Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Mosteiro de São João de Tarouca assinala 20 anos de reabilitação

MSJT_ReservasVisitaAberta_CartazA4.jpg.png

 

Nos 20 anos da reabilitação do Mosteiro de São João de Tarouca, que devolveu à fruição pública todo o complexo monástico, a data é assinalada com uma visita aberta às reservas do mosteiro. A escavação, uma das maiores em território nacional, decorreu entre 1998 e 2007 e esteve na génese do hoje multipremiado Projeto Vale do Varosa. O encontro está marcado para as 15h00 do dia 21 de abril. Para participar, apenas é pedido aos participantes que tragam curiosidade...

Guiada pelo arqueólogo co-responsável pela intervenção, Luís Sebastian, a iniciativa surge ainda integrada no Ano Europeu do Património Cultural e nas comemorações do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios assinalado a 18 de abril.

MAESTRO FRANCISCO TAVARES DÁ MÚSICA NO MAR SHOPPING MATOSINHOS

image001.jpg

 

 

Performance Musical do Maestro Francisco Tavares

Sexta-feira, 20 de abril

21h00

Espaço de Restauração - Palco interior

MAR Shopping Matosinhos

 

MAR Shopping Food Experience de janeiro a maio com programa gratuito

 

 

 

 

Matosinhos, 16 de abril de 2018

Conhecemo-lo dos programas de televisão da manhã: primeiro do programa “Praça da Alegria”, na RTP1, e, há já alguns anos, do “Grandes Manhãs”, no Porto Canal. Pianista ao serviço, não se abstém a lançar as suas piadas. Mas é ao violino que o maestro Francisco Tavares mais vezes se apresenta ao público. Na sexta-feira, 20 de abril, o violinista estará, às 21h00, no espaço de restauração do MAR Shopping Matosinhos, a compor a banda sonora de uma noite bem passada.

 

A performance integra-se na programação de lazer gratuita que o MAR Shopping Matosinhos está a oferecer desde o início do ano e que contempla ainda performances musicais, workshops e espetáculos de magia. Momentos de diversão constituem o ingrediente que, até maio, irá enriquecer as refeições em família ou com amigos no renovado espaço de restauração sob o conceito MAR Shopping Food Experience. Um menu recheado, gratuito e de “provar” e chorar por mais!

 

Dead Combo e Feira do Vinil: um fim de semana repleto de música na FNAC Chiado

Apresentação – Concerto dos Dead Combo e Feira do Vinil – FNAC Chiado 

 

Dead Combo e Feira do Vinil: um fim de semana repleto de música na FNAC Chiado

Dead Combo©Daniel_Costa_Neves.jpg

 

 

O palco dos Armazéns do Chiado regressa a rigor para receber o “Encontro Marcado” dos Dead Combo, na estreia, ao vivo, do novo álbum “Odeon Hotel”. A apresentação aos fãs do sexto álbum de originais da banda, está marcada para o dia 21 de abril a partir das 18h, à porta dos Armazéns do Chiado, e tem acesso gratuito. O concerto será seguido por uma sessão de autógrafos, no fórum da FNAC Chiado, para os fãs que apresentarem o novo disco “Odeon Hotel” ou algum dos anteriores álbuns da dupla Tó Trips e Pedro Gonçalves. O novo álbum conta com 13 músicas e trata-se de uma compilação de fado lisboeta, blues e ritmos latinos, cuja inspiração foi no cosmopolitismo da cidade de Lisboa.

 

Para além da atuação da banda portuguesa de Folk, a FNAC Chiado terá uma “Feira do Vinil”, até 25 de abril, numa celebração inteiramente dedicada a quem ouve música “à moda antiga”. 

Só durante este fim de semana, nos dias 20, 21 e 22 de abril, a FNAC oferece, ainda, um desconto direto de 20% em todos os discos de vinil, à venda em loja. 

II FESTIVAL INTERNACIONAL DE ÓRGÃO DE MAFRA

IIfestivalOrgaos.jpg

 

II FESTIVAL INTERNACIONAL DE ÓRGÃO DE MAFRA

Símbolo da cultura organística de excelência em Portugal, o Concelho de Mafra possui um património único no mundo. Com o intuito de o divulgar, a Câmara Municipal organiza o II Festival Internacional de Órgão de Mafra, de 14 a 22 de abril, na Basílica de Mafra e nas igrejas que possuem órgãos históricos (Gradil, Ericeira, Livramento e Encarnação). A entrada é gratuita.

