Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

A AVENTURA DE OUVIR CHEGA AO PLANETÁRIO

Exposição com entrada livre vai estar em Lisboa até 15 de janeiro de 2015

 

 

 

 

 

Já alguma vez se perguntou o que é necessário para que os outros nos ouçam? Porque é que as pessoas ouvem a nossa voz de forma diferente daquela que nós ouvimos? INAUDITO, A Aventura de Ouvir, chega ao Planetário Calouste Gulbenkian – Centro Ciência Viva para responder a estas e outras questões.

INAUDITO é uma exposição itinerante, informativa e interativa, onde todos os portugueses vão poder satisfazer a curiosidade e descobrir como funciona o ouvido, qual o caminho que as ondas sonoras percorrem até chegarem ao cérebro, quão importante é para a vida social ter uma boa audição e que soluções existem atualmente para solucionar os problemas auditivos, quando eles se manifestam.

 

“A exposição já foi visitada por 500 mil pessoas em cidades como Corunha, Valencia, Granada, Valadolid, Las Palmas, Terrassa, Barcelona em Espanha, Santiago do Chile no Chile, Buenos Aires e Cordoba na Argentina, e mais recentemente no Porto. Com o INAUDITO presente pela primeira vez em Lisboa queremos alertar os lisboetas para a necessidade de uma maior prevenção da saúde auditiva, e mostrar a todos como funciona a audição”, refere Dulce Martins Paiva, Directora-Geral da GAES Centros Auditivos em Portugal.

A exposição INAUDITO, a Aventura de Ouvir vai estar patente de 12 de julho até 15 de janeiro de 2015, no Planetário Calouste Gulbenkian – Centro de Ciência Viva. A entrada é livre.

 

Sobre a GAES – Centros Auditivos

A GAES - Centros Auditivos, líder ibérica no setor da correção auditiva, foi fundada em 1949 em Espanha. A sua atividade cobre desde a fabricação de aparelhos auditivos na fábrica própria Microson, até à sua distribuição e adaptação nos centros auditivos GAES. Comercializa também todos os produtos relacionados com proteção auditiva e sistemas complementares de comunicação e é distribuidora exclusiva do implante osteointegrado PONTO, da marca dinamarquesa Oticon. Em Portugal está presente desde 1993, contando com 25 centros auditivos abertos ao público e mais de 150 centros de consulta em parceria com entidades relacionadas com a área da saúde. Atualmente, o Grupo GAES dispõe de uma rede superior a 500 centros auditivos, distribuídos por Portugal, Espanha, Argentina, Chile, Turquia e Equador.