Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Festival Internacional de Curtas-Metragens de Tomar apresenta 21 filmes em competição | 24 e 24 novembro

Planos Film Fest realiza-se nos dias 24 e 25 de novembro

 

Festival Internacional de Curtas-Metragens de Tomar apresenta 21 filmes em competição

 

A cidade templária recebe, de 24 e 25 de novembro, a segunda edição do Planos Film Fest – Festival Internacional de Curtas-Metragens de Tomar, com 21 filmes selecionados de entre mais de 400 candidaturas. Para além de Portugal, estarão em competição filmes de Espanha, França, Itália, Reino Unido, Holanda, Suécia, Geórgia, Estados Unidos da América, México, Argentina e Taiwan. O festival decorre no Cine-Teatro Paraíso e tem entrada gratuita.

 

A atriz Sara Barros Leitão, vencedora do Prémio de Melhor Atriz na primeira edição do Planos Film Fest, pela curta “Marta”, marcará presença no festival, desta vez como jurada. Tiago Alves, radialista, jornalista, programador de cinema e apresentador do magazine Cinemax, na Antena 1 e na RTP 2, integra também o júri. O painel fica completo com Margarida Mateus, do Cineclube de Tomar, o realizador Flávio Ferreira, Cláudio Jordão e Nelson Martins, fundadores da produtora KotoStudios, e Pedro Caldeira e Paulo Graça, fundadores da produtora Tripé e organizadores do Planos.

 

De entre os filmes selecionados, a maioria terá a sua estreia nacional em Tomar. “Blind Fate”, do Reino Unido, e “Fragile”, de Taiwan, terão a sua estreia mundial no Planos Film Fest.

 

A seleção de curtas, com géneros tão distintos que vão desde o drama à comédia, será dividida ao longo de três sessões competitivas durante os dois dias em que decorre o festival.

 

O Planos Film Fest é uma iniciativa da produtora Tripé em parceria com o Município de Tomar.

 

Programa

24 nov. (sexta)

21h30

Convidado especial: Flávio Ferreira
– Pele de Cordeiro
– Norley y Norlen

1.ª sessão competitiva
– Ivan (Portugal)
– Bitchboy (Suécia)
– Blind Fate (Reino Unido)
– Penalty (Itália)
– Post-Mortem (Portugal)

 

25 nov. (sábado)

10h30

Planinhos – Sessão Especial Infantil
(Organização Cineclube de Tomar) 

16h30

2.ª sessão competitiva
– Stella 1 (Itália)
– Record Kid (Argentina)
– Coerência (Portugal)
– Fragile (Taiwan)
– Half-Time (França)

(Intervalo de 15 min.)

– Laranja Amarelo (Portugal)
– Manhunt (Itália)
– Lube Job (E.U.A.)
– Night of Brass (Holanda)
– Maelstrøm (Espanha)
– 78.4 (Portugal)

 

21h30

Convidado especial: KotoStudios
– Conto do Vento
– Esperânsia

3.ª sessão competitiva
– Marasmo (Portugal)
– A Good Man (México)
– Noiva (Portugal)
– Buffet (Itália)
– 8 Minutes (Geórgia)

Passatempo FESTIVAL BONS SONS

O Blog Cultura de Borla tem passes gerais individuais para o "FESTIVAL BONS SONS"  aos primeiros leitores que de 5 em 5 participações:

 

- enviem um mail para culturadeborla@sapo.pt com a frase "Eu quero ir ao  "FESTIVAL BONS SONS"   com o Cultura de Borla" com nome, BI e nº de telefone.