A intensa atividade organeira, que decorreu no século XIX, estendeu se dos seis instrumentos da Basílica de Mafra a outras localidades, pelo que a iniciativa decorre, também, nessas igrejas. Os programas incluirão artistas portugueses e estrangeiros e apresentarão o órgão enquanto solista e instrumento acompanhador.

O festival começa com a atuação do espanhol Juan María Pedrero, na Igreja de São Silvestre do Gradil, no dia 14 de abril, às 21h30, seguindo-se no dia 15 de abril, um Concerto de Violoncelo e Órgão na Igreja de S. Pedro da Ericeira, às 17h30, com Diana Vinagre e João Vaz.

No segundo fim de semana, a música para coro e órgão está a cargo do Ensemble S. Tomás de Aquino e de André Ferreira, no dia 20 de abril, às 21h30, na Igreja de Nossa Sra. do Livramento. A 21 de abril, às 21h30, a Igreja de Nossa Sra. da Encarnação abre portas ao italiano Enrico Zanovello que tocará no órgão histórico.

O concerto de encerramento será protagonizado pelo Coro Gregoriano de Lisboa, acompanhado do organista Sérgio Silva, na Basílica de Mafra, no dia 22 de abril, às 21h30.

Informações pelo telef.: 261 817 170

COOL AIN'T COOL ANYMORE na Rua das Gaivotas 6

CACA-news-abr.jpg

 


Programa expositivo

1ª exposição ::  9-13 abr | seg-sex | 14h – 20h
                          INAUGURAÇÃO | 7 abr | 
17h – 21h
exposição ::  23-27 abr | seg-sex | 14h – 20h
                          INAUGURAÇÃO | 
21 abr | 17h – 21h
exposição ::  5-11 mai | sáb-sex | 14h – 20h
                          INAUGURAÇÃO | 
5 mai | 17h – 21h
entrada livre
 
Uma exposição que se desdobra em três actos, cool ain’t cool anymore é um programa que procura questionar e repensar uma série de símbolos, ideias e pensamentos que já foram “cool”, mas que já estão ultrapassados e já são vistos de forma depreciativa, anacrónica, formulações ridículas e anedóticas do pop. 

À conversa com… Bruno Vieira Amaral

Conversa.jpg

 

A Câmara Municipal do Barreiro volta a promover a iniciativa “À conversa com"… desta vez com o escritor Bruno Vieira Amaral, no dia 23 de abril, segunda-feira, pelas 21h00, na sala multiusos da Biblioteca Municipal do Barreiro.

O evento assinala o Dia Internacional do Livro e dos Direitos de Autor.

A entrada é livre.

 

Público – alvo: geral

Organização: Câmara Municipal do Barreiro

 

Nota biográfica

"Bruno Vieira Amaral nasceu em 1978 e licenciou-se em História Moderna e Contemporânea pelo ISCTE. Em 2002, uma temerária incursão pela poesia valeu-lhe ser selecionado para a Mostra Nacional de Jovens Criadores. Colaborou no DN Jovem, revista Atlântico e jornal i. É crítico literário, tradutor e autor do Guia Para 50 Personagens da Ficção Portuguesa e do blogue "Circo da Lama". É editor-adjunto da revista LER.

Com o seu primeiro romance, "As Primeiras Coisas", Bruno Vieira Amaral conseguiu a rara proeza de arrecadar quatro importantes prémios da literatura portuguesa: Livro do Ano 2013 da revista TimeOut, o Prémio Fernando Namora 2013, o Prémio PEN Narrativa 2013 e, em 2015, o Prémio José Saramago. Em 2016, foi eleito uma das Ten New Voices from Europe, escolhidas pelos jurados da plataforma Literature Across Frontiers.

Em 2017, a Quetzal publicou o seu segundo romance, "Hoje Estarás Comigo no Paraíso", que recebeu, em novembro, o prémio «Obras Tabula Rasa 2016-2017» na categoria de ficção. Já em 2018 foi publicado o seu novo livro, "Manobras de guerrilha".

 

CMB

Exposição “O Lago” de Maria Condado leva a Natureza ao Espaço Amoreiras - 26 de abril a 31 de maio

Exposição “O Lagode Maria Condado leva a Natureza ao Espaço Amoreiras

Artista Maria Condado cria pintura para exposição promovida pelo Edge Arts, que pode ser visitada de 26 de abril a 31 de maio, no Espaço Amoreiras em Lisboa.

