Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

"A representação de Macau colonial no cinema de Hollywood" | Conferência encerra ciclo sobre Macau no Museu do Oriente

“A representação de Macau colonial no cinema de Hollywood”

 

Conferência encerra ciclo sobre Macau no Museu do Oriente

 

“A representação de Macau colonial no cinema de Hollywood” é a conferência que precede a apresentação do filme “Irmãs” de Tracy Choi, no encerramento do ciclo “Cinema Macau. Passado e presente”, no dia 18 de Fevereiro, às 16h00, no Museu do Oriente, com entrada livre.

 

Durante o Estado Novo, Macau foi a colónia portuguesa mais proeminente na ficção cinematográfica norte-americana, servindo de localização para mais de uma dúzia de enredos de crime e aventura. Para isto contribuíram, não apenas a sua ancestral reputação como antro de vícios exóticos e o típico fascínio de Hollywood por narrativas orientalistas, mas também o contexto geopolítico desse território. A maioria dos filmes foram produzidos na década de cinquenta, aproveitando o facto de a colónia se encontrar simultaneamente situada numa fronteira da guerra fria e dominada por uma potência fora do sistema de Bretton Woods, elementos propícios a tramas de intriga em torno de espionagem e contrabando.

 

Nesta palestra, Rui Lopes - doutorado em História Internacional e investigador do investigador do Instituto de História Contemporânea da NOVA FCSH - analisa o contexto em que emergem essas produções e as implicações do modo como apresentam o colonialismo português em Macau.

 

Ao longo de sete sessões temáticas no Museu do Oriente, com curadoria da jornalista e crítica de cinema Maria do Carmo Piçarra, “Cinema Macau. Passado e presente” procurou refletir sobre a pluralidade de olhares sobre Macau durante o século XX, bem como após a transição para a administração do território pela China. O ciclo prolonga-se agora até 26 de Fevereiro, na Cinemateca Portuguesa.

 

Cinema Macau. Passado e Presente

 

18 de Fevereiro

Auditório do Museu do Oriente

Gratuito (mediante levantamento de bilhete no próprio dia)

 

CONFERÊNCIA | 16.00

«A REPRESENTAÇÃO DE MACAU COLONIAL NO CINEMA DE HOLLYWOOD DURANTE OS ANOS 50»

Por Rui Lopes, investigador do Instituto de História Contemporânea da FCSH da Universidade Nova de Lisboa


HISTÓRIAS DE MACAU III | 17.00

Irmãs (97’), Tracy Choi, 2016

Filme legendado em inglês.

 

www.museudooriente.pt

 

Conferências Distância Crítica no CCB

phpThumb_generated_thumbnailjpg.jpg

 

15 de fevereiro | 19:00 | Grande Auditório
Tham & Videgård

A prática da dupla sueca Tham & Videgård, sediada em Estocolmo desde 1999, foca-se na arquitetura e no design, e distingue-se pela sua estética minimalista. O seu trabalho abrange da grande à pequena escala, em abordagens guiadas por um conjunto de princípios coerentes e uma distinta consciência histórica. Para Bolle Tham e Martin Videgård, os edifícios e objetos não são meras expressões do gosto contemporâneo, mas uma forma de história contínua projetada no tempo futuro.
Comprar

Conferência Unearthing the Music - Creative Sound and Experimentation under European Totalitarianism, Lisboa 15-16 Fevereiro

15 Corners 2.jpg

 

OUT.RA – Associação Cultural (entidade responsável pela organização do OUT.FEST – Festival Internacional de Música Exploratória do Barreiro) apresenta, em conjunto com o Goethe Institut em Portugal, um evento que assinala o final do projecto Unearthing the Music: Creative Sound and Experimentation under European Totalitarianism, financiado pela União Europeia ao abrigo da iniciativa Europe for Citizens, e no âmbito do qual desenvolveu, ao longo de um ano, uma recolha de materiais audiovisuais relacionados com a música experimental no leste europeu entre os anos de 1957 e 1989.
 
