Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

15ena da Juventude 2018: “Cria o Teu Projeto” com elevada participação

15ena Juventude 2018.jpg

 

O Gabinete da Juventude da Câmara Municipal do Barreiro lançou o desafio “Cria o Teu Projeto” e os jovens e associações juvenis ou equiparadas do Concelho responderam com elevada participação. Nesta iniciativa, desenvolvida no âmbito da 15ena da Juventude, foram entregues 36 projetos, 12 provenientes de associações, 21 de grupos informais e de jovens a título individual.

 

Bruno Vitorino, Vereador responsável pela área da Juventude da Autarquia, realça a adesão “bastante significativa” a este projeto, que pretende pôr à prova a criatividade e o espírito empreendedor dos jovens barreirenses.

“Este tipo de iniciativas pretendem ser um catalisador para que, no futuro, estes e outros jovens possam, com o seu empreendedorismo, criar projetos sólidos que contribuem para o desenvolvimento do nosso Concelho”, acrescenta.

 

Os projetos entregues estão, agora, em fase de análise e, posteriormente, serão dados a conhecer num vasto programa que integrará as artes plásticas, as artes performativas, o desporto e atividades ao ar livre, workshops e palestras, torneios de videojogos, concursos, teatro, dança, entre outras formas de expressão.

Após avaliação das candidaturas, os projetos aprovados terão oportunidade de integrar a programação da 15ena da Juventude, marcada para 9 de março até 01 de abril.

 

A 15ena da Juventude é uma mostra de ideias e projetos de jovens do Concelho e associações cuja a sua natureza esteja ligada à área da juventude. Os projetos têm o apoio do Gabinete da Juventude da Câmara Municipal do Barreiro através de recursos e meios que permitem a sua realização.

Os jovens envolvidos fazem parte de todo o processo, proporcionando-lhes a oportunidade de participar ativamente na dinâmica do Concelho nas mais diversas áreas.

 

A aposta deste ano tem como principal foco a promoção de jovens empreendedores nas áreas culturais, sociais e tecnológicas.

A extensa oferta de iniciativas procurará dinamizar as instalações municipais e equipamentos do Movimento Associativo, bem como do Comércio local, com eventos descentralizados, a criação de um circuito de artes plásticas e a reflexão sobre o espaço público e património do Concelho.

 

A imagem da 15ena da Juventude é da autoria da jovem designer barreirense, Ana Silva, criadora da marca Hoffdot.

 

 

CMB

Uma noite mágica na 5ª Edição dos Prémios E! Red Carpet

4TZ_0946.jpg

 

O Alcântara Café foi o local escolhido para receber e homenagear as celebridades que se destacaram em 2017!
E os vencedores são...

Fotografias E! Red Carpet 2018 aqui

Vídeo E! Red Carpet 2018 aqui

A noite de Prémios E! Red Carpet já é conhecida pela sua elegância, glamour, sensualidade e boa disposição. A Edição dos Prémios E! não foi exceção, numa noite mágica onde todas as celebridades estiveram à altura desta Passadeira Vermelha carregada de encanto e de muito talento.

 

A grandiosa cerimónia do E!, foi conduzida por Marta Aragão Pinto, Embaixadora do Canal E! em Portugal, e por Léonor Grandsire, Managing Director da Universal Networks International para o Sul da Europa, às quais se juntaram os jurados de renome na indústria do entretenimento e da blogosfera, em Portugal. Pimpinha Jardim (Apresentadora de Televisão), Tiago Froufe (Especialista de Conteúdo Digital e Fundador dos Bons Rapazes), Mariana Alvim (Locutora da RFM), Jaime Martins Alberto (Diretor da New In Town) e João Jacinto (Blogger do Gentleman’s Mail). Este evento contou também com o apoio e participação das agências Glam, Notable, Naughty Boys, Hit Management, L’Agence, Central Models, Blast, Karacter, Milenar, Agência Box, Elite, Next Management e Be Influence.

 

Marta Aragão Pinto deu inicio ao evento, com uma selfie com todos os convidados, dando assim as boas vindas a todos. De seguida, anunciou os verdadeiros vencedores desta edição.

