Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

De 4 a 7 outubro, humor e música unem-se para quatro noites orelhudas em Águeda!

O Gesto Orelhudo para rir e chorar por mais! Eis o programa completo.

 Bilheteira online: https://goo.gl/6jqaMh

quarta 4 outubro
18h00 @ Centro de Artes de Águeda

Conversa de abertura: Humor VS Música
Carlos Vidal, Bruno Aleixo, Jorge Serafim e Herman José
participação livre

21h30 @ Centro de Artes de Águeda

Tia Graça – toda a gente devia ter uma
d’Orfeu AC

One (Her)man Show
Herman José

 
quinta 5 outubro
18h30 @ Espaço d’Orfeu - Latada

Lavoisier

21h30 @ Centro de Artes de Águeda

Salto Vocale
Bernard Massuir (Bélgica)

 
The Ukulele Orchestra of Great Britain
(Reino Unido)


sexta 6 outubro
18h30 @ Espaço d’Orfeu - Latada

Cantares do Sul e da Utopia
Há Lobos Sem Ser Na Serra

21h30 @ Centro de Artes de Águeda

 
The Melting Pot Pourri
Los Excéntricos (França / Catalunha)


Desconcerto
Clarinetes Adlibitum


sábado 7 outubro
18h30 @ Espaço d’Orfeu - Latada

Esta Gravata Não Combina Com A Cor Das Meias
José Valente

21h30 @ Centro de Artes de Águeda

Bonecos de Santo Aleixo
CENDREV – Centro Dramático de Évora

A Sbornia Kontratacka
Hique Gomez (Brasil)
e a participação especial do Orfeão de Águeda

 
Bilhetes à venda
https://goo.gl/6jqaMh

+INFO:
http://www.dorfeu.pt/ogestoorelhudo
http://www.facebook.com/dOrfeuAC


 


Mundo Interior regressa aos palcos nacionais a partir de Setembro!

A criação conjunta da Companhia João Garcia Miguel e João Paulo Santos, com teatro e circo, está de regresso aos palcos nacionais!

MUNDOINTERIOR_17_1MP.JPG

 

 Inspirada no mestre Sufi Jalâl Rûmi e no seu livro "Mundo Interior", esta peça ensina-nos a procurar o conhecimento de nós próprios e a seguir um caminho que nos conduza à realização daquilo a que fomos destinados.
 
Depois das exibições em Guimarães, Torres Vedras e Lisboa, Mundo Interior regressa, mais uma vez, ao nosso mundo nacional.
 
Venha descobri-lo, numa das cidades por onde vai passar, já a partir de Setembro!
 
16 de Setembro - Cine Teatro Curvo Semedo (Montemor-o-Novo) 
13 de Outubro - Convento de S. Francisco (Coimbra)
14 de Outubro - Centro de Artes de Águeda
 
 
Em Novembro será a vez da cidade de Bragança receber Mundo Interior e
em Dezembro, Torres Novas.

 


 

Contagem decrescente para o Festim 2017!

Festim 2017 prestes a começar a viagem!
Águeda, Albergaria-a-Velha, Sever do Vouga, Ovar , Estarreja, Ílhavo e Oliveira do Bairro
22 junho a 21 julho | 9ª edição

image.png

 

Programa completo:
http://www.festim.pt

Fotos boa resolução e material para imprensa:
http://www.festim.pt/2017/promo/

De 22 de junho a 21 de julho, Yamandu Costa (Brasil), Bombino (Níger), Susana Baca (Peru), Hazmat Modine (EUA), Lura (Cabo Verde), Les Violons Barbares (Mongólia, Bulgária, França) e Kočani Orkestar (Macedónia) trazem os melhores postais musicais aos sete Municípios parceiros do Festim – festival intermunicipal de músicas do mundo: Águeda, Albergaria-a-Velha, Sever do Vouga, Ovar, Estarreja, Ílhavo e Oliveira do Bairro.

