Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Ritual Almenara no Castelo de Palmela dia 16 de setembro

Dia 16 de setembro, no Castelo de Palmela

Ritual Almenara reúne mais de meia centena de artistas

image002.jpg

 

O Castelo de Palmela vai acolher, pelo segundo ano consecutivo, o espetáculo “Ritual Almenara”, no dia 16 de setembro, às 21h30, numa iniciativa da Câmara Municipal de Palmela e da Câmara Municipal de Lisboa e a EGEAC (empresa municipal que tutela o Castelo de S. Jorge). Com direção artística de João Brites (Teatro O Bando) e música e direção musical de Jorge Salgueiro, o “Ritual Almenara” conta com a participação de mais de meia centena de participantes, atores e músicos. Em Lisboa, o espetáculo acontece dia 15, no Castelo de S. Jorge e conta com a direção artística de Jorge Ribeiro (Companhia da Esquina).

          

“Almenara Palmela é um espectáculo sobre a Comunicação entre dois Castelos e com Palmela e o seu território histórico e humano. Refugiamo-nos no Castelo, procurando abrigo entre as muralhas, atravessando as guerras que nos deixam exaustos, mudos e sem poder avançar. Resistimos. Em grupo alimentamos as ovelhas com as nossas palavras e acendemos a chama dos nossos desejos. Almenara: Ontem… era fogo para ver ao longe. Hoje… é fogo que arde sem se ver!

 

Ficha Artística:

Dramaturgia e encenação: João Brites
Música e direção musical: Jorge Salgueiro
Cenografia: Rui Francisco

Figurinos: Clara Bento

Assistência de encenação: Juliana Pinho
Desenho de luz e vídeo mapping: João Cachulo

Desenho de som: Sérgio Milhano
Organização: Câmara Municipal de Palmela e Câmara Municipal de Lisboa

Criação: Teatro O Bando

 

 

INFORMAÇÕES E RESERVAS:

Período de entrada no Castelo: 20h30 às 21h20

Entrada gratuita mediante reserva obrigatória

Período de reserva: 11 a 15 de setembro

Reservas: 935 321 205

Horário telefónico: 9h00 às 12h00/ 13h30 às 16h30

 

 

LEVANTAMENTO DE BILHETES:

reserva telefónica obrigatória (lotação limitada e máximo de 4 reservas por pessoa)

Portaria do Cine-teatro S. João, Palmela

Horário de levantamento: 9h00 às 12h00 / 13h00 às 19h30

Os bilhetes devem ser levantados até às 19h30 de sexta-feira, dia 15 de setembro

 

 

 

Para o ALMENARA Palmela o público deve apresentar-se no Castelo de Palmela usando roupas de cores lisas, sem estampados, sem riscas e sem outros padrões.

O Castelo de Palmela é um local muito exposto ao vento e ao frio – é importante o uso de calçado confortável e agasalhos.

 

 

 

 

No Teatro Tivoli BBVA o Fado é uma experiência para ouvir e provar

No Teatro Tivoli BBVA o Fado é uma experiência para ouvir e provar

 

Dia 4 de Julho, a UAU estreia um novo projecto no Teatro Tivoli BBVA. “Tasting Fado” dura 60 minutos e inclui uma visita ao teatro – classificado como monumento nacional – uma exposição sobre Fado e um espetáculo exclusivo. Para uma experiencia mais completa juntam-se dois dos sabores mais típicos de Portugal: um cálice de Vinho do Porto e um pastel de nata.

 

A partir de dia 4 de Julho, às 4ªs e sábados, às 19 horas, o Teatro Tivoli BBVA irá receber o Tasting Fado. Uma experiência que demonstra porquê é que o Fado símbolo nacional e Património Cultural e Imaterial da Humanidade, desde 2011, e que, além de ouvido, pode ser degustado.

 

O Tasting Fado, uma produção da UAU, prova que o Fado é muito mais que uma canção. É uma experiência dos sentidos, uma viagem pela História, artes e gastronomia de Portugal. Com uma duração de 60 minutos permite ainda desfrutar de uma visita ao Teatro Tivoli BBVA, monumento nacional, e considerado marco da Lisboa cultural. O Tasting Fado é uma experiência correta imperdível para os turistas estrangeiros, nacionais, sem esquecer os lisboetas, que pretendem conhecer mais sobre a cultura portuguesa.

STOMP regressa em Fevereiro 2018

542_2434_1.jpg

 

Estão de regresso!
Quando Luke Cresswell e Steve McNichols formaram os STOMP em 1991 não imaginavam a repercussão que o espectáculo teria em todo o mundo, nem a sua longevidade.  Com objectos do quotidiano, alguns tão improváveis num palco, como carrinhos do supermercado ou lava-loiças, sem esquecer as caixas de fósforo, vassouras e baldes do lixo, sua imagem de marca, STOMP é sinónimo de ritmo e humor.
Em constante inovação, adicionando objectos novos em cada visita, STOMP é garantia de qualidade.
M/6

 

 

CTE: Espetáculo circense “Abril” em cena esta sexta-feira

Espetáculo circense “Abril” em cena esta sexta-feira

No próximo dia 3 de outubro, sexta-feira, o coreógrafo João Paulo Santos apresenta em Estarreja o seu mais recente trabalho. “Abril” junta pela primeira vez em palco João Paulo Santos e Elsa Caillat, sua companheira, num espetáculo que desafia o equilíbrio e a gravidade através de uma proeza física arrepiante.

