Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

XII Festival Internacional da Máscara Ibérica | 4 a 7 de Maio | Belém

image001.jpg

 

 

De 4 a 7 de maio os foliões andam à solta no Jardim da Praça do Império!

A Progestur, a EGEAC e a Câmara Municipal de Lisboa levam, pela primeira vez, o Festival Internacional da Máscara Ibérica (FIMI) até Belém, cruzando a riqueza do património histórico e cultural envolvente da zona ocidental da cidade com as tradições ancestrais da Península Ibérica.

Durante quatro dias, de 4 a 7 de maio, o Jardim da Praça do Império oferece, assim, uma programação variada, que junta Portugal e Espanha, entre máscaras e caretos, artesanato e produtos regionais, concertos, exposições, o XII Desfile da Máscara Ibérica (dia 6 de Maio) e muita animação de rua.

Programa do Festival i anunciado. Clã na abertura da 9ª edição!

Centro de Artes de Águeda acolhe espetáculo de abertura, na noite de 19 de maio.
Já disponível o programa completo do 9º Festival i.
Águeda, 19, 20 e 21 de maio 2017
programa completo: http://www.dorfeu.pt/i


Nos dias 19, 20 e 21 de maio, Águeda acolhe a 9ª edição do Festival i, a grande festa das artes de palco em família. A abertura estará a cargo dos Clã, que trazem o musical “Fã” a um novo palco do festival e da cidade: o Centro de Artes de Águeda. Depois, a festa continua no sábado e no domingo, com dezenas de espetáculos e atividades, num programa non-stop que acaba de ser divulgado.

São mais de 15 propostas distintas, de Portugal e Espanha, em três dias dedicados ao público infantil. A 9ª edição do Festival i decorre de 19 a 21 de maio e, este ano, terá mais um palco na cidade: o novíssimo Centro de Artes de Águeda. É lá que terá lugar o espetáculo de abertura, na sexta-feira 19 de maio, às 21h00. “Fã” é o recém-estreado musical dos Clã, com guião de Regina Guimarães e encenação de Nuno Carinhas. Um espetáculo dedicado aos supernovos, mas que não causa mortal aborrecimento a pais, parentes, educadores, vizinhos, padrinhos, madrinhas e demais companheiros. No mesmo dia, às 10h30, haverá também uma sessão de entrada livre para público escolar, mediante marcação prévia.

No sábado (20) e no domingo (21), segue-se o já conhecido e contagiante ritmo de espetáculos, atividades, jogos e oficinas, para bebés, miúdos e graúdos. Das 10h30 às 19h30, o roteiro do Festival passará por vários locais da cidade. No Espaço d’Orfeu, há também um renovado palco a explorar: a nova Latada da d’Orfeu AC. A ela, junta-se o Centro de Artes de Águeda, o Auditório Ana Paula Silva, a Biblioteca Municipal Manuel Alegre, a Junta de Freguesia e o Mercado Municipal.

O Festival contará com a presença de duas companhias espanholas: a dupla Vibra-Tó, que, para além de um surpreendente concerto didático e interativo, realizará uma oficina de construção de instrumentos a partir de materiais reciclados e objetos do quotidiano; e Jean Philippe Kikolas, que trará “Sin Remite”, um espetáculo de teatro-circo e humor gestual.
 
Os bebés terão novamente um espetáculo especial só para eles. “Que Histórias conta a Lua?”, pela companhia O Som do Algodão, apresenta-se na Biblioteca Municipal no domingo (21), às 10h30. Histórias de gente e de bichos, músicas e poemas que se prolongam no anoitecer lento. Para bebés, crianças e famílias sonhadoras.
 
A fechar o último dia do Festival, estará a vertente formativa da d’Orfeu AC, com uma “Assemblagem” de pequenos grandes talentos, que reúne músicos e atores da d’Formação, incluindo opÁ!, EMtrad’ e Núcleo de Teatro Infantil. No cartaz, encontramos também A Fada Oriana (Teatro do Bolhão), Baile das Histórias (PédeXumbo), Um dia Serei Grande (Baal17), Areias (Imaginar do Gigante), Fábrica das Gravatas (Nuvem Voadora), Alforria (Boca de Cão), entre muitos outros espetáculos.
 
