Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Porto: Á descoberta do Órgão da Igreja de S. Bento da Vitória

«Um Objeto e seus Discursos por Semana»

O órgão da Igreja de S. Bento da Vitória

Porto | 26 maio | 18h30

 

Inserido no ciclo de debates «Um Objeto e seus Discursos por Semana», vai decorrer, no próximo dia 26 de maio, pelas 18h30, uma sessão dedicada à Igreja de S. Bento da Vitória, tendo como convidados Fernando Miguel Jalôto e Elisa Lessa, para além de Isabel Sereno, técnica da Direção Regional de Cultura do Norte. 

Sonoridades de flautas, violões, trombetas, címbalos, clarins, cornetas e até vozes humanas juntam-se a tantos outros sons numa orquestra guardada num único e complexo instrumento, o órgão. Magnífica no aparato barroco das caixas, varandas e torretas, em talha dourada, e na pintura polícroma dos tubos coroados por aves fantásticas, cúpulas e brasões, a capela de canto d’orgão de S. Bento da Vitória, obra do entalhador Gabriel Marques (1716-1722), foi colocada junto ao belíssimo cadeiral do coro alto da igreja, iluminada pelo amplo espelho envidraçado. O órgão foi concebido pelo mestre organeiro e monge beneditino, Frei Manuel de S. Bento, que nele trabalhou entre os anos de 1716 e 1717. Tendo sofrido alterações ao longo dos tempos, foi restaurado pela oficina de organaria Pedro Guimarães (1999-2001), uma história que nos será introduzida por Isabel Sereno, arquiteta que irá mediar a sessão, acompanhada pelo organista Fernando Miguel Jaloto e pela musicóloga e investigadora Elisa Maria Maia Silva Lessa.

O ciclo de debates Um Objeto e seus Discursos por Semana acontece todos os sábados, sempre às 18h00 horas, em torno de objetos de museus, bibliotecas, arquivos, teatros, jardins e de muitos outros locais da cidade do Porto, da nossa memória coletiva, afetiva e até imaterial. Todas as sessões contam com a presença de convidados que abordam o assunto em causa nas suas diversas vertentes. 

 

Local: Igreja de S. Bento da Vitória, Porto

Lotação: 190 lugares

Nota: Excecionalmente, esta sessão iniciar-se-á às 18h30.

 

Inauguração da Exposição | “A Muleta do Tejo – Recuperar Memórias”

Inauguração da Exposição

“A Muleta do Tejo – Recuperar Memórias”

 

film (2).JPG

 

O Espaço Memória recebe, até 19 de agosto, a Exposição “A Muleta do Tejo – Recuperar Memórias”. Na inauguração, inserida na programação do Dia Internacional dos Museus, a 18 de maio, o Presidente da Câmara Municipal do Barreiro, Frederico Rosa, salientou que a muleta “é uma imagem de marca do Concelho”.

 

Histórias, Vivências e artefactos que integram o património material e imaterial do Barreiro estão representados nesta exposição iconográfica da embarcação tradicional do Rio Tejo. A mostra está patente de terça a sábado, das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00. As Visitas Guiadas podem ser efetuadas mediante marcação para o número 21 206 81 85.

Considerando a mostra “um trabalho excecional”, o Presidente da CMB fez um agradecimento a todos os envolvidos na construção desta exposição e referiu que a muleta, “um dos símbolos maiores do Barreiro”, deverá estar a navegar, previsivelmente, em julho.

O Técnico da CMB, António Camarão, explicou quais os tipos de muleta do Tejo que existiam, as suas funções e a sua história e apresentou aos presentes todas as áreas da exposição.

A inauguração da exposição estiveram presente, além do Presidente da CMB, os Vereadores João Pintassilgo, Sara Ferreira, Rui Braga, o Presidente da Assembleia Municipal, André Pinotes Batista, e a Presidente da UF Barreiro e Lavradio, Gabriela Guerreiro.

A programação do Dia Internacional dos Museus incluiu também o Debate “Património Industrial como gerador de Conhecimento”, no Museu Industrial da Baía do Tejo (BT). Este evento contou com a presença da Vereadora da CMB responsável pela Cultura, Sara Ferreira, do Vogal Executivo do Conselho de Administração do Parque Empresarial BT, Sérgio Saraiva, Leal da Silva e Condinho de Araújo, ligados à CUF, e Pedro Costa, professor do ISCTE, como moderador. Esteve, ainda, na sessão, o Vice-Presidente da CMB, João Pintassilgo.

A encerrar a noite, no Edifício A4, junto ao mural de VHILS assistiram-se a sessões de cinema integradas no “Circuito Itinerante Arquiteturas Film Festival 2017 – Barreiro” - Trienal de Arquitetura de Lisboa.

