Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

MEO OUT JAZZ 2014 TERMINA MAIS UMA ANO CHEIO DE SUCESSO

MEO OUT JAZZ 2014 TERMINA MAIS UM ANO CHEIO DE SUCESSO 

 

“O evento mais refrescante da cidade, anuncia data extra e ganha mais tempo de vida"

 

O evento mais refrescante do país transformou ainda mais os espaços públicos, crescendo para além dos jardins e dando nova vida a recantos onde não se imaginava caber música, o MEO OUT JAZZ nesta última edição, prometeu e cumpriu - encheu a cidade de memórias musicais e dias felizes. 

 

No início do primeiro mês do evento, foi feito um apelo pelo produtor e mentor do projeto; José Filipe Rebelo Pinto pela falta de civismo de alguns membros do público em relação ao lixo, ás beatas e ao “botellon”. Foi pedido para estimarem os locais que acolhem o festival, seja através de coisas tão simples como colocar o lixo no lixo, como preservando o ambiente e o património, não deitando as beatas no chão e não trazer o botellon para dentro do recinto. No fundo, respeitar cada pedaço de Lisboa que também nos pertence.

Esse mesmo apelo, gerou mais de 7.000 partilhas nas redes sociais e muitas noticias  em capas de jornais.

 

Para esse efeito, o Meo Out Jazz juntamente com a marca de cigarros e shishas electrónicos One Lite procederam à activação TrashOut, onde todos os domingos, foram distribuídos cinzeiros nos espaços onde decorreram os concertos.

Cada cinzeiro entregue dava mais dez segundos de vida ao Meo Outjazz e o tempo acumulado resultará num mega-evento Meo Outjazz, exclusivo para membros Trashout”. Para fazer parte deste evento bastava devolverem o cinzeiro no final dos eventos, no Coração Gigante One Lite, aguardando um convite para o email.

 

O resultado até ao penúltimo fim de semana, foram mais 3 horas de vida para o Meo Out Jazz. "Acreditamos que este apelo e esta ativação veio ajudar à tomada de consciência por parte do público. Não se compara ao lixo inicial e ás beatas no chão. Acho que sem querermos ser pretensiosos, estamos há já alguns anos a mudar um pouco a mentalidade dos Lisboetas; primeiro foram os jardins – os espaços verdes ganharam vida, maior parte dos alfacinhas não conhecia os jardins da nossa cidade e a cultura de “estar” no jardim, depois todos os espaços emblemáticos onde temos passado nos últimos 3 anos com as sextas-feiras (como miradouros desconhecidos, jardins escondidos e ruelas nunca antes faladas) e por fim; o civismo – que aos poucos tem ganho expressão e a mentalidade das pessoas também têm vindo a mudar – explica; José Filipe Rebelo Pinto.

 

A festa TrashOut Meo Out Jazz sera no dia 5 de Outubro ás 17H no Jardim da Tapada das Necessidades.

 

O Meo Out Jazz continua a crescer graças a todos que fizeram parte desta ideia e a transformaram em muito mais – em memórias felizes recheadas de música, amigos, sorrisos e uma energia contagiante.

 

Line Up

ENCERRAMENTO MEO OUT JAZZ 2014

* Sexta (26 de Setembro / 18H) - Jardim do Miradouro de São Pedro de Alcântara / Francisco Sales + DJ Mary B

* Sábado (27 de Setembro / 17H) - Praça do Martim Moniz - Mão na massa

* Domingo (28 de Setembro / 17H) - Parque Tejo - "Maloca" - Mo Francesco Quintentto + DJ Vitória Régia

 

Data Extra JARDIM DA TAPADA DAS NECESSIDADES

Domingo (5 de Outubro / 17H)

Banda + DJ (a anunciar)

MIGUEL MARTINS TRIO + DJ TWOFOLD

Parques de Sintra convida Voluntários para apoio na limpeza do Parque da Pena

Na sequência do temporal que assolou Sintra no passado fim de semana, a Parques de Sintra – Monte da Lua convida agora à inscrição de Voluntários para colaborarem numa campanha de limpeza a ter lugar no próximo Sábado (26 de janeiro), no Parque da Pena (com inscrição prévia*).

 

Conforme divulgado, a tempestade causou a queda de mais de 2000 árvores e inúmeros ramos e, consequentemente, toda a área de parques e jardins necessita agora de ser limpa - as valetas precisam de ser desentupidas para que a água volte a circular, os muitos ramos e folhas têm que ser varridos e, no geral, são necessários grandes esforços para permitir o regresso do Parque à sua normalidade, reabrindo-o à circulação de visitantes por todas as áreas (apesar de já se encontrar aberto o acesso aos Palácios da Pena e de Monserrate).

