Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

"Tia Graça" hoje e amanhã, pela A25!

A mais recente criação de música e humor da d’Orfeu AC em digressão!
Tia Graça - toda a gente devia ter uma
http://www.dorfeu.pt/tiagraca

quarta 6 dezembro, 21h45
FINTA 2017 – Novo Ciclo ACERT, Tondela
http://www.acert.pt/finta/2017/posts/tia-graca/

quinta 7 dezembro, 22h00
Teatro Municipal da Guarda
http://www.tmg.com.pt

 

“Tia Graça – Toda a gente devia ter uma” é a mais recente criação da d’Orfeu AC e apresentou-se já, desde a estreia em maio último, em Águeda, Vouzela, Aveiro, Porto, Serpa, Castelo de Vide, São João da Madeira e Albergaria-a-Velha. A digressão deste novo espetáculo prossegue pelo país, com contratação aberta para o ano 2018.

“Tia Graça” é um espetáculo de autor, concebido e interpretado por Luís Fernandes, no papel mais maduro do seu percurso criativo, a par de um extraordinário trio de jovens instrumentistas da nova vaga. Nestas apresentações em Tondela e na Guarda, em palco estarão Telma Mota (oboé), Inês Moreira Coelho (fagote) e Beatriz Mendes (trombone). A música original é da autoria de Manuel Maio e a cenografia é assinada por enVide neFelibata.

Maria Virgínia da Graça nunca aprendeu uma nota de música do tamanho de um comboio. Nem ela, nem a mãe, nem as irmãs, nem nenhuma mulher lá de casa. Pelo contrário, todos os homens da família são músicos. Nunca teve filhos, por isso foi mãe do avô, mãe do pai, mãe dos irmãos e agora é mãe dos próprios sobrinhos. Tudo músicos. Hoje, viajada e muito vivida, a Tia Graça está surda que nem uma porta. O que, numa família destas, tem muita graça.

 

http://www.dorfeu.pt/tiagraca

Os CantAutores em Águeda, Guarda e Tondela!

Os CantAutores de regresso, celebrando abril na d’Orfeu, no TMG e na ACERT!

sexta 21 abril, 22h00 - Espaço d'Orfeu, ÁGUEDA
sábado 22 abril, 21h30 - Teatro Municipal da GUARDA
segunda 24 abril, 21h45 - Novo Ciclo ACERT, TONDELA

image.png

 

http://www.dorfeu.pt/oscantautores


A d'Orfeu anuncia a reposição de um dos seus espetáculos mais emblemáticos, que percorreu o país há mais de uma década: “Os CantAutores”. Agora em quinteto, com grandes músicos, são três os concertos que recriam e celebram a música de intervenção: estreia em Águeda, na nova Latada do Espaço d’Orfeu (21 abril, lotação limitada e bilhetes à venda), no Teatro Municipal da Guarda (22 abril) e no Novo Ciclo ACERT, em Tondela (24 abril).

Dez anos depois, Luís Fernandes e Miguel Calhaz retomam a parceria musical que uniu as suas vozes em “Os CantAutores”, o espetáculo da d’Orfeu que, nos primeiros anos deste século, circulou por todo o país e resultou num disco de referência homónimo. Parte da obra menos conhecida dos cantautores José Afonso, Sérgio Godinho, Fausto e José Mário Branco vai voltar a subir aos palcos nacionais, na companhia do pianista Marco Figueiredo (também da formação original), do saxofonista Rodrigo Neves e do baterista Rui Lúcio.
 
É o regresso da música de intervenção, cuja atualidade não se perdeu, muito menos deixou de despertar intenso fascínio às novas gerações de público. Trata-se de música marcante na história das últimas décadas de Portugal, que vai voltar a encantar plateias. Por ora, em Águeda, na Guarda e em Tondela. Outros concertos estão já em marcação, cuja agenda pode ser permanentemente consultada em http://www.dorfeu.pt/oscantautores/. Os bilhetes para o concerto de Águeda estão à venda no Espaço d’Orfeu.