Não faltam propostas para o público do “i” que, mais uma vez, terá de decidir bem o que quer ver para desfrutar do melhor do festival, uma vez que há programação simultânea de teatro, música, marionetas, animação de rua, dança, literatura, jogos e oficinas. A pulseira individual geral é válida para os três dias do Festival (sexta, sábado e domingo) e tem o custo de 8€, havendo desconto de 50% para adultos acompanhantes e portadores Cartão d'Orfeu. As pulseiras (diárias e gerais) estarão à venda brevemente e podem ainda ser adquiridas à entrada para os espetáculos.

Imaginativo, incrível e inigualável: nos dias 19, 20 e 21 de maio, todos a Águeda, todos ao i!

PROGRAMA COMPLETO:
http://www.dorfeu.pt/i

PORTO BLUES FEST - Álvaro Costa confirma presença na 1ª Edição de 2017 marcada para os dias 26 e 27 de Maio, nos Jardins do Palácio de Cristal

 

ecc61b73-1cb5-4e34-a257-47272eb5aada.jpg

 É com orgulho e satisfação, que a produção do Porto Blues Fest anuncia a mais recente confirmação do festival, Álvaro Costa.

O apresentador | Radialista | DJ | Artista de Variedades | Ilusionista | Comentador Esportivo | Mestre em Reiki, figura incontornável da cultura portuguesa será o apresentador e o DJ, de serviço da primeira edição do Porto Blues Fest.

Um festival que, recorde-se, têm como cabeças de cartaz Shirley King e Rui Veloso numa homenagem a B. B. King. Outros destaques desta 1ª edição do Porto Blues Fest são os Delta Blues Riders e Julian Burdock and Danny del Toro Blues Duo.

Blind Zero e Paus no Gerês Rock'Fest 2017 | 28 e 29 de Julho

7dc0c6e7-7900-413b-a05a-24eaa158d9bb.jpg

 

 

NESTE VERÃO A MÚSICA VAI SER MAIS FRESCA

 

GERÊS ROCK'FEST 2017

 

28 E 29 DE JULHO, EM CAMPO DO GERÊS

 

Alguma vez pensou ser poss í vel ter um festival de m ú sica rock, no "coração" do Ger ê s?

Talvez isso fosse pedir demais. Mas nã o é !

Mesmo à s portas do ú nico Parque Nacional em Portugal , num verdadeiro santu á rio natural nasce um festival diferente.

A primeira edição do Gerês Rock Fest recebe algumas das melhores bandas do panorama nacional e outras que são consideradas revelação . Tudo isto j unto à mí tica aldeia submersa de Vilarinho da Furna e à Mata da Albergaria . Possibilidade de campismo.

Festival Pauta Jazz 2017 - 29 de Abril - Águeda

Cartaz PH17.png

 

Festival Pauta Jazz regressa à cidade de Águeda.
Com o objectivo de comemorar o Dia Internacional do Jazz e promover cada vez mais bons momentos performativos, o festival com a organização da Associação Cultural Pauta Humana e Câmara Municipal de Águeda, centra-se na divulgação do jazz e da música improvisada. Em 2017 o Pauta Jazz apresenta dois concertos em diferentes espaços, criando diferentes contextos para a cultura deste género de música. Na terceira edição, o festival apresenta dia 29 de Abril no Cine-Teatro São Pedro o trio do pianista cubano Victor Zamora com a presença de dois nomes incontornáveis do jazz nacional, o contrabaixista Carlos Barretto e o baterista Alexandre Frazão. O segundo concerto é um quarteto liderado pela cantora e flautista Luísa Vieira com Mauro Ribeiro na guitarra, Miguel Calhaz no contrabaixo e Miguel Sampaio na bateria.

