Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

CCB | dia 4 de julho - 18h00 Inauguração "Uma Praça no Verão" + 19h00 Conferências da Garagem Sul com Maarten Gielen

phpThumb_generated_thumbnailjpg.jpg

 

18:00 | Praça CCB

Uma Praça no Verão
 
O Presidente e o Conselho de Administração da Fundação Centro Cultural de Belém têm o prazer de convidar V. Exa para a inauguração da instalação Uma Praça no Verão, da autoria do arquiteto José Neves, que terá lugar no dia 4 de julho, às 18h00, na Praça do Centro Cultural de Belém. Projeto realizado com o Apoio da Amorim Isolamentos.
Entrada livre
 

phpThumb_generated_thumbnailjpg.jpg

 

 
19h00 | Sala Luís de Freitas Branco
Conferências da Garagem com Maarten Gielen

Rotor Deconstruction

 
Com uma nova abordagem à prática arquitetónica contemporânea, a Rotor desenvolve posições críticas sobre o design, recursos materiais e desperdício, através de investigação, exposições, escrita e conferências. O seu fundador, Maarten Gielen, já distinguido com o Prémio Global para Arquitetura Sustentável e o Prémio Rotterdam-Maaskant, dará uma conferência no CCB.
Comprar

Comemorações 150 anos - abolição pena de morte

phpThumb_generated_thumbnailjpg.jpg

 

No próximo dia 1 de Julho celebram-se os 150 anos sobre a data de abolição da pena de morte em Portugal, cuja atitude pioneira na publicação da Carta de Lei da Abolição da Pena de Morte, integra e constitui hoje uma “Marca do Património Europeu”, distinção atribuída pela Comissão Europeia em Abril de 2015.
A Fundação Centro Cultural de Belém (FCCB), integrando um grupo de entidades que irão comemorar a efeméride, irá promover, no próximo dia 1 de Julho, pelas 18h, na Sala Luís de Freitas Branco, uma sessão comemorativa, com a colaboração da Orquestra Metropolitana de Lisboa, com uma intervenção de Robert Badinter, gravada em vídeo, e com uma conferência dedicada ao tema, por parte da Drª Francisca Van Dunem. O programa será apresentado pela jornalista Ana Lourenço.

Roca Lisboa Gallery acolhe a primeira sessão Water Talks: Água, Arte e Consciência no Séc.XXI

 

image006.png

 

 

  • O evento terá lugar às 18h30, e para garantir a sua presença deve efetuar o seu registo aqui;

 

 O Roca Lisboa Gallery acolhe, no próximo dia 13 de julho às 18h30, a primeira de 4 sessões do ciclo Water Talks, organizada pelo artista e investigador António Abernú. 

Subordinada ao tema ‘Água, Arte e Consciência no Século XXI - O papel da tecnologia no fluxo da natureza", a sessão abordará a relação do homem com a água, interpretando a água como elemento de transformação, metamorfose, regeneração formal, articulação da vida e da morte.

Nas sessões Water Talks pretende-se, assim, encontrar sinergias em torno das relações e das interligações que cada vez mais, a água tem com todos os campos da história, filosofia, arte, ciência e tecnologia.

Para tal serão analisados e debatidos autores, projetos artísticos, investigações e estudos científicos em torno da água.

António Abernú, investigador e organizador da conferência Water Talks, foi o fundador da ASTA (2000) – Associação de Teatro e outras Artes do Distrito de Castelo Branco e em 2004 concebeu e dirigiu o projeto Teatro Virtual, inserido no Plano Operacional da Cultura - FEDER. »

A convite da Biblioteca da Faculdade de Ciências e Tecnologia da U. Nova de Lisboa escreve, cria e interpreta: O homem que queria ser água - espetáculo que deu origem ao projecto de investigação e sensibilização artística sobre a ontologia da água e os problemas ecológicos. 

www.antonioabernu.com

 

 