 

 

20424342_10156555160074517_2369919959179140115_o.p

 

Visita à cidade templária de Tomar por Paulo Loução | Sábado, 20 de Maio

d0ea2442-ecb6-4294-81db-c7445cd485a5.jpg

 

Sábado, 20 de Maio | 8h às 21h

                                             VISITA À CIDADE TEMPLÁRIA DE TOMAR

                                     O Mistério Templário desde a Formação de Portugal
                                                     ao Projecto dos Descobrimentos


                                                       por Paulo Alexandre Loução
                                        Autor de «Os Templários na Formação de Portugal»
 

Programa:
. 8h00 – Saída Espaço Arkhé, Algés-Miraflores;
. 8h30 – Paragem em Lisboa, junto à Faculdade de Direito, na Cidade Universitária;
. 10h30 – Visita à igreja templária de Santa Maria do Olival, primitivo templo da Ordem em Tomar, panteão dos seus mestre, e no tempo da Ordem de Cristo foi igreja matriz de todas as paróquias de além-mar.
. 12h30 – Visita à Igreja de São João Baptista, onde se encontra o enigmático óleo de Gregório Lopes, «Melquisedeque e Abraão»;
. 13h30 – Almoço;
. 15h00 – Visita ao Castelo templário e ao Convento de Cristo. Destaca-se explicação do simbolismo do Pórtico Sul, da Charola, da famosa janela manuelina, dos enigmáticos símbolos das estelas templárias e da Ordem de Cristo (a maior colecção de estelas templárias do mundo), e da pedra de fundação da Torre de Menagem, de origem romana e dedicada ao espírito do lugar;
. 18h00 – regresso a Lisboa e Algés. Chegada prevista por volta das 20h30-21h00.

Paulo Alexandre Loução é o autor das obras «Os Templários na Formação de Portugal», «Portugal – Terra de Mistérios» e «Dos Templários à Nova Demanda do Graal» e é um dos investigadores convidados pelo Canal História para diversos documentários, entre eles o dedicado aos Templários na Península Ibérica. Algumas referências nos media:

Revista UP da TAP sobre a visita a Tomar,
http://upmagazine-tap.com/pt_artigos/tomar-cidade-templaria/

no Público sobre o Portugal a (re)descobrir, com alma:
http://fugas.publico.pt/Viagens/299147_ha-um-portugal-magico-para-redescobrir?pagina=-1

e no ABC de Espanha:

http://www.abc.es/internacional/20131117/abci-templarios-portugal-tomar-201311152016.html

 

Valor da participação: 60 € (45 € para Membros da Nova Acrópole), inclui transporte, almoço, entradas nos monumentos e envio de documentação sobre o tema da viagem. Valor sem transporte: 45 € (encontro às 10h30 junto à entrada da Igreja de Santa Maria do Olival, em Tomar); Pagamento antecipado por transferência.


                                                        Informações e inscrições:
                                                   oeiras-cascais@nova-acropole.pt
                                                             Tlm. 963 925 758

                                                         Inscrições até 16 de Maio

Les Saint Armand: Tomem nota da tour que propõe desatar o “Nó”

600px_e5829e9354b433737425.jpg

 

A primeira data de apresentação de "Nó" aconteceu no dia 5 de Novembro no Passos Manuel, no Porto. Les Saint Armand vão agora levar o disco a outros locais

 

Tomem nota da tour que propõe desatar o “Nó”:
19 Novembro - Texas Bar, Leiria (Festival Termómetro)
30 Novembro - Café Paraíso, Tomar
2 Dezembro - Clube Café, Sertã
3 Dezembro - Teatro da Rainha, Caldas da Rainha
7 Dezembro - Club de Vila Real
8 Dezembro - Club 11, Vila Pouca de Aguiar
9 Dezembro - Auditório Municipal de Freixo de Espada à Cinta
17 Dezembro - Pelle, Braga
22 Dezembro - Bar Porta 93, Viana do Castelo
23 Dezembro - CRU . Espaço Cultural, Famalicão
29 Dezembro - Maus Hábitos, Porto

367px_e5829fa14a7f98787524.jpg

 

Les Saint Armand têm nome francês, mas cantam em português. Falam de amor e da vontade. Da razão e da loucura. Assim celebram a vida. A sua música tem um carácter próprio já marcado por quase dez anos de existência. Em constante mutação e maturação, lançaram o disco de estreia, “Nó”, no dia 5 de Novembro.


