Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

A maior conferência europeia de comunicação de ciência está a chegar ao Porto

Unknown(9).png

 

 

ECSITE junta mais de 1100 profissionais de comunicação de ciência



De 15 a 17 de Junho, a cidade do Porto vai ser palco da 28.ª edição da Conferência Anual ECSITE. Organizada pela Ciência Viva - Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica e pelo Museu de História Natural e da Ciência da Universidade do Porto, trata-se do maior encontro europeu de comunicadores de ciência e profissionais de museus e de centros de ciência. Durante três dias, o Centro de Congressos da Alfândega do Porto junta mais de 1100 participantes de cerca de 50 países, para trocar experiências, testar novas ideias e ferramentas e reflectir sobre o papel da cultura científica no futuro da sociedade.

Esta conferência tem uma abordagem ecológica e socialmente responsável. O design assume um compromisso de reciclar e evitar o desperdício. Os sacos, os lápis, as identificações dos voluntários foram produzidos reutilizando materiais excedentes de produção e com pequenos defeitos que ganham uma nova vida. As refeições também não foram esquecidas, a sua confecção privilegiará os produtos locais e da época. Desta forma pretende-se estimular a economia local e reduzir a pegada ecológica.

Alice Roberts, antropóloga, apresentadora na BBC e professora na Universidade de Birmingham, é uma das keynote speakers do evento. Na sua apresentação - agendada para sexta-feira, 16 de Junho, às 10.30 - a especialista partilha com os participantes a forma como os investigadores podem criar sinergias com os centros de ciência e museus, para um impacto mais significativo junto da sociedade.

No sábado, dia 17 de Junho, às 10.30, é a altura de Nina Simon partilhar com a audiência alguns dos "segredos" dos mais conhecidos museus, bibliotecas e centros de ciência de todo o mundo para, diariamente captarem o interesse de milhões de visitantes, numa experiência cheia de significados. Conhecida como "visionária na área dos museus", Nina Simon é Diretora Executiva do Santa Cruz Museum of Art & History, nos Estados Unidos, e autora dos best-sellers "The Participatory Museum", "The Art of Relevance" e do conhecido Museum 2.0 blog.

Sob o tema Life Everywhere, a conferência internacional traz a Portugal mais de 400 especialistas para moderar as mais de 90 sessões paralelas - entre debates, workshops e apresentações - que compõem o programa de três dias. Entre outros temas, será discutida a contribuição dos museus e centros de ciência na promoção dos novos desafios para a sustentabilidade global, a comunicação de ciência na era do "pós-verdade"e os ecossistemas de aprendizagem.

Nesta edição serão também divulgados os vencedores do Mariano Gago ECSITE Award, um prémio internacional que reconhece e distingue os projectos ligados à ciência e museus, com o carácter mais inovador e criativo, e que sejam capazes de causar impacto junto da sociedade.

O programa completo pode ser consultado aqui.


Citações:

"Sendo Portugal um país de grande relevo a nível científico, faz sentido acolher e organizar esta iniciativa de grande impacto internacional, especialmente ao nível dos museus e centros de ciência."Rosalia Vargas, Presidente da Ciência Viva.

"Aguardamos com elevada expectativa pelas intensas e estimulantes discussões científicas e interação social que serão seguramente promovidas na edição deste ano desta notável conferência. No Porto, estará reunido um grupo exemplar de comunicadores de ciência, artistas e outros peritos, refletindo e definindo as grandes tendências para o futuro dos centros de ciência e museus."Nuno Ferrand de Almeida, Diretor do Museu de História Natural e da Ciência da Universidade do Porto.

"A conferência Ecsite tem um espírito especial de abertura, generosidade e audácia. Recebe os novos participantes de braços abertos e os que regressam como "velhos amigos". Trata-se de um momento interessante, para aprender com as experiências de todos os profissionais participantes, para experimentar novas ferramentas e ideias, e para nos questionarmos e moldarmos a forma como vemos o futuro."Michiel Buchel, Presidente da Rede Ecsite.



Sobre o Ecsite
O Ecsite é a rede europeia de museus e centros de ciência e tem como missão estimular a criatividade e o pensamento crítico na sociedade europeia, encorajando os cidadãos a participarem activamente na ciência. Visa inspirar e promover centros de ciência, museus e todas as organizações que promovem a cidadania activa em questões científicas. Fundado há quase 30 anos, a rede tem como membros mais de 350 organizações na Europa e no mundo.

Sobre a Ciência Viva
A Ciência Viva - Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica procura aproximar a sociedade portuguesa da Ciência e dos cientistas, através de iniciativas de promoção do ensino experimental das ciências nas escolas, de campanhas nacionais de divulgação científica e de uma Rede Nacional de Centros Ciência Viva, museus interactivos de ciência e tecnologia.

