Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Fevereiro no Bando

janfev18-jpeg.jpg

Em Fevereiro todos os caminhos vão dar ao Bando.
Apesar de ser o mês mais pequeno do ano é dos mais preenchidos em Vale dos Barris.
Em Fevereiro regressa a Programação na QUINTA e o almoço Primeiro Sábado do Mês; é o mês de estreia de ESCARAMUÇAS TEATRAIS a nova actividade mensal do Bando de discussão prática sobre o que é a representação teatral; regressamos ao Porto com o espectáculo GRÃO DE BICO; voltamos a Marselha para as filmagens da curta-metragem a partir de ISTO (NÃO) É A EUROPA; e continuam os ensaios para PAULA DE PAPEL a próxima estreia do Bando para a infância e juventude a partir do imaginário de Paula Rego.


 
3 FEV a partir das 13h
PRIMEIRO SÁBADO DO MÊS e ESCARAMUÇAS TEATRAIS
912 438 817 / bilheteira@obando.pt

Margarida Mata assume a direcção da cozinha no PRIMEIRO SÁBADO DO MÊS e promete uma ementa vegetariana.
Marquem o vosso lugar à mesa, até à próxima quinta-feira com a Rita Brito (912 438 817). O sino toca às 13h!
Depois da sobremesa, terá lugar a estreia de ESCARAMUÇAS TEATRAIS, a nova actividade do Teatro O Bando onde 2 encenadores e 2 actores irão pelejar em cena sobre os conceitos de representação partindo de surpreendentes desafios.
O "combate" é moderado por Juliana Pinho e os primeiros debutantes serão Pompeu José e um membro do elenco da ACERT e João Brites e Guilherme Noronha (Bando).
 
3 e 4 FEV | Sáb às 21h / Dom às 17h
SENTADA NO ESCURO | ACERT - Tondela (+)
912 438 817 / bilheteira@obando.pt
No sábado, é possível jantar antes do espectáculo mediante marcação prévia.

acert_sentada_no_escuro_5.jpg

A partir do livro de António Lobo Antunes "Para Aquela que Está Sentada no Escuro à Minha Espera” (2016), a companhia histórica de Tondela regressa ao Bando com um espectáculo encenado por Pompeu José sobre a dramática história de uma actriz de 78 anos que se debate com a perda de memória.

Texto a partir de "para aquela que está sentada no escuro à minha espera” de António Lobo Antunes
Dramaturgia e encenação Pompeu José
Interpretação António Rebelo, Ilda Teixeira, Pedro Sousa, Raquel Costa e Sandra Santos
Cenografia
Zé Tavares e Pompeu José Música Gustavo Dinis e Uhai Figurinos Adriana Ventura
Vídeo Alberto Plácido Desenho de luz Paulo Neto Sonoplastia Luís Viegas
Design gráf ico e fotografia Zétavares Assistência Ricci-Li Alexandre, Iván Dávila Grande e Deolindo Pessoa
Produção Marta Costa e Rui Coimbra Agradecimentos Carmoserra e Araufer



10 e 11 FEV | Sáb às 21h / Dom às 17h
PRELÚDIO ou A MULHER SELVAGEM | Teatro da Didascália - Joane (+)
912 438 817 / bilheteira@obando.pt
No sábado, é possível jantar antes do espectáculo mediante marcação prévia.

 

teatro_da_didascalia_preludio_site.jpg

 

A jovem companhia da vila de Joane (Famalicão) estreia-se no Bando com um espectáculo poético sobre o lado selvagem e primitivo da condição feminina. A partir de contos da tradição oral e de uma cuidada composição musical, 3 actrizes desenham uma viagem emotiva intimamente ligada à natureza e aos ciclos de morte e renovação.
[trailer do espectáculo]

Encenação
Bruno Martins
Interpretação Catarina Gomes, Cláudia Berkeley, Daniela Marques
Pesquisa, Dramaturgia e Técnicas de narração oral Patrícia Amaral Composição e Direção Musical Rui Souza
Cenografia e Figurinos Sandra Neves Desenho de Luz Valter Alves Confecção de Figurinos Joaquim Azevedo
Apoio à Construção de Cenografia Emanuel Santos e Inês Mariana
Consultoria Científica José Joaquim Dias Marques e Paulo Correia
Operação de Som e Luz João Teixeira e Mariana Figueiroa Produção Ludmila Teixeira
Design Gráfico e Design de Comunicação Rui Verde Fotografia de Cena Paulo Pimenta
Coprodução Teatro da Didascália, Casa das Artes de V. N. de Famalicão, Centro Cultural Vila Flor
Residência Artística Fábrica ASA 
PORTO | Teatro da Vilarinha
24 e 25 FEV às 16h

GRÃO DE BICO | Teatro O Bando
226 108 924 / geral@pedevento.pt

Nos dias 24 e 25 de Fevereiro, GRÃO DE BICO viaja até ao Porto, mais propriamente ao Teatro da Vilarinha espaço sede dos Pé de Vento (+). Esta criação encenado por João Brites e baseada no conto tradicional "O Bago de Milho) é dirigida ao mais público mais jovem (maiores de 3 anos). Conta no elenco com Fátima Santos e Raul Atalaia. Em cena, Fátima Santos e Raul Atalaia interpelam os mais novos num ambiente intimista onde o vídeo estabelece a ponte entre o público e a sua imaginação. "Quando nos aproximamos visualmente de algo, os detalhes tornam-se mundos e são esses mundos feitos de grandes detalhes microscópicos que nos ajudam a narrar a pequena história de um grande herói, uma história na qual o corpo se torna universo e o espectador, viajante".