 

CMB

Vem aí o festival Guitarras ao Alto – de 30 de maio a 3 de junho

Francisca Cortesão e Mariana Ricardo elevam as guitarras, pelo Alentejo

 

image006.jpg

 

Entre os dias 30 de maio e 3 de junho, o Alentejo será palco de mais uma edição do Guitarras ao Alto, um festival português que reúne, todos os anos, duplas de alguns dos melhores guitarristas nacionais, que se unem para proporcionar concertos inéditos em locais originais e emblemáticos da região. O vinho, a gastronomia, a paisagem e o património alentejano são o pano de fundo para este festival de primavera que tem por objetivo levar a música e o entretenimento ao interior do país.

Francisca Cortesão e Mariana Ricardo são as artistas convidadas desta 4ª edição que conta com uma série de cinco espetáculos itinerantes:

 

30 de maio - Estremoz - Convento das Maltezas/Centro Ciência Viva

31 de maio - Avis - Claustro do Convento de S. Bento de Avis

1 de junho - Beirã/Marvão - Antiga estação de comboios da Beirã-Marvão (parceria Train Spot)

2 de junho - Redondo - Herdade de São Miguel, em casa do patrocinador oficial do evento, vinhos Herdade de São Miguel

3 de junho - Crato – Pousada Flor da Rosa

 

Bilhetes à venda em www.guitarrasaoalto.pt (Preço - 5€ por pessoa, com oferta de copo de vinho Herdade de São Miguel).

 

O Guitarras ao Alto está vai na sua 4ª edição e por lá passaram nomes como Peixe, Frankie Chavez, Tó Trips, Filho da Mãe, Norberto Lobo e Luís Martins.  A ideia de criar o Festival Guitarras ao Alto surge quando, em 2013, o alfacinha Vasco Durão se muda para o Alentejo, Estremoz, com a sua família. Melómano incurável, Vasco rapidamente viu no Alentejo um potencial incrível de dinamização, tão vital para a região. Dedicou os últimos quatro anos a tornar isso possível e a provar que o Alentejo também pode ser palco de eventos originais e com muita qualidade.

A edição deste ano conta com o patrocínio oficial dos vinhos Herdade de São Miguel, da Casa Relvas, um dos principais produtores de vinhos do Alentejo, empenhado, ativamente, na promoção e divulgação da cultura e tradição alentejanas. A própria Herdade de São Miguel será “anfitriã” de um dos espetáculos Guitarras ao Alto, no sábado, dia 2 de junho, onde será preparado um evento único, do meio da tarde ao pôr do sol, integrado na vinha e na natureza. O evento conta ainda com o apoio do Turismo do Alentejo, através do Programa 365 Alentejo-Ribatejo, e da Antena 3, media partner oficial desde a génese deste projeto.  

 

SOBRE AS ARTISTAS

Francisca Cortesão nasceu no Porto em 1983, mas vive atualmente em Lisboa. Cantora, compositora e multi-instrumentista, desde 2006 que tem em Minta & The Brook Trout o seu principal projeto. A banda editou o terceiro longa-duração, Slow, em 2016.

Igualmente cofundadora dos They’re Heading West, entre as suas colaborações passadas e presentes contam-se ainda concertos e gravações de Walter Benjamin, B Fachada, David Fonseca, Márcia, Sérgio Godinho, Tape Junk, Bruno Pernadas e Lena D’Água, onde participa sobretudo com vozes e guitarras. Em 2018, foi convidada a compor para o Festival da Canção.

Mariana Ricardo nasceu em 1980 em Lisboa, onde vive e trabalha. Divide-se entre a música independente e o cinema. Iniciou a atividade musical em 1994, participando em diversos projetos musicais, com destaque para Pinhead Society e München.

Compôs e interpretou as bandas sonoras dos filmes “Xavier” (2002) e “Quatro Copas” (2007) de Manuel Mozos e de “A Cara que Mereces” de Miguel Gomes (2004). Em 2008 assinou a pesquisa e direção Musical do filme “Aquele Querido Mês de Agosto” de Miguel Gomes. Como integrante do coletivo musical München assinou, entre outras, a banda sonora dos filmes “Je flotterai sans envie” (2009) de Frank Beauvais e “A Espada e a Rosa” (2010) de João Nicolau.

Trabalha como argumentista desde 2005, coassinando os argumentos dos filmes “Aquele Querido Mês de Agosto” (2008, Miguel Gomes), "A Espada e a Rosa" (2010, João Nicolau) , "Tabu" (2012, Miguel Gomes), “As Mil e Uma Noites” (2015, Miguel Gomes) e John From (2015, João Nicolau).

Atualmente integra as bandas They’re Heading West, The Secret Museum of Mankind, Silence is a Boy e Minta & The Brook Trout.

