Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Matosinhos acolhe Arte Fora do Sitio na sua 12ª edição nos dias 23 e 24 de Setembro

c30d38ab-7a3c-438b-a99a-fa06fc82dae5.jpg

 


A PROGRAMAÇÃO

No ano de 2016, para além dos espetáculos que cada uma das associações locais apresentou, contou-se também com momentos de animação/artes circenses, um concerto, um parque para desportos radicais e a criação de um Group Hug- o maior abraço coletivo. Este ano, repetindo a excelente experiência do ano anterior o evento será apresentado pelo artista Fernando Alvim.


 
 
 
 
 
Um verdadeiro caldeirão de cultura e animação!
 
 
 

Performances artísticas
 

O desafio lançado à comunidade de jovens artistas matosinhenses é que estes saiam da sua zona de conforto e, de uma forma criativa e irreverente, adaptem o seu trabalho a um espaço atípico e a um público multigeracional. Daí acontece um fim de semana construído pelos jovens que, diariamente, se dedicam às artes nas várias associações do concelho, atraíndo com eles familiares, amigos e a comunidade em geral. Um dos pontos altos é certamente o concerto que fecha o primeiro dia (sábado). O ano transato foi possível assistir à atuação dos Souls of Fire , este ano levaremos a palco o Mundo Segundo.

 

Animação
 

Paralelamente decorrem uma série de momentos de animação compostos por performers de artes circenses, músicos, bailarinos e graffiters que enchem o parque de cor e vida, aproveitando o enquadramento do mesmo para, através do efeito surpresa, fazer “brotar” um mimo no cimo de uma árvore, uma banda num recanto do jardim ou um cuspidor de fogo atrás de um vendedor.

 
 
 
 

Group Hug
 

Proveniente do movimento "abraços grátis", o “Group Hug” pretende reunir o maior número de pessoas num abraço coletivo em torno de uma causa solidária.

Em 2016, em parceria com o projeto VEM – Voluntariado em Matosinhos, unimo-nos em prol da diferença e do fim dos estereótipos para com diversas franjas da população.

Este ano o Group Hug será a favor dos Bombeiros Voluntários do concelho de Matosinhos. O objetivo é envolver a comunidade no apoio a estas instituições, traduzida no gesto simbólico do abraço.

ARTE FORA DO SITIO
12ª EDIÇÃO
23 e 24 de Setembro 2017
Jardim Basílio Teles - Matosinhos
23 Set | Sábado das 14h30 às 20h00
14h30 às 18h30: demonstrações artísticas nas áreas da música, dança, artes circenses, poesia e desporto

18h30: atuação do “Mundo Segundo”

24 Set | Domingo das 14h30 às 18h00
14h30 às 17h00: demonstrações artísticas nas áreas da música, dança, artes circenses, poesia, desporto e técnicas de salvamento. Permanência das 4 corporações de bombeiros no recinto.

17h00: Goup Hug (abraço coletivo) em homenagem aos Bombeiros Voluntários do concelho de Matosinhos

17h30: concerto com Nuno Alves

Art In Town vai invadir o Barreiro | Odeith será o primeiro de vários artistas a deixar marca nos núcleos antigos da cidade

CARTAZ-A3.jpg

 

Art In Town vai invadir o Barreiro

Odeith será o primeiro de vários artistas a deixar marca nos núcleos antigos da cidade

 

A Câmara Municipal do Barreiro (CMB) lançou o desafio à ADAO - Associação de Desenvolvimento de Artes e Ofícios para que, em conjunto, desenhassem um projeto que enaltecesse a arte pública na cidade e se manifestasse de forma a envolver a comunidade local, artistas locais e nacionais, com forte incidência nas zonas antigas da cidade. Assim nasceu o Art In Town.

 

O Art In Town terá como “pano de fundo” o património imaterial que se reflete nas pessoas e na História do Barreiro, permitindo, assim, dar a conhecer a memória coletiva através da arte acessível a todos.

 

Numa cidade onde abundam cada vez mais os fenómenos criativos e culturais, e na procura de uma imagem urbana e contemporânea, ambas as entidades procuram, numa primeira fase, ocupar as zonas mais antigas do Barreiro, com uma obra de Odeith, que iniciará a sua intervenção, ainda, durante o mês de novembro, com data prevista para o dia 25.