 

Durante esta semana os profissionais da Parques de Sintra estão a avançar com a maior rapidez possível no corte e remoção das árvores, bem como nas limpezas mas, este Sábado, será possível receber voluntários (sob coordenação da Parques de Sintra) para apoio nas limpezas que não envolvem riscos de segurança.

 

Assim, a Parques de Sintra convida todos os que quiserem colaborar, para que participem ou durante a manhã ou durante a tarde de Sábado, na resposta àquela que foi uma situação única na História da Serra de Sintra, e que ficará certamente na memória de todos.

 

Indicações:

Parque da Pena (encontro no portão dos Lagos – primeiro estacionamento ao subir para Pena)

Horários: Manhã 10h – 13h / Tarde 14h30 – 17h30

Recomenda-se a utilização de roupa e calçado confortáveis e adequados às condições meteorológicas.

 

*Condições de participação

É obrigatória a inscrição prévia através do npa@parquesdesintra.pt ou o +351 21 923 73 00.

Serão disponibilizadas ferramentas de trabalho e coletes refletores para cada participante.

Crianças apenas a partir dos 12 anos e sempre acompanhadas de um adulto.

 

Hendrick's Unusual Picnic

15 de Outubro de 2011

16h às 23h

 

Museu da Cidade

Campo Grande

Lisboa

 

Um piquenique vitoriano, romântico e invulgar, com personagens extraordinárias numa viagem até aos finais do século XIX. Animação humorística e burlesca, workshops de malabarismo com pepinos, uma contorcionista, um homem-fera e um halterofilista tornam este dia inesquecível.

IKEA SOFA-IN

 

16 de Agosto 2011

 

No âmbito do patrocínio do “Lisboa na Rua”, uma programação cultural ao ar livre na cidade de Lisboa organizada pela CML/EGEAC, apresenta-se uma sessão de cinema IKEA:

 

IKEA SOFA-IN na Praça do Rossio

100 sofás EKTORP, cinema e… pipocas

 

De forma a celebrar a chegada do Catálogo IKEA 2012, e para quem gostaria de fazer algo diferente durante o mês de Agosto, a IKEA oferece-lhe uma experiência única. No âmbito da parceria com a CML/EGEAC como patrocinador principal do programa ‘Lisboa Na Rua’ e de forma a celebrar a cultura acessível à maioria das pessoas, a IKEA organiza o IKEA Sofa-In no dia 19 de Agosto, às 22h00, na Praça do Rossio.

 

Cerca de 100 sofás vão transformar aquele espaço numa sala de cinema muito original, ao estilo drive-in ao ar livre, no centro de Lisboa.

 

“Tu, que vives” de Roy Andersson em exibição no IKEA Sofa-In

Vencedor de 8 prémios internacionais, tal como Melhor Realizador nos Festivais de Chicago e Fantasporto, Roy Andersson é um realizador sueco que nos conta sob a forma de uma tragicomédia, o tema da humanidade, dividida em 50 sketches com cerca de um minuto e meio cada. Não existe trama central. Todas as personagens lidam com questões que expõem os seus medos, tristezas e alegrias.

 

Sofás EKTORP são oferecidos aos membros IKEA FAMILY mais fotogénicos

Durante o evento, a IKEA vai desafiar os membros IKEA FAMILY a tirarem a fotografia mais original e colocá-la no dia seguinte no mural da página oficial da IKEA Portugal no Facebook (www.facebook.com/IKEApt).
Os autores das 30 fotografias mais originais seleccionadas pelo jurí da IKEA vão receber um destes sofás EKTORP de 3 lugares. Os restantes sofás vão ser oferecidos a Instituições de Solidariedade Social, através de uma parceria com a ENTREAJUDA; os restantes sofás, serão sorteados internamente, pelos colaboradores, distribuídos pelas três lojas. “Galeria das Casa Felizes” é o nome do passatempo interno que a IKEA está a promover com o objectivo de conhecer os locais preferidos dos colaboradores nas suas casas.

 

 

O conforto continua no “Lisboa na Rua”

Ainda no decorrer do ‘Lisboa na Rua’, a IKEA vai estar presente através da decoração de lounges com mobiliário IKEA e fazendo a distribuição do Catálogo IKEA 2012, que mais uma vez está cheio de novidades e preços ainda mais baixos, reforçando a visão da IKEA: criar um melhor dia-a-dia para a maioria das pessoas.

