Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

MUSEU NACIONAL DA MÚSICA | Concerto de cravo - 15 de Fevereiro | Lançamento de CD Frederico de Freitas - 16 de Fevereiro | Dois eventos de entrada livre

 

Quinta, 15 de Fevereiro, pelas 18h

 

Recital de canto e cravo | Entrada Livre
Recital “MODINHAS E CANÇÕES” 
no âmbito do Ciclo de Comemorações dos 20 anos do CESEM
Alicia Cupani – soprano
Marcos Holler – cravista
Organização: CESEM - Centro de Estudos de Sociologia e Estética MusicalMuseu Nacional da Música

27629462_1718389924884443_5587684002441636451_o.jp

 

Caracterizada pela sua abordagem lírica e sentimental do amor, a modinha é uma das manifestações mais antigas da canção no Brasil, onde foi muito comum desde meados do séc. XVIII até o início do séc. XIX, tendo influenciado tanto a canção de câmara como o repertório popular. Este recital propõe-se a recriar e difundir esse género, pelo que tem de belo e de brasileiro. Além de modinhas, o repertório inclui outras canções escolhidas por valorizarem a sonoridade e o equilíbrio entre a voz e o cravo.

PROGRAMA 
1. Último Adeus de Amor 
Emílio Correia do Lago, (1837-1871)
 
2. Hei de amar te até morrer
Anônimo
 
3. Tempo breve que passaste 
António da Silva Leite (1759-1833)
 
4. De mal a pior
Anônimo / Arr. Sérgio Paulo Ribeiro de Freitas
 
5. Quem Sabe
Antônio Carlos Gomes (1836-1896)
 
6. Trovas 
Alberto Nepomuceno (1864-1920)
 
7. Xácara 
Alberto Nepomuceno
 
8. Luar de meu bem 
Claudio Santoro (1919-1989)
 
9. Moreninha
Tradição oral / arr. José Eduardo Gramani (1945-1998)
 
10. Uirapurú 
Waldemar Henrique (1905-1995)

Alicia Cupani é professora titular de canto do Departamento de Música da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), e coordenadora do Programa de Extensão VivaVoz, onde desenvolve diversos projetos de ensino e performance vocal. Aperfeiçoou-se em canto lírico com Neyde Thomas (EMBAP) e Liborio Simonella (Buenos Aires/ARG). Como solista, apresenta-se com frequência em diversas óperas, obras sacras e recitais de câmara. Recebeu o Prêmio Franklin Cascaes de Cultura pelo recital Imagens de Ópera, espectáculo com concepção e texto de sua autoria (2009), e o prémio Personalidade Musical do Ano (2013), pela Academia Catarinense de Letras e Artes. É licenciada em Música, Especialista em Educação Musical, e Mestre em Musicologia (UNESP).

Marcos Holler é Doutor em Musicologia e Bacharel em cravo pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Em 2012 realizou o pós-doutoramento na Universidade Nova de Lisboa, com o prof. David Cranmer. Como cravista integrou diversos grupos de música antiga, como Academia Antiqua São Paulo e Armonia Universalis, e atcuou como solista em orquestras, como a Orquestra de Câmara da UNICAMP, Armonia Universalis/São Paulo, Orquestra da ULBRA/Porto Alegre e Camerata Florianópolis. É professor de história da música na Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), onde também orienta trabalhos de iniciação científica e dissertações de mestrado relacionados com música brasileira nos períodos colonial e imperial, com ênfase no Estado de Santa Catarina.
Apoios: FCSH/ Espaço Nova e FCT  
 
______________________________________________

​Sexta, 16 de Fevereiro, 19h|Entrada livre

 

Lançamento do CD Frederico de Freitas 
Obras Completas para Violino e Piano & Violino e Violoncelo
4.º número da colecção MPMP 

27972329_1716338571756245_8000793242902944506_n.jp

- Apresentação do CD
- Momento musical protagonizado pelos músicos que participaram no CD:
Programa
Berceuse
Três Peças sem Importância (Serenata perdida; Música para funerais; Alla zingarese)
Allegro Appassionato


HELENA MARINHO
Helena Marinho é professora auxiliar no Departamento de Comunicação e Arte da Universidade de Aveiro, e vice-directora dos cursos de mestrado em música desta instituição. É investigadora integrada do Instituto de Etnomusicologia - Centro de Estudos de Música e Dança, e os seus interesses de pesquisa centram-se nas áreas dos estudos em performance e história da música portuguesa do séc. XX. É autora de vários capítulos de livros e artigos nessas temáticas, tendo também apresentado trabalhos em congressos nacionais e internacionais. Pertence à equipa de investigação de dois projectos financiados pela FCT, "'A música no meio': o canto em coro no contexto do orfeonismo (1910-2010)" e ""Imagens da Terra e do Mar: Frederico de Freitas e a música na cultura portuguesa do séc. XX", sendo a investigadora principal deste último. Foi também co-autora e membro da direcção de projectos financiados pela Direcção Geral das Artes em 2012, 2013 e 2014. Publicou capítulos de livros para Imperial College Press, Colibri e Caminho, e artigos para as revistas Musica Hodie, E-Cadernos CES, entre outros. É membro do painel de peritos da Comissão Europeia para a avaliação do Programa Cultura da União Europeia, e foi membro do júri de painéis de avaliação de bolsas de pós-graduação da Fundação para a Ciência e Tecnologia em 2011-12. É parecerista da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Música do Brasil e parecerista adhoc da revista Opus. É fundadora e organizadora da conferência bienal internacional Performa - Conference on Performance Studies, que teve a sua última edição na Universidade Federal do Rio Grande do Sul.
Paralelamente à sua actividade académica, Helena Marinho tem apresentado recitais e concertos de música de câmara nas principais salas e festivais portugueses, e também nos Estados Unidos, Brasil, Inglaterra, França, Itália, Suécia e Noruega. A sua actividade divide-se entre projectos com piano moderno e pianoforte, tendo gravado 8 CDs com repertório contemporâneo e clássico em ambos os instrumentos. Efectuou também diversas gravações para a RTP, a RDP e a televisão francesa. Estreou várias obras de compositores portugueses, algumas a ela dedicadas. Colabora regularmente com a Casa da Música, tanto na elaboração de notas de programa, como na apresentação de concertos comentados.

NUNO SOARES
Nuno Soares é um violinista português licenciado pelo Royal College of Music de Londres, com mestrado em performance pelo Cleveland Institute of Music (USA) e, actualmente, prepara o seu Doutoramento na Universidade de Aveiro sobre a música de Francisco Benetó, juntamente com a edição crítica da sua obra e gravação em CD. Desenvolve um intenso trabalho como violinista solista e em música de câmara. Paralelamente exerce funções de professor de violino na Escola Profissional de Música de Espinho e na Universidade de Aveiro.