Durante dois dias (15 e 16 de Fevereiro), o espaço do Goethe, em Lisboa, recebe conferencistas, músicos e filmes que abordarão várias das realidades associadas à criação musical de vanguarda nos regimes socialistas europeus – desde a contracultura punk aos estúdios experimentais das rádios estatatais, passando pelos espaços de criação e exibição alternativos e não-oficiais e os mais vários obstáculos à livre expressão artística e pessoal sentidos pelos artistas da altura.
 
O programa inclui intervenções de jornalistas como Chris Bohn e Tony Herrington (da revista britânica The Wire), músicos como Alexei BorisovIvan BierhanzlChris Cutler ou Carlos Zíngaro e investigadores e académicos como Pavla Jonssonova (da Universidade Anglo-Americana de Praga) ePaula Guerra (do Instituto de Sociologia da Universidade do Porto). 
 
Em palco apresentar-se-ão os Ornament & Verbrechen (dos irmãos Robert & Ronald Lippok), “a mais conhecida das bandas desconhecidas de Berlim-Leste” e o grupo formado por Ivan Bierhanzl e Ivan Acher – membros da Agon Orchestra, que com os convidados Chris Cutler, Vìtor Rua, Carlos Zíngaro e Manuel Guimarães apresentará temas da icónica banda checa The Plastic People of the Universe, uma das mais reconhecidas figuras do movimento underground na Europa socialista das décadas de 70 e 80.
 
Serão ainda exibidos os documentários “Behauptung des Raums - Wege unabhängiger Ausstellungskultur in der DDR”, subordinado aos espaços não-oficiais de apresentação artística na Alemanha de Leste, “15 Corners of the World”, sobre o compositor polaco Eugeniusz Rudnik, “East Punk Memories”, sobre a cena punk na Hungria dos anos 80, e “Elektro Moskva”, dedicado à evolução da música electrónica na URSS.
 
O evento é de entrada livre, e o programa completo e mais detalhes sobre o projecto podem ser encontrados em www.umcseet.eu/lisbon-conference/
 

Investigação do cancro na Europa é o tema da primeira "Gago Conferences on European Science Policy"

gagoconf(8).jpg

 

 

A primeira "Gago Conference on European Science Policy" decorrerá na próxima quarta-feira, 14 de Fevereiro, no i3S (Instituto de Investigação e Inovação em Saúde), na Universidade do Porto, sendo dedicada ao esforço que urge para promover a investigação clínica sobre o cancro com vista a reduzir o impacto da doença na sociedade europeia.

Esta nova série de conferências internacionais é lançada pelo Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, juntamente com Julio Celis (Danish Centre for Translational Breast Cancer Research), Teresa Madurelli (antiga deputada do Parlamento Europeu) e Rosalia Vargas (Agência Ciência Viva), numa altura em que emerge a discussão sobre o futuro do investimento na ciência e na inovação na Europa.

Neste contexto, as conferências pretendem promover o envolvimento de cientistas e políticos, entre outros actores críticos na definição das políticas europeias, na promoção e reforço de políticas de ciência e tecnologia, incluindo o reforço no ensino experimental das ciências e tecnologias e na cooperação científica e tecnológica internacional com impacto em todo o mundo.

A primeira "Gago Conference on European Science Policy" contará com a presença do Comissário Europeu Carlos Moedas e dos ministros Manuel Heitor e Adalberto Campos, sendo organizada por Mário Barbosa e Manuel Sobrinho Simões, ambos Directores do i3S. Inclui ainda a presença do Director do European Research Council, Jean Pierre Bourgignon, e do Director e principais dirigentes das instituições europeias envolvidas na Rede "Cancer Core Europe".

O debate será centrado na absoluta necessidade de evolução das políticas de apoio à investigação do cancro, de modo a que 3 em cada 4 doentes possam aspirar a ter perspectivas de vida a partir de 2030.

O programa é composto por vários painéis de discussão que integram representantes de governos, das comunidades médicas, académicas e científicas, assim como de empresas no espaço europeu.


Programa detalhado em www.cienciaviva.pt

#RESONATELisbon. Thinking Sound & Space : 12 fevereiro no MAAT

image002.png

 

Diller Scofidio + Renfro, Snohetta, Michael Kimmelman, Bill Fontana, Bernhard Leitner, Xavier Veilhan e muitos outros speakers confirmados na RESONATE Lisbon: uma conferência sobre arquitetura, arte e som, dia 12 de fevereiro no MAAT.

