Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Passatempo QUASE NORMAL - Casino Estoril

O Blog Cultura de Borla em parceria com a ARTEFEIST tem bilhetes duplos para o espectáculo QUASE NORMAL para o dias 25 de Fevereiro no CASINO DO ESTORIL aos primeiros leitores que de 5 em 5 participações:

Enviem um email para o culturadeborla@sapo.pt com a frase "Eu quero ver QUASE NORMAL com o Cultura de Borla" com nome, BI e nº de telefone.

 

20253583_73rJd.jpeg

 

Noites de animação no Casino Lisboa em Fevereiro

O Casino Lisboa propõe, em Fevereiro, um extenso programa lúdico e cultural no Arena Lounge. Trata-se de um versátil cartaz de animação, a não perder, de Quinta-Feira a Domingo. A entrada é livre.

 

Com propostas sempre diferentes, o Casino Lisboa acolhe, às Quintas-Feiras, uma relevante série de espectáculos especiais no Arena Lounge. O novo circo estará em destaque, logo no dia 2, com a actuação de João & Tiffanie e, posteriormente, a 16 de Fevereiro, com uma exigente performance da dupla Raquel e Angélica. Por sua vez, o pole dance estará em evidência, no dia 9, com a actuação de Sara e Raquel; enquanto André Vaz assegura, a 23 de Fevereiro, um espectáculo de fado.

 

O ciclo de música ao vivo renova-se, ainda, de Sexta-Feira a Domingo, com vários sets protagonizados pelos The Joe’s, Daniela Mendes 4Teto, Trio Naranjus e Woodnote. O programa consolida-se, de Quinta-Feira a Sábado com as actuações conhecidos DJ’s que escolhem os ritmos ideais pela noite dentro.

 

Arena Lounge - Palco central

 

 

Fado com André Vaz

Noite de fado - André Vaz.jpg

 

Com um registo intimista, André Vaz apresenta-se, a 23 de Fevereiro, pelas 23 horas, no Arena Lounge. Pela primeira vez no Casino Lisboa, André Vaz actua, habitualmente, nas mais conceituadas casas de fado de Lisboa, faz parte do elenco de “Páteo de Alfama/Fado em si” e do projecto de sucesso “Fado in Chiado”.

 

André Vaz teve o primeiro contacto com o fado através de familiares e amigos fãs incondicionais da “canção nacional”. Com, apenas, 9 anos venceu a Grande Noite do Fado (1993). O seu percurso continuou com várias edições discográficas, aparições televisivas, presença num filme de Manoel de Oliveira, participações na série francesa "Montre Moi ta Ville” e no musical “Amália”, de Filipe La Féria.

 

Arena Lounge – Palco-multiusos

As noites de animação no Casino Lisboa distinguem-se, também, pelas inovadoras sugestões de música ao vivo. Em Fevereiro, o palco-multiusos do Arena Lounge recebe, de Sexta-Feira a Domingo, quatro propostas musicais a não perder. A entrada é livre.

 

A banda The Joe's apresenta-se, de 3 a 5 de Fevereiro, no Arena Lounge. O grupo recria êxitos das décadas de 50, 60 e 70, privilegiando ídolos musicais como Elvis Presley, The Beatles, Roy Orbinson, The Platters, The Doors, Simon & Garfunkel, Rolling Stones e James Brown. 

 

Trata-se de uma banda lisboeta de covers que reúne em palco Marco Pereira (voz, trompete e trombone), José Nuno Gonçalves (guitarra), João Pedro Gonçalves (baixo) e André Pedro Dias (bateria).

 

Daniela Mendes 4Teto actua, de 10 a 12 de Fevereiro, no Casino Lisboa. A mescla de influências dá o mote. Nasce assim uma nova abordagem a temas de autores muito conhecidos e outros menos próximos da generalidade do público.

 

Daniela Mendes forma os 4Teto, partilhando o palco com Xico Santos, no contrabaixo, Nir Paris na bateria/percussões e André Marques da Silva, na guitarra. A intérprete convida o público a fazer uma viagem musical assente na mistura de sons, ritmos e palavras de Portugal, Brasil ou Cabo Verde.