 

O primeiro prémio, Prémio Revelação foi entregue a Tiago Teotónio Pereira, que agradeceu a todos pelo apoio nesta fase importante da sua carreira.

 

De seguida o Prémio Blogger E! foi entregue a Mafalda Sampaio – A Maria Vaidosa. A blogger agradeceu por todo o apoio que tem recebido e agradeceu também aos restantes nomeados e à sua agência.

 

O Prémio E! Carreira foi entregue a Paulo Pires, um dos atores portugueses mais reconhecidos. O ator agradeceu à sua agência e a todos os que o apoiaram ao longo do percurso. Referiu ainda, que fazer de vilão nas telenovelas recompensa.

 

E por fim, os Prémios Red Carpet Homem e Mulher foram entregues por Léonor Grandsire, Managing Director da Universal Networks para o Sul da Europa e por Marta Aragão Pinto a duas estrelas em ascensão e que arrasam qualquer passadeira vermelha. Luis Borges e Kelly Bailey, os vencedores desta categoria, abordaram a importância de criar o próprio estilo e é isso mesmo que o canal encoraja.

 

A 5ª Edição dos Prémios E! Red Carpet Portugal, tal como as edições anteriores, procurou celebrar a Cultura Pop, brindando todos os convidados com uma performance de dança, muito charme e glamour. Este ano em celebração e antecipação da 90ª cerimónia dos Óscares, os Prémios E!  celebraram este momento também pela sua grandiosidade e referência, no grande evento. Por isso, o evento foi remetido para a década de 20 onde todos os convidados sentiram o espirito desta década especial, através da música, espaço e decoração.

 

“Março a Partir” está a chegar Associações juvenis recebem 5 mil euros para atividades A 23.ª edição do “Março a Partir”, mês da juventude no concelho de Palmela, apresenta um vasto programa de atividades que representa o culminar do

“Março a Partir” está a chegar

Associações juvenis recebem 5 mil euros para atividades

 

A 23.ª edição do “Março a Partir”, mês da juventude no concelho de Palmela, apresenta um vasto programa de atividades que representa o culminar do trabalho desenvolvido, ao longo do ano, com e para o público juvenil.

Na reunião do Executivo de 7 de fevereiro, o Município aprovou a atribuição de apoios financeiros, no valor global de 5 mil euros, à Associação Juvenil Odisseia e à Associação Juvenil COI, com vista à concretização das atividades previstas no programa.

Promovido pelo Município, associações juvenis, grupos informais de jovens e entidades que desenvolvem trabalho com a juventude, o “Março a Partir” tem-se assumido como Escola de Participação e de Associativismo. O Grupo de Trabalho, aberto à participação de todas as entidades, planeia o trabalho e apresenta as propostas à Mesa Redonda, estrutura mais alargada, onde tudo é decidido, desde o programa à utilização dos apoios. As Associações Juvenis e o Grupo de Trabalho têm sob sua responsabilidade a gestão financeira e a prestação de contas do projeto. A equipa técnica municipal da área acompanha todo o processo, colocando os recursos municipais ao serviço das dinâmicas juvenis.

O programa do “Março a Partir” 2018 será apresentado em breve e a primeira eliminatória do Warm Up “Março a Partir”, concurso de bandas amadoras de Palmela, realiza-se a 17 de fevereiro.

 

 

 

Nomeados aos Prémios Sophia 2018 e Melhor Cartaz Sophia são conhecidos já no final do mês

Prémios Sophia

 

A maior noite do cinema português, a cerimónia dos Prémios Sophia, está cada vez mais próxima e os nomeados às várias categorias deste ano serão conhecidos já no final deste mês, no dia 27 de fevereiro, numa conferência de imprensa com hora de início prevista para as 18h00 na Cinemateca Portuguesa.

A conferência será conduzida por dois atores bastante queridos do público português, e membros da Academia Portuguesa de Cinema, Margarida Vila Nova e Miguel Nunes, que contracenaram no filme “Cartas de Guerra” de Ivo M. Ferreira, vencedor do galardão de Melhor Filme na edição do ano passado dos Prémios Sophia.