Sobre o Roca Lisboa Gallery

Os Roca Galleries são parte da estratégia internacional da Roca e um conceito que expressa a realidade atual e as suas metas de futuro. O design, a inovação, a sustentabilidade e o bem-estar são valores Roca transmitidos pelos Galleries, manifestando assim a vontade da marca líder em espaços de banho em manter um diálogo constante com a sociedade, e especialmente com os profissionais com quem partilha a preocupação e o interesse em evoluir os espaços de banho. Os diferentes Roca Galleries Londres, Shangai, Barcelona, Madrid, São Paulo e Lisboa veiculam esta vontade, oferecendo um ponto de encontro e um espaço de diálogo aberto à comunidade interessada, a designers e decoradores de interiores, e arquitetos de todo o mundo.  

O Roca Lisboa Gallery é o resultado da colaboração com o estúdio Ferruz Decoradors e foi inaugurado em junho de 2011. O Roca Lisboa Gallery, localizado num antigo palacete de 1909 no início da extensa Avenida da Liberdade, na Praça dos Restauradores nº46, é um espaço fundamental e flexível onde a exposição de produtos do portefolio  Roca partilha o mesmo espaço de forma natural com o Espaço Cultura, onde exposições, apresentações, encontros de profissionais e eventos de interesse, dinamizam a oferta sociocultural de Lisboa.

 

Conferências da Garagem no CCB

phpThumb_generated_thumbnailjpg.jpg

 

4 de julho | 19:00 | Sala Luís de Freitas Branco

Maarten Gielen

Rotor Deconstruction
Com uma nova abordagem à prática arquitetónica contemporânea, a Rotor desenvolve posições críticas sobre o design, recursos materiais e desperdício, através de investigação, exposições, escrita e conferências. O seu fundador, Maarten Gielen, já distinguido com o Prémio Global para Arquitetura Sustentável e o Prémio Rotterdam-Maaskant, dará uma conferência no CCB.
Comprar

A maior conferência europeia de comunicação de ciência está a chegar ao Porto

Unknown(9).png

 

 

ECSITE junta mais de 1100 profissionais de comunicação de ciência



De 15 a 17 de Junho, a cidade do Porto vai ser palco da 28.ª edição da Conferência Anual ECSITE. Organizada pela Ciência Viva - Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica e pelo Museu de História Natural e da Ciência da Universidade do Porto, trata-se do maior encontro europeu de comunicadores de ciência e profissionais de museus e de centros de ciência. Durante três dias, o Centro de Congressos da Alfândega do Porto junta mais de 1100 participantes de cerca de 50 países, para trocar experiências, testar novas ideias e ferramentas e reflectir sobre o papel da cultura científica no futuro da sociedade.

Esta conferência tem uma abordagem ecológica e socialmente responsável. O design assume um compromisso de reciclar e evitar o desperdício. Os sacos, os lápis, as identificações dos voluntários foram produzidos reutilizando materiais excedentes de produção e com pequenos defeitos que ganham uma nova vida. As refeições também não foram esquecidas, a sua confecção privilegiará os produtos locais e da época. Desta forma pretende-se estimular a economia local e reduzir a pegada ecológica.

Alice Roberts, antropóloga, apresentadora na BBC e professora na Universidade de Birmingham, é uma das keynote speakers do evento. Na sua apresentação - agendada para sexta-feira, 16 de Junho, às 10.30 - a especialista partilha com os participantes a forma como os investigadores podem criar sinergias com os centros de ciência e museus, para um impacto mais significativo junto da sociedade.

No sábado, dia 17 de Junho, às 10.30, é a altura de Nina Simon partilhar com a audiência alguns dos "segredos" dos mais conhecidos museus, bibliotecas e centros de ciência de todo o mundo para, diariamente captarem o interesse de milhões de visitantes, numa experiência cheia de significados. Conhecida como "visionária na área dos museus", Nina Simon é Diretora Executiva do Santa Cruz Museum of Art & History, nos Estados Unidos, e autora dos best-sellers "The Participatory Museum", "The Art of Relevance" e do conhecido Museum 2.0 blog.

