Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Arqueologia proibida nos Açores e Madeira | Confúcio: um novo estilo de liderança - a liderança pelo Amor

c561bb6b-0c9c-437e-be8c-e52b94b946ed.png

 

Arqueologia Proibida nos Açores e Madeira 




Segunda-Feira, 22 de Maio, às 19h30

Espaço Arkhé
(Rua Margaria Palla, 25B - Miraflores, 1495-143 Algés)
(para ver mapa clique aqui)

Entrada Livre


As últimas informações sobre as novas descobertas arqueológicas nos Açores e Madeira pelos arqueólogos que as estudaram e o olhar de uma geóloga que visitou os lugares!


Comunicações por:

- Prof. Doutor Nuno Ribeiro
(Doutor em arqueologia e Presidente da APIA)

- Dra. Anabela Joaquinito
(Doutoranda em Pré-história e investigadora da APIA)

- Prof.ª Doutora Maria Teresa Azevedo
(Departamento de Geologia, Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa


***


Confúcio: um novo estilo de liderança -
a liderança pelo Amor



Aula aberta por José Carlos Fernández
(Investigador, escritor e Director Nacional da Nova Acrópole)

Terça-Feira, 23 de Maio, às 20h 
Salão Nobre da Fundição de Oeiras

Entrada Livre
(mediante inscrição prévia para o e-mail: oeiras-cascais@nova-acropole.pt)


"Para este sábio chinês, a verdadeira liderança consistia no controlo de si próprio, na sabedoria que permite perceber a ordem celeste na natureza para depois plasmá-la na sociedade (o Li), na bondade e no humanismo (Ren) como argamassa que mantém unida a sociedade, quer isto dizer, os núcleos humanos (não importando o tamanho que estes tenham), na fidelidade a princípios rectos e numa responsabilidade sincera e inquebrantável, amadurecida pela reflexão contínua e pura, ditada pela ausência de egoísmo ou de artifícios e cálculos interesseiros".



                               

                                                                              Organização


                                                                  Nova Acrópole Oeiras-Cascais

CONFERÊNCIA | POST-INTERNET CITIES

 

Data / hora: 26 de maio | Sexta-feira | 9h | MAAT

Inscrições: até ao dia 18 de maio

 

 

Como podem a arte e a arquitetura responder à influência das tecnologias digitais na conceptualização e vida das cidades?

 

O MAAT organiza, no próximo dia 26 de maio, a Conferência Internacional Post-Internet Cities, no âmbito da exposição Utopia/Distopia. O objetivo será promover uma reflexão crítica sobre o modo como as tecnologias digitais têm afetado a conceptualização e a vida das cidades.

Na conferência, cujas inscrições terminam já no próximo dia 18 de maio, estarão presentes oradores como o arquiteto Hani Rashid, a artista e curadora Marisa Olson e a dupla de artistas Salvatore Iaconesi & Oriana Persico.

A conferência tem início às 9h e termina pelas 18h50, podendo o programa ser consultado aqui. As inscrições são feitas mediante um pagamento e o preenchimento de um formulário, disponíveis no site da conferência.

 

Dia Nacional dos Cientistas vai ser comemorado pela primeira vez

 

 

 

Conferência Caminhos do Conhecimento vai ser presidida por Marcelo Rebelo de Sousa

O Teatro Rivoli, no Porto, vai ser palco da conferência Caminhos do Conhecimento, na próxima terça-feira, dia 16 de Maio, Dia Nacional dos Cientistas.

O Dia Nacional dos Cientistas foi instituído no ano passado, por resolução da Assembleia da República, para reconhecer e celebrar a contribuição da comunidade científica para o avanço do conhecimento e o progresso da sociedade. O dia 16 de Maio, data do nascimento de José Mariano Gago, foi escolhido para homenagear o seu legado.

As conferências Caminhos do Conhecimento, que têm lugar anualmente neste dia, pretendem apelar à mobilização colectiva em torno de um futuro com mais conhecimento e têm este ano como mote a questão Portugal, país de ciência, cultura e conhecimento - Como reforçar e garantir este desígnio?

A conferência Caminhos do Conhecimento será presidida pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e conta ainda com a presença do Presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues; do Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor; do Ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva; do deputado e Presidente da Comissão Parlamentar Educação e Ciência Alexandre Quintanilha; e do Presidente da Câmara Municipal do Porto, Rui Moreira.

Consulte aqui o programa completo.

NATIONAL GEOGRAPHIC SUMMIT CONTA COM O ALTO PATROCÍNIO DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA

image002.jpg

 

Quinta feira, 25 de maio às 9h30 no Teatro Tivoli BBVA

 

NATIONAL GEOGRAPHIC SUMMIT CONTA COM O ALTO PATROCÍNIO DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA

 

Evento reúne em Lisboa icónicos nomes da instituição como Jane Goodall, Jodi Cobb e Tristram Stuart

 

Entradas para público já esgotadas

O National Geographic Summit, que se realiza em Lisboa no próximo dia 25 de maio no Teatro Tivoli BBVA, recebeu esta semana o Alto Patrocínio da Presidência da República que reconhece assim a importância do evento organizado por uma instituição que há quase 130 anos visa promover a exploração educação e ciência em todo o Mundo.