 

29 Abril


21.45 | Cine-Teatro S. Pedro, Águeda

Hora: 21.45

Victor Zamora piano
Carlos Barretto contrabaixo
Alexandre Frazão bateria

00:00 | Pompéia Caffé

Hora: 00:00

Luísa Vieira voz e flauta

Mauro Ribeiro guitarra

Miguel Calhaz contrabaixo

Miguel Sampaio bateria

 

Atividades paralelas:

Jazz no Mercado Cooletivo

15 de Abril | 12h-18h

Local:Jardim do Mercado Manuel Firmino, Aveiro

Bruno Pinho + Rui Pereira + Jazzwalkers [dj set]

 

Bruno Pinho guitarra

Rui Pereira órgão Hammond

 

Jam Session

27 de Abril | 21h30

Local: OMA, Aveiro

 

Bilhetes para concertos no Cine-Teatro São Pedro: 5€

Bilhetes Podem ser adquiridos no local no próprio dia do concerto

Reservas: pautahumana@gmail.com

Resto das actividades têm entrada livre

 

+ info: new.pautahumana.com

FESTIVAL PANDA TRAZ PRINCIPAIS ESTRELAS PELA PRIMEIRA VEZ A PORTUGAL

1e9a7ec8-c7e8-4186-b866-619bf1d7c579.png

 

Evento arranca a 24 de Junho no Porto, seguindo para Lisboa e Leiria

 

 

A organização do Festival Panda, o evento mais aguardado pelas crianças portuguesas, acaba de confirmar a presença das principais estrelas do canal que estarão este ano, pela primeira vez, em Portugal. Patrulha Pata, Masha e o Urso, Ursinhos Carinhosos e Kate & Mim Mim são as primeiras personagens confirmadas que garantem actuações memoráveis.

 

Com arranque no Porto (24 e 25 de Junho no Estádio do Mar, em Matosinhos), seguindo depois para Lisboa (30 de Junho, 1 e 2 de Julho no Parque dos Poetas, em Oeiras), o maior evento infantil em Portugal chega pela primeira vez a Leiria no dia 9 de Julho, ao Estádio de Leiria.

 



Nesta edição especial, que assinala o 10º aniversário, esperam-se seis dias de pura euforia nos espectáculos de palco e através das diversas animações e actividades disponíveis no recinto, garantindo a todas as crianças e aos seus familiares um dia muito especial repleto de alegria na presença dos seus heróis preferidos.

Depois da primeira edição em 2008, o Festival Panda esgotou todas as sessões em 2010, 2011 e 2014, tendo nesse último ano alcançando o Prémio de Melhor Festival de Famíla nos Pumpkin Awards. A edição do ano passado assinalou o 20º aniversário do Canal Panda ao longo de cinco dias de festa, seis sessões esgotadas e cerca de 60 mil espectadores.
 
O Festival Panda é produção conjunta entre o Canal Panda e a Lemon, especialmente preparada para todas as famílias com crianças entre os 2 e os 10 anos de idade, disponibilizando duas sessões separadas, uma para a manhã, com início às 9h00, e outra à tarde, com início às 15h30, bem como áreas de recreio e locais com sombras e espaços sentados.

 

Bilhetes à venda na Bilheteira Online e nos locais habituais, com garantia de desconto até 31 de maio, ao custo de 18 euros para uma entrada individual e de 49 euros e 59 euros para pacotes familiares de três e quatro bilhetes respetivamente. Mais informações disponíveis em: 

 

PREÇOS

 
Até 31 de maio:
Bilhete Individual: 18€
Pack 3 bilhetes: 49€
Pack 4 bilhetes: 59€
 
A partir de 1 de junho:
Bilhete Individual: 20€
Pack 3 bilhetes: 55€
Pack 4 bilhetes: 68€

 

: Fica a conhecer as primeiras confirmações do RODELLUS 2017!

976a6275-fd7e-40b5-9b0d-2f6de91958a6.gif

 

 

O Festival Para Quem Não Tem Medo do Campo está de regresso nos dias 27, 28 e 29 de Julho!

• OS PRIMEIROS CORAJOSOS •


Este ano, o último fim-de-semana de JULHO está reservado aos corajosos! A Festa é em RUÍLHE, BRAGA no recinto mais rural e destemido do Norte.