Sob o tema Life Everywhere, a conferência internacional traz a Portugal mais de 400 especialistas para moderar as mais de 90 sessões paralelas - entre debates, workshops e apresentações - que compõem o programa de três dias. Entre outros temas, será discutida a contribuição dos museus e centros de ciência na promoção dos novos desafios para a sustentabilidade global, a comunicação de ciência na era do "pós-verdade"e os ecossistemas de aprendizagem.

Nesta edição serão também divulgados os vencedores do Mariano Gago ECSITE Award, um prémio internacional que reconhece e distingue os projectos ligados à ciência e museus, com o carácter mais inovador e criativo, e que sejam capazes de causar impacto junto da sociedade.

O programa completo pode ser consultado aqui.


Citações:

"Sendo Portugal um país de grande relevo a nível científico, faz sentido acolher e organizar esta iniciativa de grande impacto internacional, especialmente ao nível dos museus e centros de ciência."Rosalia Vargas, Presidente da Ciência Viva.

"Aguardamos com elevada expectativa pelas intensas e estimulantes discussões científicas e interação social que serão seguramente promovidas na edição deste ano desta notável conferência. No Porto, estará reunido um grupo exemplar de comunicadores de ciência, artistas e outros peritos, refletindo e definindo as grandes tendências para o futuro dos centros de ciência e museus."Nuno Ferrand de Almeida, Diretor do Museu de História Natural e da Ciência da Universidade do Porto.

"A conferência Ecsite tem um espírito especial de abertura, generosidade e audácia. Recebe os novos participantes de braços abertos e os que regressam como "velhos amigos". Trata-se de um momento interessante, para aprender com as experiências de todos os profissionais participantes, para experimentar novas ferramentas e ideias, e para nos questionarmos e moldarmos a forma como vemos o futuro."Michiel Buchel, Presidente da Rede Ecsite.



Sobre o Ecsite
O Ecsite é a rede europeia de museus e centros de ciência e tem como missão estimular a criatividade e o pensamento crítico na sociedade europeia, encorajando os cidadãos a participarem activamente na ciência. Visa inspirar e promover centros de ciência, museus e todas as organizações que promovem a cidadania activa em questões científicas. Fundado há quase 30 anos, a rede tem como membros mais de 350 organizações na Europa e no mundo.

Sobre a Ciência Viva
A Ciência Viva - Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica procura aproximar a sociedade portuguesa da Ciência e dos cientistas, através de iniciativas de promoção do ensino experimental das ciências nas escolas, de campanhas nacionais de divulgação científica e de uma Rede Nacional de Centros Ciência Viva, museus interactivos de ciência e tecnologia.

Sobre o Museu de História Natural e da Ciência da Universidade do Porto
Formalmente estabelecido em 2015, o Museu de História Natural e Ciência da Universidade do Porto (MHNC-UP) tem como missão fundamental promover a difusão do conhecimento sobre a evolução, diversidade e a convergência entre o mundo natural e cultural. O MHNC-UP encontra-se organizado segundo uma estrutura bipolar, que integra um polo central localizado nas instalações do Edifício Histórico da Reitoria da U.Porto (em fase de restruturação), e outro, que inclui a Galeria da Biodiversidade - Centro Ciência Viva e o Jardim Botânico do Porto. O MHNC-UP será o primeiro em Portugal que prevê e resulta do diálogo entre um Museu e um Centro Ciência Viva.

Grupo Lenitudes promove Conferência “Saúde 4.0 – Oncologia: da Tecnologia ao Cidadão”

Fórum Bizfeira, no Europarque, em Santa Maria da Feira

 

 

 

 

O Grupo Lenitudes promove, no dia 9 de junho, pelas 14h30, no Auditório Principal do Centro de Congressos, no Europarque, situado em Santa Maria da Feira, a Conferência “Saúde 4.0 – Oncologia: da Tecnologia ao Cidadão”. A iniciativa insere-se no âmbito do 3º. Aniversário do Fórum Bizfeira, que decorre durante todo esse dia, sob o tema “Indústria 4.0”.