Sobre o Museu de História Natural e da Ciência da Universidade do Porto
Formalmente estabelecido em 2015, o Museu de História Natural e Ciência da Universidade do Porto (MHNC-UP) tem como missão fundamental promover a difusão do conhecimento sobre a evolução, diversidade e a convergência entre o mundo natural e cultural. O MHNC-UP encontra-se organizado segundo uma estrutura bipolar, que integra um polo central localizado nas instalações do Edifício Histórico da Reitoria da U.Porto (em fase de restruturação), e outro, que inclui a Galeria da Biodiversidade - Centro Ciência Viva e o Jardim Botânico do Porto. O MHNC-UP será o primeiro em Portugal que prevê e resulta do diálogo entre um Museu e um Centro Ciência Viva.

LONGO CURSO de Rita Morais / 1 e 2 Julho / Mala Voadora.Porto

_87A1515©ALIPIOPADILHA.jpg

 

 

fotografia: Alípio Padilha

1 Julho - 22h

2 Julho - 18h

Rua do Almada, 277

4050-038 Porto, Portugal

 

reservas: reservas@malavoadora.pt

 

​LONGO CURSO tem como motor principal a manifestação da identidade pelo movimento. Explora em particular o paralelismo entre a prática da corrida e a emigração, entre o atleta e o viajante, na medida em que em ambos os casos, ainda que em diferentes escalas, o movimento desencadeia um semelhante processo de procura, questionamento e (re)definição da identidade.

 

 

Criação e Interpretação

Rita Morais

Música

Matteo Schuer

Design de Luz

Carolina Caramelo 

Música ao vivo

Miguel Sobral Curado

Apoio ao Design de Luz, Som e Cenografia

Iben Stalpaert e Milan Van Doren

Participação especial

Rancho Folclorico Emaus (em Kortrijk), Rancho Folclórico Casa do Minho Em Lisboa (em Lisboa), Grupo Académico de Danças Ribatejanas (em Santarém), Grupo Etnográfico do Orfeão do Porto (no Porto)

Apoios

Fundação Calouste Gulbenkian, Teatro Praga, Dupla Cena, Centro  de  Criação  de Candoso/A Oficina, CAMPO, Kc BUDA, Bregas, Câmara Municipal de Lisboa, Polo Cultural das Gaivotas, Escola Superior de Teatro e Cinema.

Agradecimentos

Dirk Verstockt, Koen Augustijnen, João Guimarães, José Maria Vieira Mendes, Arber Sefa, Gonçalo Alegria, Pedro Sousa Loureiro.

 

NOUVELLE VAGUE - AO VIVO EM LISBOA COIMBRA E PORTO EM OUTUBRO

 

cb677e19-6dbc-42ec-8032-c9a465e1114d.jpg

 

O grupo regressa para apresentar o mais recente "I Could Be Happy" e vai apresentar não só o novo álbum mas também clássicos como
"Dance With Me" dos Blondie ou "Love Tear Us Apart" dos Joy Division

 

Lisboa - 26 de Outubro - Quinta-feira -21h00
Coimbra - 27 de Outubro - Sexta-feira - 22h00
Porto - 29 de Outubro - Domingo - 21h00

 

Os Nouvelle Vague, uma das bandas mais acarinhadas pelo público português regressa ao nosso país, em outubro, para 3 concertos em Lisboa, Coimbra e Porto que prometem ser inesquecíveis. 

Como mote para esta Tour, Marc Collin e Olivier Libaux editam o seu quarto longa duração “I Could be Happy” onde poderemos escutar versões luxuosas e repletas de glamour de temas miticos dos anos 80 como “Athol Rose” Cocteau Twins, “All Cats Are Grey” The Cure, “No One Receiving” Brian Eno, “I Wanna Be Seated” Ramones e somos surpreendidos por dois temas originais da banda, maravilhosos por sinal.

Para além dos novos temas a banda promete os “hinos” já eternizados da bossa nova como, “Killing Moon”, “Too Drunk To Fuck”, “Gruns of Brixton” entre muitos outros num concerto com 80 minutos de duração ou talvez mais.

Os bilhetes já estão à venda na BOL, Casa da Música e locais habituais e variam entre os 25 e os 35€ em Lisboa, os 25 e os 30€ no Porto e os 23 e os 35€ em Coimbra.

“Vive La France” Viva os Nouvelle Vague.

 

 

Pinturas, jogos e muita diversão: a Milaneza alimenta a imaginação dos mais novos!

image005.jpg

 

Desde 2014 que a Milaneza alimenta a imaginação dos mais novos no NOS Primavera Sound e, este ano, não é exceção! A primeira e única marca presente neste Festival com uma ativação dirigida às crianças, volta ao Parque da Cidade, no Porto, entre os dias 8 e 10 de junho com a Aldeia Milaneza, o local onde a diversão é garantida.

 

Criar esculturas e mandalas com os mais diversos tipos de massa, brincar aos jogos tradicionais e fazer pinturas faciais são apenas algumas das atividades que a Milaneza proporciona aos mais novos. Neste espaço, as crianças podem ainda tirar fotografias originais e divertidas num painel colorido criado especialmente para este momento. Neste festival tipicamente familiar, a Milaneza volta a ser a única marca a proporcionar às crianças momentos inesquecíveis e aos pais o seu merecido descanso.

