Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Conferência "Arquivo, testemunho e profanação", por Pedro Lapa | Entrada gratuita

370px_e583db3ae35011748422.jpg

 

 

Desde 2005 que Carla Filipe começou a construir um arquivo sobre os caminhos de ferro que serviu de base ao seu trabalho. Com a exposição da cauda à cabeça, 2014, os seus arquivos e outros, que convoca ou pede emprestados, são reunidos por um meio sobre o qual a artista também trabalha a própria exposição. Estes arquivos não operam uma determinação da sua discursividade, muito pelo contrário. Ela imiscui-se nos seus interstícios para suscitar interrogações sobre as suas ausências. Os seus arquivos são deste modo submetidos a contínuas interrogações, pelo que não espanta que muitos documentos retornem no curso dos diversos trabalhos e que estes se construam como redes que se sobrepõem com sucessivas reatualizações e considerações sobre si mesmos. É sobre a memória recente de uma exposição sobre muitas memórias que esta conferência se debruça.

 

Pedro Lapa é professor auxiliar da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Foi diretor artístico do Museu Coleção Berardo entre 2011 e 2017 e, anteriormente, do Museu Nacional de Arte Contemporânea – Museu do Chiado. É autor de muitas publicações no domínio da arte moderna e contemporânea, de entre as mais recentes destacam-se Joaquim Rodrigo – a contínua reinvenção da pintura, 2016; História e Interregnum. Três obras de Stan Douglas, 2015.

Quarta-feira, 13 de dezembro, 18h00. Auditório do Museu.
Entrada gratuita, sujeita ao número de lugares disponíveis.

Apresentada no âmbito do VII Ciclo de Conferências Internacionais sobre Arte, História e Pensamento, organizado pela Escola de Comunicação, Artes e Tecnologias de Informação da Univ. Lusófona, em conjunto com o Museu Coleção Berardo.

Conferência "VIDA E OBRA DO MAESTRO FERRER TRINDADE" | 9 dezembro, 21h00, AMAC

 

 

ferrer trindade p divulgação digital.jpg

 

Vida e Obra

Ferrer Trindade | Centenário do Nascimento

 

A Mesa do Ciclo de Conferências "Vultos da Nossa Terra", com o apoio da Câmara Municipal do Barreiro, realiza, no Auditório Municipal Augusto Cabrita, no dia 9 de dezembro, pelas 21h00, uma conferência sobre a temática "VIDA E OBRA DO MAESTRO FERRER TRINDADE", seguindo-se um momento musical com artistas convidados.

 

 

Artistas convidados:

MANUEL PEDRO NUNES (Barítono)

KÁSSIO

TRIO DA ESCOLA DE JAZZ DO BARREIRO

CARLOS ALBERTO MONIZ

ORQUESTRA DE CÂMARA DOS LOUREIROS

 

Entrada gratuita mediante levantamento de ingresso e sujeita à lotação da sala.

 

Bilheteira AMAC: 21 206 82 30

Posto de Turismo do Barreiro: 21 206 82 87

 

CMB

EGIPTO - LUGARES MÁGICOS E NOVOS ENIGMAS | Conferência audiovisual e apresentação de viagem por Paulo Loução

image001.jpg

 

 

Próxima terça-feira, às 19h30, na Fundição de Oeiras

EGIPTO - LUGARES MÁGICOS E NOVOS ENIGMAS

Conferência audiovisual e apresentação de viagem

Por Paulo Alexandre Loução

 

Terça-feira, 5 de Dezembro, às 19h30

Fundição de Oeiras (Junto à Estação de C. F. de Oeiras)

Entrada Livre

Informações: 963 925 758 | oeiras-cascais@nova-acropole.pt

 