 

O evento que tem como oradores a cientista e ativista Jane Goodall, a fotógrafa Jodi Cobb e o ativista especialista em desperdício alimentar Tristram Stuart, tem já os bilhetes reservados para o público esgotados.

 

“É com uma enorme honra que recebemos o Alto Patrocínio da Presidência da República para o National Geographic Summit, pois é o reconhecimento da importância de trazer a Lisboa um conjunto de oradores capazes de nos inspirar a contruir um Mundo melhor”, explica Vera Pinto Pereira, SVP Managing Director da National Geographic Partners Espanha & Portugal. “Para além do apoio institucional, deixou-nos também muito entusiasmados o nível de adesão do público a esta iniciativa. Demonstra claramente que há espaço e vontade para a apoiar e desenvolver os valores que a National Geographic Society defende há quase 130 anos”, completa.

 

Uma sessão para inspirar fotojornalistas

 

image004.jpg

 

Jodi Cobb é uma das grandes fotojornalistas da atualidade, com prémios tão prestigiados como o da National Press Photographers Association e da World Press Photo, foi ainda a primeira mulher a ser distinguida com o título de White House Photographer of the Year.

 

Cobb foi uma das primeiras repórteres a atravessar a China, quando abriram as suas fronteiras ao Ocidente, tendo percorrido 11 mil quilómetros em dois meses para fazer o livro ‘Journey Into China’. Foi a primeira fotógrafa a entrar no mundo oculto das mulheres da Arábia Saudita, sendo recebida nos palácios das princesas e nas tendas dos beduínos para um artigo inesquecível publicado em 1987 na National Geographic Magazine.

 

Em Lisboa, no Summit, vai falar-nos da condição humana num mundo interligado, através da sua experiência e do que os seus olhos e a sua câmara captaram ao longo dos anos.

 

No dia 26 de maio, Jodi Cobb vai ter uma sessão inteiramente dedicada a fotógrafos e a fotojornalistas onde, entre pares, vai partilhar as vicissitudes que encontrou ao longo de uma carreira onde se consagrou.

A “Arte Fora Da Caixa”, uma conversa artística na sede da Fundação AFID Diferença

BANNER_ARTE FORA DA CAIXA.jpg

 

 

 

Conferência acontece a 20 de maio no auditório Dra. Maria Lutegarda

 

Amadora, 28 de abril de 2017 - A Fundação AFID Diferença, que apoia jovens com deficiência, crianças e idosos no concelho da Amadora, realiza no próximo dia 20 de maio conferência “Arte Fora da Caixa - A Loucura no Improviso” no Auditório Dra. Maria Lutegarda nas instalações da Fundação, em Alfragide.

 

Em parceria com a AFID Green, Clave de Ti e Universidade Lusíada de Lisboa, a conferência “Arte Fora da Caixa – A Loucura no Improviso” acontece no próximo dia 20 de maio das 14h às 17h00 na sede da Fundação AFID. A conferência contará com a atuação do grupo AFID Ritmo e terá como participantes três grandes nomes de relevo no panorama musical nacional e internacional.

 

O guitarrista de jazz e musicólogo, Ricardo Pinheiro, da musicoterapeuta, Joana Oliveira Bolito e do músico e professor de jazz, Massimo Cavali serão os convidados para a conferência, cuja moderação ficará ao cargo de Margarida Arcanjo e João Silva.

 

“Queremos convidar as pessoas a juntarem-se a nós numa tarde promissora em que o improviso troca a linha do “certo” pela beleza do acaso, num misto de coerência incoerente que nos arrebata e nos transporta para lá da linha tangível. Ao invés de reconhecermos, aprendemos a recriar e a imaginar sem o limite que o mito da normalidade nos impõe em quase tudo o que somos e fazemos” acrescenta Domingos Rosa, Presidente do Conselho de Administração da Fundação AFID Diferença

 

A “Arte Fora da Caixa” marca o início do ciclo de conferências da Fundação AFID. A participação no evento é gratuita, com inscrição obrigatória através do email rita.peralta@fund-afid.org.pt

 

Veja o programa aqui

Para fazer o download da ficha de inscrição clique aqui

A arte islâmica em análise no Museu do Oriente | 19 Abril, 18.30, entrada livre

Yellamma.jpg

 

 

“As glórias desconhecidas do Imam: o silêncio, a ausência e o islamicate na Índia da colecção Kwok On” é o tema da próxima conferência do ciclo “A Índia Visual”, que se realiza a 19 de Abril, às 18.30, com entrada livre.

