Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

"A representação de Macau colonial no cinema de Hollywood" | Conferência encerra ciclo sobre Macau no Museu do Oriente

“A representação de Macau colonial no cinema de Hollywood”

 

Conferência encerra ciclo sobre Macau no Museu do Oriente

 

“A representação de Macau colonial no cinema de Hollywood” é a conferência que precede a apresentação do filme “Irmãs” de Tracy Choi, no encerramento do ciclo “Cinema Macau. Passado e presente”, no dia 18 de Fevereiro, às 16h00, no Museu do Oriente, com entrada livre.

 

Durante o Estado Novo, Macau foi a colónia portuguesa mais proeminente na ficção cinematográfica norte-americana, servindo de localização para mais de uma dúzia de enredos de crime e aventura. Para isto contribuíram, não apenas a sua ancestral reputação como antro de vícios exóticos e o típico fascínio de Hollywood por narrativas orientalistas, mas também o contexto geopolítico desse território. A maioria dos filmes foram produzidos na década de cinquenta, aproveitando o facto de a colónia se encontrar simultaneamente situada numa fronteira da guerra fria e dominada por uma potência fora do sistema de Bretton Woods, elementos propícios a tramas de intriga em torno de espionagem e contrabando.

 

Nesta palestra, Rui Lopes - doutorado em História Internacional e investigador do investigador do Instituto de História Contemporânea da NOVA FCSH - analisa o contexto em que emergem essas produções e as implicações do modo como apresentam o colonialismo português em Macau.

 

Ao longo de sete sessões temáticas no Museu do Oriente, com curadoria da jornalista e crítica de cinema Maria do Carmo Piçarra, “Cinema Macau. Passado e presente” procurou refletir sobre a pluralidade de olhares sobre Macau durante o século XX, bem como após a transição para a administração do território pela China. O ciclo prolonga-se agora até 26 de Fevereiro, na Cinemateca Portuguesa.

 

Cinema Macau. Passado e Presente

 

18 de Fevereiro

Auditório do Museu do Oriente

Gratuito (mediante levantamento de bilhete no próprio dia)

 

CONFERÊNCIA | 16.00

«A REPRESENTAÇÃO DE MACAU COLONIAL NO CINEMA DE HOLLYWOOD DURANTE OS ANOS 50»

Por Rui Lopes, investigador do Instituto de História Contemporânea da FCSH da Universidade Nova de Lisboa


HISTÓRIAS DE MACAU III | 17.00

Irmãs (97’), Tracy Choi, 2016

Filme legendado em inglês.

 

www.museudooriente.pt

 

Casino Lisboa inaugura exposição de Alba Simões

2 - Emoções - Óleo sobre tela - 1,10m x 2m - 7.

 

O Casino Lisboa inaugura, na próxima Segunda-Feira, 5 de Fevereiro, às 18h30, a exposição de Pintura “Constelação de Afectos” da autoria de Alba Simões. Trata-se de uma original mostra individual que poderá ser observada na Galeria de Arte, localizada na área circundante ao Arena Lounge. A entrada é livre.

 

Alba Simões nasceu em Lisboa onde frequentou vários cursos de Belas Artes. Participou em mais de duas centenas de exposições colectivas e individuais em Portugal e no Estrangeiro e encontra-se representada em Espanha, França, Bélgica, Suíça, Inglaterra, Holanda, Estados Unidos, Brasil, Macau e Angola tendo sido galardoada com Menções Honrosa e Primeiros Prémios ao longo dos seus 30 anos de carreira. 

 

Tem a sua biografia inserida no Guia d’Arte 95/96/97, Arteguia Directório de Arte Espanha e Portugal, Anuário de Artes Plásticas, Pintura em Portugal 2001 da Universitária Editora e Aspectos das Artes Plásticas em Portugal, Arte 98, Anuário Internacional de Arte 2003 de Fernando Infante do Carmo e Antiquários e Arte da Editora Estar e Livro de Ouro 2007. 

 

Alba Simões é sócia da Sociedade Portuguesa de Autores, do Circulo Artístico e Cultural Artur Bual, da ANAP - Associação Nacional de Artistas Plásticos. A sua principal obra é um painel com 80 m2 intitulado “Vista sobre a Cidade de Lisboa”. 

 

Com um assinalável prestígio, a artista plástica é mencionada em várias revistas e jornais Portugueses e Estrangeiros e encontra-se representada em inúmeros Museus e Instituições particulares e Oficiais nos quatro Continentes.