«A civilização egípcia foi um verdadeiro dom do Nilo, como diria Heródoto, e passados milénio é um fascínio seguir por esse mágico rio que flui de norte para sul abrindo-se como uma flor de papiro no Delta, aí se encontrava a enigmática Heliopólis, em que Rá-Horaktis era soberano com a força da sua Luz no Horizonte. Em Mênfis a tríade de Ptah-Sekmeth-Nefertum contém verdadeiros tesouros de sabedoria simbólica. Depois, seguiremos para Luxor, lugar da velha Tebas, a cidade de Amon. Aí nesse cruzamento de luz e água, fogo e vida, estaremos verdadeiramente perante o inefável. É claro que lugares como Abidos, Denderah, Edfu, Kom Ombo, Filae e Abu Simbel, terão muito a nos contar. E regressando ao Cairo, claro está, contextualizar a descoberta da nova galeria na Grande Pirâmide, o enigmático túmulo subterrâneo de Osíris com mais de 30 metros de profundidade, e, obviamente, no Museu do Cairo, o tesouro de Tutankhamon. Depois desta viagem audiovisual, falaremos dos pormenores da viagem in loco que realizaremos de 11 a 20 de Fevereiro em parceria com a Total Fun, J» (Paulo Louçao)

 

[Verdadeiramente mágico:

Nascer do sol no Templo de Karnak, em Luxor, precisamente no dia do Solstício de Inverno. Veremos nesta conferência qual a relação simbólica entre o Templo de Karnak e o Templo de Hatchepsut na outra margem do Nilo. Lá estaremos no dia 18 de Fevereiro para vermos nascer do Sol no Templo de Karnak, às 6h00 J]

 

PDF com Preços e Programa da Viagem de Fevereiro:

https://www.totalfun.pt/share/s/b7dbtJPUgufSLmM

 

Evento no Facebook da viagem:

https://www.facebook.com/events/148557172565004

 

Organização:

Nova Acrópole de Oeiras

Clube de Viagens Ulisses

 

Apoio:

Câmara Municipal de Oeiras

Museu do Oriente | Programa comemorativo celebra toda a exuberância da Ópera Chinesa

Espectáculo de ópera, conferências e workshop no Museu do Oriente

 

Programa comemorativo celebra toda a exuberância da Ópera Chinesa

 

Para assinalar o primeiro aniversário da exposição “A Ópera Chinesa”, o Museu do Oriente organiza um programa de actividades em torno deste tesouro cultural da China, entre os dias 1 e 3 de Dezembro. Serão três dias para celebrar, tanto a exuberância em palco como os segredos dos bastidores, com o espectáculo de ópera chinesa “O Pavilhão das Peónias”, conferências e um workshop com a autora de óperas Wang Yan e o actor Dong Fei. No dia 3 de Dezembro (domingo) a entrada no Museu é gratuita.

 

CONF_OPERA-min.jpg

 

A apresentação dos excertos “You Yuan” (Um passeio no jardim) e “Jing Meng” (Um sonho interrompido), da ópera “O Pavilhão das Peónias”, da autoria do poeta Tang Xianzu, acontece nos dias 1 e 2 de Dezembro, às 21h00. Trata-se de uma representação de ópera Kunqu, uma das mais antigas formas de ópera chinesa ainda em existência, reconhecida pela UNESCO como obra-prima do património oral e intangível da Humanidade.

 

“O Pavilhão das Peónias” é a obra-prima de Tang Xianzu, o maior dramaturgo da dinastia Ming (1368-1644). Escrita num estilo poético erudito e lânguido, a peça revela os anseios e desgostos amorosos dos jovens na rígida sociedade feudal chinesa. Bastante ousado para a época, o tema central é o triunfo do amor sobre a razão, contra a força opressiva da tradição. A defesa da liberdade de amar, bem como o lirismo emotivo da linguagem, faz desta peça uma referência incontornável na história da literatura e do teatro da China.

 

No sábado, dia 2, às 17.00, numa conferência de entrada livre, Wang Yan, autora de óperas, explica a arte da ópera chinesa Kunqu. No domingo, 3 de Dezembro, às 10.00, o actor Dong Fei orienta um workshop sobre “Caracterização, guarda-roupa e adereços na Ópera Chinesa”, em que desvenda os truques de guarda-roupa e maquilhagem que transformam um actor masculino numa personagem feminina – na ópera chinesa, todas as personagens, mesmo as femininas, são interpretadas por homens. Pelas 17.00, Dong Fei fará uma conferência sobre Mei Lanfang, um dos mais reconhecidos artistas de Ópera de Pequim da história do teatro moderno chinês.

