Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Festival de Teatro ORIENTE-SE tem início no dia 30 de Setembro | Lisboa

ORIENTE-SE – Festival de Teatro | 30 de Setembro a 4 de Novembro

 

Contacto, de Ovar, é a primeira convidada

do ORIENTE-SE - Festival de Teatro Amador

 

ORIENTE-SE.jpg

 

A primeira edição de Oriente-se – Festival de Teatro Amador tem início no dia 30 de Setembro. O primeiro grupo a pisar o palco deste Festival é a Contacto – Companhia de Teatro Água Corrente de Ovar, com a peça “O Cavaleiro da Triste Figura”, às 21h30, no Auditório Fernando Pessa.

O Festival ORIENTE-SE prolonga-se até 4 de Novembro, acolhendo seis grupos oriundos de várias zonas do País. O anfitrião deste Festival é o Teatro Contra-Senso, grupo de teatro amador, sediado em Marvila, que este ano celebra duas décadas. A criação desta festa do teatro é a forma de comemorar o seu vigésimo aniversário.

O actor Pedro Górgia é o Padrinho desta primeira edição de Oriente-se.

 

O CAVALEIRO DA TRISTE FIGURA

Um leitor resolve lançar-se ao gigantesco “D. Quixote de la Mancha”, movido pela curiosidade de descobrir a verdadeira fama desta personagem com mais de 400 anos de existência, inspiradora de artistas de tantos tempos como ofícios em todo o mundo. O entusiasmo é tal que não consegue estar quieto na leitura. Salta, esbraceja e grita, como se tivesse sido engolido pela história do Cavaleiro da Triste Figura e faz-nos um convite: segui-lo através das mais bizarras aventuras que encontra nas páginas do volumoso livro de Cervantes. Aceitemos o convite e embarquemos com ele nas aventuras de um homem que ousou sonhar.

 

ORIENTE-SE – Festival de Teatro Amador

Sábados | 30 de Setembro a 4 de Novembro de 2017

Auditório Fernando Pessa

Rua Ferreira de Castro

Dolce Vita Ovar com noites de fado ao vivo

image007.jpg

 

Entre os meses de janeiro e junho, o Dolce Vita Ovar é palco da iniciativa “Noites de Fado”. Os espetáculos terão lugar na Praça da Restauração, pelas 20h00, sendo o primeiro concerto no dia 20 de janeiro que conta com o fado de Jorge César.

 

As “Noites de Fado” estão reservadas para as sextas-feiras à noite e contam com artistas como Ana Cristina, no dia 17 de fevereiro, a fadista Filomena Silva no dia 31 de março, já no dia 28 de abril, será a vez da fadista Filomena Sousa. No dia 26 de maio, o palco volta a ser de Jorge César, para fechar o programa de fados, o Dolce Vita Ovar conta com a Isa de Castro no dia 30 de junho.

 

Os fadistas, contam também com o apoio de Amável Carneiro na guitarra portuguesa e com Pedro Martins na viola. O Dolce Vita Ovar, pretende estimular o gosto pela música e a cultura juntos dos habitantes da região.

As próximas paragens do Cubo || Lisboa e Ovar

ec5e51a9-0f68-46b0-81fb-f3a40fab45ee.png

 

 

|| ROTA DO PRÓXIMO FIM-DE-SEMANA ||

De Fevereiro a Abril o UM AO MOLHE – Festival Itinerante de ONE-MAN-BANDS - leva o que de melhor se faz na música a solo aos palcos de norte a sul de Portugal -  e este ano conta também com uma tour em Espanha e França. Na última semana 20 a 26 de Março, o Cubo vai até LISBOA e ÉVORA e leva na mala Mr. Gallini​ | Izzy Bunny​ | CASUAR:​ | Crossmoke​ | King John​ | Afta ヘルペス 3000​ | Coelho Radioactivo​ | Joana Guerra​ | O Manipulador​ | Daniel Catarino​ | Luca Argel​ e Nial . 