O Festim 2017 vai começar com a corda toda, ao som do virtuoso guitarrista Yamandu Costa, um fenómeno da música instrumental brasileira. Esta abertura faz-se em dose dupla: dia 22 de junho, no Cineteatro Alba (Albergaria-a-Velha) e no dia 23, no Quartel das Artes Dr. Alípio Sol, em Oliveira do Bairro. Os bilhetes para os dois concertos já estão à venda.

Depois de Yamandu Costa, seguem-se mais seis nomes no cartaz desta 9ª edição. Do Níger, o blues rock exótico de Bombino chega a Albergaria-a-Velha (29 junho) e Ovar (30 junho). Do Peru, a voz única de Susana Baca a marcar presença em Sever do Vouga (1 julho) e Ovar (2 julho). Diretamente de Nova Iorque, o folk blues de Hazmat Modine em três grandes concertos, nos dias 6, 7 e 8 de julho, em Águeda, Estarreja e Albergaria-a-Velha, respetivamente. De Cabo Verde, o tom profundo e sensual de Lura, a 13 de julho em Águeda e, no dia seguinte, em Estarreja. A 15 julho, Sever do Vouga acolhe o concerto único de Les Violons Barbares, um invulgar trio que funde três culturas de forma fascinante. Para terminar da melhor forma, Águeda (20 julho) e Ílhavo (21 julho) acolhem a energia explosiva dos grandes coletivos balcânicos, com Kočani Orkestar. Todos os concertos iniciam às 22h00.

Numa parceria intermunicipal, iniciativa da d’Orfeu AC, que envolve os Municípios de Águeda, Albergaria-a-Velha, Sever do Vouga, Ovar, Estarreja, Ílhavo e Oliveira do Bairro, juntamente com o apoio oficial do Ministério da Cultura / Direção-Geral das Artes, o Festim é o único festival português a integrar a rede europeia “European Forum of Worldwide Music Festivals” e recebeu, pela segunda vez, o selo de qualidade EFFE - Europe for Festivals, Festivals for Europe. De 22 de junho a 21 de julho, vem viver o Festim!


Toda a informação em:
http://www.festim.pt

Acompanha o Festim também no Facebook:
http://www.facebook.com/dorfeu.festim

Capicua abre o Festival i, com Mão Verde, esta sexta-feira!

Sexta à noite, abertura no CAA. Sábado e domingo, non-stop pela cidade.
Festival i é já neste fim-de-semana!
ÁGUEDA | 19, 20 e 21 MAIO
http://www.dorfeu.pt/i

Bilhetes à venda na d’Orfeu e no Centro de Artes de Águeda.
Também disponível a compra online:
Passe Geral: https://goo.gl/rRgGWe
Espetáculo de abertura: https://goo.gl/32xWVu

image.png

 

ESPETÁCULO DE ABERTURA
Sexta 19 maio, 21h00 @ Centro de Artes de Águeda
Mão Verde *
Capicua e Pedro Geraldes

image.png

 

foto © Miguel Refresco / Curva Contra Curva

* ”Mão Verde” substitui o espetáculo “Fã”, anteriormente anunciado, cancelado por motivos técnicos.

De 19 a 21 de maio, a 9ª edição do Festival i, a grande festa das artes de palco em família, promete três dias inteiramente dedicados ao público infantil e familiar, com um non-stop de mais de 15 propostas distintas de Portugal e Espanha.
A abertura estará a cargo de Capicua e Pedro Geraldes, que trazem "Mão Verde" a um novo palco do Festival: o Centro de Artes de Águeda. No sábado (20) e no domingo (21), segue-se o já conhecido e contagiante ritmo de espetáculos, atividades, jogos e oficinas, para bebés, miúdos e graúdos: das 10h30 às 19h30, o roteiro do Festival passará por vários locais da cidade. No Espaço d’Orfeu, há também um renovado palco a explorar: a nova Latada da d’Orfeu AC. A ela, junta-se o Centro de Artes de Águeda, o Auditório Ana Paula Silva, a Biblioteca Municipal Manuel Alegre, a Junta de Freguesia e o Mercado Municipal.