 

Ocupando todo o piso 2 do Museu do Oriente, “A Ópera Chinesa” oferece uma visão abrangente deste género performativo, em toda a sua diversidade e exuberância, através de 280 peças, como trajes, perucas, toucados, modelos de maquilhagem, marionetas, gravuras, pinturas e instrumentos musicais, bem como fotografias e vídeos. 

 

Ópera Chinesa Kunqu

“O Pavilhão das Peónias”

1 e 2 de Dezembro

21.00

Duração: 50’, sem intervalo

Preço: 10 € [descontos em vigor]

Co-organização: CICA

 

Conferência por Wang Yan, autora de óperas Kunqu

“A Arte da Ópera Chinesa Kunqu”

2 de Dezembro

17.00

Gratuito (mediante levantamento de bilhete no próprio dia

e sujeito à capacidade da sala.)

Duração: 75’, sem intervalo

Co-organização: CICA

 

Workshop com o actor Dong Fei

“Caracterização, Guarda-roupa e Adereços na Ópera Chinesa”

3 de Dezembro

10.00

Gratuito (mediante levantamento de bilhete no próprio dia

e sujeito à capacidade da sala.)

M/6 anos

Duração: 180’

Co-organização: CICA

 

Conferência pelo actor Dong Fei

“Um Actor para a História: Mei Lanfang”

3 de Dezembro

17.00

Gratuito (mediante levantamento de bilhete no próprio dia

e sujeito à capacidade da sala.)

Duração: 75’

Gratuito

 

Co-organização: CICA -  China International Culture Association

 

"Com Arte e com Alma" | 5 de dezembro, 21h15, Costa de Caparica

 

 

2ª edição do ciclo de conferências/conversas

“Com Arte e com Alma. Serões com o nosso Património”

 

SEGUNDA CONFERÊNCIA/CONVERSA

 

05 de dezembro de 2017 (3ªf)

Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição (igreja velha), Costa de Caparica

Avenida 1º de Maio, 2825-396 Costa da Caparica

21h15

Entrada livre

 

ORADORES

Pe. Casimiro Henriques

(Mestre em História da Arte, Diretor da Comissão Diocesana de Arte Sacra de Setúbal)

“As formas do sagrado nas pinturas do século XVIII da igreja matriz da Costa de Caparica”

 

Rui Manuel Mesquita Mendes

(Licenciado em História, investigador do Centro de Arqueologia de Almada)

“A Igreja Matriz da Costa de Caparica: 240 anos de história”

 

O PROJETO

“COM ARTE E COM ALMA. Serões com o nosso Património” é um projeto que pretende divulgar os bens culturais da Igreja existentes na Diocese de Setúbal, procurando criar relações de afeto entre as comunidades locais (mas não só) e esse património.

Após os bons resultados alcançados na 1ª edição (2014-2015), a Comissão Diocesana de Arte Sacra de Setúbal promove, agora, a 2ª edição. Entre novembro de 2017 e maio de 2018, serão realizadas sete conferências/conversas informais em sete igrejas da Diocese de Setúbal (integrando as sete vigararias da Diocese). Em cada sessão abordar-se-á uma determinada e importante obra de arte (ou conjunto) presente na igreja que acolherá a conferência, bem como serão discutidos aspetos relacionados com o historial do respetivo edifício. Reunindo os contributos de diversos investigadores, pretende-se que, num ambiente informal e pedagógico, as comunidades paroquiais e todos e quaisquer interessados possam melhor conhecer e valorizar determinados bens culturais de valor excecional presentes no território diocesano. Todas as sessões, de entrada livre, terão início às 21h15.

