Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Terras sem Sombra: Tosquia de Ovelhas e o Castelo de Barba Azul em Castro Verde

22ee7056-8980-409c-acf2-f588634d2692.jpg

 

e773d5cd-8dd4-45cc-acb8-e7ba3f69e283.jpg

 

O Terras sem Sombra vai já a meio da sua temporada e nos dia 8 e 9 de Abril será a bela vila de Castro Verde a acolher o Festival.

Está mais uma vez preparado um programa único que invoca a descoberta das tradições ancestrais do ciclo da lã, uma visita guiada pelas ruas e caminhos de Castro Verde e uma ópera em versão concerto que apela à reflexão sobre a sociedade actual.

As iniciativas previstas começam no sábado, às 14h30, com uma visita ao centro histórico de Castro Verde, que terá início na magnífica Basílica Real de Nossa Senhora da Conceição. O périplo pelas ruas e caminhos de Castro passa pelo Museu da Lucerna que nos oferece uma colecção única de Lucernas de época romana (Século I-III d.C.) descobertas em 1994, na localidade de Santa Bárbara dos Padrões. A Igreja da Misericórdia será aberta neste dia, exclusivamente para esta visita, onde se pode admirar um conjunto de pinturas no tecto, alusivas ao Livro do Apocalipse, verdadeiramente surpreendentes.

Na aposta de projecção do Terras sem Sombra para outras geografias, a escolha deste ano não pode ser mais excitante, uma vez que em Castro Verde vai estar representada a Academia Franz Liszt, de Budapeste, viveiro de brilhantes solistas, que deleitarão o público com um programa húngaro, uma ópera em versão de concerto, O Castelo do Barba Azul de Béla Bartók, na magnífica Basílica Real de Nossa Senhora da Conceição.

Na manhã de domingo, às 10h00, será percorrido Os passos do ciclo da lã. A zona de Castro Verde integra o Campo Branco, um território terminal da rota da transumância dos grandes rebanhos da Mesta. Nesta actividade iremos apanhar e tosquiar com as nossas mãos ovelhas e armaremos a lã segundo o método tradicional, com a ajuda de antigos pastores; e seguiremos o ciclo da lã, até à produção de mantas no recentemente inaugurado pólo do Lombador do Museu da Ruralidade, dedicado à tecelagem.O passeio termina com um almoço de sopas dos pastores.

 

Programa Castro Verde
 
8 Abril
 
Património
14:30 – 17:30 – Visita ao Centro Histórico
Local em destaque – Igreja da Misericórdia
Ponto de encontro - Basílica Real de Nossa Senhora da Conceição
 
Música
21H30 – Escalando as Muralhas: O Castelo de Barba-Azul, de Béla Bartók
Local: Basílica Real de Nossa Senhora da Conceição
 
Tenor Antal Cseh
Mezzosoprano Apollónia Szolnoki
Piano András Rákai
 
9 de Abril

 

Biodiversidade
Os passos do ciclo da lã
10:00 – Partida _ Basílica Real de Nossa Senhora da Conceição