Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Teatro Diogo Bernardes | Ponte de Lima | Pequeno Trabalho Para Velho Palhaço

 

_AAF3139.jpg

 

Sinopse:

Três palhaços velhos, que respondem a um pequeno anúncio de jornal, (talvez submetidos) a um casting derradeiro encontram-se para revisitar fragmentos das suas vidas, mas é a morte que paira sobre este universo circense que já não existe, que se dilui como o sabor açucarado de uma pastilha elástica nas bocas de espectadores aborrecidos…

É neste sentido que cada um vai recordando factos e trabalhos, com a permanente preocupação de mostrarem que ainda têm tanto ou mais talento que naqueles tempos dourados. Neste espaço de espera vão emergindo episódios dramáticos e humorísticos numa realidade absolutamente patética.

 

Ficha Artística | Técnica:

 

Autor | Matéi Visniec

Tradutor | Regina Guimarães

Desenho de Luz | Júlio Filipe

Encenação| Roberto Merino

Assistente de Encenação | Teresa Vieira

Fotografia | António Alves

Interpretação     |  Fernando Soares
                           José Cruz

                           Mário Moutinho

                           Luís Ribeiro

                           Manuel Vieira

 

Operação de Luz e Som | Filipe Cardu

Classificação Etária: M/12

 

Realização: SEIVA TRUPE

 

Scott Matthews | Ao vivo em Portugal | 28 e 29 de Outubro

view.php.jpg

 

28 DE OUTUBRO - S. João da Madeira - Casa da Criatividade, 21h30
1ª parte - Pedro e os Lobos
 
29 DE OUTUBRO- Ponte de Lima - Teatro Diogo Bernardes, 22h00
 
 
Scott Matthews lançou seu quinto álbum de estúdio, “ Home Part 2”, em Setembro 2016, o primeiro disco a ser lançado pela sua própria editora, Shedio Records.
2016 celebra o 10º aniversário do seu álbum de estreia, “Passing Stranger", um disco muito bem recebido pela crítica generalizada.
Com o primeiro single,  “Elusive” Scott Matthews ganhou o prémio Ivor Novello para Melhor Música e melhor letra.
 
No single deste novo trabalho, The Flower Lantern, Scott Matthews reacende o seu amor pela guitarra elétrica numa narrativa folk-rock épica que explora novas sonoridades com a sua banda, e sobre a sensação do novo single, explica: “Senti que era hora para inclinar a balança e escrever uma música com um ritmo mais up-beat, que é algo que eu realmente não tenho feito desde o meu primeiro álbum."
 
 
 
Para ver ao vivo:
28 DE OUTUBRO - S. João da Madeira - Casa da Criatividade, 21h30 | 1ª parte - Pedro e os Lobos.
Bilhetes à venda em:
 
29 OUTUBRO - Ponte de Lima  - Teatro Diogo Bernardes - 22h00
Bilhetes à venda na bilheteira do Teatro: 2€