 

O Lago_Maria Condado.jpg

 

O Edge Arts promove a exposição “O Lago” da artista Maria Condado, que consiste numa colorida pintura de um lago imaginado, inserida no átrio do Espaço Amoreiras. A obra da pintora lisboeta, convida o espectador a mergulhar nela, enquanto espaço ilusório, percorrendo todos os seus traços irregulares e cores vibrantes. A exposição pode ser visitada de 26 de abril a 31 de maio, e inclui um texto crítico do curador Lourenço Egreja. 

O trabalho de Maria Condado foca-se no campo da paisagem, ilustrando uma simbiose entre a natureza e a artificialidade, pontualmente marcado por presenças humanas. A cor também é um elemento importante nas suas obras, que atribui um cariz alegre e sonhador à sua arte. A paleta de cores de “O Lago” é dominada pelos tons verdes, com pinceladas de rosa, azul e vermelho, tendo como superfície uma tela branca de 9 metros de comprimento. A composição das formas é feita de contrastes de traços, podendo surgir de diversas dimensões e feitios, como finas ou largas, a detalhadas ou genéricas.

A pintura “O Lago”, que estará em exposição, revela diferentes ângulos e distâncias de leitura dos elementos presentes no quadro, das espécies de plantas, às flores e árvores, propondo um percurso dinâmico à volta deste lago imaginário. 

A inauguração da exposição “O Lago” está marcada para o próximo dia 26 de abril, quinta-feira, pelas 18h30 no Edge Arts, Espaço Amoreiras, em Lisboa.  

Maria Condado

Maria Condado nasceu em 1981, e atualmente vive e trabalha em Lisboa. É licenciada em Pintura pela FBAUL, no ano de 2004, e completou em 2015 a Pós-Graduação em Jardins e Paisagem pela FCSH em Lisboa. Das suas exposições individuais destacam-se Do azul faz-se o verde(2017), na Galeria Carolinès, de Lisboa; Trabalho de Campo(2013), no Next Room; Jardim Botânico (2009) e Promised Land (2007), na Galeria Carolina Pagès, em Lisboa. Das exposições colectivas salientam-se Onde é a China? (2014), Museu do Oriente, Lisboa; 16º Programa de Exposições (2014), Carpe Diem Arte e Pesquisa, Lisboa; Pavilhão de Portugal (2009), Hangar-7, Salzburgo, Áustria, e Vestígio (2008), Hospital Júlio de Matos. Em 2017 o seu livro de artista Hortus foi editado pelo Stolen Books. 

 

Exposição “O Lago”

26 de abril de 2018 – 31 de maio de 2018 

Inauguração

26 de abril pelas 18h30

Horário

Espaço Amoreiras

2ª a 6ª feira 7h – 23h

sábados 9h - 21h

domingos e feriados 9h – 18h

Edge Arts (escritório)

2ª a 6ª feira 8h30 – 13h30

Exposição "A PIDE em Pinhal Novo" - Cine-teatro S.João, Palmela | Itinerância pelo concelho, em homenagem aos presos políticos

Itinerância pelo concelho, em homenagem aos presos políticos

Cine-teatro S. João acolhe exposição “A PIDE em Pinhal Novo”

 

Expo PIDE.jpg

 

Entre 3 de abril e 11 de maio, o Cine-teatro S. João, em Palmela, acolhe a exposição “A PIDE em Pinhal Novo – Para que a memória não esmoreça”, numa organização da Câmara Municipal de Palmela, que presta, assim, homenagem aos presos políticos de Pinhal Novo, vítimas da ditadura fascista ao longo de 48 anos.  

A mostra está em itinerância pelo concelho, depois de ter sido inaugurada em 2017, em Pinhal Novo, aquando do lançamento do livro com o mesmo nome, da autoria de José António Cabrita (Coleção Estudos Locais – Câmara Municipal de Palmela), e de, já este ano, ter passado pelo Poceirão.

O Município pretende dar continuidade à parceria com José António Cabrita, para aprofundar o estudo e a divulgação do que foi o empenho, a dedicação e a abnegação de quem lutou e sofreu, em nome da justiça e dos direitos sociais e políticos e da melhoria das condições de vida.

José António Cabrita estudou e ensinou Sociologia, tendo-se dedicado, também, à investigação de diversos temas, entre os quais, a cultura caramela e a historiografia de Pinhal Novo. Nesta obra sobre a ação da PIDE, o autor explora o arquivo documental da Polícia Política e dá voz a vários testemunhos de quem passou pelas prisões do Tarrafal ou de Peniche, bem como dos seus familiares e amigos.

