Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Exposição "Fogueira em noite de inverno" em Palmela | 14 artistas plásticos - Ateliê Experimental da Sociedade Nacional de Belas Artes

 

Expo Fogueira.jpg

 

Na Biblioteca Municipal de Palmela até 20 de maio

Coletiva de Arte Contemporânea reúne 14 artistas plásticos

 

A exposição coletiva de Arte Contemporânea “Fogueira em noite de inverno” pode ser visitada até 20 de maio, na Galeria da Biblioteca Municipal de Palmela.

Esta mostra - uma organização da Câmara Municipal de Palmela com o Ateliê Experimental da Sociedade Nacional de Belas Artes - reúne trabalhos de 14 artistas plásticos em torno de temas tão diversos como a relação entre o homem e a cidade, ecologia, o papel da mulher nas sociedades e os conflitos e dramas sociais e humanos. «Cada um destes artistas pesquisa, questiona e propõe trabalhos (muitos deles experimentais) nas mais diversas áreas e disciplinas. Do desenho ao objeto, da grafite aos policarbonatos, tudo é permitido desde que justificado».

A exposição poderá ser visitada no seguinte horário: 3.ª, 5.ª e 6.ª feira, das 10h30 às 19h00; 4.ª feira e sábado, das 14h00 às 19h00. Encerra aos domingos, 2.ª feiras, 4.ª feiras no período da manhã e feriados.

 

 

Instalação monumental de Chaimite | 23 de abril, 10h30 - Pinhal Novo

Chaimite é símbolo do 25 de Abril

Instalação monumental nasce em Pinhal Novo

 

 

No âmbito das comemorações do 43.º aniversário do 25 de Abril, a Câmara Municipal de Palmela vai proceder, no dia 23 de abril, domingo, às 10h30, à instalação da viatura militar Chaimite V-200, símbolo da Revolução de 1974, na Rua Infante D. Henrique, em Pinhal Novo. Esta instalação, que surge de uma parceria estabelecida com o Exército Português, faz parte, também, de um objetivo mais amplo de requalificação urbana da zona sul da vila.

O Chaimite V-200 assumiu protagonismo histórico no 25 de Abril, sendo parte integrante da sua imagética. O Capitão Salgueiro Maia saiu num chaimite de Santarém para Lisboa, onde tomou os ministérios do Terreiro do Paço e o quartel da Guarda Nacional Republicana, no Carmo. O veículo «Bula», numa operação liderada, também, por Salgueiro Maia, transportou o Presidente do Conselho de Ministros, Professor Marcello Caetano, do Quartel do Carmo, onde se rendeu ao Movimento dos Capitães, antes de partir para o exílio – rendição que marcou a queda do Estado Novo.

Fabricado em série, em Portugal, a partir de 1966, tendo por modelo o V-100 americano, o Chaimite V-200 é uma viatura auto-blindada porta metralhadora, que se destinava ao transporte de tropas e tinha capacidade para 11 pessoas. Após o PREC, os Chaimite voltaram a ser usados em exercícios e instrução e, nos anos 90, estiveram ao serviço no Kosovo e na Bósnia. Um veículo análogo ao que passará a estar em Pinhal Novo encontra-se em exposição no Museu do Combatente, em Belém.

 

Comemorações do 43.º aniversário do 25 de Abril no concelho de Palmela

25-abril_promo.jpg

 

43.º aniversário do 25 de Abril

Autarquias e Movimento Associativo mobilizam-se para comemorar Revolução dos Cravos

 

O concelho de Palmela mobiliza-se para o 43.ºaniversário da Revolução de Abril, com as comemorações a cargo da Câmara Municipal, Juntas de Freguesia e Movimento Associativo.

Do extenso programa que assinala a data, em todas as freguesias, com propostas que abrangem diversas áreas de expressão cultural e artística e de convívio, destacam-se a inauguração da instalação da viatura militar Chaimite V-200, no dia 23, em Pinhal Novo; a exposição “Cravos de Abril”, de Sónia Domingos, no Cine-teatro S. João; a exposição “O 25 de Abril na Imprensa”, no Auditório Municipal de Pinhal Novo; a projeção, dia 21, do filme “Outro País” de Sérgio, Trefault, no Auditório Municipal de Pinhal Novo; o espetáculo “Canções em Liberdade”, com Conceição Silva, nos dias 22 e 23, no Centro Cultural de Poceirão e no Grupo Popular e Recreativo Cabananense, respetivamente; o Teatro Infantil “A Revolução na Caixa de Costura”, dia 23, na Sociedade de Instrução Musical, em Quinta do Anjo, e no Sobreiro Monumental, em Água de Moura, por Estórias com Asas; o espetáculo “Rogério Charraz & os Irrevogáveis”, dia 24, no Salão dos Bombeiros Voluntários de Pinhal Novo, e o espetáculo “Pedro Mestre e Ausentes do Alentejo”, dia 25, no Cine-teatro S. João.