Les Sant Armand no facebook
Ouvir "Nó" bandcamp 

Sábado, 12 Novembro - Visita à cidade Templária de Tomar: O Mistério Templário desde a Formação de Portugal ao Projecto dos Descobrimentos

4a5fed04-fbd0-4274-9840-b31f042858c2.jpg

 

VISITA À CIDADE TEMPLÁRIA DE TOMAR

O Mistério Templário desde a Formação de Portugal
ao Projecto dos Descobrimentos


Sábado, 12 de Novembro


Visita guiada pelo Prof. Paulo Loução

 
PROGRAMA:
08h00 – Saída em frente do Espaço Arkhé, na Av. dos Bombeiros Voluntários, nº 51, em Algés;
08h30 – Paragem em Lisboa, junto à Faculdade de Direito, na Cidade Universitária;
10h30 – Visita à igreja templária de Santa Maria do Olival, primitivo templo da Ordem em Tomar, panteão dos seus mestre, e no tempo da Ordem de Cristo foi igreja matriz de todas as paróquias de além-mar.
12h30 – Visita à Igreja de São João Baptista, onde se encontra o enigmático óleo de Gregório Lopes, «Melquisedeque e Abraão»;
13h30 – Almoço;
15h00 – Visita ao Castelo templário e ao Convento de Cristo. Destaca-se explicação do simbolismo do Pórtico Sul, da Charola e da famosa janela manuelina;
18h00 – regresso a Lisboa e Oeiras.
Chegada prevista por volta das 20h30-21h00.

 
Paulo Alexandre Loução é o autor das obras «Os Templários na Formação de Portugal», «Portugal – Terra de Mistérios» e «Dos Templários à Nova Demanda do Graal» e é um dos investigadores convidados pela Canal História, para diversos documentários, entre eles o dedicado aos Templários na Península Ibérica..
Algumas referências nos media:

 
Inscrições Abertas, até dia 9 de Novembro.

Valor da participação:
Inclui almoço, entradas nos monumentos e envio de documentação sobre o tema da viagem.

- Opção 1 - com transporte incluído: 60 € (45 € para Membros da Nova Acrópole)
  Ponto de encontro às 8h00, em frente do Espaço Arkhé, na Av. dos Bombeiros Voluntários,
  nº 51, em Algés; .

- Opção 2 - sem transporte incluído: 45 €
  Ponto de encontro em Tomar, às 10h30, junto à entrada da Igreja de Santa Maria do Olival, em Tomar.

Pagamento antecipado por transferência bancária.
 
Informações e inscrições:
Oeiras-cascais@nova-acropole.pt
Tlm. 963 925 758

"Allo Allo"

image004.jpg

 

De Jeremy Lloyd e David Croft, com encenação de Paulo Sousa Costa e João Didelet, adaptação de João Didelet e tradução de Dina Rocha

Com o excelente elenco: João Didelet, Elsa Galvão, Melânia Gomes, Filipe Crawford, Suzana Borges, Samuel Alves, José Henrique Neto, Pedro Pernas, Luís Pacheco, Mara Prates.

“Ouçam com muito cuidado, só vou dizer isto uma vez” - Frase mais repetida na versão teatral de «’ALLO ‘ALLO!», a clássica comédia televisiva de culto.

Baseada na série televisiva britânica que registou sete temporadas de tremendo sucesso, esta comédia onde não há sossego relata as aventuras de René, o infeliz proprietário de um café, em plena França ocupada.

Pode agora ver em palco todos os seus personagens favoritos, incluindo Edith, a mulher de René, com a sua desafinadíssima voz, o major-general Von Klinkerhoffen e Herr Flick, o oficial da Gestapo!