Ponte Fortificada de Ucanha recebe Certificado de Excelência 2018

A Ponte Fortificada de Ucanha acaba de ser distinguida, pelo
segundo ano consecutivo, com o Certificado de Excelência do TripAdvisor,
baseada nas avaliações excelentes dos visitantes. A distinção atribuída a um
dos monumentos que integram a rede de monumentos Vale do Varosa vem mais uma vez dar força ao projeto que aposta desde o seu início no desenvolvimento
sustentável de um turismo cultural de qualidade.

PonteFortificadaUcanha.jpg

 

3 DE JUNHO | 10H00 | LISBOA (JARDIM DA GUITARRA, CORDOARIA) | PORTO (PARQUE DE SÃO ROQUE) | 'SICAL DANÇAS DO MUNDO' ARRANCA COM MEGA AULAS GRATUITAS DE DANÇA EM LISBOA E NO PORTO

 

‘SICAL DANÇAS DO MUNDO’ ARRANCA COM MEGA AULAS GRATUITAS DE DANÇA EM LISBOA E NO PORTO

 

3 DE JUNHO | 10H00

LISBOA (JARDIM DA GUITARRA, CORDOARIA) | PORTO (PARQUE DE SÃO ROQUE)

 

Se gosta de dançar, viajar e de café, não vai querer perder SICAL DANÇAS DO MUNDO: mega aulas de dança, originárias de diferentes países, que a marca lhe vai oferecer a partir do próximo dia 3 de junho e ao longo do verão, em Lisboa e no Porto.

A dança é uma das mais bonitas manifestações das Origens de cada cultura. Através da música, da coreografia, do ritmo e da forma de o corpo se expressar, a Dança revela todo um universo de tradições, usos, costumes, gostos… conta a história de um povo!

Escolhemos celebrar as Origens do nosso café com a Dança por ser uma atividade que é transversal a todas as pessoas, de todas as idades e em qualquer parte do mundo. A Dança dá-nos energia e faz-nos sentir bem, tal como uma chávena de bom café. É esta a energia contagiante que queremos para estas iniciativas e para a marca SICAL. Vamos pôr os portugueses a mexer”, afirma Teresa Roseta, responsável de marketing de cafés torrados da Nestlé Portugal.

Assim, em parceria com a Jazzy, reconhecida escola de dança, a marca portuguesa de cafés torrados, vai oferecer aos portugueses aulas gratuitas de dança, ao ar livre, que podem ir dos ritmos latinos ao bollywood, passando pelo kuduro, afro tribal e dance hall, ao longo de todo o verão. Fique a par de todo o calendário de eventos em SICAL DANÇAS DO MUNDO.

As duas primeiras sessões, a realizar dia 3 de junho, em Lisboa e no Porto, contam com quatro estilos distintos e cerca de 20 instrutores que ajudarão todos os participantes a dar “um pezinho” de dança:

Agenda em Lisboa

10h00-10h50- Ritmos Latinos

10h50-11h40- Bollywood

11h40-12h30-  Kuduro

12h30-13h20-  Dancehall

Agenda no Porto

10h00-10h50- Bollywood

10h50-11h40- Afro Tribal

11h40-12h30-  Ritmos Latinos

12h30-13h20-  Dancehall

É desta forma - com o projeto SICAL DANÇAS DO MUNDO – que a marca portuguesa de cafés torrados da Nestlé se propõe celebrar e dar a conhecer as danças típicas dos países de Origem do seu café.

Não interessa se é “pé de chumbo”, qual a sua idade ou género… Venha participar, divertir-se e repor as energias, porque, tal como a dança, SICAL DANÇAS DO MUNDO é para todos.

 

SICAL está na origem… de momentos únicos e perfeitos agora concretizados na dança.

3ª Edição do Arrábida Sinfónica com sonoridades latinas e homenagem a David Bowie

 

Arrábida Sinfónica 2017 - 2- Créditos Casa da M

 

Arrábida Sinfónica 2018

22 JUN - SEXTA

22H00

ArrábidaShopping

Entrada livre

 

 

ORQUESTRA SINFÓNICA DO PORTO CASA DA MÚSICA

Otto Tausk - Direcção musical

Programa:

Maurice Ravel – Alborada del gracioso

Manuel de Falla – O chapéu de três bicos: suite nº1

Maurice Ravel – La valse

Zoltan Kodály – Danças de Galanta

 

A Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, a Fundação Casa da Música e o ArrábidaShopping juntam-se para a realização de um concerto sinfónico, com entrada livre, no dia 22 de Junho, às 22H00.

 

Num palco montado na Praceta Exterior Norte do ArrábidaShopping, a Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música apresenta um concerto com a direcção musical de Otto Tausk, dedicado às danças latinas, com Maurice Ravel, Manuel de Falla e Zoltan Kodály. O programa do concerto inclui ainda uma homenagem a David Bowie.