 

Por sua vez, os Trio Naranjus apresentam-se, de 17 a 19 de Fevereiro, no Arena Lounge. Constituído por multi-instrumentistas este trio "todo-o-terreno" aposta na diversidade musical, recuperando temas de nomes consagrados como, por exemplo, The Beatles, Coldplay, Sting, Marillion, Foo Fighters ou os portugueses Trovante.

 

Com mais de 10 anos de experiência a diversão e emoção é garantida e a boa música é devidamente celebrada. 

 

Os WoodNote actuam, de 24 a 26 de Fevereiro, protagonizando um ciclo musical que engloba numerosas composições clássicas que vão desde o jazz até ao soul mais profundo.

 

Os WoodNote distinguem-se por uma performance musical onde a espontaneidade e naturalidade dos músicos, providencia um ambiente de cumplicidade com o público. O vocalista André Ferreira apresenta-se, em palco, com Pedro Brito na guitarra, Luís Rosa, no baixo, e Rui Carvalho, na bateria.

 

Arena Lounge - Jukebox

No Arena Lounge, a Juke Box assume, pouco depois da meia-noite, o protagonismo dos serões do Casino Lisboa. São conhecidos DJ’s que seleccionam criteriosamente os ritmos mais adequados pela noite dentro. A entrada é livre.

 

Programa de Fevereiro

02 - Nuno di Rosso

03 - Johnny Deep

04 - Yugo Dee

 

09 - Mr. Mute

10 - Dj Al

11 - John Holmes

 

16 - Pelota

17 - Bruno Safara

18 - Luis Patraquim

 

23 - Pan Sorbe

24 - Diogo Pires

25 - Luís Leite

 

Por imperativo legal, o acesso aos espaços do Casino Lisboa é reservado a maiores de 18 anos.

 

Noite de fado com Peu Madureira e Tânia Oleiro no Casino Estoril

 

É já na próxima Quarta-Feira, 22 de Fevereiro, a partir das 22 horas, que Peu Madureira e Tânia Oleiro se apresentam no Lounge D para protagonizar mais uma noite dedicada ao fado. Com um enquadramento intimista, esta jovem dupla de intérpretes será acompanhada por Diogo Lucena Quadros e Bernardo Romão, nas guitarras, e Luis Roquette, na viola. A entrada é livre.

 

Peu Madureira

Peu Madureira 2.jpg

 

Pedro Madureira (Peu) lembra-se, desde muito jovem, de cantar fado. Nos serões em família, o fado foi sempre um companheiro até porque recorde-se bem de haver o culto pela música. Peu Madureira, desde essa época, tem cantado em diferentes casas de fado, festas, lugares e países.

 

Participou, em 2015, no Festival Caixa Alfama. Gosta de fado tradicional e de fadistas como Alfredo Marceneiro, Maria Teresa de Noronha, João Ferreira-Rosa, Teresa Tarouca, Teresa Siqueira, José Pracana ou João Braga.

 

Tânia Oleiro

Tânia Oleiro.jpg

 

Tânia Oleiro recorda na infância o fado cantado pela sua mãe o que a levou a apaixonar-se, desde muito cedo, por este género musical. Com apenas 10 anos, iniciou o seu percurso fadista ao participar e vencer a Grande Noite do Fado de Setúbal.

 

Participou, posteriormente, em noites de fado e diversos concursos de fado amador, dos quais foi vencedora do 1º Concurso de Fado da Cidade de Odivelas e do 1º Encontro de Fado de Almada, em 2002. Concluiu, nesse mesmo ano, a sua formação académica abrindo-se então novos caminhos, sempre com o sonho de poder conciliar a profissão de professora com a de fadista.

 

Com um cartaz sempre renovado, o ciclo de noites de fado continua em destaque, às Quartas-Feiras, no Lounge D do Casino Estoril.

 

Por imperativo legal, o acesso aos espaços do Casino Estoril é reservado a maiores de 18 anos.

