Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Visitas ao Mosteiro da Serra do Pilar aumentaram 62,2%

 

 

O Mosteiro da Serra do Pilar, em Vila Nova de Gaia, assinalou uma subida no número de visitantes, registados até agosto último, na ordem dos 62,2%, em comparação com o período homólogo, passando de 22.115 entradas, em 2016, para 35.887, em 2017. 

 

Abrangido pelo Centro Histórico do Porto, inscrito pela Unesco na Lista do Património Mundial, o Mosteiro da Serra do Pilar é um dos melhores miradouros para o rio Douro e zonas históricas do Porto e Vila Nova de Gaia.

 

Acolhe, atualmente, o espaço de divulgação "Património a Norte" da Direção Regional de Cultura do Norte, que pretende assumir-se como uma porta de entrada para o património da região Norte, sendo também por isso muito procurado, sobretudo, pelos visitantes estrangeiros. Do total de entradas registadas no monumento, até agosto deste ano, 90,6% correspondem a visitantes de nacionalidade estrangeira.

 

O adro do Mosteiro da Serra do Pilar é o local onde se pode observar a magnífica vista do rio Douro e das cidades do Porto e de Gaia, numa das silhuetas mais belas e que é sempre um local de grande afluência de turistas.

 

Pretende-se desta forma contribuir para que o turismo do segmento cultural tenha um local onde obtém informação qualificada sobre o Património, com especial destaque para os quatro Patrimónios da Humanidade da região (Porto, Guimarães, Douro e Vale do Côa), mas também para os diversos monumentos classificados que pontuam o Norte de Portugal.

 

A abertura ao público deste monumento permite ainda a visita ao Claustro Redondo, um dos dois existentes na Península Ibérica (o outro é o do Palácio Carlos V, no Alhambra, em Granada), à igreja e ao zimbório do mosteiro, espaços notáveis da arquitectura renascentista.