Imaginativo, incrível e inigualável: nos dias 19, 20 e 21 de maio, todos a Águeda, todos ao i!

http://www.dorfeu.pt/i

 

Festival i: estão a chegar três dias para toda a família!

Todos a Águeda a 19, 20 e 21 de maio! Anunciado novo espetáculo de abertura.
Festival i - o programa completo!

www.dorfeu.pt/i

image.png

 


SEXTA 19 MAIO

ESPETÁCULO DE ABERTURA
21h00 @ Centro de Artes de Águeda
MÃO VERDE*
Capicua e Pedro Geraldes
(m/3 | 50’ | música)

 

foto © Miguel Refresco / Curva Contra Curva

* ”Mão Verde” substitui o espetáculo “Fã”, anteriormente anunciado, cancelado por motivos técnicos.


+ SESSÃO PARA ESCOLAS
15h00 @ Centro de Artes de Águeda
MÃO VERDE
Capicua e Pedro Geraldes
(p/ escolas, 50’ | música)
Entrada livre para Público Escolar, mediante marcação prévia pelo e-mail info@centroartesagueda.pt ou tel. 234 180 151

 

SÁBADO 20 MAIO
10h30 @ Mercado Municipal de Águeda
Agostinho e Felicidade
Boca de Cão
(
p/todos | 60’ | animação)

11h30 @ Junta de Freguesia Águeda e Borralha
Um dia serei grande
baal17
(m/6 | 45’ | teatro de marionetas)

14h30 @ Auditório Ana Paula Silva
Dama Pé de Mim
Ana Madureira
(m/3 | 40’ | teatro)

14h45 – 16h15 @ Espaço d’Orfeu - Quintal
Tudo vibra, tudo soa
Vibra-tó (ESP)
(p/ todos | 90’ | oficina c/ lotação máx. 20 crianças e 10 adultos)

15h30 @ Espaço d’Orfeu - Tenda
Sin Remite
Jean Phillippe Kikolas (ESP)
(p/todos | 50’ | teatro-circo)

16h45 @ Espaço d’Orfeu - Latada
Parece um Pássaro
Raimundo Cosme
(m/3 | 35’ | leitura encenada)

17h30 @ Espaço d’Orfeu – Quintal
Alforria
Boca de Cão
(p/ todos | 45’ | teatro de marionetas)

18h15 @ Espaço d’Orfeu – Tenda
Vibra-tó (ESP)
(p/todos | 60’ | música)


DOMINGO 15 MAIO

10h30 @ Biblioteca Municipal Manuel Alegre
Que Histórias Conta a Lua?
O Som do Algodão
(bebés > 3 meses | 35’ | música e narração oral)

11h30 @ Junta de Freguesia de Águeda e Borralha
Daqui vê-se melhor
Isabel Minhós Martins, Bernardo Carvalho & Suzana Branco
(m/8 | 35’ | teatro)

14h30 @ Auditório Ana Paula Silva
Areias
Imaginar do Gigante
(m/3 | 40’ | teatro de formas animadas e multimédia)

14h45-16h15 @ Espaço d’Orfeu - Quintal
Oficina de Construção de Adereços
PédeXumbo
(m/6 | 90’ | oficina c/ lotação máx. 20 crianças e 10 adultos)

15h30 @ Centro de Artes de Águeda
A Fada Oriana
ACE Teatro do Bolhão
(m/4 | 50’ | teatro de marionetas)

16h45 @ Espaço d’Orfeu - Latada
Fábrica das Gravatas
Nuvem Voadora
(m/3 | 45’ | clown)

17h30 @ Espaço d’Orfeu - Quintal
Baile das Histórias
PédeXumbo
(m/6 | 45’ | baile mandado)

18h15 @ Espaço d’Orfeu - Tenda
Assemblagem
d’Formação (opÁ! + EMtrad’ + Núcleo de Teatro)
(p/todos | 60’ | música)

SÁBADO + DOMINGO

14h45 – 18h15 @ Espaço d’Orfeu - Pátio
Assitência Lúdica em Viagem
Bitocas Fernandes e Hélder Sucena
(p/todos | jogos)

14h45 – 18h45 @ Espaço d’Orfeu - Alpendre
LI – Literatura Infantil
Escola do Adro
(p/todos | literatura)

SITE OFICIAL:
http://www.dorfeu.pt/i
 
Inscreve-te como Voluntário!
http://www.dorfeu.pt/voluntariado

"Tia Graça" estreia a 5 de maio, no Espaço d'Orfeu!