 

Islamicate foi um termo introduzido por Marshall Hodgson, professor de estudos islâmicos, que se refere, não directamente à religião - o Islão -, mas ao complexo social e cultural historicamente associado com o Islão e os muçulmanos.

 

A partir de várias peças indianas da colecção Kwok On, esta sessão pretende mostrar como, o que frequentemente parece hindu, é na realidade profundamente islamicate. A apresentação demonstrará a forma como práticas associadas com a fé shia e a figura histórica do Imam Hussein são centrais em grande parte da cultura da Ásia do Sul (indiana), reconhecendo que este facto complica e desafia o modo através do qual indivíduos e instituições - como museus - entendem o subcontinente.

 

A conferência é orientada por Jason Keith Fernandes, doutorado em Antropologia e investigador de pós-doutoramento do Centro em Rede de Investigação em Antropologia (CRIA-IUL).

 

“A Índia Visual” prolonga-se até Novembro, com o próximo encontro a acontecer a 31 de Maio com a mesa-redonda “A Índia a várias lentes”, que conta com a participação do fotógrafo Nuno Lobito e dos investigadores Rosa Maria Perez e Nuno Grancho.

 

Ciclo de Conferências “A Índia Visual”

Conferência “As glórias desconhecidas do Imam: o silêncio, a ausência e o islamicate na Índia da colecção Kwok On”, por Jason Fernandes

19 Abril | 18h30

Entrada livre

 

Legenda da imagem:

Yellamma

Também denominada Renuka é a deusa das prostitutas e dos travestis, sendo igualmente a deusa dos Intocáveis ou dahlit, que cura doenças de pele.

Índia, 2000

Colecção Kwok On, Fundação Oriente

 

Roca promove conferência gratuita sobre a implementação de Sistemas BIM, no Roca Lisboa Gallery

image003.png

 

Como funciona o BIM em Portugal e na Europa?

 

  • O evento é de entrada livre, mas para confirmar presença é necessário fazê-lo por aqui.

 2017 marca a implementação de forma mais concreta e global do BIM no continente europeu. Em 2016, o Reino Unido declarou-se oficialmente um “país” BIM. Este ano será a vez da França. No próximo, a Alemanha.

Sempre atenta às constantes alterações e necessidades do mercado atual, a Roca promove, no próximo dia 18 de abril (terça-feira), uma conferência sobre estratégia BIM, que traz ao Roca Lisboa Gallery 3 reputados especialistas.

O painel de formadores será formado por José Carlos Lino (Comissão Técnica BIM CT197), Ricardo Jardim Gonçalves (Grupo de investigação da interoperabilidade entre sistemas) na UNINOVA (Instituto de Desenvolvimento de Novas Tecnologias), e Ignasi Pérez Arnal (Diretor de Conteúdos do European BIM Summit).

Conheça, na íntegra, o programa do evento:

  • 30hBoas-vindas Roca Lisboa Gallery - Sónia Felgueiras – Marketing Manager da ROCA;
  • 35hEstratégia BIM em Portugal - Jose Carlos Lino, Comissão técnica BIM CT197;
  • 00h Possibilidades e últimas tendências na aplicação de BIM - Ricardo Jardim Gonçalves; 
  • 30hO estado do BIM na Europa - Ignasi Pérez Arnal, Diretor de conteúdos do European BIM Summit 2017.

 

Sem quaisquer custos de inscrição, mas com nº de vagas limitado, a conferência dirige-se a profissionais estudantes do mundo da arquitetura, engenharia e construção, e abordará as funcionalidades, vantagens e limitações desta ferramenta, cada vez mais utilizada pelo setor.

 

Os Vikings e a sua Expansão

74aec25f-1d07-42c9-a2df-f0c3d5e328af.png

 

| Conferência por Rafael Pereira, membro da Nova Acrópole |

Quinta-feira, 6 de Abril, às 19h30

Local: Espaço Arkhé - Algés-Miraflores 

 

"Os  antigos povos da Escandinávia  - entre os séculos IX e XI -  levaram a cabo uma expansão que não só lhes deu uma nova e diferente visão do mundo, como também viria a ter um grande impacto no Velho Continente. Conquistaram a Inglaterra, chegaram à Irlanda, à Gronelândia; à América, ao Mediterrâneo e até foram a guarda de elite dos Imperadores Bizantinos.

Eram guerreiros destemidos e muitas vezes impiedosos. No entanto eram também marinheiros exímios, coleccionavam arte, criavam poesia e a honra e a coragem eram de extrema importância para muitos deles.

Os Vikings merecem ser revisitados, compreendidos,  e talvez possamos perceber porquê que ainda hoje despertam tanta curiosidade".

 
 

oeiras-cascais@nova-acropole.pt
tlm. 96 39 25 758