2344cbbb-cc1f-4c51-aae4-eef591b17d3f.png

c101edf6-465c-466f-a01c-a702599fa6a3.jpg

 

 

Dolce Vita Ovar expõe obras de pintura da artista Madô

image002.jpg

 

O Dolce Vita Ovar recebe entre os dias 23 de janeiro e 19 de fevereiro uma exposição de pintura com obras da artista Madô. As obras podem ser visitadas durante o horário normal de funcionamento do Centro na Galeria Vit´Art.

A exposição é uma viagem pelo percurso de vida da artista que nasceu no Alentejo mas que vive em Aveiro há 26 anos. Madô é uma autodidata que dedicou os seus últimos 12 anos à pintura, estudando e desenvolvendo técnicas de pintura em várias superfícies. Começou pela pintura a óleo e acrílico sobre tela, tem trabalhado nas artes decorativas e explorado técnicas como One stroke, Country, Still life, Trompe l’oeil, Bauernmerlier ou Wet on Wet.

Madô quer difundir o seu gosto pela arte e para isso tirou um Curso de Formadora, com o qual dá formações sobre pintura.

O Dolce Vita Ovar promove e incentiva os artistas da região, ajudando a que divulguem os seus trabalhos junto do público que assim pode incentivar o gosto pelas artes.

Cinema Dolce Vita estreia filme produzido em Ovar

image002.jpg

 

O Dolce Vita Ovar recebe a estreia de um filme realizado e produzido em Ovar, com uma equipa maioritariamente ovarense. “O fim das noites de verão” ganha vida na grande tela no dia 11 de fevereiro pelas 18h30 na sala de cinema do Dolce Vita Ovar. O filme terá duas sessões, a primeira apenas para convidados e uma segunda no dia 12, aberta ao público e de forma gratuita.

Esta curta-metragem conta as emoções sentidas numa noite de verão por quatro jovens que sentem a aproximação do Outono. Estação que virá acompanhada de responsabilidades e decisões que os jovens vão ter de tomar, trazendo o fim da feliz e despreocupada adolescência dos quatro jovens.

Afonso Marmelo, jovem de 22 anos que vive em Ovar desde os 10 anos, é o realizador e co-responsável pelo argumento e montagem do filme. Apesar da sua jovialidade, Afonso tirou o curso de tecnologia e comunicação audiovisual do Instituto Politécnico do Porto e tendo já realizado vários trabalhos com, a AVANCA | CINEMA em 2014, realizou também várias formações complementares no festival de cinema FEST 2015. Fez ainda, um curso de edição de vídeo e som com o João Braz, um cineworkshop de DSLR e um curso de verão Cine-Vídeo na Escola Artística Soares dos Reis. 

 

O Dolce Vita Ovar encara o trabalho dos jovens da região com muita importância e em resposta às suas necessidades, promove ações como esta, dando a conhecer o talento e o excelente trabalho que os seus jovens realizam.

 

 

VENCEDOR DO THE VOICE VAI CANTAR E ENCANTAR NO DOLCE VITA OVAR

image002.jpg

 

Iniciativa “À sexta-feira é outra música”

 

Entre os meses de janeiro e junho, o Dolce Vita Ovar é palco de noites de música ao vivo. A iniciativa “À sexta-feira é outra música” decorre na Praça da Restauração, pelas 20h00, com a promessa de animar as sextas-feiras dos amantes de música. 

 

A abertura da temporada, é feita por Fernando Daniel, vencedor do programa televisivo “The Voice 2016”, que promete encantar, no dia 27 de janeiro, até o público mais exigente. No dia 24 de fevereiro é a vez de Marisa e Leco, também concorrentes do “The Voice 2016”, cativarem os visitantes do Centro Comercial. Já dia 17 de março, o palco pertence a Miguel e Elis, que com a chegada de dias mais quentes e mais longos, trazem ao Dolce Vita Ovar a animação da música brasileira. No dia 14 de abril, outro concorrente do “The Voice 2016”, Sérgio Alves, garante a festa dessa sexta-feira com muita animação. No dia 12 de maio, os artistas Miguel e Elis voltam ao palco com a música brasileira. Para finalizar a programação, no dia 16 de junho, contaremos com a presença do fantástico Jazz Quintet.