 

O aclamado artista estará no edifício municipal, no Largo Alexandre Herculano, vulgo “Largo das Obras”, onde se encontram instalados os serviços de Planeamento e onde se encontra, já, a decorrer a preparação da fachada. A sua obra vai nascer, crescer e firmar-se em paralelo com as intervenções de requalificação do espaço público, que agora decorrem, na Urbanização das Cordoarias, com a execução do arruamento de ligação da Praça da Amizade ao Largo das Obras, criação de novas bolsas de estacionamento e áreas pedonais, e arranjo paisagístico/introdução de novos espaços verdes.

 

Curadoria do artista barreirense Ricardo Manso “Tota”

 

Sob a curadoria do artista barreirense Ricardo Manso “Tota”, vários serão os artistas de renome internacional que deixarão o seu marco em várias fachadas do Concelho, onde a história e identidade locais serão o suporte para todos os trabalhos artísticos.

Ainda durante este ano participarão neste projeto os artistas MAR e TOTA, bem como o Núcleo de Arte Urbana da ADAO, além de vários nomes que vão estar presentes em debates e masterclass (programa a anunciar em breve).

 

Além da vertente artística, procurar-se-á que o Art in Town seja o catalisador para o desenvolvimento socioeconómico da cidade, associando-se ao potencial fator turístico e cultural da cidade.

As influências que estas práticas exercem sobre a cidade podem ser, também, catalisadoras de diálogo e de experiências, empenhadas na reconstrução do tecido social.

Para além destes objetivos, procurar-se-á, também, através da conceção de obras de arte, que, mesmo efémeras, tornar possível a reconstrução de novas infraestruturas e habitação, através da valorização do local.

 

+INFO: http://www.artintown.pt/

 

CMB

O mundo Ibérico do cinema e das artes reunido no Porto

1ca99dce-772c-4c64-ab5b-f924ac01be06 (2).jpg

 

 


Nau – Festival de Cinema e Artes de Expressão Ibérica, parte para a 5ª edição por iniciativa da D.A.S Desenvolvimento das Artes Associação – como espaço de divulgação de obras audiovisuais e arte em geral. O mote essencial é a linguagem Ibérica como modo de afirmação artística. O festival realizar-se-á de 21 a 23 de Julho no Auditório da Biblioteca Municipal Almeida Garrett, Porto.
Cinema de países como Brasil,Colômbia,México,Cabo Verde,Chile,Uruguai,Argentina,Espanha e Portugal, exposições,concertos,dança, e as conversas à volta de um festival este ano com o título  "Uma Empresa Financeira vale mais que uma sinfonia?" com a participação de Marco Ginoulhiac – Professor na Faculdade de Arquitectura do Porto,Jaime C. Soares - actor e encenador de teatro,Carlos Costa – Realizador de Cinema .Alexandre Monteiro – Músico,e moderação de Julio Filipe Cardoso -  director da associação D.A.S. e do festival NAU.
O festival conta com o Júri, o Diretor da RTP2 Pedro Bessa, a Escritora 
Isabel Morujão, o Realizador Cristiano Pereira, a Chefe de Departamento de produções da RTP Sandra Lopes e o Director do Festival de Cinema Porto7 Francisco Lobo Ávila.

QUANDO UM BARCO ANTIGO É TRANSFORMADO NUMA OBRA DE ARTE

PROJETO.08 –ART BOAT

QUANDO UM BARCO ANTIGO É TRANSFORMADO NUMA OBRA DE ARTE

 

 

Setúbal é terra de pescadores. Uma cidade que termina e começa no Sado. O rio foi,desde sempre, uma fonte de inspiração e sustento, onde gerações de setubalenses navegaram em pequenos barcos de madeira, para sustentar as suas famílias e alimentar os seus sonhos. Para homenagear estes homens e mulheres e as suas embarcações, o Centro Comercial Alegro Setúbal convidou a artista Teresa Melo e seis IPSS para Séniores, de Setúbal, a intervir num barco de madeira, transformando-o numa peça artística que homenageasse a cidade e a arte da faina. O resultado é a obra “ART BOAT” que dá nome ao Projeto.08 do Arte em Toda a Arte.

 

A inauguração, marcada para o dia 9 de outubro, às 10h30, no Mercado do Livramento, conta com a presença da Presidente da Câmara Municipal de Setúbal, Maria das Dores Meira; do Diretor-geral da Immochan, Mário Costa, da artista plástica Teresa Melo e dos utentes das instituições locais envolvidos na conceção da obra.