Casino Estoril acolhe a exposição "5 + 5" até 2 de Março

 

Casino EStoril acolhe exposição 5+5.jpg

 

Há por esta altura em Portugal, duas ou três dúzias de exposições de Artes Plásticas, umas das quais merece especial atenção. São cinco pintores e o mesmo número de escultores. Foram escolhidos a dedo por quem sabe o que faz, por quem dirige a Galeria de Arte do Casino Estoril há mais de quatro dezenas de anos, e por cujas mãos passaram centenas de pintores e escultores.

Para esta colectiva foram convidados os seguintes artistas:

Pintura: Cohen Fusé, nascido em Buenos Aires, Argentina; Diogo Navarro em Moçambique; Francisca Magalhães Barros e Gustavo Fernandes naturais de Lisboa e Rogério Tunes nascido no Rio de Janeiro, Brasil.

Escultura: Carlos Ramos natural de Lisboa; Filipe Curado nascido em Leiria; Jorge Pé-Curto nascido em Moura; Rogério Timóteo natural de Sintra e Marius Moraru nascido na Transilvânia, Roménia.

            São todos titulares de um selo de garantia de criatividade, originalidade e autenticidade, isto é, de qualidade e habilitados com um currículo, que se pode considerar invejável.

Esta exposição ficará patente ao público, todos os dias, das 15 às 24 horas, até 2 de Março, todos os dias, das 15 ás 24 horas. Ao abrigo da Legislação que regula a actividade dos Casinos, não é permitida a entrada a menores de 18 anos.

Lúcia Echagüe estreia-se no Casino Estoril em noite de concerto no Lounge D

Lucia Echague.jpg

 

Em concerto inédito no Casino Estoril, Lúcia Echagüe apresenta-se, no próximo dia 25 de Fevereiro, a partir das 23 horas, no Lounge D. A artista argentina apresenta o seu novo álbum "De Aire", no qual assume pela primeira vez, a faceta de compositora. A entrada é livre. Lúcia Echagüe renovou a sua identidade com uma proposta, que vai ao encontro de vários ritmos mundiais. O seu segundo álbum, “De Aire”, é pautado pela convivência entre diversas identidades musicais, tais como o folclore argentino, o flamenco e o jazz. O disco conta com a colaboração do guitarrista e produtor angolano Ricardo Quinteira.


Recorde-se que, Lucía Echagüe estreou-se, em 2010, com o álbum “Todo Puede Ser”, que foi gravado em Madrid com temas do canta-autor cubano Julio Fowler e com produção musical de José Mestre.

 

Nascida em Buenos Aires, a cantora e compositora argentina reside, desde 2001, em Lisboa.

 

Em noite de concerto no Casino Estoril, Lúcia Echagüe sobe ao palco do Lounge D, a 25 de Fevereiro, a partir das 23 horas, para interpretar as melhores composições do seu reportório.

 

 

Por imperativo legal, o acesso aos espaços do Casino Estoril é reservado a maiores de 18 anos.

 

Gabinete de Imprensa

Tel: 214667791 * Fax: 214667970

Gabimprensa.cestoril@estoril-sol.com

Júlio Quaresma inaugura escultura “Scars of Memory” nos Jardins do Casino Estoril

Júlio Quaresma inaugura, na próxima Quarta-Feira, 8 de Fevereiro, às 17h30, a escultura “Scars of Memory” nos Jardins do Casino Estoril. Trata-se de uma monumental peça que já esteve exposta na III Bienal “the End of the World”, em Ushuaia, Argentina, e segue caminho no seu périplo nacional e internacional.

 

São aguardadas numerosas personalidades de relevo da sociedade portuguesa, nomeadamente das áreas politica, artística e cultural.

 

A surpreendente obra, que discursa sobre as catástrofes ecológicas a favor da protecção do ambiente, apelando a uma consciência coletiva, acentua o lugar do efeito sobre o espectador, levando-o a interagir com a peça, e a agir.