 

Organização:
Comissão Diocesana de Arte Sacra da Diocese de Setúbal

 

Conferências da Garagem - Bêka & Lemoine - no CCB

28 de novembro | 19:00 | Sala Luís de Freitas Branco

phpThumb_generated_thumbnailjpg.jpg

 


Living Architectures
Living Architecture é uma série de filmes que procura desenvolver uma forma de olhar para a arquitetura que se afasta da tendência contemporânea de idealizar a representação da nossa herança arquitetónica. É sob este mote que Ila Bêka e Louise Lemoine vêm até ao CCB dar uma conferência.
Comprar

2ª Festa do Livro | Conferência Inaugural «Templários - da Catalunha a Tomar»

402d9e31-0b4e-4777-a401-49318a779200.jpg

 

 

2ª Festa do Livro

Conferência de inauguração

"Templários - da Catalunha a Tomar"




Quinta, 16 de Novembro 2017 | 19h30

Conferência inaugural por António Balcão Vicente
Historiador, doutor em história medieval pela Faculdade de Letras
da Universidade de Lisboa


Espaço Arkhé

Rua Margaria Palla, 25B - Miraflores, 1495-143 Algés

Entrada livre 
(veja aqui o programa completo da 2ª Festa do Livro!)

 

«Desde muito cedo, a Ordem do Templo viu similitudes entre o movimento da «Reconquista» na Península Ibérica e a luta pela conquista e manutenção dos lugares santos na Palestina. Este facto levou à sua temporã implantação peninsular, através de doações, com destaque para o território em que viria a constituir-se o reino de Portugal e para os condados catalães, herdeiros da velha «marca carolíngia».

Todas essas implantações se encontravam na primeira linha da frente contra os muçulmanos e, em todos os casos, os doadores as entregaram com o objectivo de que a Ordem nascente se implicasse activamente na defesa dos territórios cristãos contra o Islão. A Catalunha e Portugal partilham esta característica fundacional que tanto marcará o seu destino influenciado pelo ideário do Templo .»
 
                                                                                            António Balcão Vicente




Informações:

oeiras-cascais@nova-acropole.pt

Tel. 963 925 758
 

                  

                                                                              Organização:

                                                   Nova Acrópole Oeiras-Cascais
                                                              Espaço Arkhé

Respirar Ponto - Associação ANTDR com ciclo de debates e eventos em novembro

RESPIRAR PONTO

 

image002.jpg

 

Associação ANTDR com ciclo de debates e eventos em novembro

Entre os próximos dias 3 e 29 de novembro irá realizar-se no Espaço Atmosfera M, em Lisboa, o evento “RESPIRAR PONTO – Viver em plenos pulmões”, um evento organizado pela Associação Nacional da Tuberculose e Doenças Respiratórias (ANTDR), cujo objetivo é sensibilizar a comunidade para a importância de respirar bem para uma melhor qualidade de vida e bem-estar, utilizando como veículo a Cultura.

 

No evento “RESPIRAR PONTO – Viver em plenos pulmões”, organizado pela ANTDR, decorre um ciclo de conferências onde serão apresentados temas como: “As alergias andam no ar”; “A tuberculose e o Tango”; “Comer, Respirar e Amar”; “Respirar e as Cidades”; “Respirar Melhor a Pintar”. Serão ainda incluídos no programa cultural intervenções na área da dança, música e pintura.

 

“Com este evento pretendemos sensibilizar a comunidade para a importância da qualidade respiratória, através de conferências, exposições e um programa rico do ponto de vista cultural com o objectivo de demonstrar que o espaço, as ações e a nossa envolvência influenciam o respirar”, comenta Maria Conceição Gomes, Presidente da ANTDR.

 

Nos dias 16 e 27 de novembro, entre as 10h e as 18h serão, ainda, realizados rastreios respiratórios gratuitos à população.

 

Neste evento pode-se contar com um espaço de Exposição ilustrativa sobre o trabalho da ANTDR, a sua história e intervenção até aos dias de hoje, onde estarão expostos, entre outros, os seguintes trabalhos: Da inteligência artificial à história contada em objetos; Vinhetas e selos: breve exposição da importância a nível mundial e nacional da vinheta/selo utilizado na divulgação de bons hábitos de saúde.

 

Este evento destina-se à sociedade civil em geral, sem limite de idade, e ainda à comunidade estudantil, em particular, nas ações específicas que existirão associadas às visitas escolares previstas. Todas as ações previstas no evento, desde a exposição, ao ciclo de conferências, aos rastreios e eventos culturais são de entrada gratuita.