O livro “A PIDE em Pinhal Novo – Para que a Memória não esmoreça” estará à venda no Cine-teatro S. João durante o período da exposição.

 

 

CAMINHOS DO FERRO chega em abril para dinamizar culturalmente o Médio Tejo.

1decf12d-8a51-4585-b27f-2b477167a369.jpg

 

 

De 13-15 a 20-22 de abril, o Caminhos do Ferro inaugura o programa cultural em rede - Caminhos -  deste ano, com programação gratuita a decorrer em Abrantes, Constância, Entroncamento, Mação, Tomar e Vila Nova da Barquinha.

O Caminhos do Ferro está a chegar e durante seis dias em seis concelhos, de 13 a 15 e 20 a 22  de abril, a animação tem já datas e horas marcadas para as suas paragens. Grandes e icónicos nomes das música portuguesa mas também brasileira vão caminhar pelo Médio Tejo, em Abrantes, Constância, Entroncamento, Mação, Tomar e Vila Nova da Barquinha. O novo circo está igualmente presente, lado a lado com teatro, dança e percursos, com projetos nacionais e internacionais.

Na música a oferta é diversificada. Às vozes e ritmos intemporais de Hélder Moutinho (Entroncamento) Teresa Salgueiro (Abrantes), Pedro Jóia (Vila Nova da Barquinha) e Gaiteiros de Lisboa (Tomar) juntam-se projetos de Daniel Pereira Cristo (Mação), Bruno Pernadas (Constância) Sopa de Pedra (Vila Nova da Barquinha) ou a revelação brasileira, Castello Branco (Constância e Mação).

Ligados pelo Ferro, pelos caminhos de ferro, vão estar ainda Dragonologia, um projeto da Cia EZ que viajará por todos os concelhos, invadindo ruas, praças e escolas. O novo circo estará representado por Shakti Olaizola (ES) e o seu espetáculo “Irakurriz”, bem como pelo internacionalmente premiado “Ekilibuá” da Cia Maintomano (ES).

De França chega-nos “Le Chant des Pavillons” da La Fausse Cie e de Espanha chega-nos “Big Dancers” da Cia El Carromato.

Um dos espetáculos de dança mais aclamados pela crítica portuguesa e internacional tem paragem em Tomar. “Hu(r)mano”, de Marco da Silva Ferreira brinda o Médio Tejo na primeira noite do segundo fim de semana dos Caminhos do Ferro.

A programação é gratuita, vasta e para todos os públicos. Até bebés. “Baloiçar”, da Quinto Palco, abre as suas portas duas vezes no Entroncamento e para o público adolescente e suas famílias há uma versão gastronómica da intemporal peça “Romeu e Julieta”, pelo Teatro Praga.

Os percursos artísticos têm nos olhares de João Bento (Entroncamento), Marina Palácio (Constância), Lara Soares (Vila Nova da Barquinha) e Ana Bento (Mação) a criação de algo especial, de uma experiência identitária que cada um dos artistas absorve durante as suas estadias nos territórios.
Nos Caminhos do Ferro os artistas viajantes vão atuar em Igrejas, Praças, Teatros, Auditórios, ruas, largos e… numa piscina. É isso que vai acontecer nas Piscinas Municipais do Entroncamento com um live act de João Bento.


ITINERÁRIO
13 ABR (6ª)

11:00 Dragonologia (EZ) - Escola D.Maria II/ VN Barquinha – teatro de rua
15:00 Lara Soares - Exterior Centro Cultural / VNBarquinha - percurso
17:00 Ana Bento – Lg dos Combatentes / Mação - percurso
18:00 Dragonologia (EZ) – Rua Luís Falcão / Entroncamento – teatro de rua
21:00 Irakurriz (Shakti Olaizola) – Centro Cultural /VN Barquinha – novo circo
22:30 Hélder Moutinho – Centro Cultural /Entroncamento – música
 
14 ABR (Sáb)
11:00 Dragonologia (EZ) – Centro histórico / Abrantes – teatro de rua
15:00 Lara Soares - Exterior Centro Cultural / VNBarquinha - percurso
          Dragonologia (EZ) – Centro histórico / Abrantes – teatro de rua
17:00 Ana Bento – Lg dos Combatentes / Mação - percurso
21:00 Ekilibuá (Maintomano) – Pç Salgueiro Maia / Entroncamento – novo circo
21:30 Daniel Pereira Cristo – Auditório do CC Elvino Pereira / Mação – música
22:00 Pedro Jóia – Igreja de Atalaia / VN Barquinha – música
 