 

E que tal alimentar a imaginação da sua família com a Milaneza no NOS Primavera Sound?

MAR Shopping assinala DIA DA CRIANÇA com "O PLANETA LIMPO DO FILIPE PINTO"

Cartaz Dia da Criança.jpg

 

Programa de 1 a 4 de junho inclui jogos interativos e atividades dedicadas ao Ambiente

 

 

Serão quatro dias em que o MAR Shopping Matosinhos se vê transformado num “Planeta Feliz”. Para comemorar o Dia Mundial da Criança, o centro comercial terá em pleno Atrium (piso 0), um espaço onde, entre 1 e 4 de junho, os mais pequenos vão ter à disposição atividades e jogos interativos dedicados à preservação do meio ambiente. Para o último dia, está reservado o teatro musical “O Planeta Limpo do Filipe Pinto”, em que o vencedor do programa “Ídolos” partilhará com as crianças a sua visão sobre uma Terra mais limpa e feliz. O teatro musical realizar-se-á no palco do Espaço de Restauração do MAR Shopping, no Piso 1.

 

As atividades destinam-se a crianças dos 4 aos 12 anos e são de entrada e participação gratuitas.

 

Com o objetivo de sensibilizar os mais novos para a importância das energias renováveis e da redução, reutilização e reciclagem dos resíduos, Filipe Pinto faz subir ao palco Tito, Micas, Tobias e Julieta, com quem manterá longas conversas sobre a necessidade de preservar o meio ambiente. O teatro musical terá lugar no domingo, dia 4 de junho, às 16h00 e terá, ainda, o próprio Filipe Pinto a cantar as músicas do projeto.

 

Enquanto isso, no espaço “Planeta Feliz”, que funcionará na quinta e domingo, dias 1 e 4, das 11h00 às 13h00 e das 15h00 às 20h00, e na sexta-feira e sábado, dias 2 e 3, das 11h00 às 13h00 e das 15h00 às 22h00, não faltarão jogos, nomeadamente de tabuleiro e de correspondência. Nos primeiros, as crianças terão de responder a questões sobre ambiente e se acertarem vão passando às casas seguintes desde o ponto de partida até ao centro do tabuleiro. Já nos jogos de correspondência, as crianças que aceitem o desafio deverão fazer corresponder postais com imagens de exemplos do lixo produzido no dia-a-dia às categorias de reciclagem em que o mesmo deve ser depositado: papel/cartão, plástico/metal, vidro ou orgânico.

 

O MAR Shopping Matosinhos será, assim, a casa do “Planeta Feliz”!

 

PROGRAMAÇÃO DIA MUNDIAL DA CRIANÇA:

 

Espaço Planeta Feliz

Atrium, Piso 0

 

1 e 4 de junho | 11h00 – 13h00 e 15h00 – 20h00

2 e 3 de junho | 11h00 – 13h00 e 15h00 – 22h00

 

Teatro Musical “O Planeta Limpo” do Filipe Pinto

Palco Interior, Novo Espaço de Restauração, Piso 1 

4 de junho| 16h00

 

 

Frankie Chavez apresenta “Double or Nothing” nas Fnacs e Lisboa e do Porto

frankie.jpg

 

Hoje atua na Fnac Chiado e no dia 3 na Fnac Sta. Catarina

Double or Nothing”, o novo álbum de Frankie Chavez, já se encontra disponível nas lojas e nas várias plataformas streaming e agora o músico leva estas novas canções às Fnacs de Lisboa e do Porto. Hoje, Chavez dará um showcase na Fnac Chiado, em Lisboa, a partir das 18h00, seguindo, amanhã, dia 3, para a Fnac Sta. Catarina, no Porto, onde atuará às 18h00.

Entre as novas músicas que tem em carteira para apresentar encontra-se “Whatever Happened to Our Love”, o novo single retirado de “Double or Nothing” e cujo vídeo oficial, realizado por André Tentúgal, já está disponível no YouTube/VEVO.

Whatever Happened to Our Love” sucede-se a “My Religion”, o primeiro single, uma canção que fala do momento socialmente conturbado da atualidade, abordando alguns recentes ataques terroristas. O tema conta com a participação de Poli Correia, na voz, e de Benjamin, na produção.

Double or Nothing” surge três anos depois de “Heart & Spine” (2014) e, segundo Frankie Chavez, é "um álbum de histórias que vão desde a perda ao nascimento, de andar na estrada, ao tempo que perdemos em coisas fúteis. Fala também de amor e de relações impossíveis. E fala de atentados terroristas e de privação de liberdade."

Colaboram ainda no novo álbum músicos como João Correia e Donovan Bettencourt, que formam a sua banda, o baterista e produtor Fred Ferreira e o teclista Paulo Borges, que trouxe alguns ambientes mais psicadélicos a estas novas canções.

Double or Nothing” conta com o apoio da Antena 3 e será apresentado ao vivo em outubro no Teatro da Trindade, em Lisboa.