 

Qual a importância do som na arquitetura? Na conferência RESONATE Thinking Sound and Space, os diretores de Diller Scofidio + Renfro, Snøhetta, Foster + Partners e Henning Larsen trocarão impressões com vários artistas e performers, bem como, com designers de som da Meyer Sound e da Arup. A conferência será moderada por editores de renome do New York Times, Dezeen, Designboom e Monocle.

 

#RESONATELisbon

“Esta conferência de um dia, no MAAT, constitui uma oportunidade única para adquirir uma perspetiva interdisciplinar e criativa sobre um tema raramente abordado, mas que afeta verdadeiramente a forma como o espaço arquitetónico é intuído e apreciado,” explica Pedro Gadanho, Diretor do MAAT.

“A maioria das pessoas costuma falar de arquitetura enquanto disciplina tridimensional, focando-se nos aspetos visual, espacial e funcional. Mas a arquitetura é sempre intuída a quatro dimensões.” Diz Martin Barry, Fundador da reSITE. “Os aspetos sonoro e acústico são fundamentais na forma como as pessoas percecionam os espaços públicos, o que sempre constituiu o principal ponto de interesse da reSITE. É com orgulho que apresentamos, juntamente com o MAAT, a essência absoluta do melhor conhecimento de todas as partes do mundo sobre a interseção entre arquitetura e a inovação sonora, e a sua convergência com a arte e experimentação.”

RESONATE resulta de uma nova parceria entre o MAAT e a reSITE. Ambos incentivam a inovação e o diálogo relevante a nível global: o MAAT, ao oferecer uma base comum de descoberta e pensamento crítico que atravessa a arte, a arquitetura e a tecnologia; a reSITE, uma voz pioneira na Europa no campo de repensar a arquitetura e os espaços públicos de forma a tornar as cidades mais habitáveis, com seis anos de experiência na conceção de eventos internacionais, interativos e transdisciplinares.

 

O evento está intimamente ligado à instalação sonora e de live streaming de Bill Fontana, Shadow Soundings, em exibição no MAAT, e constituirá a última oportunidade para a explorar numa visita guiada por artistas, antes do encerramento (12 de fevereiro).

 

Conferências Distância Crítica no CCB

 
15 de fevereiro | 19:00 | Grande Auditório
Tham & Videgård

A prática da dupla sueca Tham & Videgård, sediada em Estocolmo desde 1999, foca-se na arquitetura e no design, e distingue-se pela sua estética minimalista. O seu trabalho abrange da grande à pequena escala, em abordagens guiadas por um conjunto de princípios coerentes e uma distinta consciência histórica. Para Bolle Tham e Martin Videgård, os edifícios e objetos não são meras expressões do gosto contemporâneo, mas uma forma de história contínua projetada no tempo futuro.
Comprar

Roca Lisboa Gallery oferece-lhe um mês de janeiro com eventos ligados às redes sociais, design, sustentabilidade e arquitetura!

Roca Lisboa Gallery oferece-lhe um mês de janeiro com eventos ligados às redes sociais, design, sustentabilidade e arquitetura!

 

  • Roca planeou um mês de janeiro cheio de novas iniciativas que não vai querer perder;
  • Subscreva a newsletter do Roca Lisboa Gallery e receba em primeira mão toda a informação dos eventos e saiba como participar.


A Roca começa o novo ano com o pé direito, reforçando a sua atividade no Roca Lisboa Gallery com diversos eventos no mês de janeiro. Após o ano de 2017, em que se comemorou o centenário da Roca e em que a marca se distinguiu pelas várias conferências realizadas, inicia-se um novo ano já preparado para continuar a assumir o profissionalismo e a diferença neste setor, oferecendo ao público conferências de conteúdo relevante:

Redes sociais para a imobiliária

image004.png

 

Data: 18 de janeiro
Horário:
18h30
As redes sociais têm um papel cada vez mais importante na sociedade e nas empresas. Neste seminário de 60 minutos, direcionado para as imobiliárias e agentes imobiliários, terá a oportunidade de aprender explorar da melhor forma as redes sociais e a potenciar a dinâmica da sua atividade comercial. Saiba como tirar o melhor partido das redes sociais com a especialista Ana Mendes.
Seminário Esgotado