 

 

O projeto Bizfeira, iniciativa da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira, tem como objetivo juntar empresários e instituições com vista à troca de conhecimentos e ao estabelecimento de parcerias, nacionais e internacionais, de forma a dar um contributo para o desenvolvimento da região. Nesse âmbito, haverá diferentes talks temáticos, assim como uma mostra de produtos e serviços inovadores.

 

Na celebração do seu 3º Aniversário, o projeto de promoção económico e empresarial, destaca o cluster da saúde e a sua importância para a economia.

 

“Sabendo-se que o desenvolvimento tecnológico é responsável por ganhos significativos em saúde e que se impõe recolocar o cidadão no centro do Sistema, é urgente promover uma solução integrada, mais efetiva e sustentável. Simultaneamente, os cuidados de saúde são a chave do sucesso, contribuindo, decisivamente, para a produtividade, a empregabilidade, a saúde social e a eficiência e equidade do Sistema de Saúde. Por esse motivo é uma honra e um orgulho organizar em parceria com a Câmara Municipal de Santa Maria da Feria, esta Conferência que tem um painel de participantes/oradores de reconhecido mérito” reforça Hélder Conceição Silva, Presidente Executivo do Grupo Lenitudes.

 

A Conferência “Saúde 4.0 - Oncologia: da Tecnologia ao Cidadão” é composta por duas Perspetivas: a Clínica, com início às 15h00, com a oradora Ana Castro (médica oncologista) e a do Utente, às 16h30, com a participação de Maria da Glória Santos (Madrinha da Associação Abraço).

 

A jornalista Fátima Campos Ferreira é a moderadora do debate que conta ainda com os seguintes participantes:

  • Luís Filipe Pereira (Ex-Ministro da Saúde)
  • António Saraiva (Presidente da CIP)
  • Miguel Guimarães (Bastonário da Ordem dos Médicos)
  • Miguel Paiva (Presidente do CA do CHEDV)
  • Sérgio Barroso (Diretor Clínico do Grupo Lenitudes)

 

A abertura da Conferência está a cargo de Sua Excelência o Senhor Ministro da Economia, Professor Dr. Manuel Caldeira Cabral e o encerramento do Senhor Coordenador do Programa Nacional para as Doenças Oncológicas, Dr. Nuno Miranda, em representação de Sua Excelência o Senhor Secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Professor Dr. Fernando Araújo.

 

A qualidade e experiência dos participantes no painel e da moderadora do debate garantem uma visão polifacetada da realidade da saúde, em Portugal, integrando as vantagens da evolução tecnológica num Sistema centrado no Cidadão” conclui o CEO do Grupo Lenitudes.

 

A participação no Fórum Bizfeira é gratuita. Inscrições em www.bizfeira.com.

 

A Renascença é a rádio oficial no regresso das Conferências do Estoril

image004.jpg

Dias 29, 30 e 31 de Maio, as grandes questões da actualidade discutem-se nas Conferências do Estoril, e na Renascença, a rádio que põe os ouvintes a par com o mundo e que estará presente como rádio oficial.

Entre activistas, políticos, empreendedores e quatro vencedores do Prémio Nobel, o tema das Migrações vai estar em destaque nesta 5ª edição das Conferências do Estoril, que tem lugar no Centro de Congressos do Estoril. Este ano o foco será o desafio das migrações globais.

Em «Global Migration: Leaving Home in a Globalized World» dois eixos temáticos da maior importância serão abordados: em primeiro lugar, as migrações como um desafio , fora de contextos de crise; e em segundo lugar, os dilemas fruto de situações de migrações forçadas tais como a crise dos refugiados ou as deslocações em massa provocadas por alterações climáticas ou insegurança alimentar.