 

Poderá encontrar o programa detalhado do evento RESPIRAR PONTO - Viver em plenos pulmões em:  http://respirarponto.pt/agenda.html

 

 

Mais sobre a ANTDR Associação Nacional de Tuberculose e Doenças Respiratórias:

ANTDR é uma IPSS (Instituição Particular de Solidariedade Social), federada na Union Internacionale contre la Tuberculose et les Maladies Respiratoires, fundada em 1989. Tem por objetivo dinamizar a Sociedade Civil na promoção da Saúde Respiratória dos portugueses, nas áreas da prevenção, diagnóstico precoce e aconselhamento dos doentes, em todas as doenças dos brônquios, pulmões e pleura.

 

Dia Mundial da Filosofia | A Música como expressão do Belo e das Ideias

53de5811-6940-4871-93bb-2a6323ad5c63.jpg

 

Dia Mundial da Filosofia

Conferência | Recital

"A Música como expressão do Belo e das Ideias"





Quinta, 9 de Novembro 2017 | 19h30

Entrada livre mediante inscrição prévia para:

oeiras-cascais@nova-acropole.pt

lisboa@nova-acropole.pt

Tel. 963 925 758

 

                             

- COMUNICAÇÕES:

 

«Os Deuses como arquétipos na música clássica ocidental»

José Carlos Fernández

Filósofo e Director Nacional da Nova Acrópole

 

«O poder transformador da música: exemplos de Mozart, Beethoven e Wagner»

Paulo Alexandre Loução

Investigador do Instituto Internacional Hermes

 

«A Música e o seu poder de educar e transformar mentalidades»

Nicolay Sevastianov Lalov

Director Artístico e Maestro Titular da OCCO, Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras


 

- RECITAL:

 

Teresa Palma Pereira

Piano

Obras de Claude Debussy:

- Prelude da suite "Pour le piano"

- "L'isle Joyeuse"


 

Quarteto do Grupo de Fados de Coimbra, «Serenata ao Luar»

Francisco Costa, flauta transversal

Nuno Cadete e António Mendes, guitarra de Coimbra

Luís Martins, guitarra clássica

Música instrumental acústica:

- Maio de 78

- Canção da Primavera

- Canção de Carlos Paredes


 

Joaquim Pinto Gonçalves, Músico e Director do projecto pedagógico-musical «Projeto "Rufinhos" - Oficina de Percussão e Movimento»
 

Música instrumental acústica: Gaita-de-Foles e cavaquinho


 

- Cocktail e convívio entre os presentes  

 

                               Local: Fundação Marquês de Pombal

                              Salão Nobre do Palácio dos Aciprestes

                              Rua Tomás Ribeiro, 18 – Linda-a-Velha  

 

Actividade realizada em parceria com a Nova Acrópole de Lisboa, a Fundação Marquês de Pombal e com o apoio institucional da Comissão Nacional da UNESCO e do Município do Oeiras

Respirar Ponto | 3 a 9 Novembro

RESPIRAR PONTO – Viver em plenos pulmões

Ciclo de Conferências, Rastreios e Exposições

 

3 a 29 de novembro de 2017 | Espaço Atmosfera M em Lisboa | Entrada gratuita

 

 

image006.jpg

 

Sensibilizar a comunidade para a importância de respirar bem para uma melhor qualidade de vida e bem-estar, utilizando como veículo a Cultura, será o objetivo do evento “RESPIRAR PONTO – Viver em plenos pulmões” a decorrer entre os próximos dias 3 e 29 de novembro, no espaço Atmosfera M, em Lisboa, na Rua Castilho, n.5.

 

Organizado pela Associação Nacional da Tuberculose e Doenças Respiratórias (ANTDR), uma IPSS focada em dinamizar a Sociedade Civil na promoção da Saúde Respiratória dos portugueses, nas áreas de prevenção, diagnóstico precoce e aconselhamento, este evento pretende ainda partilhar através de uma exposição ilustrativa, assinalar o aniversário da Associação e destacar os vários trabalhos ao longo destes 28 anos.