 

A monumental peça em aço espelhado e aço corten, com fotografias sobre acrílico retro-iluminado e luz, funciona como uma caixa de Pandora, simbolizando a Acção do tempo e a forma como perdura, enquanto, dentro de cubos em aço espelhado, no qual se reflectem os espectadores como potenciais intervenientes directos das acções, as imagens desenhadas reflectem sobre os grandes desastres ambientais e sociais produzidos pelo homem.

 

Com vista panorâmica sobre o Tamariz, os amplos e acolhedores Jardins do Casino Estoril são o cenário ideal para a exibição da escultura “Scars of Memory”, da autoria do artista plástico Júlio Quaresma.

“QUASE NORMAL | Celebra 4 MESES em cena com lotação ESGOTADA!

4 meses.jpg

 

 

O Auditório do Casino Estoril abre portas, novamente, para mais uma semana de sessões do musical "Quase Normal".

"Quase Normal", um musical rock, tocado e cantado totalmente ao vivo, estreou em Outubro e celebra no próximo domingo, dia 19 Fevereiro, o seu 4º mês em cena, numa sessão já esgotada!

Com um elenco de luxo, acompanhados por 7 músicos ao vivo, sob a direcção de cena de Henrique Feist e direcção musical de Nuno Feist, o musical "Quase Normal" é já considerado um dos melhores musicais feitos em Portugal.

O sucesso da Broadway no Estoril!

Despido de plumas e lantejoulas, duas horas de fortes emoções, onde todos são convidados a viverem a fantástica história de amor e dedicação de uma família que tinha tudo para ser normal mas.. não o é!

Faça já a sua reserva pelo 214667708 ou em http://reservasartfeist.tk

Reservas de grupos: reservas@artfeist.pt

Condições especiais para grupos e descontos a partir de 10px!

Casino Estoril inaugura “Festival Flamenco" a 16 de Fevereiro

 

Com um notável elenco, o “Festival Flamenco Casino Estoril” regressa, em Fevereiro, ao Lounge D. Trata-se de uma série quatro espectáculos com alguns dos melhores intérpretes de flamenco. Com entrada livre, às Quintas-Feiras, a partir das 22h00, no Lounge D.

 

A Gala de Abertura do “Festival Flamenco Casino Estoril” está agendada para 16 de Fevereiro. O bailarino e coreógrafo Alberto Ruiz será o protagonista de uma genuína noite de flamenco no Lounge D.

 

alberto con anabel 2.jpg

 

Alberto Ruiz formou-se em dança espanhola no Institut del Teatre de Barcelona. É licenciado em pedagogia de dança pelo Conservatório Superior de Alicante e tem o 6º Grau de dança clássica da Royal Academio of Dancing. Bailou flamenco com artistas como Eva la Yerbabuena; Israel Galván; Javier Latorre; La María Pagés; El Junco entre outros e dança espanhola com: Antonio Márquez; Carlos Rodríguez; Miguel Ángel Rojas; Antonio Najarro.

 

 

Em noite de Gala Novos Flamencos reservada para 23 de Fevereiro, a bailarina e coreógrafa Karen Lugo assegura um espectáculo único. Segundo a artista, o mais gosta no Flamenco é a dificuldade: “o controlo da percussão com os pés, a técnica do compás, as pautas das letras… e a conexão dos pés com a terra e do corpo com o ar”.

 

Karen-Lugo - Cópia.jpg

 

Nasceu em Guadalajara, no México e, com apenas 4 anos, começou a formar-se em dança espanhola e ballet clássico. Aos 12 anos, na escola, descobre o flamenco e uma nova dimensão de expressar os sentimentos que a cativa de tal forma que com 17 anos mudou-se para Espanha.

 

 

O ciclo prossegue, a 2 de Março, com a Gala Maestros protagonizada pela bailarina, coreógrafa e maestra La Truco. A artista propõe um espectáculo cheio de sabor flamenco, bailado com o conhecimento com o qual ensina a sua arte nos cursos internacionais de baile e coreografia.