Destaque, ainda, para a sessão solene da Assembleia Municipal, dia 25, às 11h00, na Biblioteca Municipal de Palmela.

Programa completo em www.cm-palmela.pt.

 

 

 

 Destaques de programação

 

23 Abril |10h30| Rua Infante Dom Henrique, Pinhal Novo

Inauguração da Instalação da Viatura Militar CHAIMITE V-200

Um símbolo da Revolução de Abril de 1974.

 

25 abril a 13 maio |Foyer do Cine-teatro S. João, Palmela

Exposição “Cravos de Abril”

De Sónia Domingos.

Crochet contemporâneo. Novas linhas de uma tradição, reciclando peças e saberes tradicionais e transformando o comum em arte.

 

20 abril a 31 maio |Auditório Municipal de Pinhal Novo

Exposição “O 25 de Abril na Imprensa”

 

21 abril |21h30 | Auditório Municipal de Pinhal Novo

Cinema: “Outro Pais”

Um filme de Sérgio Tréfaut.

 

22 abril| 21h30 | Centro Cultural do Poceirão

23 abril |16h30 | Grupo Popular e Recreativo Cabanense

“Canções em Liberdade”- Conceição Silva

Recordamos poetas e músicos que, antes e depois da Revolução de Abril, deram expressão artística à Liberdade. Celebrando essa preciosa conquista, serão interpretadas canções de José Afonso, José Mário Branco, Fausto, Sérgio Godinho, Chico Buarque, Ary dos Santos e José Luís, entre outros.

 

23 abril

11h00 | Sociedade de Instrução Musical, Quinta do Anjo

15h00 | Sobreiro Monumental, Águas de Moura

Teatro Infantil: “A Revolução na Caixa de Costura”

Por Estórias com Asas.

Uma caixa de costura com habitantes muito especiais é o ponto de partida desta história. Entre passos de dança e revoluções, fala-se de política e cidadania, pela voz de alfinetes, dedais, agulhas e tesouras. Com humor e alguma ironia, desvenda-se a identidade de um povo, que pode muito bem ser o nosso. Poderá um país caber inteiro numa caixa de costura?

 

24 abril |22h00 | Salão do Bombeiros Voluntários de Pinhal Novo

Rogério Charraz & Os Irrevogáveis e convidados

Rogério Charraz.jpg

 

Ao Pinhal Novo, Rogério Charraz & Os Irrevogáveis trazem as canções do mais recente disco e revisitam os dois primeiros álbuns, não deixando de assinalar o simbolismo do 25 de Abril com versões próprias de canções de Liberdade que trazem referências tutelares de nomes como os de Rui Veloso, Fausto, Jorge Palma ou Sérgio Godinho.

 

25 abril |11h00 | Biblioteca Municipal de Palmela

Sessão Solene da Assembleia Municipal

 

25 abril |22h00 | Cine-teatro São João

Pedro Mestre e Ausentes do Alentejo

Pedro Mestre.jpg

 

Neste espetáculo, Pedro Mestre irá presentear o público com temas inéditos, da sua autoria, modas do cancioneiro tradicional alentejano com um novo fôlego - onde a tradição e inovação se fundem - e modas de Abril do Cancioneiro do Alentejo.

Apresentamos: a Viola Campaniça, instrumento do Alentejo, com “Outros Cantes Do Sul”, o Cante Coral do Alentejo, acompanhados com diversos músicos e vozes.

 

Semana da Freguesia de Poceirão - 17 a 21 de abril | Programa

 

image003.jpg

 

Município dá visibilidade a Poceirão

Programa valoriza mundo rural e apresenta obra

 

 

O vasto território da freguesia de Poceirão é marcadamente rural e, além da pecuária, da agricultura e da produção de vinho, os hortofrutícolas continuam a ser uma referência de qualidade. Durante a semana de 17 a 21 de abril, que o Município de Palmela dedica a Poceirão, será dada particular atenção a este setor, com visitas a explorações e adegas, onde as culturas e produtos mais tradicionais convivem com apostas inovadoras, que diversificam a oferta e acrescentam valor.