 

Com estas iniciativas, o Dolce Vita Ovar pretende estimular o gosto pela música e promover momentos de lazer dedicados aos seus Convidados.  

 

SAVANNA - Mini Tour passa por Ovar, Coimbra, Porto e Lisboa.

 
 

0234c4e8-dba4-4254-8d6a-5f23341bb215.jpg

 

SAVANNA

 

Ao vivo no Porto, Ovar, Coimbra e Lisboa

 

25 de Novembro - Plano B - Porto 

26 de Novembro - Casa do povo - Ovar
27 de Novembro - Aqui Base Tango - Coimbra
02 de Dezembro - Festa Pontiaq TimeOut Market - Lisboa 

 

O quarteto composto por Miguel Vilhena, Tiago Vilhena, Pedro Castilho e Pedro Nobre inicia uma mini -tour com um concerto no Plano B no dia 25 de Novembro, sexta-feira.

No dia 26 (sábado) a banda desloca-se à Casa do Povo em Ovar e termina o fim-de-semana em Coimbra no Aqui Base Tango. Esta viagem ternima em grande no dia 2 de Dezembro na festa pontiaq no TimeOut Market no Mercado da Ribeira. 

Esta mini tour marca o regresso da banda aos palcos após a entrada de Pedro Nobre na Bateria.  

"Get It Right" é o mais recente tema de Savanna e conta já com mais de 10 mil visualizações no Youtube. 

 

Os Savanna são filhos adoptivos de uma Lisboa surreal, nascidos nas beiras e empurrados para a capital por um bulldozer cheio de neons coloridos. Estes quatro rapazes unem as décadas de 60 e 70 na contemporaneidade praticando um exercício de acústica suja, analógico-espiritual repleto de melodias orelhudas e estranheza psicadélica.
Após o lançamento do LP “Dreams To Be Awake”, que conta com singles como “Fancy Pants”, “Gods We Are”, “Safari” e “Hot Winds”, os Savanna apresentaram-nos uma versão profana dos Black Sabbath e o seu mais recente single “Get It Right”, desvendando assim a sua faceta mais dançável onde os sintetizadores dreamy são polvilhamos de explosões nervosas detonadas por guitarras indisciplinadas. 

A banda prepara-se agora, em laboratório, o novo álbum perspectivado para 2017.

99dd186d-3d6a-47fc-82db-8e4c34759371.png

 

SAVANNA - Mini Tour passa por Ovar, Coimbra, Porto e Lisboa.

 

0234c4e8-dba4-4254-8d6a-5f23341bb215.jpg

 

SAVANNA

 

Ao vivo no Porto, Ovar, Coimbra e Lisboa

 

25 de Novembro - Plano B - Porto 

26 de Novembro - Casa do povo - Ovar
27 de Novembro - Aqui Base Tango - Coimbra
02 de Dezembro - Festa Pontiaq TimeOut Market - Lisboa 

 

O quarteto composto por Miguel Vilhena, Tiago Vilhena, Pedro Castilho e Pedro Nobre inicia uma mini -tour com um concerto no Plano B no dia 25 de Novembro, sexta-feira.

No dia 26 (sábado) a banda desloca-se à Casa do Povo em Ovar e termina o fim-de-semana em Coimbra no Aqui Base Tango. Esta viagem ternima em grande no dia 2 de Dezembro na festa pontiaq no TimeOut Market no Mercado da Ribeira. 

Esta mini tour marca o regresso da banda aos palcos após a entrada de Pedro Nobre na Bateria.  

"Get It Right" é o mais recente tema de Savanna e conta já com mais de 10 mil visualizações no Youtube. 