Organização:
Ana Mendes - Consulting I Colaboração: Roca Lisboa Gallery



Jumpthegap - Talk

image005.png

 

 

Data: 23 de janeiro
Horário:
18h30
Entrada livre - Inscrição obrigatória

Participe no 1º encontro Jumpthegap Talk, em Lisboa, e conheça novas tendências do design e projetos inovadores.
As sessões Jumpthegap Talk são encontros que ocorrem periodicamente em diferentes cidades do mundo, reunindo distintos profissionais do design. Como convidados, os dois finalistas portugueses da edição 2016/17 falarão sobre o seu projeto “Olaia”.
As vagas são limitadas. Inscreva-se
aqui!
Organização:
Roca I Colaboração: Roca Lisboa Gallery


Workshop: "Introdução à Hidroponia"

image006.png

 Data: 27 de janeiro
Horário:
10h00 às 16h30
O Roca Lisboa Gallery convida-o para o Workshop "Introdução à Hidroponia", organizado pela empresa GroHo - Hidroponia. A ideia de cultivar nas cidades já não é um conceito futurista. Agora já pode cultivar sem solo e obter os seus produtos frescos e de alta qualidade. Conheça esta técnica, participando neste workshop que permite poupar cerca de 70 a 90% de água, em comparação ao cultivo em solo.
As vagas são limitadas. Inscreva-se
aqui!
Organização:
Groho I Colaboração: Roca Lisboa Gallery

 

Ciclo Lisboa Arte Deco

image007.jpg

 

Data: 30 de janeiro
Horário:18h30
Entrada livre - Inscrição obrigatória.
Assista à primeira de doze conferências ao longo do ano, sobre os tão famosos bairros típicos de Lisboa, moderadas pelo Arquiteto Pedro Novo. A primeira sessão abordará o Bairro das Colónias, sendo apresentada uma perspetiva histórica, social e arquitetónica do bairro.
As vagas são limitadas. Inscreva-se
aqui!
Organização:
Roca e Roca Lisboa Gallery I Colaboração: Arquiteto Pedro Novo


Estes serão os eventos organizados pelo Roca Lisboa Gallery durante o mês de janeiro, que o convidamos a participar!

***

 

 

 

Conferência de Natal Ciência Viva, com a investigadora Paula Sobral

Conferencia_Natal_2017-convite.png

Muitos dos plásticos que usamos acabam no mar. Com o passar do tempo decompõem-se em fragmentos mais pequenos, sem nunca desaparecerem do oceano. A estes microplásticos juntam-se os que são utilizados como matéria-prima na indústria, as microesferas dos produtos de higiene e as fibras da roupa. Estas partículas absorvem compostos orgânicos persistentes na água e libertam aditivos tóxicos. Acabam por ser ingeridas por muitos organismos marinhos que as confundem com alimento, podendo depois atingir as populações humanas através do consumo de produtos do mar.

No próximo dia 20 de Dezembro, quarta-feira, às 19.00, terá lugar no Teatro Nacional D. Maria II a 6.ª Conferência de Natal da Ciência Viva. Numa viagem marítima guiada pela investigadora Paula Sobral ficaremos a saber mais sobre os microplásticos e o que podemos fazer, diariamente e através de pequenos gestos, para a defesa do oceano.

Paula Sobral é bióloga, professora da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa e investigadora do MARE - Centro de Ciências do Mar e do Ambiente.
Desenvolve investigação em microplásticos e lixo marinho desde 2008 e tem colaborado com várias instituições e agências governamentais na implementação da Directiva Quadro Estratégia Marinha. É ainda fundadora e presidente da Associação Portuguesa do Lixo Marinho, plataforma de sensibilização que promove actividades de comunicação de ciência sobre o tópico do lixo marinho e dos microplásticos.

As Conferências de Natal Ciência Viva são organizadas em parceria com instituições científicas de referência, nacionais e estrangeiras. São inspiradas nas Christmas Lectures do Royal Institution de Londres, criadas em 1825 por Michael Faraday.

A entrada na conferência é livre mediante inscrição prévia em www.cienciaviva.pt.

A sessão terá interpretação em Língua Gestual Portuguesa.