A apresentação de projetos e obras em áreas como a rede viária, a educação ou o desporto – com destaque para o Polidesportivo de Poceirão, que será requalificado com recurso a fundos comunitários e ficará disponível quer para a comunidade educativa, quer para o público em geral – é mais uma das componentes desta semana, que integra, ainda, reuniões internas com o Executivo da Freguesia, com o movimento associativo e com o Agrupamento de Escolas José Saramago.

A reunião pública quinzenal realiza-se no dia 19, às 21 horas, no Grupo Desportivo e Recreativo “Águias da Aroeira”, com o período de participação do público a abrir a sessão. Durante a manhã de sexta-feira, dia 21, o Executivo Municipal com pelouros atribuídos promove atendimento descentralizado na Junta de Freguesia, mediante marcação prévia até às 12 horas de dia 20, através do telefone 212 336 650.

"Álbum de Família" - Movimento Associativo | Sessão adiada para 21 de abril

 

“Movimento Associativo” é o tema que fecha sessões temáticas

para partilha de fotos e memórias de Pinhal Novo

 

album de familia_promo.jpg

 

O conjunto de sessões temáticas que a Câmara Municipal de Palmela tem vindo a promover na Biblioteca Municipal de Pinhal Novo, no âmbito do projeto “Álbum de Família”, encerra a 21 de abril, às 21 horas, com um encontro dedicado ao Movimento Associativo.

A projeção de imagens históricas do espólio municipal, relativas à história de Pinhal Novo, está na base destas sessões, que se pretendem informais e participadas pela população. A recolha de informação e memórias que nos permitam ampliar o conhecimento que temos sobre a história e as vivências desta freguesia é o principal objetivo do projeto.

A Câmara Municipal continua a apelar à colaboração de todas/os para a construção do “Álbum de Família” de Pinhal Novo e consequente enriquecimento da historiografia local, através da participação nas sessões públicas e da cedência de fotografias do seu próprio álbum, para arquivo.municipal@cm-palmela.pt ou através do telf. 212 336 613 (8h30/12h00 e 13h00/16h30).

 

 

 

Pedro Mestre ao vivo | 24 de Abril em Faro, 25 de Abril em Palmela

PEDRO MESTRE
 
24 DE ABRIL | FARO, TEATRO DAS FIGURAS, 21h30
Com a participação do Rancho de Cantadores da Aldeia Nova de S. Bento
 
25 DE ABRIL | PALMELA, CINE-TEATRO S. JOÃO, 22h00
 

view.php.jpg

 

Campaniça do Despique” é o título do álbum e do concerto, que Pedro Mestre apresentou no dia  22 de Setembro de 2015, no Grande Auditório do CCB. Com uma plateia esgotada, o concerto evocou o mais belo do Cante Alentejano e o genuíno toque da viola campaniça, que desde sempre acompanhou os cantes de improviso no Alentejo, que surgiam de modo espontâneo em festas, romarias, nas tabernas e que ainda hoje acontecem, embora de modo organizado e performativo.
 
Depois da edição de vários trabalhos discográficos com os diversos grupos que integra, e passados vinte anos desde que iniciou o seu percurso musical, Pedro Mestre conquistou, em 2016, com o seu primeiro disco, em nome próprio - "Campaniça do Despique" - o prémio Carlos Paredes atribuído pela Câmara Municipal de Vila Franca de Xira.
 
Pedro Mestre é um dos grandes impulsionadores e embaixadores da música e tradições do Alentejo, construtor e professor de viola campaniça e de cante alentejano, é também, o responsável pelo projeto "Cante nas Escolas", com o apoio do Ministério da Educação, que visa a sensibilização dos jovens para o património cultural regional.
 
No dia 24 de Abril, Pedro Mestre apresenta "Campaniça do Despique", no Teatro das Figuras, em Faro, com a participação do Rancho de Cantadores da Aldeia Nova de S. Bento, pelas 21h30 e no dia seguinte, em Palmela, no Cine-Teatro S. João, pelas 22h00.
 

 

 

Castelos de Palmela e Lisboa unidos por visita encenada Almenara | Dia Internacional dos Monumentos e Sítios

Castelo de Palmela - interior.jpg

 

 

 

No dia 18 de abril, o Município de Palmela, em parceria com a EGEAC – Serviço Educativo do Castelo de S. Jorge, promove a iniciativa “Em Família no Museu”, com a realização da visita encenada Almenara.