O RODELLUS está de regresso com uma mão cheia de novidades e um cartaz que promete muita bravura. As primeiras confirmações são PÉ ROTO, ATOMIK DESTRUKTOR que vêm ao campo celebrar 10 anos de "Destroy, Disagree and Disrespect!", GHOST HUNT, RATERE, STONE DEAD e os italianos GO!ZILLA.
 

Mais novidades em breve!

 

 

Passatempo ESPONTÂNEO 2017

 

 

 

O Blog Cultura de Borla tem bilhetes duplos para o primeiro dia FESTIVAL INTERNACIONAL DE TEATRO DE IMPROVISO - ESPONTÂNEO 2017 no Centro Cultural Olga Cadaval aos primeiros leitores que de 5 em 5 participações:

Enviem um email para o culturadeborla@sapo.pt com a frase "Eu quero ir ao FESTIVAL INTERNACIONAL DE TEATRO DE IMPROVISO - ESPONTÂNEO 2017  com o Cultura de Borla  " com nome, BI e nº de telefone.

24e8ef24-9637-4cce-bf3f-39dfda3e4152.jpg

 

3e53f8d7-4451-480f-bf25-e483a4de5ded.jpg

 

 

FESTIVAL INTERNACIONAL DE TEATRO DE IMPROVISO


ESPONTÂNEO 2017
20 A 23 DE ABRIL | Centro Cultural Olga Cadaval  

 

ESPONTÂNEO 2017 - O  Festival Internacional de Teatro de Improviso, está de regresso ao Centro Cultural Olga Cadaval, de 20 a 23 de Abril.


Portugal, Brasil, Colômbia, Estados Unidos, Espanha, França e Reino Unido, são os países representados nesta  6ª edição de ESPONTÂNEO, o único festival internacional em Portugal, dedicado em exclusivo à arte da improvisação teatral, que acontece de 20 a 23 de Abril, no Centro Cultural Olga Cadaval, em Sintra.

De entre os convidados internacionais de luxo, destacam-se Gustavo Miranda e André Giraldo do elenco do famoso espetáculo PORTÁTIL, do grupo de comédia brasileiro PORTA DOS FUNDOS; e a lendária improvisadora norte-americana Susan Messing.


Todas as noites, para além do espetáculo principal, o público terá ainda a oportunidade de assistir a ensembles improvisados com a participação de todos improvisadores que participam no festival, e de frequentar diversos workshops de improvisação, lecionados pelos convidados internacionais.

O ESPONTÂNEO abre também as portas aos novos valores da improvisação, com o espetáculo Mistr Impro, um campeonato improvisadamente cómico, no qual o público elegerá o melhor improvisador da noite.

De 20 a 23 de Abril, no Centro Cultural Olga Cadaval, o melhor improviso do universo, acontece aqui.

ESPONTÂNEO é uma co-produção Instantâneos e Câmara Municipal de Sintra.

 

PROGRAMA ESPONTÂNEO 2017

20 Abril - Quinta-Feira
21h30
Maria Peters & Rhiannon Vivian (UK) – WARM LEGGERS
22h45 – Mr. Impro

21 Abril - Sexta-Feira
21h30
– Impro Ensemble (Elenco Internacional)
22h30 – Susan Messing (USA) - MESSING WITH A FRIEND

22 Abril - Sábado
21h30
– Impro Ensemble (Elenco Internacional)
22h30 - Gustavo Miranda (COL), César Gouvea (BR) e Andrés Giraldo (BR) - PASSAGEIRO

23 Abril - Domingo
21h30
- Franck Buzz, Thomas Ury (FR) e elenco internacional – IMPROLIGHT BOX


Bilhetes à venda nos locais habituais

Festival Política: 21 e 22 de Abril, a partir das 17h30, no Cinema São Jorge

 

image003.jpg

 

Fernando Alvim, João Pina, Maria Flor Pedroso, Marina Costa Lobo e Hélio Morais abrem o festival, dia 21, às 17h30, com o Debate “Como combater a abstenção”, no São Jorge. Segue-se um speed dating onde cidadãos poderão conversar

durante 5 minutos com deputados.