Antes do anúncio dos nomeados nas várias categorias a concurso este ano, será entregue, pela primeira vez, o galardão do Melhor Cartaz Sophia a Luís Carlos Amaro pelo cartaz do filme “Treblinka” realizado por Sérgio Treffaut. Em segundo lugar ficou o cartaz do filme “A Floresta das Almas Perdidas", desenhado por José Pedro Lopes e Francisco Lobo, e em terceiro lugar o cartaz do filme “Ornamento e Crime" de António Antunes (Tó Tripes)”. O troféu será entregue pelo júri deste prémio: Paulo Trancoso, presidente da Academia Portuguesa de Cinema, Leonel Moura, escultor e pintor, Nuno Sá Leal, diretor da Associação Portuguesa de Designers, Igor Ramos, designer, e José Brandão, professor universitário e designer.

A noite contará ainda com a revelação dos nomes dos homenageados deste ano ao Prémio Carreira, que distingue as personalidades que dedicaram largos anos da sua vida ao cinema português.

Esta cerimónia antecede a entrega dos Prémios Sophia 2018, que terá lugar no Casino Estoril na noite de domingo, 25 de março.

Vencedor do Arroios Film Festival nomeado para Óscares 2018

A curta-metragem, Watu Wote, que venceu a 2ª edição do Arroios Film Festival está nomeada para os Óscares 2018, na categoria de Curta-Metragem de Imagem Real.

 

A alemã Katja Benrath triunfou ao ganhar o Libertas AFF Best Short Film no ano passado, através da produção de um verídico ataque terrorista a um autocarro de passageiros no Quénia. Agora, com o mesmo filme, pode levar para casa a estatueta da Academia de Hollywood.

 

Já falta pouco tempo para saber se o projeto cultural em Arroios foi a passadeira vermelha rumo ao óscar! J

Faiança do Mosteiro de São João de Tarouca agora também em E-book

Livro_Capa.jpg

 

Há cerca de dois anos era publicado aquele que foi considerado um "trabalho inovador e profundamente transdisciplinar" na área do estudo da cerâmica em Portugal. Hoje, como em 2015, “A Faiança Portuguesa de Olaria na Intervenção Arqueológica no Mosteiro de São João de Tarouca” continua a ser um ponto de viragem no estudo da faiança portuguesa. É neste contexto que o Museu de Lamego e Vale do Varosa alargam agora o seu acesso, disponibilizando livremente a obra em forma de e-book, dando assim resposta às muitas solicitações que chegam de investigadores portugueses e estrangeiros, ao mesmo tempo que o Museu de Lamego e Vale do Varosa cumprem mais uma vez o seu objetivo de chegar ao maior número de pessoas possível.

Fotos do primeiro filme realizado por Diogo Infante, captadas no passado fim de semana no Parador Casa da Ínsua

PRIMEIRO FILME DE DIOGO INFANTE

RODADO NO PARADOR CASA DA ÍNSUA

Interior Casa da Ínsua.jpg

 

O Parador Casa da Ínsua, em Penalva do Castelo, é o palco escolhido para a realização da primeira produção cinematográfica do consagrado ator, encenador e diretor artístico Diogo Infante. “Olga Drummond” é o nome da produção portuguesa, escrita e realizada por Diogo Infante, que conta com a participação de dois dos mais respeitados e versáteis atores do país, Eunice Muñoz e Ruy de Carvalho.

A estreia de Diogo Infante na realização de “Olga Drummond” é, na sua essência, uma homenagem a todos os atores do Teatro, do Cinema e da Televisão de Portugal. A Eunice Muñoz e Ruy de Carvalho, atores com uma longa e rica vida de memórias para partilhar e que acumulam mais de 75 anos de carreira, junta-se uma nova geração, representada pela atriz Isabel Abreu, recentemente galardoada com o Globo de Ouro de Melhor Atriz de Teatro 2017, e outras atrizes consagradas como Lourdes Norberto, Manuela Maria, Rita Salema e Patrícia Tavares, entre outros talentos da representação nacional..

Produzido pela MGN Filmes, ”Olga Drummond” ficará pronto ainda em 2018.