 

O artista circense João Paulo Santos é o único português com diploma superior em Circo. Em “Abril”, o acrobata de mastro chinês radicado em França mergulha na busca de uma expressão comum com a sua companheira e também acrobata Elsa Caillat. O espetáculo, que será apresentado no Cine-Teatro de Estarreja (CTE), dia 3 de outubro, às 21h30, sugere a relação de duas pessoas que estão ligadas por um mesmo contexto, mas com perspetivas diferentes do mesmo.
Um projeto de expressão plástica, com recurso a diversas ferramentas, destacando-se os aparelhos de circo (um mastro chinês, uma corda de escalada e um mastro suspenso). A paisagem solitária da vila abandonada de Safira, em Montemor-o-Novo, surge projetada na tela e apresenta-se como ponto de partida para esta criação de João Paulo Santos, que dança entre paisagem, solidão e encontro.
Abril” percorre as misturas do encontro humano e artístico para dar à luz uma criação sensível, íntima e poderosa. Uma dança ritual, embriagante, que esquece as condições (mastro ou corda) para o reencontro franco e sem artefactos, corpo a corpo.
Este projeto resulta de uma encomenda da CIM Região de Aveiro, no âmbito do programa Cultura em Rede. Antes de iniciar a digressão com datas em vários Municípios da Região de Aveiro, João Paulo Santos esteve em residência artística no Centro Cultural de Ílhavo, durante o mês de agosto, para o desenvolvimento desta criação.
Os bilhetes para o espetáculo “Abril” já se encontram à venda e podem ser adquiridos na Bilheteira do CTE, site da Bilheteira Online, lojas FNAC, CTT e El Corte Inglés.

SEX 03 OUT 21H30 Abril
João Paulo Santos / Companhia O Último Momento criação João Paulo Santos e Elsa Caillat performance e mastro chinês Encomenda da CI Região de Aveiro no âmbito do programa Cultura em Rede [NOVO CIRCO] 5€

+

http://www.cineteatroestarreja.com http://www.facebook.com/cinestarreja http://twitter.com/CTE__

Guimarães recebe a antestreia mundial da nova criação de João Paulo dos Santos (13 setembro)

“Abril” é o mais recente espetáculo do artista de novo circo

 

Guimarães recebe a antestreia mundial da nova criação de João Paulo dos Santos

 

Este sábado, 13 de setembro, João Paulo dos Santos traz ao Centro Cultural Vila Flor, em Guimarães, a antestreia mundial da sua mais recente criação, “Abril”. Artista circense no mastro chinês, radicado em França há vários anos, João Paulo dos Santos surge neste espetáculo, pela primeira vez em palco, ao lado da sua companheira Elsa Caillat, acrobata na corda vertical.

 

A inspiração para este espetáculo surge da relação do artista com O Espaço do Tempo, centro de residências artísticas em Montemor-o-Novo. Numa dessas residências, João Paulo dos Santos descobriu um novo espaço, a vila abandonada de Safira. A paisagem desta vila, perdida no esquecimento, foi o ponto de partida para delinear os contornos deste espetáculo que se cruza com os quadros de Edward Hopper, pintor americano cuja obra dança em torno da paisagem e da solidão. Tendo o circo como ferramenta e linguagem artística, João Paulo dos Santos e Elsa Caillat decidem fundir os seus universos para criar algo novo e singular.

 

Neste novo espetáculo, os artistas tentam aprofundar a relação íntima entre duas pessoas que estão ligadas por um quotidiano mas que têm perspetivas diferentes do mesmo, tratando a proeza física ao mesmo nível do gesto ou ação do quotidiano. Trata-se de encontrar um ponto comum para transcrever a evidência de um encontro. O desafio será de explorar juntos o espaço cénico. É agora que se vão despir sem tirarem a roupa, deixar dançar a alma mais que o corpo só.

 

“Abril” é um espetáculo coproduzido pelo Centro Cultural Vila Flor. Antes da antestreia, João Paulo dos Santos e Elsa Caillat vão estar em residência artística em Guimarães, no Centro de Criação de Candoso.

 

Espectáculo GayDivas no Arraial Pride 2011

25 de Junho de 2011

22:30h

 

Terreiro do Paço


Entrada Gratuita

 

A PinkSecret e a Bs Produção Activa estão a colaborar com a Associação ILGA Portugal - Intervenção Lésbica, Gay, Bissexual e Transgénero, para apresentar no Arraial Pride 2011 um espectáculo musical de homenagem às Divas Mundiais, que atravessa a história musical das últimas décadas e nos faz uma cronologia de algumas das maiores Divas do público LGBT.