 

Programação:

20 de Abril (quinta-feira)

 

18h30 Poesia Política na Rua Garrett

Por Nuno Moura / Editora Douda Correria. Numa ação complementar ao programa do Festival, Nuno Moura declamará poesia política ao público que circule na Rua Garrett, relembrando a força das palavras.

 

21 de Abril (sexta-feira)

 

#politicadebates

17h30 Debate: “Como combater a Abstenção” * - SALA 2

Académicos, cidadãos e artistas analisam os dados da abstenção em Portugal e propõem caminhos para colocar o tema na agenda política. (60’)

 

Moderador: Fernando Alvim.

Participantes: João Pina (fotógrafo), Marina Costa Lobo (investigadora principal do Instituto de Ciências Sociais), Hélio Morais (músico co-fundador dos Linda Martini e dos PAUS) e Maria Flor Pedroso (editora de política da Antena 1).

 

18h30 Cara a Cara com deputados * - PISO 1

Encontro entre os cidadãos e deputados representantes de todas as bancadas parlamentares. Durante cinco minutos, os participantes inscritos conversam com cada um dos sete deputados.

 

Participam Sérgio Azevedo (PSD), Rita Rato (PCP), Heloísa Apolónia (PEV), Mariana Mortágua (Bloco de Esquerda), André Silva (PAN), Isabel Moreira (PS) e Ana Rita Bessa (CDS-PP).

 

 

19h30 Conversa: O voto obrigatório é uma solução? O caso brasileiro * - SALA 2

A participação dos cidadãos na política e a questão do voto obrigatório, tendo como pano de fundo a sociedade brasileira. (60’)

Participantes: Jair Rattner (jornalista) e Luanda Cozetti (cantora dos Couple Coffee)”.

 

#políticafilmes

18h00 Filme: “Ressurgentes”, de Dácia Ibiapina (Brasil, 2015) – Sala 3

O filme acompanha os movimentos sociais de Brasília entre 2005 e 2013: Movimento Passe Livre (por um transporte gratuito e de qualidade), Fora Arruda e Máfia (contra o governador José Arruda) e Santuário Não se Move (contra a criação de um bairro em território indígena). (75′)

ESTREIA NACIONAL

 

21h15 Filme: “Techo y Comida”, de Juan Miguel de Castillo (Espanha, 2015) – Sala 3

Uma mãe solteira e desempregada apenas em dinheiro para comer. Com medo de perder a tutela maternal do pequeno Adrián, de 8 anos, tenta levar uma vida normal. Até que o dono da casa onde vive, perante a falta de pagamento da renda, quer avançar com uma acção de despejo. Filme premiado em vários festivais de cinema espanhóis. A atriz principal, Natalia de Molina, venceu o Goya de melhor actriz. Apoio: Instituto Cervantes (93′)

ESTREIA NACIONAL

 

22 de Abril  (sábado)

 

#politicakids

10h00 Atelier Infantil:Como se faz uma bandeira” - SALA 2

Conhecer os símbolos nacionais, a bandeira e o hino, a sua história e significados, são os principais objetivos desta oficina que pretende motivar uma reflexão em torno da identidade nacional e, em simultâneo, da identidade pessoal.

 

Atelier dinamizado pelo Serviço Educativo do Museu da Presidência da República.

 

 

12h15 Espetáculo de Teatro Infantil: NHA CASA, NHA BAIRRO (COMO SE CONSTRÓI O FUTURO?) - SALA 2

Esta peça é o resultado de um conjunto de improvisações feitas por crianças de territórios sensíveis do concelho de Loures e crianças de lugares que dizemos mais seguros. Juntas responderam ao desafio “qual é o teu lugar mais bonito?”. Para maiores de 4 anos. (40’)

 

Produção: Teatro Ibisco

 

 

#politicaartes

 

15h00 às 19h00 Iniciativa Artística:Abstenção De 0 a 25” - FOYER

 

Curadoria Jorge Matos/Zurrumurru.

Cinco autores vão conceber, cada um, uma peça serigráfica sobre o impacto da abstenção na vida política portuguesa. Estas peças serão impressas e vendidas no local.