Não é a primeira vez que o histórico e centenário solar cinco estrelas do Grupo Visabeira é cenário de grandes produções nacionais. Já em 2005, o realizador José Fonseca e Costa rodou o filme “Viúva Rica Solteira Não Fica”, um dos filmes portugueses mais visto nas salas de cinema nacionais, em 2006.

O Parador Casa da Ínsua é uma unidade de charme localizada em Penalva do Castelo, a cerca de 25 quilómetros de Viseu, que se distingue pela traça histórica da casa senhorial, pelos seus exuberantes jardins inglês e francês, e também pela gastronomia, vinhos, atividades de campo e história inigualável do seu espaço. O edifício remonta ao século XVIII, altura em que foi mandado construir por Luís Albuquerque, Governador de Cuibá e Mato Grosso, no Brasil. Hoje, preserva a essência histórica e continua a produzir de forma autêntica vinhos, compotas e o queijo da Serra da Estrela DOP, a que alia a arte de bem receber.

EHLIU, O CONVITE INEGÁVEL PARA DANÇAR > Descubra "Bailando Tu y Eu"

 

Os ritmos latinos com sonoridade de verão são-nos trazidos pelo Ehliu com “Bailando tu y eu”. O novo single do artista algarvio já saiu e promete conquistar os ouvintes com a sua energia positiva.

Em estreia com a Music For All, a nova música de Ehliu será muito possivelmente a banda sonora do seu próximo verão! “Bailando Tu y Eu” tem um ritmo irresistível: uma vez ouvido, não nos sai mais da cabeça.

Num estilo Afro-Latino, Ehliu faz-nos um convite para dançar, o qual não poderemos negar.

FILIPE MELO REGRESSA AO CINEMA COM SLEEPWALK

 

 

Após um intervalo de 10 anos, o músico e autor de BD regressa à realização com a curta-metragem Sleepwalk, uma co-produção Portugal / EUA.

 

Sleepwalk é a adaptação ao cinema do conto de BD com o mesmo nome, de Filipe Melo e Juan Cavia, publicado pela primeira vez na revista Granta Portugal – a convite de Carlos Vaz Marques. A história de um homem que percorre o interior dos EUA em busca de uma tarte de maçã deu também origem ao livro Comer/Beber, editado pela Tinta da China.

 

Em 2018, Sleepwalk chega ao grande ecrã, em formato de Curta-Metragem. Rodado em Los Angeles, na California, em Novembro de 2017, o filme é produzido por Sandra Faria (Força de Produção, PT), em co-produção com Carlos Berrizbeitia (Libre, EUA) e conta com o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian. 

 

Filipe Melo assina a realização, argumento e a banda sonora original – que conta com a participação de Norberto Lobo, na guitarra. Dillon Bennett (Black MirrorAlien: ConvenantCapitão Phillips, A Teoria de Tudo) é o responsável pelo desenho de som e Juan Cavia  (O Segredo dos Seus Olhos ) juntamente com Walter Cornás assinam a direcção de arte. 

 

Filipe Melo estreou-se no cinema em 2003 com a curta-metragem de culto I’ll See you in my dreams, vencedora do Fantasporto, do Méliès d´Or e de mais 12 prémios internacionais. Em 2008 escreveu e realizou Um Mundo Catita, a primeira série de ficção produzida pela RTP2. Sleepwalk marca o seu regresso à realização e é o primeiro registo cinematográfico produzido pela Força de Produção. 

 

O filme encontra-se, neste momento, em pós-produção, tendo estreia prevista para 2018. 

 

INventa Museu 7 destaca coleção de fotografia “Mascarenhas Gaivão”

RevistaINventaMuseu_07_Capa.jpg

 

Abrangem um século de produção fotográfica. São cerca de 2500, avulsas ou integradas em álbuns, datadas de 1847 até meados do século XX. Reúnem um leque de autores portugueses, profissionais ou amadores, dos mais conhecidos deste período, sem esquecer a presença de franceses, ingleses, alemães, entre outros. Esta é a coleção de fotografia da família duriense Mascarenhas Gaivão que deu origem a 4 exposições, 13 vezes patentes ao público em 3 países de 2 distintos continentes, 3 catálogos publicados, a que se junta agora a revista INventa MUSEU 7.