 

A Galeria de Arte do Casino Lisboa acolhe, de 5 a 25 de Fevereiro, a exposição de Pintura “Constelação de Afectos” da autoria de Alba Simões. Esta mostra individual estará patente ao público, entre as 15 e as 3 horas da madrugada, excepto às Sextas-Feiras e aos Sábados, cujo horário será das 16 às 4 horas da madrugada.

 

Por imperativo legal, o acesso aos espaços do Casino Lisboa é reservado a maiores de 18 anos.

Exposição de Ildebranda Martins "As Gavetas das Memórias" em Carnide - Lisboa

No dia 06 de fevereiro, pelas 18:30h, inaugura a exposição de pintura e instalações "As gavetas da memória" de Ildebranda Martins na "Boutique da Cultura" em Carnide - Lisboa.

 

A Exposição estará patente até ao dia 03 de março de  2018.

 

LEGENDA/MEMÓRIA DESCRITIVA DO TEMA:  

 

Bem sei que no Espírito habitam diversas vidas que se misturam entre si numa manta de retalho. São vidas passadas de rostos tapados; são histórias antigas, que se fundem dentro do Espírito e moldam a estátua da tua personalidade. Na tua memória movem-se em aguas turvas, sendo, por vezes, apenas sombras escuras e sem forma numa tela que pode ser classificada de abstrata. Para visualizar os seus rostos necessitas de regredir no tempo, em épocas em que o teu corpo parece que não viveu.

  

 

BIOGRAFIA

A Ildebranda Martins nasceu  em Angola em 1965. Em Portugal, estudou no Concelho de Vila Franca de Xira e na cidade de Lisboa.   Em 1990, já com casa própria e com  espaço suficiente para criar um atelier,  começou a dedicar-se à pintura.  Em 1995 fez as  primeiras exposições individuais, em bares, restaurantes, lojas, clubes e associações. Em 2002, surgiu a oportunidade de expor individualmente numa galeria de arte comercial e em 2008 iniciou o processo de candidaturas a bienais de arte a nível nacional,  a galerias de arte municipais e a espaços alternativos,  onde a interação das artes ocorre naturalmente.  As últimas criações, muitas delas instalações, assentam em manequins sobre os quais foram aplicadas peças diversas do dia-a-dia.  Provavelmente, devido à pratica da reciclagem na construção dessas obras, podemos identifica-las, parcialmente, pelo menos, como criações típicas do movimento artístico da” Arte Povera”.   As suas  obras constituem páginas do seu diário, memórias de momentos que marcaram a sua vida e reflexões sobre o universo que a rodeia e que lhe despertaram a sua consciência. Atualmente está inteiramente ligada à arte pois desde da abertura da Galeria de Arte Beltrão Coelho em 2015, que se tornou a face mais visível deste espaço de responsabilidade social. De momento, fora do projeto da Galeria Beltrão Coelho participa como artista em exposições individuais e  em projetos coletivos de grupos  criados a partir da Galeria Beltrão Coelho  como o das “Mulheres com Arte" e do  “Universo Africano" e sempre que possível em Bienais de Arte a nível nacional.

 

 

ESPAÇO/LOCAL:

 

A "Boutique da Cultura" é uma associação cultural que desenvolve uma atividade regular na freguesia de Carnide, em particular no Espaço Bento Martins (edifício sede da Junta de Freguesia). A sua programação inclui, além de exposições de arte, concertos, tertúlias, edição de livros e outras atividades culturais e cívicas. O projeto que visa a valorização das pessoas e do território, além dos programas que desenvolve no” espaço Bento Martins" e na” incubadora de artes", também organiza e promove a livraria solidária e a “Street art”

 

Espaço Bento Martins - Edifício sede da Junta de Freguesia de 

Carnide (Largo das Pimenteiras, 6) em Lisboa

(metro da linha azul - Carnide)

Exposição "As Gavetas da Memória" de Ildebranda Martins na Boutique da Cultura" em Carnide - Lisboa

cartaz_de_Boutique_da_Cultura-2.png

 

No dia 06 de fevereiro, pelas 18:30 h inaugura a exposição de pintura e instalações "As gavetas da memória" na "Boutique da Cultura" em Carnide - Lisboa

 

 

A Exposição estará patente até ao dia 03 de março de  2018.

 

 

TÍTULO: "AS GAVETAS DA  MEMÓRIA"

 

 

LEGENDA/MEMÓRIA DESCRITIVA DO TEMA:  

 

Bem sei que no Espírito habitam diversas vidas que se misturam entre si numa manta de retalho. São vidas passadas de rostos tapados; são histórias antigas, que se fundem dentro do Espírito e moldam a estátua da tua personalidade. Na tua memória movem-se em aguas turvas,sendo, por vezes, apenas sombras escuras e sem forma numa tela que pode ser classificada de abstrata. Para visualizar os seus rostos necessitas de regredir no tempo, em épocas em que o teu corpo parece que não viveu.