“Tia Graça – toda a gente devia ter uma”
d’Orfeu AC estreia nova criação esta sexta-feira! Últimos bilhetes à venda.

image.png

 

http://www.dorfeu.pt/tiagraca

“Tia Graça – Toda a gente devia ter uma” é a nova criação da d’Orfeu AC, que estreia na próxima sexta–feira 5 maio, às 22h00, na recém-inaugurada Latada do Espaço d’Orfeu, em Águeda. Os bilhetes estão à venda e a lotação é limitada.

Depois da inauguração a 21 de abril, com lotação esgotada, num concerto que assinalou o regresso d’Os CantAutores, a nova Latada do Espaço d’Orfeu prepara-se agora para receber a estreia da nova proposta criativa da d’Orfeu AC: “Tia Graça – Toda a gente devia ter uma”.
 
Esta nova criação da d’Orfeu AC eleva, para novo patamar, a sua matriz músico-teatral. “Tia Graça” é um espetáculo de autor, concebido e interpretado por Luís Fernandes, no papel mais maduro do seu percurso criativo, a par de um extraordinário trio de jovens instrumentistas da nova vaga: Joana Soares (oboé), Inês Moreira Coelho (fagote) e Inês Luzio (eufónio). O inusitado naipe de sopros que acompanha, ao vivo, as canções originais, traz ao espetáculo as reminiscências filarmónicas que ilustram o contexto familiar da vida da personagem central, a Tia Graça, mas com uma transversal e sofisticada linguagem musical para todas as idades.

Depois de "Reportório Osório”, este novo espetáculo de Luís Fernandes aprofunda as ligações, gratas para o autor, entre tradição e contemporaneidade, passando uma forte mensagem com ternura e a necessária inteligência, num registo estimulante para o consumido espetador dos nossos dias. Em “Tia Graça”, reconhece-se a valorização tardia destes entes mais discretos, aqui trazidos à ribalta, retratando os temas da velhice e da solidão com muito humor. Uma lição de vida em palco.

Com músicas de Manuel Maio e cenografia de enVide neFelibata (do Teatro e Marionetas de Mandrágora), “Tia Graça” é um espetáculo que homenageia as mulheres que vivem nos bastidores das vidas de tantos músicos, a lavar, a coser, a passar, a cozinhar, a mimar. E sempre à espera. Toda a gente devia ter uma Tia Graça.

http://www.dorfeu.pt/tiagraca

http://www.facebook.com/events/456516864681126


Passatempo - Festival Pauta Jazz 2017 - 29 de Abril - Águeda

O Blog Cultura de Borla em parceria com a PAUTA HUMANA tem bilhetes duplos para o concerto de Vitor
Zamora, Carlos Barretto e Alexandre Frazão no Cine-Teatro São Pedro, Águeda no dia 29 de Abril aos primeiros leitores que de 5 em 5 participações:

 

 Enviem um email para o culturadeborla@sapo.pt com a frase "Eu quero ir ao PAUTA JAZZ 2017 com o Cultura de Borla" com nome, BI e nº de telefone.

 

 

cartaz-729x1024.png

 

Programa do Festival i anunciado. Clã na abertura da 9ª edição!

Centro de Artes de Águeda acolhe espetáculo de abertura, na noite de 19 de maio.
Já disponível o programa completo do 9º Festival i.
Águeda, 19, 20 e 21 de maio 2017
programa completo: http://www.dorfeu.pt/i


Nos dias 19, 20 e 21 de maio, Águeda acolhe a 9ª edição do Festival i, a grande festa das artes de palco em família. A abertura estará a cargo dos Clã, que trazem o musical “Fã” a um novo palco do festival e da cidade: o Centro de Artes de Águeda. Depois, a festa continua no sábado e no domingo, com dezenas de espetáculos e atividades, num programa non-stop que acaba de ser divulgado.

