remete para os temas de nostalgia, autenticidade e contraste, que provocam a imaginação e desconcertam o olhar observador. Trata-se de uma chamada de atenção para um mundo padronizado, mas em constante evolução, onde o artista recorre a recortes originais de livros, revistas e temas relacionados com a sua vida e a sociedade que o rodeia.

 “Acredito que o detalhe intenso e colorido das minhas obras abala o olhar, e a concentração, e que a sua interpretação contribui, simbolicamente, para nos ajudar a refletir sobre o mundo, os seus desafios e esperanças”, refere o artista Burry Buermans.

 

Burry Buermans nasceu em Kapellen, Bélgica, em 1982. Recuperou carros antigos, iniciou uma companhia de teatro, produziu e decorou os seus próprios eventos e viajou por todo o mundo à boleia. Trabalhou como professor e coordenou um serviço de apoio à juventude. Desde 2012 que vive em Portugal e se dedica à produção de arte.

 

Pode aceder ao catálogo da exposição aqui.

 

Todas as obras expostas podem ser diretamente adquiridas aos artistas, revertendo 10% da venda para a Fundação Ageas.

 

###

 

Sobre a Ageas Seguros

A Ageas Seguros oferece produtos e serviços adaptados às necessidades dos seus Clientes, desenvolvendo a sua atividade com uma alargada rede de distribuição de mediadores e parceiros. Desde o dia 1 de abril de 2016, integra o Grupo Ageas, um dos maiores grupos seguradores europeus. Saiba mais em www.ageas.pt.

Ciclo Saramago - Memorial do Convento - 29 de Abr.:18h00 | Palácio dos Aciprestes

image002.jpg

 

Luís Vieira – Baptista, 2011, Eloquência

 

Memorial do Convento, romance de 1982, revisitado pelo Professor Miguel Real.

 

A história inicia-se  por volta de 1711– um rei, D. João V, uma rainha, a Inquisição, os autos de fé, a construção de um convento, em Mafra, um padre Voador, um músico italiano, e sobretudo, Blimunda e Baltasar.

 

Um romance que pretende fazer uma releitura do passado e dar nome aos que verdadeiramente são heróis – o povo em geral, o verdadeiro protagonista de Memorial do Convento.

 

No próximo dia 29, às 18.00, com o Professor Miguel Real.

 

Informações:

Palácio dos Aciprestes, em Linda-a-Velha

Entrada livre

Samuel Matzig expõe "Tobel" no Espaço Amoreiras


Edge Arts promove exposição fotográfica de artista sueco



O Espaço Amoreiras recebe a segunda exposição do ano com uma série de fotografias do artista sueco Samuel Matzig, que poderá ser visitada de dia 6 de abril até ao dia 4 de maio. “Tobel” é o nome da exposição que explora, através da fotografia, a natureza como refúgio do mundo e da presença humana.

O trabalho fotográfico de Samuel Matzig evoca a ideia de transformação, no sentido em que transforma consecutivamente a realidade captada pela câmara em objetos do mundo isolados. Na série “Tobel”, o artista apresenta um conjunto de imagens recolhidas numa ravina na Suíça, onde captou a natureza, privada da presença humana. As imagens são caracterizadas essencialmente por tons escuros, de modo a representar a ideia de isolamento e refúgio.

Esta exposição organizada pelo Edge Arts conta com a interpretação e curadoria de Mara Silvério, através de um texto reflexivo.

Samuel Matzig (n. 1983, Mels, Suíça)
Vive e trabalha em Lisboa
Estudou Fotografia e História de Arte na escola Ar.Co. Nos últimos anos, tem participado nalgumas exposições de grupo, tais como Ar.Co Outubro, em Almada (2013), Salão de Inverno n’A Pequena Galeria, em Lisboa (2014 e 2015) e a exposição Ar.Co Bolseiros & Finalistas, no Palácio Pimenta, em Lisboa (2014). Em 2013 apresentou o trabalho Tobel, o seu primeiro projeto individual no atelier Inma Ruiz, em Lisboa, que continua a desenvolver até hoje.

Exposição “Tobel”
6 de abril 2017 – 4 de maio 2017

Inauguração
6 de abril 2017 pelas 18h30

Horário
Espaço Amoreiras
2ª a 6ª feira 7h – 23h
sábados 9h - 21h
domingos e feriados 9h – 18h

Edge Arts
2ª a 6ª feira 8h30 – 17h30

Mais informações
Edge Arts | Arte Contemporânea
The Edge Group
Espaço Amoreiras - Centro Empresarial
Rua D. João V, nº. 24, 1.01
Tel.: [+351] 213 600 071/0
info@edge-arts.org
facebook.com/edgearts.org
www.edge-arts.org

André Sarbib regressa ao Casino Lisboa de 26 a 29 de Abril

Andre Sarbib-2-3.jpg

 

Pianista autodidacta, André Sarbib regressa, de 26 a 29 de Abril, ao Casino Lisboa para um novo ciclo de actuações. André Sarbib sobe ao palco multiusos do Arena Lounge, acompanhado por Henry Sousa na bateria e Nana Sousa Dias no saxofone. A entrada é livre.