Pela edição de 2017 vão passar nomes como Madeleine Albright, Nigel Farage, Edward Snowden, Baltazar Garzon, Sergio Moro, Bernard Kouchner, Antonio Di Pietro, Jody Williams e José Ramos Horta.

Pela importância do evento, a Renascença tem já preparado o seu acompanhamento em permanência, através de reportagens vídeo, directos nos noticiários e entrevistas a várias das personalidades presentes. O programa Em Nome da Lei, da responsabilidade da jornalista Marina Pimentel,  será gravado ao vivo nas Conferências do Estoril e contará com a presença de António Cluny e Nuno Garoupa.

De 29 a 31 de Maio, fique a par com o mundo num evento com apoio Renascença.

Arqueologia proibida nos Açores e Madeira | Confúcio: um novo estilo de liderança - a liderança pelo Amor

c561bb6b-0c9c-437e-be8c-e52b94b946ed.png

 

Arqueologia Proibida nos Açores e Madeira 




Segunda-Feira, 22 de Maio, às 19h30

Espaço Arkhé
(Rua Margaria Palla, 25B - Miraflores, 1495-143 Algés)
(para ver mapa clique aqui)

Entrada Livre


As últimas informações sobre as novas descobertas arqueológicas nos Açores e Madeira pelos arqueólogos que as estudaram e o olhar de uma geóloga que visitou os lugares!


Comunicações por:

- Prof. Doutor Nuno Ribeiro
(Doutor em arqueologia e Presidente da APIA)

- Dra. Anabela Joaquinito
(Doutoranda em Pré-história e investigadora da APIA)

- Prof.ª Doutora Maria Teresa Azevedo
(Departamento de Geologia, Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa


***


Confúcio: um novo estilo de liderança -
a liderança pelo Amor



Aula aberta por José Carlos Fernández
(Investigador, escritor e Director Nacional da Nova Acrópole)

Terça-Feira, 23 de Maio, às 20h 
Salão Nobre da Fundição de Oeiras

Entrada Livre
(mediante inscrição prévia para o e-mail: oeiras-cascais@nova-acropole.pt)


"Para este sábio chinês, a verdadeira liderança consistia no controlo de si próprio, na sabedoria que permite perceber a ordem celeste na natureza para depois plasmá-la na sociedade (o Li), na bondade e no humanismo (Ren) como argamassa que mantém unida a sociedade, quer isto dizer, os núcleos humanos (não importando o tamanho que estes tenham), na fidelidade a princípios rectos e numa responsabilidade sincera e inquebrantável, amadurecida pela reflexão contínua e pura, ditada pela ausência de egoísmo ou de artifícios e cálculos interesseiros".



                               

                                                                              Organização


                                                                  Nova Acrópole Oeiras-Cascais

CONFERÊNCIA | POST-INTERNET CITIES

 

Data / hora: 26 de maio | Sexta-feira | 9h | MAAT

Inscrições: até ao dia 18 de maio

 

 

Como podem a arte e a arquitetura responder à influência das tecnologias digitais na conceptualização e vida das cidades?

 

O MAAT organiza, no próximo dia 26 de maio, a Conferência Internacional Post-Internet Cities, no âmbito da exposição Utopia/Distopia. O objetivo será promover uma reflexão crítica sobre o modo como as tecnologias digitais têm afetado a conceptualização e a vida das cidades.

Na conferência, cujas inscrições terminam já no próximo dia 18 de maio, estarão presentes oradores como o arquiteto Hani Rashid, a artista e curadora Marisa Olson e a dupla de artistas Salvatore Iaconesi & Oriana Persico.

A conferência tem início às 9h e termina pelas 18h50, podendo o programa ser consultado aqui. As inscrições são feitas mediante um pagamento e o preenchimento de um formulário, disponíveis no site da conferência.