 

Serão retratados temas como “As alergias andam no ar”; “A tuberculose e o Tango”; “Comer, Respirar e Amar”; “Respirar e as Cidades”; “Respirar Melhor a Pintar”, no ciclo de apresentações e serão ainda incluídos no programa cultural intervenções na área da dança, música e pintura.

 

Todas as iniciativas: exposição, eventos culturais, ciclo de conferências e rastreios respiratórios à população são de entrada gratuita.

 

Com este evento, a ANTDR pretende demonstrar que o espaço, as ações e a nossa envolvência influenciam o respirar. Daí a importância de Respirar bem, como guia para um bem-estar holístico.

 

 

RESPIRAR PONTO - Viver em plenos pulmões

De 3 a 29 de novembro, 2017

Espaço atmosfera M, Lisboa, Rua Castilho, nº5 - Lisboa

ENTRADA GRÁTIS

EXPOSIÇÃO

Segunda a Sexta. 9:00 às 19:00

Sábados. 11:00 às 17:00

 

RASTREIOS RESPIRATÓRIOS

16 NOV / 10h - 18h

27 NOV / 10h - 18h

 

CICLO DE CONFERÊNCIAS E OFERTA CULTURAL3 NOV

​15h00 | conferência​​ | ​"As alergias andam no ar" - ​​Dr. Mário Morais de Almeida

​​16h00 | ​sessão inaugural | ​"Respirar ponto e a ANTDR"​​ - Dra. Maria da Conceição Gomes

17h00 | conferência​ ​| "A montanha mágica de Thomas Mann" - ​Comentada pelo Dr. José Pacheco Pereira

​​6 NOV

16h00 | conferência​​​ | "A tuberculose e o Tango" - ​Dr. Ramalho de Almeida

​8 NOV

​13h00 | conferência​ | "Comer, Respirar e Amar" - Prof. Dra. Ana Moreira

13h00 | programa cultural​ | "Respirar…Um Poema" - Poemas de Jorge Castro e canções de Mário Piçarra e Heloísa Monteiro

​13 NOV

16h00​ | conferência​​​​ | "Respirar e as Cidades" - ​Dra. Helena Gata

​15 NOV

11h00​ | ​conferência​​ | "As histórias e as palavras" - ​Dra. Margarida Fonseca Santos

​21 NOV

​16h00​ | programa cultural​ | "Respirar…Um Poema" - Poemas de Jorge Castro e canções ​de Mário Piçarra e Heloísa Monteiro

​​22 NOV

​17h00​ | ​​conferência​​​ | "Respirar no séc. XXI" - ​Dr. Duro da Costa

​​23 NOV

15h00 | ​​conferência | "História da Asma" - ​Dr. Mário Morais de Almeida

16h00 | ​​conferência | ​​​​​"A bruxa de Mintela" - Dr. José Alves

27 NOV

14h00​ | programa cultural | ​​​"Coro Vieira da Silva" - Agrupamento de escolas de Carnaxide

​16h00​ | conferência​​ | ​​"Respirar melhor a pintar" - ​​​Dr. João Barros Silva

28 NOV

16h00​ | sessão de encerramento​​ | ANTDR em 2018 - ​Dra. Maria da Conceição Gomes

16h30​ | programa cultural​​ | "Recital quarteto de corda" - solista Clélia Vital

29 NOV

14h00​ | programa cultural​​ | "Mini-concerto quarteto de sopro" - Banda Força Aérea Portuguesa

 

 

Poderá encontrar o programa detalhado do evento RESPIRAR PONTO - Viver em plenos pulmões em:  http://respirarponto.pt/agenda.html

 

 

Mais sobre a ANTDR Associação Nacional de Tuberculose e Doenças Respiratórias:

ANTDR é uma IPSS (Instituição Particular de Solidariedade Social), federada na Union Internacionale contre la Tuberculose et les Maladies Respiratoires, fundada em 1989. Tem por objetivo dinamizar a Sociedade Civil na promoção da Saúde Respiratória dos portugueses, nas áreas da prevenção, diagnóstico precoce e aconselhamento dos doentes, em todas as doenças dos brônquios, pulmões e pleura.