 

André Sarbib é um dos músicos mais prestigiados da cena portuguesa na área do Jazz e não só. Com um registo intimista, André Sarbib privilegia, habitualmente, ao vivo, as melhores composições do álbum “This Is It”.

 

Recorde-se que André Sarbib já participou em vários projectos com músicos, tais como Joe Lovano, Barry Altschul, Ivan Lins, Carlos Benavente, Ruben d’Antas, Alice Day, Jorge Rossi, Saheb Sarbib, Carlos Carli, Jorge Pardo, Chavier Colina, Joachim Chacón, Paulo de Carvalho, Rão Kião, António Serrano, Leonardo ou Amuedo.

 

 

Por imperativo legal, o acesso aos espaços do Casino Lisboa é reservado a maiores de 18 anos.

 

Paula Rego assinala 7ª edição do projeto “A Arte chegou ao Colombo”

 

Para ver, a partir de junho, na praça central do Centro Colombo

 

 

image002.jpg

 

No âmbito do projeto “A Arte chegou ao Colombo”, e dando continuidade a um conjunto de iniciativas de homenagem que se iniciará no país, a partir de 4 abril, o Centro Colombo escolheu, para assinalar a 7ª edição desta sua iniciativa cultural, a artista contemporânea Paula Rego, um talento mundialmente conhecido pela riqueza e notoriedade artística e cujos trabalhos irão surpreender, a partir de junho, todos aqueles que visitarem este espaço.

 

Tendo iniciado este projeto cultural com artistas nacionais, o Centro Colombo volta, em 2017, a apostar num nome nacional conhecido do grande público, trazendo assim – e pela primeira vez - o trabalho de uma das artistas portuguesas contemporâneas mais conhecidas a nível mundial, a um espaço que é acessível a todos. Será uma exposição dedicada às “Estórias” e “Contos” de Paula Rego que marcaram a sua vida e o seu percurso artístico, em que uma das obras mais significativas da artista – “Fada Azul e Pinóquio” – será dada a conhecer, em exclusivo, na mostra que o Centro Colombo terá patente ao público, a partir de junho. Esta Exposição conta com o apoio da Casa das Histórias Paula Rego e da Fundação D. Luís I.

 

A iniciativa “A Arte chegou ao Colombo” foi lançada em 2011 e contou, no primeiro ano de arranque, com a parceria do Museu Coleção Berardo na exposição dos trabalhos de quatro artistas nacionais – Joana Vasconcelos, Miguel Palma, Susana Anágua e Isaque Pinheiro. Seguiram-se depois o MNAA – Museu Nacional de Arte Antiga (2012), a Exposição “Andy Warhol – Icons” (2013), a instalação interativa “The Pool” da artista norte-americana Jen Lewin (2014) e a “A Divina Comédia de Salvador Dalí” (2015). No ano passado, a iniciativa recebeu a Exposição Terry O’Neill – “Faces of the Stars”.

 

Exposição Contemplação Particular no CCB

phpThumb_generated_thumbnailjpg.jpg

 

8 de abril a 30 de junho | Praça CCB

António Gonçalves / Maria Eduarda Souto de Moura / António Celso Ribeiro
Contemplação particular é o título do projeto concebido por António Gonçalves, consistindo numa pintura de grande dimensão com o formato de um políptico que se insere num edifício autónomo projetado pela arquiteta Maria Eduardo Souto de Moura, que estará situado na Praça CCB. Aquando da exposição, serão interpretados três momentos musicais do compositor António Celso Ribeiro.
Entrada Livre

Noites de animação no Casino Lisboa

 

A comemorar o seu 11º aniversário, o Casino Lisboa consolida, em Abril, a aposta num diversificado programa musical. O palco-multiusos do Arena Lounge recebe, de Quarta-Feira a Sábado, um elenco de intérpretes nacionais. Com um programa diversificado, o Casino Lisboa propõe, ainda, de Quinta-Feira a Sábado, pouco depois da meia-noite, diferentes Dj’s que estendem a animação até de madrugada. A entrada é livre.

 

 

 

 

 

 

 

Andre Sarbib-2-3.jpg

 

André Sarbib é um dos músicos mais prestigiados da cena portuguesa na área do Jazz e não só. Pianista autodidacta, André Sarbib regressa, de 26 a 29 de Abril, ao Arena Lounge para um novo ciclo de actuações. André Sarbib será acompanhado por Henry Sousa na bateria e Nana Sousa Dias no saxofone.

 

Com um registo intimista, André Sarbib privilegia, habitualmente, ao vivo, as melhores composições do álbum “This Is It”. Recorde-se que André Sarbib já participou em vários projectos com músicos, tais como Joe Lovano, Barry Altschul, Ivan Lins, Carlos Benavente, Ruben d’Antas, Alice Day, Jorge Rossi, Saheb Sarbib, Carlos Carli, Jorge Pardo, Chavier Colina, Joachim Chacón, Paulo de Carvalho, Rão Kião, António Serrano, Leonardo ou Amuedo.