Em França, durante a Segunda Guerra Mundial, René Artois é o dono de um café por onde circulam diariamente elementos da Resistência, agentes da Gestapo, oficiais alemães e prisioneiros de guerra em fuga, desconhecendo todos a presença e a verdadeira identidade uns dos outros, para enorme exaspero de René.

Ele e a mulher esconderam um retrato de valor incalculável “The Fallen Madona” (with the big boobies) do pintor holandês Van Klomp, roubado pelos nazis, dentro de uma salsicha, na adega deles, onde também estão escondidos dois aviadores britânicos, à espera que a Resistência os consiga repatriar.

Os contactos com Londres através do aparelho de rádio disfarçado como catatua aumentam os embaraços sucessivamente vividos pelo intrépido dono do café junto dos seus fregueses. Notícias de que o Fuhrer se prepara para visitar a vila levam a que o café comece a ser frequentado por embusteiros mascarados de Hitler. E entretanto René tem de usar toda a esperteza possível para ir mantendo a salvo o seu café – e a sua vida.

 

Sintra -1 de Outubro 21h30- Centro Cultural Olga Cadaval

Porto - 7 de Outubro a 23 de Outubro- Sextas e Sábados às 21h30 e Domingo às 18h00. – Teatro Sá da Bandeira

Duração : +-120 minutos

Idade: m/16 anos

Bons Sons 2016: A Aldeia abriu as portas!

Está lançada a edição 2016.
A aldeia testou o terreno e o equipamento na noite zero do BONS SONS.
Muitos visitantes estão já acampados de véspera para não perderem nada do evento. Para eles, a recepção ao campista com QUEM ÉS TU, LAURA SANTOS? foi o aquecimento essencial para os dias que aí vêm.

Para os que ainda não se decidiram sobre a visita ao festival da música portuguesa, há bilhetes à porta que esperam por eles. A venda antecipada de bilhetes através das bilheteiras online encerrou mas podem ser adquiridos, durante o evento, em todas as entradas do recinto.

Quem vem para os dias todos ou apenas para dar uma perninha num dos dias, tem toda a informação acessível usando o site, facebook ou a App do BONS SONS. Para os que gostam de partilhar resumos e imagens através das redes sociais, estão disponíveis os hashtags do #bonssons.

 

 

 

AINDA HÁ BILHETES À PORTA
 

As bilheteiras online encerraram com o fim da venda antecipada de bilhetes mas ainda há lugar para quem quer vir ao BONS SONS.
Quem ainda não adquiriu os ingressos, pode vir Viver a Aldeia tranquilamente, porque os encontrará nas várias bilheteiras do recinto, situadas nas respectivas portas de entrada.


imagem.jpg

 




ALINHAMENTO COMPLETO POR DIAS
 

O programa foi composto a pensar nos visitantes e na sua maior participação, consoante a hora do dia. Dá para ver tudo e nem é preciso fazer escolhas.
Apagamos as velas do 10º aniversário ao som da melhor música nacional.

 

DIA 12
10:00  MÚSICA PARA CRIANÇAS, Auditório
14:00  ALENTEJO CANTADO, MPAGDP
15:00  ESTE POVO (documentário), Auditório
15:45  JOÃO E A SOMBRA, MPAGDP
16:15  CURTAS EM FLAGRANTE, Auditório
16:45  PEGA MONSTRO, Giacometti
17:45  AUTO RÁDIO (documentário), Auditório
18:00  INDIGNU [LAT.], Tarde ao Sol
19:15  BIRDS ARE INDIE, Giacometti
20:45  DANÇAS OCULTAS + ORQUESTRA DAS BEIRAS, Lopes-Graça
22:00  BEST YOUTH, Eira
23:15  KUMPANIA ALGAZARRA, Lopes-Graça
00:30  SENSIBLE SOCCERS, Eira
02:00  CLÁUDIA DUARTE, Aguardela