15 ABR (Dom)
11:00 Lara Soares - Exterior Centro Cultural /VN Barquinha - percurso
15:00 Lara Soares - Exterior Centro Cultural / VN Barquinha - percurso
16:00 Ana Bento – Lg dos Combatentes / Mação - percurso
18:00 Sopa de Pedra – Igreja Matriz de Tancos / VN Barquinha – música
21:30 Teresa Salgueiro – Pç Raimundo Soares / Abrantes – música
 
*
 
20 ABR (6ª)
09:00 Marina Palácio - Pç Alexandre Herculano / Constância - percurso
11:00 Dragonologia (EZ) - Parque Ambiental Sta. Margarida / Constância – teatro de rua
          João Bento - Exterior Piscinas Municipais / Entroncamento - percurso
14:00 Marina Palácio - Pç Alexandre Herculano / Constância - percurso
15:00 João Bento - Exterior Piscinas Municipais/ Entroncamento - percurso                      
          Dragonologia (EZ) – Lg dos Combatentes / Mação – teatro de rua
21:30 Hu(r)mano (Marco da Silva Ferreira) - Cine-teatro Paraíso / Tomar - dança
          Castello Branco - Auditório do Centro de Ciência Viva / Constância – música
          Big Dancers (El Carromato) – Pç Barão da Batalha / Abrantes – teatro de rua
 
 
21 ABR (Sáb)
11:00 Marina Palácio - Pç Alexandre Herculano / Constância - percurso
          João Bento - Exterior Piscinas Municipais / Entroncamento - percurso
          Dragonologia (EZ) - Parque Infantil / Tomar – teatro de rua
15:00 Marina Palácio - Pç Alexandre Herculano / Constância - percurso
          Dragonologia (EZ) – Corredoura / Tomar – teatro de rua
17:00 João Bento - Exterior Piscinas Municipais / Entroncamento - percurso
18:00 Le Chants des Pavillons (La Fausse Cie) - Pç Alexandre Herculano / Constância – música
21:30 Bruno Pernadas  - Auditório do Centro de Ciência Viva / Constância – música
          João Bento Live Act – Piscinas Municipais / Entroncamento – música
          Castello Branco - Auditório do CC Elvino Pereira/ Mação – música
          Le Chants des Pavillons (La Fausse Cie) – Corredoura / Tomar – música
22:30 Big Dancers (El Carromato) – Corredoura / Tomar – teatro de rua

22 ABR (Dom)
10:00 Baloiçar (Quinto Palco) - Centro Cultural / Entroncamento – teatro para bebés
11:00 Marina Palácio - Pç Alexandre Herculano / Constância - percurso
11h30 Baloiçar (Quinto Palco) - Centro Cultural / Entroncamento – teatro para bebés
15:00 João Bento - Exterior Piscinas Municipais / Entroncamento - percurso
16:00 Romeu & Julieta (Teatro Praga) - Casa do Povo de Montalvo / Constância - teatro
21:30 Gaiteiros de Lisboa - Pç. da República / Tomar – música

Viviane canta Piaf - Showcases FNACs e concerto na Casa da Música no Porto

dfabc967-1bc4-45b9-b3c3-c46d9ab026f5.jpg

 

 

   VIVIANE CANTA PIAF                         

Com uma carreira a solo de 12 anos e após o lançamento em dezembro último do seu mais recente CD "Viviane canta Piaf", 2018 é o ano em que Viviane leva aos palcos o espetáculo com o mesmo nome, em jeito de homenagem à grande cantora francesa Edith Piaf.

Antecedendo o concerto de dia 17 de Maio na Casa da Música, Viviane vai estar nas FNACs do Porto , a saber:


27 Abril | 22h00 | FNAC Marshopping
28 Abril | 17h00 | FNAC Sta Catarina
28 Abril | 22h00|FNAC Norteshopping

Dia 17 de Maio na Casa da Música podemos esperar um espetáculo único e inesquecível, de uma das vozes mais carismáticas da actual música portuguesa.

 

Músicos:
Voz e flauta - Viviane
Piano - Filipe Valentim
Guitarra acústica  - Tó Viegas
Guitarra elétrica - João Vitorino
Acordeão - João Gentil
Contrabaixo - Bruno Vítor