 

LA TRUCO 2 FOTO.jpg

 

La Truco é filha do cantor José Truco, tendo-se formado em dança espanhola e flamenco no conservatório de música e dança de Madrid. Terminou a sua formação em flamenco na Escola de Dança “Amor de Dios” com professores como Azorín, Tomás de Madrid, Cristóbal Reyes e La Tati, entre outros. Com a sua própria companhia trabalhou com Tony Maya e Manuel Liñán. Presença nos festivais de flamenco de Espanha, Africa do Sul e Indonésia, participou junto a El Guito e Merche Esmeralda no Festival Suma Flamenca de Madrid em 2016.

 

 

 

A Gala de Encerramento está marcada para 9 de Março, com o bailarino, coreógrafo e maestro Jesus Ortega. Com um experiente percurso, o artista revela: Soy esencialmente bailaor”.

 

Foto jesus ortega 3.jpg

 

Os seus grandes mestres em Sevilha, José Galván e Manolo Marín abriram-lhe as portas do baile flamenco. Realizou, também, diversos cursos com grandes figuras do baile flamenco como Eva La Yerbabuena, Andrés Peña, Israel Galván, Rafael Campallo ou Domingo Ortega entre outros.

 

Programa “Festival Flamenco Casino Estoril”:

- 16 de Fevereiro: Gala de Abertura - Alberto Ruiz

- 23 de Fevereiro: Gala Novos Flamencos - Karen Lugo

- 2 de Março: Gala Maestros - La Truco

- 9 de Março: Gala de Encerramento - Jesus Ortega

 

O Lounge D acolhe, de 16 de Fevereiro a 9 de Março, o “Festival Flamenco Casino Estoril”. Trata-se de uma série quatro espectáculos com alguns dos melhores intérpretes de flamenco. Com entrada livre, às Quintas-Feiras, a partir das 22h00, no Lounge D.

 

Por imperativo legal, o acesso aos espaços do Casino Estoril é reservado a maiores de 18 anos.

Gala de Abertura de "Festival Flamenco Casino Estoril" na próxima Quinta-Feira

alberto con anabel 2.jpg

 

Com um notável elenco, o “Festival Flamenco Casino Estoril” regressa, a 16 de Fevereiro, ao Lounge D. Trata-se de uma série quatro espectáculos com alguns dos melhores intérpretes de flamenco. Com entrada livre, às Quintas-Feiras, a partir das 22h00.

A Gala de Abertura do “Festival Flamenco Casino Estoril” está agendada para 16 de Fevereiro. O bailarino e coreógrafo Alberto Ruiz será o protagonista de uma genuína noite de flamenco no Lounge D.

Alberto Ruiz formou-se em dança espanhola no Institut del Teatre de Barcelona. É licenciado em pedagogia de dança pelo Conservatório Superior de Alicante e tem o 6º Grau de dança clássica da Royal Academio of Dancing. Bailou flamenco com artistas como Eva la Yerbabuena; Israel Galván; Javier Latorre; La María Pagés; El Junco entre outros e dança espanhola com: Antonio Márquez; Carlos Rodríguez; Miguel Ángel Rojas; Antonio Najarro.


Em noite de Gala Novos Flamencos reservada para 23 de Fevereiro, a bailarina e coreógrafa Karen Lugo assegura um espectáculo único. Segundo a artista, o mais gosta no Flamenco é a dificuldade: “o controlo da percussão com os pés, a técnica do compás, as pautas das letras… e a conexão dos pés com a terra e do corpo com o ar”.

Nasceu em Guadalajara, no México e, com apenas 4 anos, começou a formar-se em dança espanhola e ballet clássico. Aos 12 anos, na escola, descobre o flamenco e uma nova dimensão de expressar os sentimentos que a cativa de tal forma que com 17 anos mudou-se para Espanha.


O ciclo prossegue, a 2 de Março, com a Gala Maestros protagonizada pela bailarina, coreógrafa e maestra La Truco. A artista propõe um espectáculo cheio de sabor flamenco, bailado com o conhecimento com o qual ensina a sua arte nos cursos internacionais de baile e coreografia.