 

A peça em si é dividida em duas partes: a exterior, revestida com mais de 20 mil pioneses dourados, simboliza o perigo e a coragem e a parte interior é composta por peças criadas pelos utentes das seis instituições envolvidas e que simbolizam o seu quotidiano: Centro Comunitário de Sta. Maria da Graça; Santa Casa da Misericórdia de Setúbal – Centro de Apoio a Terceira Idade (CATI); Associação de Socorros Mútuos Setubalense; Venerável Ordem Terceira da Nossa Senhora do Carmo; Centro de Apoio aos Idosos Dependentes – Santa Casa da Misericórdia de Setúbal e Associação Unitária de Reformados, Pensionistas e Idosos de Azeitão (AURPIA).

 

O Arte em Toda a Parte visa consolidar a Arte e a Cultura como um eixo estratégico no posicionamento da marca Alegro, em perfeito alinhamento e sintonia com tudo aquilo que os Centros Comerciais Alegro vêm realizando. Assume-se como um projeto de natureza artística que ao longo de mais de um ano promoverá a realização de intervenções artísticas no município de Setúbal, bem como a conceção e exposição de obras de arte em espaços públicos, entre muitas outras iniciativas.

 

O projeto contará com a participação de artistas portugueses consagrado, artistas locais (região de Setúbal) e artistas internacionais, tendo sempre uma componente de integração e participação da população setubalense. De salientar que as obras realizadas durante o projeto serão integradas na arquitetura do futuro Centro Comercial Alegro Setúbal.

 

Até agora o “Arte em Toda a Parte” apresentou 7 projetos: Projeto 01 – ART IN PROGRESS (intervenções nos tapumes da obra do Alegro Setúbal); Projeto 02 – ALEGRO HAPENNINGS (recolha de resíduos para criação de escultura. Bisnau é um golfinho de 5 metros que está agora no Parque Urbano de Albarquel em Setúbal); Projeto 03 – ART’IN’MOTION (intervenções nas betoneiras da obra do Centro Comercial Alegro Setúbal), Projeto 04 – STREET’ART (mural de 20m criado no Auditório José Afonso em homenagem ao conhecido fotógrafo setubalense Américo Augusto Ribeiro); Projeto 05 – WORK.ART (7 artistas plásticos criaram peças de arte tendo como fonte de inspiração a construção do futuro Alegro Setúbal e que podem ser vistas no novo estacionamento do Centro Comercial); Projeto 06 – SOMOS TODOS ALEGRO (mural com fotografias de rostos de setubalenses) e Projeto 07 – OUTDOOR GALLERY (galeria de ilustração ao ar livre em 5 outdoors da cidade).

 

 

INAUGURAÇÃO - PROJETO.08 –ART BOAT

9 DE OUTUBRO, 10H30

MERCADO DO LIVRAMENTO

  • Presidente da Câmara Municipal de Setúbal, Maria das Dores Meira
  • Diretor-geral da Immochan, Mário Costa
  • Artista plástica Teresa Melo
  • Utentes das instituições locais envolvidos na conceção da obra.

 

 

«Almoços com Arte»

De 1 a 26 de Agosto

Conheça uma peça de arte em 15 minutos na hora de almoço


«ALMOÇOS COM ARTE»

NA CASA-MUSEU MEDEIROS E ALMEIDA

Serviço de chá de Napoleão e quadro de Brueghel são algumas das peças da colecção de António Medeiros e Almeida cujas histórias são reveladas nesta iniciativa

 

Inspirada na National Gallery de Londres, a Casa-Museu Medeiros e Almeida apresenta «Almoços com Arte».

De 1 a 26 de Agosto é possível conhecer uma peça de arte da colecção de António Medeiros e Almeida durante a hora de almoço em 15 minutos e enquanto come-se uma sandes. Um quadro de Brueghel, o relógio de Sissi da Áustria ou o serviço de chá de Napoleão Bonaparte são algumas das peças eleitas.

 

No Verão, Lisboa fica ainda mais cosmopolita e apela ao turista que há em nós. A Casa-Museu Medeiros e Almeida, bem no centro da cidade, lança o desafio: agarrar numa sandes e aproveitar a hora de almoço para “beber” um pouco de cultura, entre dentadas.

 

A inspiração para os «Almoços com Arte» veio da National Gallery de Londres. Deste modo, em 15 minutos fica-se a saber a história por detrás de uma peça de arte da colecção de António Medeiros e Almeida (1895-1986) em exposição permanente na Casa-Museu. Um quadro deBrueghel, o relógio de Sissi da Áustria ou o serviço de chá de Napoleão Bonaparte são algumas das peças eleitas.