 

Programação Lisboa na Rua – Presença IKEA

IKEA Sofa-In

19/08/2011
- 22h

Praça do Rossio

A Arte da Big Band – Orquestra Jazz de Matosinhos

18/08/2011
– 19h

Largo S.Carlos

Fitas na Rua – SMOLIK e UMRAO JAAN

20/08/2011
– 22h

Arco da Rua Augusta

Clássicos na Rua – ALMOST6 – Quinteto de Trompetes com percussão

28/08/2011
– 19h

Tapada das Necessidades

A Arte da Big Band . Big
Band da Nazaré

01/09/2011
– 19h

Jardim de São Pedro de Alcântara

Lisboa Out Jazz

 

 

Jardins de Lisboa

 

 

 

 

AGOSTO
Jardim da Torre de Belém
The Ratazanas - DJ Milton
7 Ago: 17h
Link - DJ Nery
14 Ago: 17h
Filipe Gonçalves - DJ Lucky
21 Ago: 17h
Quinteto Nuno Costa
28 Ago: 17h

Jardim das Amoreiras
DJ Woodcut
5 Ago: 18h

Largo de S. Carlos
António Bruheim Trio
12 Ago: 18h

Avenida da Liberdade
DJ Al:X
19 Ago: 18h

Castelo S. Jorge
Djumbai Jazz
26 Ago: 18h

 

SETEMBRO
Jardim da Tapada das Necessidades
The Zany Dislexic Band - DJ Nel Assassin
4 Set: 17h
Filipe Melo Trio - DJ Mike Stellar
11 Set: 17h
Mariana Norton e os Insolentes DJ Gipsy
18 Set: 17h
Cais do Sodré Funk Connection - DJ Rui Murka
25 Set: 17h

Campo Mártires da Pátria
Lencastre/Fernandes Duo
2 Set: 18h

Largo do Carmo
DJ Open Source
9 Set: 18h

Praça Eduardo Mondlane
DJ Stikup
16 Set: 18h

Arco da Rua Augusta
DJ Tiago Santos
23 Set; 18h

Largo do Martim Moniz
Mick Trovoada Trio
30 Set: 18h

# Internet: www.ncs.pt

 

 

Se há um sinal de que está a chegar o Verão, é o arranque do já querido Out Jazz. Os fins de tarde de Domingo deixam de ser aquela altura semi-deprimente, com a neura característica que só a aproximação da 2ª feira traz. A partir de hoje, e até fim de Setembro, é diferente. Ainda de areia no pé e sal no corpo, e com um jardim lisboeta como cenário, podemos ir ouvir boa música até ao anoitecer. Este ano além dos 5 Meses, 5 Jardins aos domingos, ainda temos as 6ªs feiras com programação, desta feita nas praças, ruas, miradouros e locais mais emblemáticos da cidade, como o Adamastor, ou mais inóspitos, como o Largo da Rua do Século. Mas vamos por partes: hoje, no Jardim da Estrela, os Soulbizness, já conhecidos pela capacidade inata de nos pôr a mexer, seguidos por DJ Johnny até ao pôr do sol. O Out Jazz é uma celebração de uma Lisboa cosmopolita. A Lisboa com que me identifico. A que me deixa feliz. / Marta D’Orey

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

“Castelos no Ar” em Palmela

Castelo de Palmela recebe contadores de contos

Fantasia e boa-disposição dominam próximo fim-de-semana

 

Nos dias 23 e 24 de Julho, o programa “Castelos no Ar” é dedicado ao tema Contos, com iniciativas para todos os públicos. Ao percorrer os diversos espaços do Castelo de Palmela, cruzamo-nos com pequenas estórias do quotidiano, que nos divertem e emocionam, e surpreendemo-nos com as novas roupagens dos contos milenares, que nos têm encantado ao longo dos tempos.

“Estórias de Engraxar” pela FIAR, Associação Cultural, “Cantadora de Contos” por Genoveva Faísca e uma sessão de “Contos Populares” com o humorista Jorge Serafim animam o próximo fim-de-semana no Castelo de Palmela, numa organização da Câmara Municipal. Entrada livre.

 

 

23 e 24 Julho | 16h30 | Vários Locais do Castelo

“Estórias de Engraxar” pela Fiar

Estreado no FIAR em 2010, “Estórias de Engraxar” situa-se no território das linguagens performativas, cruzando a escrita, o teatro e a arte de contar. Esta proposta valoriza um encontro de proximidade entre a cena e o público, de forma a privilegiar um tom intimista, uma partilha de vivência e
confidências.

 

23 e 24 Julho | 18h00 | Igreja de Santiago

“Cantadora de Contos” por Genoveva Faísca

M/3

A “Cantadora de Contos” tem sempre novas histórias para contar, umas acabadinhas de fazer (há 500 anos ou mais), outras tão velhas como o ser humano (estas nascerão dentro em pouco).
Saindo quer dos labirintos dos cérebros da “Cantadora” e do público, quer dos mil livros, livrinhos e livrões que não a largam nem para dormir, estes contos cantados (serão cantos contados?) são inúmeros.