 
DIA 13
10:30  MÚSICA PARA CRIANÇAS, Largo do Centro de Exposições
14:00  ADUFEIRAS DO PAUL, MPAGDP
15:45  OS TUNOS, MPAGDP
16:45  GRUTERA, Giacometti
17:45  VERA MANTERO - OS SERRENHOS, Auditório
18:00  FEW FINGERS, Tarde ao Sol
19:15  LAVOISIER, Giacometti
20:30  TIAGO PEREIRA, Tarde ao Sol
21:15  LODO, Eira
22:15  CRISTINA BRANCO, Lopes Graça
23:45  DA CHICK, Eira
01:00  DEOLINDA, Lopes Graça
02:15  NIAGARA, Aguardela
03:15  DJ LILOCOX, Aguardela
04:15  PUTO MÁRCIO, Aguardela


DIA 14
10:00  MÚSICA PARA CRIANÇAS, Auditório
14:00  MADALENA PALMEIRIM, MPAGDP
14:45  ANDRÉ BARROS, Auditório
15:45  BONECOS E CAMPANIÇA, MPAGDP
16:15  CURTAS EM FLAGRANTE, Auditório
16:45  DEAR TELEPHONE, Giacometti
17:45  ANDRÉ BARROS, Auditório
18:00  TIM TIM POR TIM TUM, Tarde ao Sol
19:15  ISAURA, Giacometti
20:30  KEEP RAZORS SHARP, Eira
21:45  CARMINHO, Lopes Graça
23:15  WHITE HAUS, Eira
00:30  FANDANGO, Lopes Graça
01:45  DOTORADO PRO, Aguardela
02:45  BRANKO, Aguardela
04:00  RASTRONAUT, Aguardela
 
DIA 15
10:00  MÚSICA PARA CRIANÇAS, Auditório
14:00  DIEGO ARMÉS, MPAGDP
15:45  FLAK, MPAGDP
16:45  GOLDEN SLUMBERS, Giacometti
17:45  JOANA SÁ, Auditório
18:00  DESBUNDIXIE, Tarde ao Sol
19:15  LULA PENA , Giacometti
19:30  CURTAS EM FLAGRANTE, Auditório
20:30  SOPA DE PEDRA, Lopes Graça
21:45  LES CRAZY COCONUTS, Eira
22:45  JORGE PALMA, Lopes Graça
00:15  D’ALVA, Eira
01:30  TOCHA PESTANA, Aguardela
02:45  RUBI TOCHA, Aguardela





ACOMPANHAR O EVENTO
 

Com a App do BONS SONS
Nada como levar BONS SONS no bolso para não perder nada. A aplicação BONS SONS, disponível para as plataformas IOS e Android, dá acesso ao onde, quando e como, de maneira prática e imediata. Além do alinhamento por dias para consulta imediata e mais informações sobre os artistas, permite adicionar os concertos favoritos ao calendário de avisos. Ainda dá acesso directo às fotos de instagram publicadas com #bonssons.

#bonssons #bonssons16 #10anosaviveraaldeia
Os hashtags vão permitir a partilha das fotos e a rápida pesquisa pelo tema nas diferentes redes sociais. Com todos a participar no Facebook e Instagram vai ser fácil ter os melhores momentos à distancia de um *click*.





RECEPÇÃO COM PISTA
 

Quem escolheu ficar no centro da acção e em contacto com a natureza, encontrou um parque de campismo pronto para receber os visitantes, durante o dia e a noite. Existe uma bilheteira no local que permite a aquisição do Passe e a troca imediata por pulseira de acesso.

A grandiosa recepção ao campista foi abrilhantada por QUEM ÉS TU, LAURA SANTOS?, DJ que põe o nacional-cançonetismo em pratos limpos. Houve ingredientes cuidadosamente seleccionados, um twist cosmopolita e o ocasional acompanhamento exótico.





 

A próxima edição do BONS SONS
decorre de 12 a 15 de Agosto de 2016
em Cem Soldos, Tomar.