Na publicação das fotos, é obrigatória a menção dos respectivos créditos.

http://www.dorfeu.pt/
http://dorfeu.blogspot.com/
http://www.facebook.com/dOrfeuAC

Few Fingers no Porto (Maus Hábitos) e Tondela (ACERT)

 

 

Few Fingers
3 de Fevereiro - Porto - Maus Hábitos
4 - Tondela - ACERT

Os Few Fingers voltam aos concertos começando no norte do país. Já na próxima Sexta-feira, dia 3 de Fevereiro, invadem o Maus Hábitos, em formato banda (a mesma que fez as datas esgotadas em Londres) e com a participação especial da Surma em algumas das canções. Dia 4 descem, em duo, até Tondela, ao bar ACERT

Canções simples e que ficam no ouvido, embaladas pela lap steel guitar e por uma voz surpreendente. “Burning Hands”, o seu primeiro disco, tem um legado folk e uma escola indie e já foi lançado em vinil. Em Portugal, os Few Fingers já passaram por festivais como o Bons Sons e por locais como a Casa Independente. No Reino Unido já esgotaram o Paper Dress Vintage e foram chamados por uma agência britânica. São um dos maiores segredos da nova música feita em Portugal.

Há arranjos e transições sublimes e precisas que por vezes fazem até lembrar Pink Floyd mas num registo muito mais indie e folk. Para quem Yo La Tengo é banda de eleição, este álbum é vosso de certeza. Sem possibilidade de destacar nenhuma faixa, porque Burning Hands é sem dúvida uma peça para ser ouvida num todo, singular e único.

Tracker Magazine

 

 

 

Invasão cultural de Águeda ao Novo Ciclo, em Tondela

Um dia especial com a d’Orfeu... na ACERT

Sábado 9 Abril, das 11h00 às 23h00
workshop + baile + livro-filme + jantar + concerto



No próximo sábado 9 de Abril, a d'Orfeu cruza a Serra do Caramulo e muda-se de artes e bagagens ao encontro da ACERT, associação parceira e companheira, que este ano celebra 35 anos de actividade cultural. A festa, de manhã à noite, promete ser uma invasão artística para todas as idades e criatividades. Está lançado o convite para uma jornada tão especial para ambas as associações!

Juntando-se ao público da Tondela, uma embaixada cultural de Águeda fará da ACERT, durante todo o sábado 9 Abril, a sua casa. O dia começa com workshop de percussão lúdica “Tocadores de Objectos”, às 11 horas no Parque Urbano de Tondela, espaço que também acolherá, às 15 horas, um baile informal dinamizado pelos músicos dos Toques do Caramulo.

E porque também é ano de celebração ímpar para a d'Orfeu, às 18 horas, no Bar do Novo Ciclo, apresenta-se “Contexto e Significado”, o livro-filme de António Pires e de Tiago Pereira que assinala o 15º aniversário da associação aguedense.

Durante todo o sábado, estarão expostos os cartazes de todas as colaborações d’Orfeu/ACERT ao longo dos anos, além da projecção ininterrupta de imagens de todas essas cumplicidades. Quem não se lembra de Au Gaciar em Águeda? Quem não se lembra de Os CantAutores em Tondela? A 9 de Abril, as paredes do Novo Ciclo vão encher-se dessas memórias.

Também à mesa, serão de Águeda as iguarias: o Leitão à Bairrada e o espumante constam do cardápio cultural do jantar no restaurante do Novo Ciclo ACERT, que tem já inscrições abertas para reserva de mesa.

O último e mais forte prato da noite é o concerto de Toques do Caramulo, no Auditório 1, em estreia absoluta do seu novo disco “Retoques”. Colectivo composto por músicos de um lado e do outro da serra, a mais reconhecida criação d’Orfeu apresenta as mais dinâmicas, livres e festivas recriações do repertório esquecido da Serra do Caramulo. A ACERT acolhe o primeiro concerto da digressão de lançamento de “Retoques”!

Todos a Tondela a 9 de Abril! Mais informações sobre o programa completo em www.dorfeu.pt e www.acert.pt, bem como na ACERT pelo telefone 232814400.



http://www.dorfeu.pt/
http://dorfeu.blogspot.com/
www.facebook.com/dorfeu.associacao.cultural

Passatempo Toques do Caramulo

O Blog Cultura de Borla em parceria com d'Orfeu e os Toque do Caramulo tem 1 bilhete duplo para oferecer para o concerto dos Toque do Caramulo dia 9 de Abril às 22h na ACERT em Tondela, para o primeiro leitor que responder à seguinte questão:

 

 "Qual é o refrão do tema "É um Ar que lhe dá"?

 

Para descobrir a resposta segue uma ajuda, ouça a música completa na web do grupo http://www.dorfeu.pt/toquesdocaramulo

 

A resposta deverá ser enviada para culturadeborla@sapo.pt juntamente com os seus dados pessoais: nome completo, BI, contacto telefónico.

 
 
 
http://www.dorfeu.pt/criacao/toquesdocaramulo