São mais de 15 propostas distintas, de Portugal e Espanha, em três dias dedicados ao público infantil. A 9ª edição do Festival i decorre de 19 a 21 de maio e, este ano, terá mais um palco na cidade: o novíssimo Centro de Artes de Águeda. É lá que terá lugar o espetáculo de abertura, na sexta-feira 19 de maio, às 21h00. “Fã” é o recém-estreado musical dos Clã, com guião de Regina Guimarães e encenação de Nuno Carinhas. Um espetáculo dedicado aos supernovos, mas que não causa mortal aborrecimento a pais, parentes, educadores, vizinhos, padrinhos, madrinhas e demais companheiros. No mesmo dia, às 10h30, haverá também uma sessão de entrada livre para público escolar, mediante marcação prévia.

No sábado (20) e no domingo (21), segue-se o já conhecido e contagiante ritmo de espetáculos, atividades, jogos e oficinas, para bebés, miúdos e graúdos. Das 10h30 às 19h30, o roteiro do Festival passará por vários locais da cidade. No Espaço d’Orfeu, há também um renovado palco a explorar: a nova Latada da d’Orfeu AC. A ela, junta-se o Centro de Artes de Águeda, o Auditório Ana Paula Silva, a Biblioteca Municipal Manuel Alegre, a Junta de Freguesia e o Mercado Municipal.

O Festival contará com a presença de duas companhias espanholas: a dupla Vibra-Tó, que, para além de um surpreendente concerto didático e interativo, realizará uma oficina de construção de instrumentos a partir de materiais reciclados e objetos do quotidiano; e Jean Philippe Kikolas, que trará “Sin Remite”, um espetáculo de teatro-circo e humor gestual.
 
Os bebés terão novamente um espetáculo especial só para eles. “Que Histórias conta a Lua?”, pela companhia O Som do Algodão, apresenta-se na Biblioteca Municipal no domingo (21), às 10h30. Histórias de gente e de bichos, músicas e poemas que se prolongam no anoitecer lento. Para bebés, crianças e famílias sonhadoras.
 
A fechar o último dia do Festival, estará a vertente formativa da d’Orfeu AC, com uma “Assemblagem” de pequenos grandes talentos, que reúne músicos e atores da d’Formação, incluindo opÁ!, EMtrad’ e Núcleo de Teatro Infantil. No cartaz, encontramos também A Fada Oriana (Teatro do Bolhão), Baile das Histórias (PédeXumbo), Um dia Serei Grande (Baal17), Areias (Imaginar do Gigante), Fábrica das Gravatas (Nuvem Voadora), Alforria (Boca de Cão), entre muitos outros espetáculos.
 
Não faltam propostas para o público do “i” que, mais uma vez, terá de decidir bem o que quer ver para desfrutar do melhor do festival, uma vez que há programação simultânea de teatro, música, marionetas, animação de rua, dança, literatura, jogos e oficinas. A pulseira individual geral é válida para os três dias do Festival (sexta, sábado e domingo) e tem o custo de 8€, havendo desconto de 50% para adultos acompanhantes e portadores Cartão d'Orfeu. As pulseiras (diárias e gerais) estarão à venda brevemente e podem ainda ser adquiridas à entrada para os espetáculos.

Imaginativo, incrível e inigualável: nos dias 19, 20 e 21 de maio, todos a Águeda, todos ao i!