            Esta visita, que assinala o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, tem início no Castelo de Palmela, às 10h30, seguindo-se almoço piquenique e visita ao Castelo de S. Jorge, em Lisboa, durante a tarde, com regresso a Palmela às 17 horas.

            A iniciativa evoca o episódio em que, após a vitória na batalha dos Atoleiros, em 1384, o Condestável D. Nuno Álvares Pereira acendeu grandes fogueiras – Almenaras - no Castelo de Palmela para alertar o Mestre de Avis, cercado em Lisboa pelos castelhanos, de que a ajuda estava próxima.

            O Dia Internacional dos Monumentos e Sítios é celebrado, este ano, sob o tema “Património Cultural e Turismo Sustentável”. A ligação histórica entre os dois monumentos nacionais dá o mote para este projeto de parceria, que contribui para o desenvolvimento cultural e turístico da região, favorecendo o fluxo de visitantes entre as duas margens do Tejo.

Palmela celebra segunda-feira das Merendas

Na segunda-feira após o domingo da Pascoela, dia 24 de abril, o Parque Venâncio Ribeiro da Costa, será o ponto de encontro para a população de Palmela, que se reúne, a partir das 12h00, na celebração da tradicional Segunda-feira das Merendas.

A Câmara Municipal e a Junta de Freguesia de Palmela convidam a população a participar  nesta tarde de convívio, encontro entre gerações e partilha de merenda, à semelhança do que acontecia por esta altura, em outros tempos, com as/os trabalhadoras/es rurais da vila. Esta data representava a passagem para o horário de verão e tornou-se costume os patrões darem a tarde de descanso, que se transformava numa grande festa comunitária, com música e jogos, em que cada família trazia a sua merenda, para repartir.

Castelos de Palmela e Lisboa unidos por visita encenada Almenara | Dia Internacional dos Monumentos e Sítios

Castelo de Palmela - interior.jpg

 

 

 

No dia 18 de abril, o Município de Palmela, em parceria com a EGEAC – Serviço Educativo do Castelo de S. Jorge, promove a iniciativa “Em Família no Museu”, com a realização da visita encenada Almenara.

            Esta visita, que assinala o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, tem início no Castelo de Palmela, às 10h30, seguindo-se almoço piquenique e visita ao Castelo de S. Jorge, em Lisboa, durante a tarde, com regresso a Palmela às 17 horas.

            A iniciativa evoca o episódio em que, após a vitória na batalha dos Atoleiros, em 1384, o Condestável D. Nuno Álvares Pereira acendeu grandes fogueiras – Almenaras - no Castelo de Palmela para alertar o Mestre de Avis, cercado em Lisboa pelos castelhanos, de que a ajuda estava próxima.

            O Dia Internacional dos Monumentos e Sítios é celebrado, este ano, sob o tema “Património Cultural e Turismo Sustentável”. A ligação histórica entre os dois monumentos nacionais dá o mote para este projeto de parceria, que contribui para o desenvolvimento cultural e turístico da região, favorecendo o fluxo de visitantes entre as duas margens do Tejo.

O INFERNO do Bando está a chegar!

titulo_exp3_site.jpg

 

Abril, Maio e Junho são meses de INFERNO.
O Teatro O Bando, em co-produção com o Teatro Nacional D. Maria II (Lisboa), o Teatro Nacional São João (Porto) e o Convento São Francisco (Coimbra), enfrenta esta quimérica missão de levar à cena INFERNO, primeira estação de A Divina Comédia, poema épico da literatura mundial, obra maior do italiano Dante Alighieri.

Abril é mês de ensaios que podem ir acompanhando via facebook
No site podem encontrar mais informações e fotografias.
Maio é mês de estreia na Sala Garrett do Teatro Nacional D. Maria II no dia 11. Em cena até dia 4 de Junho de 4ª a Domingo e os bilhetes já estão disponíveis clicando aqui.
Junho é mês de encontrar públicos do resto do país. A primeira paragem confirmada é no Teatro Carlos Alberto no Porto de 15 a 18  para 4 sessões apresentadas no âmbito do FITEI - Festival Internacional de Teatro de Expressão Ibérica.
Os bilhetes já estão dispon íveis aqui.
No dia 24 de Junho viajamos até Coimbra para um espectáculo único no Convento de São Francisco.

Guiados por Dante, Beatriz e Virgílio, figuras de proa do universo de Dante Alighieri, este INFERNO espera por vós!