 

 

 

ESPAÇO/LOCAL:

 

A Boutique da Cultura é uma associação cultural que desenvolve uma atividade regular na freguesia de Carnide, em particular no Espaço Bento Martins (edifício sede da Junta de Freguesia). A sua programação inclui, além de exposições de arte, concertos, tertúlias, edição de livros e outras atividades culturais e cívicas. O projeto que visa a valorização das pessoas e do território, além dos programas que desenvolve no” espaço Bento Martins" e na” incubadora de artes", também organiza e promove a livraria solidária e a “Street art”

 

 

Espaço Bento Martins - Edifício sede da Junta de Freguesia de 

Carnide (Largo das Pimenteiras, 6) em Lisboa

(metro da linha azul - Carnide)

 

BIOGRAFIA

A Ildebranda Martins nasceu  em Angola em 1965, onde permaneceu até aos 9 anos de idade. Em Portugal, estudou no Concelho de Vila Franca de Xira e na cidade de Lisboa. Durante a infância e a adolescência dedicou-se à escrita para acalmar a sua inquietação.   Em 1990, já com casa própria e com  espaço suficiente para criar um atelier,  começou a dedicar-se à pintura.  Em 1995 fez as minhas primeiras exposições individuais, em bares, restaurantes, lojas, clubes e associações. Em 2002, surgiu a oportunidade de expor individualmente numa galeria de arte comercial e em 2008 iniciou o processo de candidaturas a bienais de arte a nível nacional,  a galerias de arte municipais e a espaços alternativos,  onde a interação das artes ocorre naturalmente.  As últimas criações, muitas delas instalações, assentam em manequins sobre os quais foram aplicadas peças diversas do dia-a-dia.  Provavelmente, devido à pratica da reciclagem na construção dessas obras, podemos identifica-las, parcialmente, pelo menos, como criações típicas do movimento artístico da” Arte Povera”.  Atualmente está inteiramente ligada à arte pois, desde da abertura da Galeria de Arte Beltrão Coelho em 2015, que se tornou a face mais  visível deste espaço de responsabilidade social. As suas  obras constituem páginas do seu diário, memórias de momentos que marcaram a sua vida e reflexões sobre o universo que a rodeia e que lhe despertaram a sua consciência.

E depois da licenciatura? O TEU FUTURO É DECIDIDO NA MAIOR FEIRA DE MESTRADOS DO PAÍS

image001.png

 

E depois da licenciatura?

O TEU FUTURO É DECIDIDO NA MAIOR FEIRA DE MESTRADOS DO PAÍS

A Associação Inspirar o Futuro organiza, no próximo/este mês, a maior Feira de Mestrados e Pós-graduações, que acontece tanto em Lisboa como no Porto. O projeto Unlimited Future, vocacionado para estudos de 2º ciclo, conta com mais de 40 instituições e surge no seguimento do já conhecido roadshow Yorn Inspiring Future.

Ainda a concluir a licenciatura, muitos jovens encontram-se novamente numa situação de tomada de decisão: será que deve continuar para um mestrado ou pós-graduação? Deve continuar na mesma instituição ou ter um currículo mais diversificado? As feiras Unlimited Future, pelas mãos da Associação Inspirar o Futuro, foram criadas com o propósito de dar todas estas informações aos universitários, para que possam tomar essa decisão com consciência.

As Feiras Unlimited Future têm um formato diferenciador e focado na divulgação da oferta educativa de 2º ciclo. Mas a organização não quer que essa decisão seja tomada sobre pressão, por isso, criou um ambiente informal, associado a um espaço chillout, onde os representantes das Instituições de Ensino Superior conversam com os universitários. O espaço conta com música ambiente e bar, pois a circunstância pede um brinde ao futuro. Desta forma, os alunos universitários finalistas conciliam a procura de informação a um ambiente que lhes é comum.

A edição de 2018 conta novamente com duas feiras de mestrados e pós-graduações: uma em Lisboa, na Alameda da Universidade, a 22 de fevereiro; e a segunda no Porto, no Palácio dos CTT, a 8 de março. Em ambos eventos o espaço dedicado à feira está aberto das 16h às 21h. Após as 22h, ambos os espaços transformar-se-ão no Super Arraial do Finalista, uma festa universitária para acabar a noite em grande.