 

 

Arena Lounge - Jukebox

O programa de animação musical culmina com as dinâmicas sonoridades da Juke Box. São diferentes DJ’s seleccionam os ritmos ideais para um público predominantemente jovem. A não perder, de Quinta-Feira a Sábado, pouco depois da meia-noite.

 

Programa de Abril

 

 

20 - Nuno Di Rosso

21 - Mr. Mute

22 - Luís Patraquim

 

27 - Pan Sorbe

28 - Luis Leite

29 - John Holmes

 

Por imperativo legal, o acesso aos espaços do Casino Lisboa é reservado a maiores de 18 anos.

 

Passatempo ON THE ROCKS - Hugo Sousa

O Blog Cultura de Borla em parceria com a MEIO TERMO tem bilhetes para o espectáculo ON THE ROCKS - HUGO SOUSA para o dia 3 de Maio no TEATRO VILLARET aos primeiros leitores que de 5 em 5 participações:

 

 

OTR Lisboa.jpeg

 

Amanhã, pelas 19h | concerto "À la joie … Um recital em festa!" | obras de M.Ravel, A. Honneger, A. Zemlinsky, E.W. Korngold, A. Fragoso

MTP (56).jpg

 

A Associação dos Amigos do Museu Nacional da Música apresenta:
 
À la joie … Um recital em festa! 
Bilhetes: €5 | Sócios: €3
Marina Pacheco (soprano), Tiago Matos (barítono) e Pedro Costa (piano) juntam-se para celebrar a genialidade musical de diversos compositores, cujos aniversários de nascimento ou morte se assinalam em 2017, ano em que este projecto tem início.
Com o intuito de anualmente se homenagearem diferentes figuras da composição de música erudita para canto e piano ou piano solo, o ponto de partida é sempre a comemoração de efemérides, contribuindo para manter viva a memória destes nomes que enriquecem a História da Música.
Numa viagem musical e estilística são exploradas, em 2017, obras de M.Ravel, A. Honneger, A. Zemlinsky, E.W. Korngold, A. Fragoso e G. Gershwin.
Um projecto em forma de brinde... A celebração de um legado... Uma partilha constante de memórias… 
"À la joie!”
 
 
PROGRAMA
“À la joie… um recital em festa!”
 
a 80 anos da sua morte
Maurice RAVEL (1875-1937)
Mélodies Populaires Grecques
1 Le reveil de la mariée
2 La-bas, vers l'église
3 Quel galant m'est comparable
4 Chanson des cueilleuses de lentisques
5 Tout gai!: Tout gai, ha, tout gai
 
Marina Pacheco, soprano
Pedro Costa, piano
 
 
a 125 anos do seu nascimento
Arthur HONEGGER (1892-1955)
Petit Cours de Morale 
1 Jeanne
2 Adèle
3 Cécile
4 Irène
5 Rosemonde
 
Tiago Matos, barítono
Pedro Costa, piano
 
 
a 75 anos da sua morte
Alexander von ZEMLINSKY (1871-1942)
Walzer-Gesänge op. 6
1 Liebe Schwalbe
2 Klagen ist der Mond gekommen
3 Fensterlein, Nachts bist du zu
4 Ich geh’ des Nachts
5 Blaues Sternlein
6 Briefchen schreib ich
 
Marina Pacheco, soprano
Pedro Costa, piano
 
 
a 80 anos da sua morte
Maurice RAVEL (1875-1937)
Don Quichotte à Dulcinée
1 Chanson romanesque
2 Chanson épique
3 Chanson à boire
 
Tiago Matos, barítono
Pedro Costa, piano
 
 
*********
 
a 120 anos do seu nascimento
a 60 anos da sua morte
Erich Wolfgang KORNGOLD (1897-1957)
da opera “Die Tote Stadt”
Marietta’s Lied*
Tanzlied des Pierrot**
 
Marina Pacheco, soprano*
Tiago Matos, barítono**
Pedro Costa, piano
 
 
a 120 anos do seu nascimento
António FRAGOSO (1897-1918)
Nocturno em Ré b Maior (1917)
100 anos da obra
 
Pedro Costa, piano
 
 
a 80 anos da sua morte
George GERSHWIN (1898-1937)
 
Canções e Duetos
 
Marina Pacheco, soprano
Tiago Matos, barítono
Pedro Costa, piano
 
Siga-nos em

instagram/museunacionaldamusica

fb/museunacionaldamusica

twitter/mnacionalmusica

museunacionaldamusica.pt
 
__________________________________________________________________________
MUSEU NACIONAL DA MÚSICA
Estação do Metropolitano Alto dos Moinhos
Rua João de Freitas Branco
1500-359 LISBOA
T. (351) 21 771 09 90 / F. (351) 21 771 09 99
 
 
PRÓXIMOS EVENTOS NO MUSEU NACIONAL DA MÚSICA: 
https://www.facebook.com/pg/museunacionaldamusica/events