Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Cultura em Movimento - Cinema: Capitão Falcão - MOITA

capit_o_1_750_2500.jpg

 6 de Agosto

21:30h

Largo da República - Alhos Vedros

 

Capitão Falcão de João Leitão

Capitão Falcão conta a história de um super-herói Português ao serviço do Estado Novo. Juntamente com o seu sidekick, Puto Perdiz, Falcão combate todas as ameaças à Nação, respondendo a um homem apenas, António de Oliveira Salazar. Mas estranhos acontecimentos e uma ameaça democrática começam a invadir a capital. Conseguirá Capitão Falcão salvar o dia?

Cultura em Movimento - Cinema Infantil: A Pantera Cor-de-Rosa

pantera_1_750_2500.jpg

 

22 Julho 2016

21:30h

Pátio do Rosário

 

A Pantera Cor-de-Rosa é uma pantera fictícia que apareceu originalmente em 1963, na abertura do filme The Pink Panther. O sucesso foi enorme e fez com que fosse produzida uma série de desenho animado. Os mais de 120 episódios tiveram em média seis minutos de duração. As aventuras da personagem eram acompanhadas pela famosa canção-tema de Henry Mancini, The Pink Panther Theme. A primeira série foi produzida pelo estúdio de animação americano DePatie-Freleng Enterprises, de 1964 até 1980.

Cultura em Movimento - Espetáculo de Robertos (fantoches) - MOITA

16 de Julho

robertos_1_750_2500.jpg

 

21:30h

Pátio do Rosário

Robertos de Santa Bárbara

 

Sinopse do espetáculo:
Dom Roberto, o nosso herói, cansado de estar sozinho pensa em casar-se e para estar apresentável, procura um barbeiro para lhe desfazer a barba e o cabelo. Depois do serviço feito, Dom Roberto acha muito caro e não quer pagar. Ora o Barbeiro não gosta de trabalhar p’ró boneco e gera grande desavença o Dom Roberto. O Padre aparece para resolver o assunto. Depois, chega o Policia que tenta repor a ordem pública. Aparece o Diabo que o quer levar com ele e Dom Roberto dá a volta ao Diabo! Finalmente a Morte: Dom Roberto até a própria morte vence!
Depois, é a hora dos outros divertimentos e os bonecos gostam de Tourada:
O Toureiro, quer tourear o Touro, mas este não quer ir na conversa. Depois de muitas peripécias, o Toureiro lá consegue fazer alguma coisa do Touro que afinal não era nada burro. De seguida aparecem os Forcados a dançar o fandango preparando-se para fazer a famosa e arriscada pega de caras com o Touro.

 

.
 
 

Cultura em Movimento - Música: Orquestra Tocá Rufar Esperança - MOITA

orquestra_1_750_2500 (2).jpg

 16 de Julho

21:00h

Pátio do Rosário

 

A Orquestra Tocá Rufar Esperança é promovida pela Câmara Municipal da Moita no Centro de Experimentação Artística (Vale da Amoreira) e destina-se a crianças entre os 7 e os 12 anos. Tem como objetivo desenvolver e aprofundar as matérias ministradas pelo Tocá Rufar nas escolas e incluem aulas de bombo, caixa de rufo e formação musical, assim como apresentações públicas regulares.

Cultura em Movimento - Teatro Físico: Insekto pelo Teatro do Mar - MOITA

insekto_1_750_2500.png

 15 de Julho

22:00h

Praça da República, na Moita

Espetáculo de Teatro Físico, Visual, Não-Verbal e Música Original, com recurso a Acrobacia Aérea

INSEKTO (do esperanto: pessoa insignificante) é um espetáculo de teatro físico/gestual, visual e não-verbal, com recurso a acrobacia aérea e música original.
A Metamorfose conta a história de Gregor Samsa, um homem que acorda um dia transformado num inseto. Nesta obra, o autor discorre sobre o estado emocional do ser humano, analisando o comportamento de Gregor e de sua família.
Esta história lida com um acontecimento absurdo e irracional que sugere um mundo confuso e caótico. Em INSEKTO a ideia de labirinto (maze) é a arquitetura física e interna de toda a criação. O labirinto, não apenas como estrutura física, mas antes um estado mental, de alma, surge como metáfora da mente da personagem central e da vida quotidiana e rotineira da família. Personagens perdidas e sem rumo aparente, labirintos de portas e paredes invisíveis que cerram os indivíduos em círculos sociais, ou os imaginados, que criam desejos e fugas mentais.
Nessa topografia do desejo, construímos uma série de contiguidades que desvirtuam a vulgar conceção espacial. O homem desabrigado, alienado e esvaziado, tem como paraíso a imagem de um lar, de uma “casa” que possa
finalmente abrigá-lo e protegê-lo das angústias do existir. Mas esse espaço familiar também é assombrado.
Para o espectador a visão é sempre parcelada por um espaço em permanente mutação. Nada é inteiro ou sólido e as perspetivas mudam no decorrer de toda a acção narrativa.
Em INSEKTO centramo-nos na história da família e nas suas relações frágeis, fragmentadas, em rutura, como metáfora do mundo. Prisioneiro da sua própria vida, do trabalho, das regras familiares e finalmente do seu próprio corpo, Gregor é o homem comum, submisso às normas da sociedade e em contradição com a sua própria natureza, que acaba por implodir, por se metamorfosear num “repelente inseto.

Festas da Moita 2011. Carminho

 

18 de Setembro de 2011

22h

 

Moita

 

Uma das maiores revelações recentes das noites de Alfama apresenta o novo "Fado". Dia 18 de Setembro, Carminho sobe ao palco da Moita.

 

Até há bem pouco tempo, Carmo Rebelo de Andrade era um dos segredos mais bem guardados dos frequentadores assíduos das casas de fado de Alfama. A participação no filme "Fados", de Carlos Saura (2007), deu-lhe uma certa visibilidade. Entretanto, o seu blogue de viagens, que relatava a sua volta ao mundo em acções humanitárias, ganhava cada vez mais adeptos. No regresso dessa viagem, Carminho assumiu de vez a vocação para o fado. A base de fãs foi crescendo.

 

 

O disco de estreia chegou finalmente. E chama-se, simplesmente, "Fado". A crítica tem-se rendido a esta voz jovem, mas de texturas fortes. "Carminho abre a boca para cantar e sente-se que aquele fado é verdadeiro, vindo do fundo do tempo e do fundo da alma", escreveu António Pires (blogue Raízes e Antenas), quando Carminho ainda era um segredo.

 

http://www.carminho.net

 

 

Feira da Moita 2011 - Expensive Soul

 

15 de Setembro de 2011
23h00

 

Moita

 

Hip-hop cheio de funk e soul - com o melhor falsete masculino da música portuguesa? - é o coração do projecto de Leça da Palmeira. Propuseram uma nova "Utopia" e o éter nacional reagiu com franca atenção a temas como "Amor é mágico".