A entrada nas Feiras Unlimited Future é gratuita, e os participantes que fizerem o seu pré-registo em www.unlimitedfuture.pt, terão ainda direito uma bebida de oferta. A entrada no Super Arraial do Finalista é paga para entradas depois das 22h.

Sobre o projeto Unlimited Future

A Associação Inspirar o Futuro tem como objetivo dar apoio aos jovens portugueses, com especial foco nas suas fases de transição, para que estes consigam planear de forma consciente o seu projeto de carreira e de vida, alcançando assim o seu máximo potencial.

O projeto Unlimited Future é a marca voltada para o apoio aos alunos universitários da Associação e desde 2016 tem realizado feiras de mestrados e pós-graduações, tendo contado já com mais de 5000 participantes.

Para além das Feiras, destaca-se pelos workshops, fins de semana business challenge e career development. A orientação promovida pelo projeto é de tal forma importante que cerca 95% dos jovens recomendam totalmente os projetos realizados. No último ano, a projeto contou com 750 participantes nos mais de 30 workshops em instituições.

Novo Circo em destaque no Casino Lisboa em Fevereiro

Casino Lisboa oferece em Fevereiro

ciclo de espectáculos de Novo Circo 

 

 

Duo Daniela & João - 9 e 10 de Fevereiro.jpg

 

Em Fevereiro, a arte do Novo Circo mantém-se em destaque no programa de animação cultural do Casino Lisboa. Nos próximos dias 2 e 3, Jocka Carvalho apresenta-se em tecido vertical, seguindo-se, nos dias 9 e 10, a dupla Daniela & João com outro inovador número em tecido vertical. Nos dias 16 e 17, será a vez de Daniela Vairo protagonizar uma nova versão em tecido vertical. Posteriormente, a 23 e 24, o Duo Kru propõe um exercício de forças combinadas. Com entrada livre, às Sextas-Feiras e aos Sábados, a partir das 22h50, no Arena Lounge.

 

Jocka Carvalho: Tecido Vertical - 2 e 3 de Fevereiro

Jocka Carvalho será o protagonista de um exercício em tecido vertical. Onde estão os limites do eu? Até onde posso ir através da imaginação? Estas são as demandas da alma de Jocka Carvalho, um jovem que se define pela procura do seu lugar de expressão e que já percorreu várias aéreas artísticas e desportivas, tendo sido atleta de alta competição, bailarino, artista de circo, coreógrafo.

 

Jocka Carvalho já se apresentou em grandes palcos mundiais, tendo desenvolvido intensamente os seus talentos nas artes circenses e dança. Está, actualmente, em digressão com Acts Circenses, uma fusão perfeita de circo, dança e acting! Jocka World is the Circus… let him be part of yours!

 

Duo Daniela & João: Tecido Vertical - 9 e 10 de Fevereiro

Com uma singular versatilidade, o duo Daniela & João, estará em evidência, a 9 e 10 de Fevereiro, apresentando uma nova performance em tecido vertical com elementos de alto risco, fluidez e magia. 

 

Esta experiente dupla nasceu da complementaridade de dois acrobatas de alta competição. A italiana Daniela e o português João cruzaram as suas carreiras em projectos internacionais, já como acrobatas circenses, trabalhando juntos em Paris e em Itália. 

 

Daniela Vairo: Tecido Vertical - 16 e 17 de Fevereiro

Aplaudida pelos visitantes do Casino Lisboa, Daniela Vairo regressa, a 16 e 17 de Fevereiro, ao palco central do Arena Lounge para protagonizar outro surpreendente espectáculo em tecido vertical.

 

Daniela Vairo nasceu em Génova, em 1976, e com apenas 6 anos começou a praticar ginástica. Juntou-se à equipa nacional em 1991, pela qual participou no Campeonato Mundial de Ginástica, em Indianapolis, qualificando-se para os Jogos Olímpicos de Barcelona. Começou, aos 20 anos, uma carreira na área dos espectáculos, como acrobata e bailarina. Com uma vasta experiência artística, trabalhou com Franco Dragone em Le Reve, do qual foi a protagonista durante 3 anos. Posteriormente, distinguiu-se na Europa, como parte de companhias como Les Farfadais e circo Alexis Gruss (França).

 

Duo Kru: Forças Combinadas - 23 e 24 de Fevereiro

Raquel e Tiago formam o duo Kru que se apresenta, a 23 e 24 de Fevereiro, no Arena Lounge. Em forças combinadas, os dois ex-ginastas de alta competição criam um momento que retrata o quotidiano de dois estranhos que se cruzam pela primeira vez e, num jogo de sedução e repulsa, de interesse e reflexão.