Esta apresentação no Arraial Pride 2011, trata-se de um show case do Gay Divas, com alguns quadros musicais do espectáculo teatral que se prevê estrear em Outubro.

 

Neste show case, Liza Minnelli, Judy Garland, Marylin Monroe, Josephine Baker, Édith Piaf, Carmen Miranda, Amália Rodrigues e Simone de Oliveira são algumas das Divas intemporais que se pretende relembrar, fazendo a ponte para as actuais Divas da pop internacional.

 

No dia do espectáculo, pelas 19h, será feita a apresentação do espectáculo à Imprensa, com um cocktail, oferecido pelo Finalmente Club na esplanada do seu bar no recinto do arraial, para jornalistas e convidados.
Nesta apresentação à imprensa estarão presentes todos os cantores e transformistas do espectáculo bem como a estilista Fátima Lopes, o coreógrafo Marco de Camillis e o mentor do projecto, Paulo Julião.

 

O Gay Divas pretende ser um espectáculo de qualidade soberana, com o glamour de uma review francesa e a leveza dos grandes êxitos da música das últimas décadas.

O guarda-roupa e o efeito visual de um cenário feito com ecrãs de leds, com muita luz, cor e movimento, ditam o rumo do espectáculo, transportando a plateia para um ambiente de muita côr e alegria.

Para dar ainda mais glamour, a estilista Fátima Lopes ofereceu-se para desenhar uma linha de swim wear masculina que terá a sua apresentação em exclusivo durante o espectáculo, com 16 modelos masculinos da sua agência FaceModels.

 

Para este show case, contamos com a presença mais de 30 artistas em palco, entre eles alguns dos melhores cantores, bailarinos e transformistas da actualidade:

- Vanessa Silva, Paula Sá, Fernando Tavares, Cláudia Soares, Deborah Kristal, Jenny Larue, Silvie Kass e ainda dez bailarinos coreografados por Marco
de Camillis.

 

 

Festival dos Oceanos - Théatron

 
#
Imagem:
#
#
 # #
#


#
 
#

#
 

10 e 11 de Agosto de 2010

22h-23h

 

Exterior do Pavilhão do Conhecimento
Parque das Nações

Lisboa

 

A Artelier? é uma companhia especializada em teatro e animação de rua que tem como referente os espectáculos e as animações ao ar livre que decorreram durante a Expo 98 e que, segundo os mentores do projecto, marcou um momento decisivo do teatro de rua em Portugal. Empenhados na missão de trazer o teatro para o espaço público, a companhia tem em carteira um conjunto de espectáculos dos quais faz parte este Théatron estreado em 2007 e que tem vindo a ganhar novos contornos desde então. Com o recurso a estruturas de andaimes, efeitos de iluminação, criação sonora, maquinaria cénica, pirotecnia e elementos multimédia, Théatron, é um espectáculo que se desenvolve num plano vertical, propondo diversos planos (ou palcos) ao desenrolar da acção e onde se cruza a linguagem do novo circo, com a representação teatral, o canto, as referências aos concertos ao vivo e que aposta, sobretudo, na interacção com o público.

www.festivaldosoaceanos.com

Festival dos Oceanos - Full Circle

Imagem:
#
#
 # #
#

#
 
#

#
 

 6 e 7 de Agosto de 2010

22h-23h

 

 

Praça do Comércio

Lisboa


O Festival dos Oceanos apresenta Full Circle, uma encenação de sons e cores, fogo, pirotecnia e efeitos especiais que conta uma história de mudança através de uma viagem pelas quatro estações do ano. Do Inverno à Pimavera, assiste-se ao desabrochar de uma árvore que, outrora gelada, se transforma numa bela planta com quatro flores, de onde, como que por magia, surgem os músicos. Melodias contagiantes dão vida a um jardim, anunciando a chegada da Primavera. O Verão chega ao som do jazz e, numa explosão de fogo-de-artifício, dá lugar ao Outono. O Inverno regressa e assim termina o espectáculo.

 

www.festivaldosoaceanos.com

Festival dos Oceanos - Humanum Fatum

3 e 4 de Agosto de 2010

22h

 

Praça de S. Carlos
Lisboa

Imagem:

O elogio à capacidade criativa do Homem é a essência do espectáculo de rua Humanum Fatum, uma encenação protagonizada por “inventores do século XIX” que dão a conhecer as suas façanhas. Com uma pitada de humor, Humanum Fatum conta a história de quatro “criadores de inutensílios”, do século em que foi inventada a máquina a vapor. Preocupados em convencer as pessoas da utilidade das suas máquinas, eles descobrem as vantagens da solidariedade e os riscos de uma sociedade baseada no progresso técnico