O RITMO DO BONS SONS – 9 NOVOS NOMES PARA O CARTAZ DO FESTIVAL QUE FAZ DA SUSTENTABILIDADE UMA TRADIÇÃO

 

footer-2016-01.jpg

 

O BONS SONS 2016 revela mais 9 nomes que enchem o seu cartaz de música portuguesa. A rocktrónica de João Vieira no projecto White Haus, o turbo-baile de Tocha Pestana, os jogos rítmicos das Adufeiras do Paúl, as canções tresmalhadas de Diego Armés, as quatro baterias de Tim Tim por Tim Tum e as canções dramáticas de João e a Sombra são alguns dos novos nomes para o alinhamento desta edição.

A Enchufada faz 10 anos e celebra com o BONS SONS. Branko, Rastronaut e Dotorado Pro, nomes emblemáticos da editora criada pelos fundadores de Buraka Som Sistema, vêm encher a noite de ritmos globais.

A primeira fase de venda de bilhetes termina já no final de Abril. Até lá o Passe 4 Dias mantém-se a 25€..

tochapestana.jpg

Tocha Pestana

whitehaus.jpg

 White Haus





BATEM TRADICIONAL E ELECTRONICAMENTE COMO QUEM CHAMA POR NÓS
 

João Vieira, depois do sucesso aos comandos de X-Wife e DJ Kitten, entrou na composição e produção electrónicas com o projecto White Haus.

A dupla Tocha Pestana, percorrendo deliberadamente a estética pop-rock portuguesa dos anos 80, são os reis do turbo-baile. Pop de bola de espelhos a reflectir nos óculos escuros retro-futuristas.

As Adufeiras do Paúl misturam as palavras das suas recolhas etnográficas com os sons de adufes, peneiras e pedrinhas.

Para lá de Feromona e Chibazqui, projectos que integra, Diego Armés deixa fugir a solo as suas canções frágeis e isoladas, apoiadas no som da guitarra acústica.

 

adufeirasdopaul.jpg

Adufeiras do Paúl

 

diegoarmes.jpg

 Diego Armés



As quatro baterias em palco de Tim Tim por Tim Tum (José Salgueiro, Alexandre Frazão, Bruno Pedroso e Marco Franco) comportam um universo tão vasto quanto a imaginação de quem as toca e de quem as ouve.

O actor e músico João Tempera ressuscitou o seu alter-ego musical João e a Sombra. Traz canções negras que consolam as penas e embalam os medos.

joaoeasombra.jpg

João e Sombra

 

timtimportimtum.jpg

 Tim Tim por Tim Tum 

 

 


Ao celebrar 10 anos, como o BONS SONS, era mais que justo que a festa fosse conjunta. Em Agosto, a Enchufada vai levantar os decibéis em Cem Soldos com Branko, Rastronaut e Dotorado Pro.

Branko, pioneiro da editora, depois de uma residência na BBC Radio 1 e Antena 3, editou o seu álbum “Atlas” em 2015, com uma sonoridade classificada como “sonoridade sensualmente dançante”.

branko.jpg

 Branko



Rastronaut encarna na plenitude a missão da Enchufada, de azimute traçado desde o continente africano até Campo de Ourique.

rastronaut.jpg

Rastronaut

 


Dotorado Pro, um dos mais recentes nomes lançados pelo selo português, trabalha num misto de afrohouse e sonoridade progressiva.

dotoradopro.jpg

 Dotorado Pro

 

Visita à cidade Templária de Tomar (sábado, 5/3) | O Mistério Templário desde a Formação de Portugal ao Projecto dos Descobrimentos | pelo historiador Paulo Loução

image002.jpg

 

VISITA À CIDADE TEMPLÁRIA DE TOMAR

O Mistério Templário desde a Formação de Portugal ao Projecto dos Descobrimentos

pelo historiador Paulo Loução | Sábado, 5 de Março

 

Programa:

. 8h00 – Saída do Palácio Marquês de Pombal, em Oeiras;

. 8h30 – Paragem em Lisboa, junto à Faculdade de Direito, na Cidade Universitéria;

. 10h30 – Visita à igreja templária de Santa Maria do Olival, primitivo templo da Ordem em Tomar, panteão dos seus mestre, e no tempo da Ordem de Cristo foi igreja matriz de todas as paróquias de além-mar.