 

Uma constante coreografia pautada por momentos acrobáticos que surgem de uma discussão corporal onde a necessidade de ambos lutarem por uma afirmação individual se acentua. Duo Kru é a rotina diária criada sob a forma de performance de circo contemporâneo.

 

O programa de Novo Circo proporciona momentos únicos na animação do Arena Lounge do Casino Lisboa:

- 02 e 03 de Fevereiro: Jocka Carvalho: Tecido Vertical

- 09 e 10 de Fevereiro: Duo Daniela e João: Tecido Vertical

- 16 e 17 de Fevereiro: Daniela Vairo: Tecido Vertical

- 23 e 24 de Fevereiro: Duo Kru: Forças Combinadas

 

Por imperativo legal, o acesso aos espaços do Casino Lisboa é reservado a maiores de 18 anos.

1ª Aula Livre | Curso de Filosofia Prática

Aula livre | Curso de Filosofia Prática


3ª Feira, 27 de Fevereiro às 19h30

Fundição de Oeiras
(Junto à estação de C.F. de Oeiras)

Ficha de inscrição: http://bit.ly/2H5mISe

32605366-d2f3-4063-97f2-b2aa0e36af8e.jpg

 

Nos tesouros do pensamento do Oriente e do Ocidente - um verdadeiro património imaterial da Humanidade - encontramos ideias e soluções para enfrentar os desafios da actualidade e alcançar a realização individual e harmonia nas relações humanas. Este curso destina-se a todos aqueles que se perguntam sobre a arte de Ser e as leis da natureza, e desejam aprofundar o seu sentido.

   Essa mesma demanda estimulou os grandes sábios das antigas civilizações que deixaram o seu legado pleno de ensinamentos atemporais, perfeitamente actuais, e práticos, para o Homem do século XXI. Nesta perspectiva, a Filosofia é uma via de autodescoberta, de transformação interior e de aprofundamento na vivência dos autênticos valores humanos.


 



Programa completo:
http://nova-acropole.pt/programa-filosofia-pratica/




                                             Organização                                                   Nova Acrópole Oeiras-Cascais

Metropolitana no Museu do Oriente | 14 de Janeiro a 24 de Março | Gratuito

CartazA3-concertos2018_MOriente-page-001.jpg

 

Os “impressionismos” de Debussy e Freitas Branco, os quartetos de Haydn e Brahms e obras para quintetos de metais, são as propostas dos Solistas da Metropolitana para o ciclo de concertos que se inicia no Museu do Oriente, a partir de 14 de Janeiro.

 

No dia 20, são os alunos do Conservatório de Música da Metropolitana que sobem a palco para interpretar os clássicos Disney, num espectáculo para toda a família.

 

Os concertos são de entrada livre, mediante levantamento de bilhete no próprio dia, no Museu do Oriente.

 

Programa:

 

IMPRESSIONISMOS: DEBUSSY, FREITAS BRANCO
Romeu Madeira [violino], Francisco Sassetti [piano]

14 de Janeiro, domingo

16.00

Gratuito mediante levantamento de bilhete no próprio dia

M/6

Duração: 75’ sem intervalo

 

  1. Debussy[1862 – 1918] | Sonata para Violino e Piano em Sol Menor, L. 140
  2. Freitas Branco[1890 – 1955] | Sonata para Violino e Piano N.º 1

 

CONCERTO DISNEY | CONSERVATÓRIO DE MÚSICA DA METROPOLITANA

20 de Janeiro, sábado

17.00

Gratuito mediante levantamento de bilhete no próprio dia

M/6

Duração: 75’ sem intervalo

 

QUARTETOS DE HAYDN E BRAHMS
Alexei Tolpygo, Ágnes Sárosi [violinos], Irma Skenderi [viola], Nuno Abreu [violoncelo]
11 de Fevereiro, domingo

16.00

Gratuito mediante levantamento de bilhete no próprio dia

M/6

Duração: 75’ sem intervalo

 

  1. Haydn[1732 – 1809] | Quarteto de Cordas, Hob.III:36, Op. 20/6
  2. Brahms[1833 – 1897] | Quarteto de Cordas N.º 2, Op. 51/2

 

AO SOM DOS METAIS
Sérgio Charrinho, Nuno Tiago [trompetes], Rodrigo Carreira [trompa], Reinaldo Guerreiro [trombone], Adélio Carneiro [tuba]
24 de Março, sábado

16.00

Gratuito mediante levantamento de bilhete no próprio dia

M/6

Duração: 75’ sem intervalo

 

Obras para Quinteto de Metais

 

www.museudooriente.pt