 

23 Julho | 22h00 | Igreja de Santa Maria (espaço ao ar livre)

Jorge Serafim

M/12

Narrador de histórias rocambolescas, onde habitam personagens pitorescos em situações que não lembram nem ao diabo, Jorge Serafim gosta de as temperar com uma pitada de absurdo e mais duas de imprevisto. Depois de elas lhe tomarem o gosto, refoga-as com muita sátira aos bons e maus costumes, não se lhe escapando nada nem ninguém nem pelo buraco de uma agulha. Arremata o suculento, cozinhando com um polvilhado de Stand Up, mais uns baguinhos de non-sense e finalmente, confeccionadas que estão as supostas gargalhadas, é favor rir a bandeiras despregadas...

 

“Pino do Verão” em Palmela

Com a participação de centenas de artistas.

 

O Miradouro do Castelo de Palmela recebe “Pino do Verão” Palmela celebra o “Pino do Verão” no dia 29 de Julho, às 22 horas, numa iniciativa da Câmara Municipal, do Teatro O Bando e da Associação FIAR.

 

O espectáculo decorre no Miradouro do Castelo de Palmela, com vista para a Arrábida e a participação de várias centenas de artistas – actores, cantores líricos, bandas filarmónicas, coros e associações locais - que prestam homenagem ao ponto mais alto da estação.

 

O “Pino do Verão” é um evento comunitário de grande impacto cénico e carácter sazonal, que alia teatro, canto e música à poesia de Eugénio de Andrade. João Brites é responsável pela dramaturgia, encenação e espaço cénico do espectáculo, e Jorge Salgueiro assume a composição e direcção musical. Ritual e reflexão aliam-se para um momento de balanço, onde são apurados e julgados os protagonistas dos eventos que mais marcaram o mundo no último ano. A Palmeloa, figura mater de Palmela, é a personagem central do espectáculo.

 

Ao seu lado, estão o Senhor de Branco, que conduz os povos na busca de felicidade; os Mordomos da Festa, filhos da Palmeloa, que garantem que o julgamento se realiza todos os anos; os Vassoureiros, filhos dos Mordomos, que guardam o jazigo; os diabretes, representantes dos povos oprimidos. O “Pino do Verão” é co-financiado pelo QREN – Quadro de Referência Estratégico Nacional, no âmbito do Programa de Recuperação e Dinamização do Centro Histórico de Palmela, e tem entrada livre. É aconselhável levar uma cadeira, uma manta e uma lanterna.

MegaPicnic

18 de Junho

 

Avenida da Liberdade

 

No próximo dia 18 de junho, sábado, a Avenida da Liberdade, em Lisboa, vai transformar-se numa gigantesca quinta, com mais de três dezenas de produtores, a apresentarem o que de melhor se faz na agricultura portuguesa. O dia será marcado por animações para toda a família, tais como passeios de burro, jogos tradicionais e atividades pedagógicas para as crianças. À semelhança das edições anteriores, Tony Carreira fechará o evento num momento dedicado a todos os fãs e portugueses presentes nesta grande festa. O objetivo desta iniciativa conjunta do Continente, Câmara de Lisboa e CAP - Confederação dos Agricultores de Portugal é despertar e sensibilizar as famílias portuguesas para a importância do apoio à produção nacional

 

Fonte: Escape.pt

Recriação do Passeio Público - Largo de S. João, em Palmela regressa ao início do século XX

 

No dia 9 de Junho, ao final da tarde, o Largo de S. João, no centro de Palmela, será transportado no tempo até ao primeiro quartel do século XX. A Escola Básica dos 2º e 3º ciclos do ensino básico Hermenegildo Capelo, com o apoio da Câmara Municipal de Palmela, convida toda a comunidade a participar na recriação do passeio público, um quadro vivo que pretende recriar o dia 5 de Outubro de 1920, feriado nacional comemorativo da implantação do regime republicano.

 

É sugerido aos participantes que se vistam à moda dos anos 20 do século passado e que se dirijam ao Largo a pé, a cavalo, de charrete ou de automóvel. O início está agendado para as 17 horas e prolongar-se-á até às 23h30, com animação e gastronomia.

Mais informações através do telefone 212338160.

 

O projecto, desenvolvido pelo Departamento Curricular de Ciências Sociais e Humanas da escola, integra, também, uma exposição, que estará patente no 1º andar do Cine-Teatro S. João entre 9 e 22 de Junho (segunda a sexta, entre as 9 e as 19 horas).