Os Savanna são filhos adoptivos de uma Lisboa surreal, nascidos nas beiras e empurrados para a capital por um bulldozer cheio de neons coloridos. Estes quatro rapazes unem as décadas de 60 e 70 na contemporaneidade praticando um exercício de acústica suja, analógico-espiritual repleto de melodias orelhudas e estranheza psicadélica.
Após o lançamento do LP “Dreams To Be Awake”, que conta com singles como “Fancy Pants”, “Gods We Are”, “Safari” e “Hot Winds”, os Savanna apresentaram-nos uma versão profana dos Black Sabbath e o seu mais recente single “Get It Right”, desvendando assim a sua faceta mais dançável onde os sintetizadores dreamy são polvilhamos de explosões nervosas detonadas por guitarras indisciplinadas. 

A banda prepara-se agora, em laboratório, o novo álbum perspectivado para 2017.

99dd186d-3d6a-47fc-82db-8e4c34759371.png

 

Richard Bona, um nome maior neste Festim 2015!

O Festim traz um dos maiores vultos da world music à região
Richard Bona em dose tripla no Festim!


SÁB 11 JULHO, 22:00 – OVAR
Praia de Esmoriz

http://www.festim.pt/
http://www.facebook.com/dorfeu.festim

image (2).png

 

 

Richard Bona, um dos maiores baixistas do mundo, é uma lenda viva. Ter nascido numa pequena aldeia africana não o impediu de vir a tocar com nomes como Pat Metheny, Chick Corea ou Bobby McFerrin. Talento puro, diz-se que Bona tem o dom de aprender a tocar qualquer instrumento apenas por observar. Cantor, compositor, multi-instrumentista, Bona mistura as raízes africanas com o jazz contemporâneo, num mapa de sonoridades que vai da balada ao rock tropical, passando pela rumba e pela fusão. Bona estará no Festim acompanhado pela sua banda inter-racial, para três concertos de nível mundial.


13 Junho a 25 Julho 2015  |  7ª edição
ÁGUEDA * ALBERGARIA-A-VELHA * SEVER DO VOUGA
OVAR * ESTARREJA * OLIVEIRA DO BAIRRO

Kepa Junkera & Sorginak (País Basco, Espanha)
Jacky Molard Quartet (Bretanha, França)
Noreum Machi (Coreia do Sul)
Hamilton de Holanda e Diogo Nogueira (Brasil)
Brigada Victor Jara (Portugal)
Richard Bona (Camarões)
Orquesta Típica Fernández Fierro (Argentina)
Ferro Gaita (Cabo Verde)


http://www.festim.pt/
http://www.facebook.com/dorfeu.festim

Do Extremo Oriente, Noreum Machi no Festim 2015!

Depois de País Basco e Bretanha, o Festim propõe viagem ao outro lado do mundo
Este fim-de-semana, directamente da Coreia do Sul, Noreum Machi!

image.png

 


SEX 26 JUNHO, 22:00 – OVAR
Jardim do Cáster

http://www.festim.pt/
http://www.facebook.com/dorfeu.festim

 

 

O grupo sul-coreano Noreum Machi conjuga uma alucinante técnica de percussão de tambores e cantos xamânicos, com danças e rituais ancestrais da velha tradição oriental. Apresentam um espectáculo original que funde tradição, exotismo e modernidade, conquistando o público através da profunda emoção da sua performance. Instalado o transe, os Noreum Machi partem para cavalgadas rítmicas de deixar os olhos em bico. Com uma energia digna de Festim, transformam a percussão tradicional coreana em algo que soa tremendamente contemporâneo. O Extremo Oriente chega ao Festim!


13 Junho a 25 Julho 2015  |  7ª edição
ÁGUEDA * ALBERGARIA-A-VELHA * SEVER DO VOUGA
OVAR * ESTARREJA * OLIVEIRA DO BAIRRO

Kepa Junkera & Sorginak (País Basco, Espanha)
Jacky Molard Quartet (Bretanha, França)
Noreum Machi (Coreia do Sul)
Hamilton de Holanda e Diogo Nogueira (Brasil)
Brigada Victor Jara (Portugal)
Richard Bona (Camarões)
Orquesta Típica Fernández Fierro (Argentina)
Ferro Gaita (Cabo Verde)

http://www.festim.pt/
http://www.facebook.com/dorfeu.festim