 

«Almoços com Arte», de segunda a sexta-feira, entre 1 e 26 de Agosto, às 13h30, com entrada gratuita e sem necessidade de reserva, mas limitado ao mínimo de 5 e ao máximo de 15 participantes.

 

 

Estatueta do Funcionário Bês

Imagem:
#
#
  #   #
#

#
 
#
 
#
 
#
#
# # #   #
#
# # #
#
# #   #
#
# # #  

6 de Outubro de 2010

13h30

 

Fundação Calouste Gulbenkian
Avenida de Berna, 45 A

Lisboa

 

Visita temática incluída na programação de Uma Obra de Arte à Hora do Almoço, com a duração de meia hora, onde se analisa em pormenor uma obra seleccionada da colecção permanente do Museu Gulbenkian. Dia 6 chega a vez da estatueta egípcia do Funcionário Bês (660-610 a. C.),

 

DUAS ARTES – UMA SÓ

Sexta-feira, dia 28 de Maio, entre as 19H30 e as 22H30, a Casa -Museu Medeiros e Almeida recebe o Dj Trol 2000, que promete animar o final de tarde dos seus visitantes. Em simultâneo, os presentes podem apreciar a instalação de Miguel Palma, um projecto sobre a memória, mas também sobre a revitalização e utilização da mesma no futuro e no presente, através do famoso relógio Breguet do General Junot.

 

Sexta-feira, dia 28 de Maio, Miguel Palma e Dj Trol 2000 “actuam” na Casa-Museu Medeiros e Almeida

 

 

 

Após uma semana intensa de trabalho, chega a sexta-feira e o desejo de divertimento e relaxamento. Desta vez, a sugestão não é um novo bar, nem um concerto há muito esperado. O convite passa pela Casa – Museu Medeiros e Almeida, em Lisboa, que criou o ambiente perfeito para que possa entrar em grande no seu fim-de-semana.

 

Durante três horas, o Dj Trol 2000 animará o seu final de tarde, ao mesmo tempo que poderá descobrir a instalação criada em exclusivo por Miguel Palma para a Casa Museu Medeiros e Almeida, proporcionando um momento inesquecível para os verdadeiros amantes da arte.

 

Llink da sala onde o Dj irá colocar música. http://rcpt.yousendit.com/878248463/24a7b40dc9e9165eb6c696878a58738d

 

 

 

Mostra de Artes ZAAT

 

 

Até 22 de Novembro
24h/dia
 
Parque de estacionamento da Praça da Figueira e Crew Hassan
 

Zaat_m

Para que serve um parque de estacionamento? Esta é fácil: para expor arte. E para estacionar carros, motas, motocicletas, bicicletas, albergar máquinas de pagamento manuais e automáticas, empregar dois ou três seguranças e gastar dinheiro. Mas falemos da aplicação mais cultural, a decorrer durante aproximadamente um mês no parque da Praça da Figueira. A ZAAT, mostra de Artes Visuais e Sonoras, apresenta-nos um parque galeria com exposições de Fotografia, Instalações, Vídeo e Stereo Pictures, de artistas como Vincent Boisselier, Jordi Burch, Patrícia Almeida, Olivier Perriquet, entre outros. A não perder também os eventos paralelos pela Crew Hassan e pela Infusão, Café Crêperie (consultar o site). Sara Vale.

 

Festival PopUp

 

Inauguração 5 de Junho
22h
Semana das 14h às 22h| Fds 11h às 19h
 
Antiga Cavalariça do Palácio da Trindade
Rua da Trindade nº18, ao Largo do Carmo
Lisboa
Pop_up1_m
 

Arte mais cidade igual a arte urbana. Artes plásticas, música, dança, conversas, workshops e mais arte para a cidade. Chama-se Pop-up Lisboa 2009 e é a primeira edição de um festival de arte urbana que quer aproveitar edifícios devolutos ou inutilizados e ocupá-los com obras de artistas emergentes. Não tenciona lucrar, apenas intervir. Uma exposição colectiva, música pelas mãos dos Post Hit e Dj Hugo Santana, alunos da Escola Superior de Dança a dançar do Carmo à Trindade são alguns dos exemplos do que este festival vai fazer acontecer. Nos workshops há fotografia, terapia pela arte, reciclagem urbana… É chegar ver, ocupar e intervir na cidade.Catarina Rebelo