Participam Alberto Faria, André da Loba, Carolina Maria, ± Miguel Januário, Sara Maia.

 

 

#politicadirecta

 

15h00 Workshop: “Civic Tech: Como juntar pessoas à volta da informação pública”, por Ana Isabel Carvalho e Ricardo Lafuente (45’)* – SALA 2

 

O termo “civic tech” tem tido um grande foco nos últimos anos, descrevendo esforços da sociedade civil de apontar questões sociais e delinear soluções para elas, de forma aberta e colaborativa. Os encontros “Date With Data” no Porto têm sido um exemplo de espaço cívico para desenvolver em conjunto essas soluções e que pela primeira vez se realizam em Lisboa.

 

16h00 Workshop: “A importância da transparência: como aceder à informação pública”, por Bárbara Rosa *  – SALA 2

Qual é a relação entre transparência governativa e qualidade de vida dos cidadãos? O que é que cada um de nós pode fazer para transformar a cultura do segredo em cultura do acesso? Estas perguntas vão guiar uma apresentação que pretende converter os cidadãos em atores desta democracia que está cansada dos meros espectadores. (45’)

 

 

16h30- 20h00  Mini HackathonFOYER

 

A mini-hackathon seguirá o modelo dos encontros “Date With Data”, onde se valorizam as mãos na massa, o uso de fontes públicas de informação e a partilha de conhecimentos. Sempre com boa disposição e vontade de fazer coisas interessantes com outras pessoas. A ênfase do evento será prática, mas não é preciso qualquer especialização técnica para participar — apenas vontade e um computador portátil, nós tratamos do resto.

 

Coordenação: Ana Isabel Carvalho e Ricardo Lafuente

 

17h00 Workshop:Democracia adicta - os vícios da governação” por João Paulo Batalha, presidente da TIAC – Transparência e Integridade, Associação Cívica*  – Sala 2

“Em teoria, não existe diferença entre a teoria e a prática. Na prática, existe!”.. Esta velha frase anónima é a diferença entre a democracia que queremos e a democracia que temos. Neste workshop, o presidente da Transparência e Integridade, Associação Cívica, João Paulo Batalha, vai falar dos pecados de ação dos eleitos e dos pecados de omissão dos eleitores. A temida palavra C – corrupção – não é o tema central mas, tal como o outro, vai andar por aí. (45’)

 

#políticadebates

18h00 Debate: Qual é o papel do jornalismo independente na democracia? * – Sala 2

O que é que os media mainstream não nos contam? Vamos juntar na mesma mesa quatro projetos de jornalismo independente, para analisar o papel do jornalismo na construção da democracia. Curadoria: É Apenas Fumaça.

Participam: Pedro Santos (É Apenas Fumaça), Carla Fernandes (Rádio AfroLis), Diogo Cardoso (Divergente) e Paulo Querido (ex. Jornal de Negócios e Expresso).

 

#politicafilmes

15h30 Filme: “Democracia – na onda dos dados”, de Daniel Bernet (Alemanha 2015) – Sala 3

Um documentário surpreendente sobre o processo legislativo a nível da União Europeia. Uma história fascinante e explosiva sobre um grupo de políticos que tentam proteger a sociedade digital dos perigos dos megadados e da vigilância maciça. Jan Philipp Albrecht e Viviane Reding tentam o que parece ser impossível e enfrentam um aparelho político duro, dominado pelas intrigas. (100’)

 

17h30 Filme: “Aristides de Sousa Mendes – un hombre bueno”, de Victor Lopes (Argentina, 2017) + conversa com realizador – Sala 3

Na tela conta-se a história de sete dias na vida do cônsul português na cidade francesa de Bordéus que, entre 16 e 23 de Junho de 1940, assinou cerca de 30 mil vistos que permitiram a muitas famílias de origem judia abandonar França tomada pelos nazis. Os salvo-condutos abriram a porta à entrada em Portugal e, para muitos, a viagem até ao outro lado do Atlântico. A conversa com o realizador terá tradução simultânea para linguagem gestual (30′)

ESTREIA EUROPEIA

 

*Ações com tradução simultânea para linguagem gestual