La Truco é filha do cantor José Truco, tendo-se formado em dança espanhola e flamenco no conservatório de música e dança de Madrid. Terminou a sua formação em flamenco na Escola de Dança “Amor de Dios” com professores como Azorín, Tomás de Madrid, Cristóbal Reyes e La Tati, entre outros. Com a sua própria companhia trabalhou com Tony Maya e Manuel Liñán. Presença nos festivais de flamenco de Espanha, Africa do Sul e Indonésia, participou junto a El Guito e Merche Esmeralda no Festival Suma Flamenca de Madrid em 2016.

 

A Gala de Encerramento está marcada para 9 de Março, com o bailarino, coreógrafo e maestro Jesus Ortega. Com um experiente percurso, o artista revela: Soy esencialmente bailaor”.

Os seus grandes mestres em Sevilha, José Galván e Manolo Marín abriram-lhe as portas do baile flamenco. Realizou, também, diversos cursos com grandes figuras do baile flamenco como Eva La Yerbabuena, Andrés Peña, Israel Galván, Rafael Campallo ou Domingo Ortega entre outros.

Programa “Festival Flamenco Casino Estoril”:
- 16 de Fevereiro: Gala de Abertura - Alberto Ruiz
- 23 de Fevereiro: Gala Novos Flamencos - Karen Lugo
- 2 de Março: Gala Maestros - La Truco
- 9 de Março: Gala de Encerramento - Jesus Ortega

O Lounge D acolhe, de 16 de Fevereiro a 9 de Março, o “Festival Flamenco Casino Estoril”. Trata-se de uma série quatro espectáculos com alguns dos melhores intérpretes de flamenco. Com entrada livre, às Quintas-Feiras, a partir das 22h00, no Lounge D.

Por imperativo legal, o acesso aos espaços do Casino Estoril é reservado a maiores de 18 anos.

Júlio Quaresma inaugurou escultura nos Jardins do Casino Estoril

0214 - Imagen da escultura Scars of Memory nos Jar

 

Júlio Quaresma inaugurou, na passada Quarta-Feira, a escultura “Scars of Memory” nos Jardins do Casino Estoril. Estiveram presentes várias personalidades de relevo das áreas politica, social e cultural que observaram com manifesto interesse a obra de Júlio Quaresma.

 

“Scars of Memory” é uma surpreendente obra, que discursa sobre as catástrofes ecológicas a favor da protecção do ambiente, apelando a uma consciência coletiva, acentua o lugar do efeito sobre o espectador, levando-o a interagir com a peça, e a agir.

 

A monumental peça em aço espelhado e aço corten, com fotografias sobre acrílico retro-iluminado e luz, funciona como uma caixa de Pandora, simbolizando a Acção do tempo e a forma como perdura, enquanto, dentro de cubos em aço espelhado, no qual se reflectem os espectadores como potenciais intervenientes directos das acções, as imagens desenhadas reflectem sobre os grandes desastres ambientais e sociais produzidos pelo homem.

 

Júlio Quaresma tem desenvolvido uma relevante carreira internacional, da arquitetura, à moda e ao design, onde projectou linhas de mobiliário assinado, e no âmbito das artes plásticas (pintura, instalação, escultura). Participou em várias bienais, como a de Havana, em Cuba e a do Ushuaia, na Argentina e expôs em vários museus desde os Estados Unidos, Espanha, Brasil e China, entre outros muitos dos quais já contam com obras suas, nas suas colecções.

 

Homem da cultura, mas sobretudo inconformista e rompedor, Júlio Quaresma faz do seu trabalho uma pesquisa continua alicerçada na contemporaneidade acentuando a sua singularidade artística, mas também uma clara acção estética, social e política.

 

Recorde-se que a escultura “Scars of Memory” já esteve exposta na III Bienal “the End of the World”, em Ushuaia, Argentina, e segue caminho no seu périplo nacional e internacional.

 

Com vista panorâmica sobre o Tamariz, os amplos e acolhedores Jardins do Casino Estoril são o cenário ideal para a exibição da escultura “Scars of Memory”, da autoria do artista plástico Júlio Quaresma. A obra está em exibição até ao dia 9 de Agosto.