PROGRAMA COMPLETO:
http://www.dorfeu.pt/i

Festival Pauta Jazz 2017 - 29 de Abril - Águeda

Cartaz PH17.png

 

Festival Pauta Jazz regressa à cidade de Águeda.
Com o objectivo de comemorar o Dia Internacional do Jazz e promover cada vez mais bons momentos performativos, o festival com a organização da Associação Cultural Pauta Humana e Câmara Municipal de Águeda, centra-se na divulgação do jazz e da música improvisada. Em 2017 o Pauta Jazz apresenta dois concertos em diferentes espaços, criando diferentes contextos para a cultura deste género de música. Na terceira edição, o festival apresenta dia 29 de Abril no Cine-Teatro São Pedro o trio do pianista cubano Victor Zamora com a presença de dois nomes incontornáveis do jazz nacional, o contrabaixista Carlos Barretto e o baterista Alexandre Frazão. O segundo concerto é um quarteto liderado pela cantora e flautista Luísa Vieira com Mauro Ribeiro na guitarra, Miguel Calhaz no contrabaixo e Miguel Sampaio na bateria.

 

29 Abril


21.45 | Cine-Teatro S. Pedro, Águeda

Hora: 21.45

Victor Zamora piano
Carlos Barretto contrabaixo
Alexandre Frazão bateria

00:00 | Pompéia Caffé

Hora: 00:00

Luísa Vieira voz e flauta

Mauro Ribeiro guitarra

Miguel Calhaz contrabaixo

Miguel Sampaio bateria

 

Atividades paralelas:

Jazz no Mercado Cooletivo

15 de Abril | 12h-18h

Local:Jardim do Mercado Manuel Firmino, Aveiro

Bruno Pinho + Rui Pereira + Jazzwalkers [dj set]

 

Bruno Pinho guitarra

Rui Pereira órgão Hammond

 

Jam Session

27 de Abril | 21h30

Local: OMA, Aveiro

 

Bilhetes para concertos no Cine-Teatro São Pedro: 5€

Bilhetes Podem ser adquiridos no local no próprio dia do concerto

Reservas: pautahumana@gmail.com

Resto das actividades têm entrada livre

 

+ info: new.pautahumana.com

Os CantAutores em Águeda, Guarda e Tondela!

Os CantAutores de regresso, celebrando abril na d’Orfeu, no TMG e na ACERT!

sexta 21 abril, 22h00 - Espaço d'Orfeu, ÁGUEDA
sábado 22 abril, 21h30 - Teatro Municipal da GUARDA
segunda 24 abril, 21h45 - Novo Ciclo ACERT, TONDELA

image.png

 

http://www.dorfeu.pt/oscantautores


A d'Orfeu anuncia a reposição de um dos seus espetáculos mais emblemáticos, que percorreu o país há mais de uma década: “Os CantAutores”. Agora em quinteto, com grandes músicos, são três os concertos que recriam e celebram a música de intervenção: estreia em Águeda, na nova Latada do Espaço d’Orfeu (21 abril, lotação limitada e bilhetes à venda), no Teatro Municipal da Guarda (22 abril) e no Novo Ciclo ACERT, em Tondela (24 abril).

Dez anos depois, Luís Fernandes e Miguel Calhaz retomam a parceria musical que uniu as suas vozes em “Os CantAutores”, o espetáculo da d’Orfeu que, nos primeiros anos deste século, circulou por todo o país e resultou num disco de referência homónimo. Parte da obra menos conhecida dos cantautores José Afonso, Sérgio Godinho, Fausto e José Mário Branco vai voltar a subir aos palcos nacionais, na companhia do pianista Marco Figueiredo (também da formação original), do saxofonista Rodrigo Neves e do baterista Rui Lúcio.
 
É o regresso da música de intervenção, cuja atualidade não se perdeu, muito menos deixou de despertar intenso fascínio às novas gerações de público. Trata-se de música marcante na história das últimas décadas de Portugal, que vai voltar a encantar plateias. Por ora, em Águeda, na Guarda e em Tondela. Outros concertos estão já em marcação, cuja agenda pode ser permanentemente consultada em http://www.dorfeu.pt/oscantautores/. Os bilhetes para o concerto de Águeda estão à venda no Espaço d’Orfeu.

Na publicação das fotos, é obrigatória a menção dos respectivos créditos.

http://www.dorfeu.pt/
http://dorfeu.blogspot.com/
http://www.facebook.com/dOrfeuAC