Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Figuras Públicas dão voz a mais de 89 mil doentes com necessidades paliativas em Portugal

Cláudia Borges, Diogo Piçarra, João Paulo Sousa e Luísa Barbosa juntam-se à Associação Portuguesa de Cuidados Paliativos (APCP) para dar vida à campanha de sensibilização “Vida com Dignidade e Qualidade até ao fim!”. A iniciativa decorre no âmbito do Dia Mundial dos Cuidados Paliativos, que se assinala a 14 de outubro.

 

canvas.png

 

No âmbito desta iniciativa, Cláudia Borges, Diogo Piçarra, João Paulo Sousa e Luísa Barbosa pretendem elucidar sobre o verdadeiro sentido dos cuidados paliativos, formas de acesso, divulgar a Associação Portuguesa de Cuidados Paliativos como uma instituição dinamizadora destes cuidados, e acima de tudo, dar voz a mais de 89 mil doentes com necessidades paliativas em Portugal.

 

Quando fui contactada pela APCP não hesitei, não poderia ficar indiferente a esta campanha que pretende aumentar o conhecimento e promover o acesso equitativo a estes cuidados no nosso país. Tenho a certeza que juntos podemos fazer a diferença”, afirma a apresentadora, Cláudia Borges.

 

Todos nós, sendo figura pública ou não, temos o dever de informar, desmistificar e ajudar quem mais precisa. Estamos juntos pelos cuidados paliativos, que representam o direito à qualidade de vida mesmo em fases terminais. Porque hoje são eles, e um dia somos nós.”, explicou Diogo Piçarra, a propósito da sua participação.

 

Para o Professor Manuel Luís Capelas, Presidente da APCP, “é muito gratificante perceber que pessoas mediáticas e reconhecidas do grande público, dão voz a estas causas prementes. Através delas, do seu empenho e entusiasmo, conseguimos sensibilizar um maior número de pessoas e fazer realmente a diferença na promoção destes cuidados no nosso país”.

 

Cláudia Borges, Diogo Piçarra, João Paulo Sousa e Luísa Barbosa são os protagonistas de um spot de TV que será transmitido pelos canais generalistas, mais de 1.000 salas de Cinemas NOS e pelo circuito interno de TV do Metro do Porto, durante o mês de outubro.

 

A APCP promove ainda um Seminário, com o mesmo tema, no dia 14 de Outubro, entre as 14h00 e as 18h00, na Fundação Calouste Gulbenkian, cuja entrada é gratuita. Este encontro é dirigido ao grande público e está sujeito a uma inscrição online através do site www.admedic.pt, até dia 10 de outubro.