. 12h30 – Visita à Igreja de São João Baptista, onde se encontra o enigmático óleo de Gregório Lopes, «Melquisedeque e Abraão»;

. 13h30 – Almoço;

. 15h00 – Visita ao Castelo templário e ao Convento de Cristo. Destaca-se explicação do simbolismo do Pórtico Sul, da Charola, da famosa janela manuelina, dos enigmáticos símbolos das estelas templárias e da Ordem de Cristo (a maior colecção de estelas templárias do mundo), e da pedra de fundação da Torre de Menagem, de origem romana e dedicada ao espírito do lugar;

. 18h00 – regresso a Lisboa e Oeiras. Chegada prevista por volta das 20h30-21h00.

image001.jpg

 

 

Paulo Alexandre Loução é o autor das obras «Os Templários na Formação de Portugal», «Portugal – Terra de Mistérios» e «Dos Templários à Nova Demanda do Graal» e é um dos historiadores convidados pela Canal História para diversos documentários, entre eles o dedicado aos Templários na Península Ibérica. Algumas referências nos media:

Revista UP da TAP sobre a visita a Tomar,

http://upmagazine-tap.com/pt_artigos/tomar-cidade-templaria/

 

no Público sobre o Portugal a (re)descobrir, com alma:

http://fugas.publico.pt/Viagens/299147_ha-um-portugal-magico-para-redescobrir?pagina=-1

 

e no ABC de Espanha:

http://www.abc.es/internacional/20131117/abci-templarios-portugal-tomar-201311152016.html

 

Valor da participação: 60 € (45 € para Membros da Nova Acrópole), inclui transporte, almoço, entradas nos monumentos e envio de documentação sobre o tema da viagem. Valor sem transporte: 45 € (encontro às 10h30 junto à entrada da Igreja de Santa Maria do Olival, em Tomar); Pagamento antecipado por transferência.

13-16 AGOSTO | FESTIVAL BONS SONS | CEM SOLDOS, TOMAR - “CONVERSA AO CORRER DAS MÚSICAS”

13-16 AGOSTO | FESTIVAL BONS SONS | CEM SOLDOS, TOMAR

image.png

 

“CONVERSA AO CORRER DAS MÚSICAS”, COORDENADA POR SORAIA SIMÕES

A Associação Mural Sonoro marca presença este ano no Festival BONS SONS com o Conversa ao Correr das Músicas!

Soraia Simões, investigadora do Instituto de História Contemporânea e fundadora da Associação Mural Sonoro, estará à conversa durante o Festival com dois músicos reconhecidos que integram este ano o cartaz do BONS SONS. O percurso musical dos convidados é apresentado, quer através da troca de ideias sobre os repertórios poético-literários e características sonoras e musicais presentes nas suas obras, quer com momentos musicais que fazem parte da memória colectiva da Música Popular das últimas décadas.

A participação de Soraia Simões é um regresso ao BONS SONS, agora como parte do cartaz do Festival, depois de, em Agosto de 2014, ter recebido o Prémio Megafone/ Sociedade Portuguesa de Autores, pelo trabalho que tem desenvolvido no seio da música e cultura populares e na Associação e Projecto Mural Sonoro.

O Festival BONS SONS é um Festival de Música feita em Portugal com características muito especiais, e realiza-se numa aldeia que sabe muito bem receber os amantes e profissionais da música, da cultura e do espectáculo: a aldeia de Cem Soldos em Tomar.

Venham viver a aldeia e conhecer o trabalho da Associação Mural Sonoro!