 

Integrado na programação das festas de Vila Nova de Gaia e do Verão na Casa, da Casa da Música, o concerto realiza-se, anualmente, desde 2016, levando a música sinfónica a novos espaços e a novos públicos.

 

Otto Tausk

Com uma carreira reconhecida internacionalmente, Otto Tausk é um dos mais conceituados maestros da Holanda, de onde é natural, colaborando com os principais compositores e orquestras, quer em salas de concertos e em teatros de ópera. É director musical do Teatro de Ópera e da Orquestra Tonhalle de St. Gallen – Suíça, cargo que termina em breve, para ser director musical da Orquestra Sinfónica de Vancouver – Canadá, a partir da temporada 2018/2019.

Internacionalmente, Otto Tausk abriu a série "Green Umbrella" da Orquestra Filarmónica de Los Angeles, Orquestra Concertgebouw, Filarmónica de Roterdão, Orquestra Sinfónica Nacional Dinamarquesa, Orquestra Sinfónica de Milão Giuseppe Verdi, Orquestra do Teatro Mariinsky, as orquestras de Perth, Tasmânia, Auckland e as orquestras de rádio da Orquestra Nacional da BBC de Gales e da BBC Scottish Symphonies.

 

Nesta temporada (2017/18), Otto Tausk tem dirigido concertos com diversas orquestras, nomeadamente Orquestra Nacional da Dinamarca, Orquestra Sinfónica da Galiza e Orquestra Sinfónica de Norrköping e Orquestra Sinfónica de Melbourne, entre outras.

 

Nascido em Utrecht, Otto Tausk estudou violino e continuou os seus estudos com o maestro e professor lituano Jonas Aleksa no Conservatório de Vilnius. Foi professor assistente de Valery Gergiev, com a Filarmónica de Roterdão. Em 2011, recebeu o conceituado prémio "de Olifant" atribuído pela cidade holandesa de Haarlem, pelo seu contributo para as artes na Holanda, em particular devido ao extenso e importante trabalho como director musical da Holland Symfonia, entre 2007 e 2012.

 

“Este é o grande concerto sinfónico que Gaia pretende, em conjunto com os parceiros Fundação Casa da Música e ArrábidaShopping, oferecer à cidade”, afirma a Vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, Paula Carvalhal.

 

Para Paulo Valentim, director do ArrábidaShopping, “é uma iniciativa que tem registado um aumento de público em cada uma das edições anteriores, e que, este ano volta a repetir a ambição de encher a praceta ao ar livre para um momento de festa e de música”.

 

“A Fundação Casa da Música, no âmbito do programa Verão na Casa, prossegue a aposta na oferta alargada de grandes concertos de música sinfónica em espaço público e de acesso livre, sendo o Arrábida Sinfónica, um dos marcos desse programa”, como refere Paulo Sarmento e Cunha, director geral da Fundação Casa da Música.

 

A noite de 22 de Junho, contará ainda com algumas surpresas no recinto do concerto para todos os que chegarem mais cedo poderem aderir ao tom de festa que a música vai oferecer.

 

Sobre a Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música

A Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música foi fundada em 1947, ano em que foi constituída a Orquestra Sinfónica do Conservatório de Música do Porto, que, desde então, passou por diversas designações. Engloba um número permanente de 94 instrumentistas, o que lhe permite executar todo o repertório sinfónico desde o Classicismo ao Século XXI. É parte integrante da Fundação Casa da Música desde Julho de 2006.

 

A Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música tem trabalhado com reputados maestros, solistas e compositores. Nas últimas temporadas, apresentou­-se nas mais prestigiadas salas de concerto de Viena, Estrasburgo, Luxemburgo, Antuérpia, Roterdão, Valladolid, Madrid e no Brasil, e é regularmente convidada a tocar em Santiago de Compostela e no Auditório Gulbenkian.

 

 

Sobre o ArrábidaShopping

Inaugurado em 1996, o ArrábidaShopping dispõe de uma oferta de lojas diversificada, numa Área Bruta Locável (ABL) de 60.135m2. Remodelado em 2008, o ArrábidaShopping espelha a sua sofisticação e elegância nas cerca de 179 lojas que oferecem um vasto leque de serviços. Dispõe de cerca de 3.400 lugares de estacionamento. Os cinemas são, também, uma mais-valia no Centro, pois para além da capacidade para 3.400 pessoas, têm ótimas condições de som e imagem.  A par da experiência única de compras e de lazer que oferece aos seus clientes, o ArrábidaShopping assume a responsabilidade de dar um contributo positivo para um mundo mais sustentável, trabalhando ativamente para um desempenho excecional nas áreas ambiental e social. Todas as iniciativas e novidades sobre o centro podem ser consultadas no site www.arrabidashopping.com.

 

‘AMERICAN CHOPPER’: A LOUCURA DAS MOTAS ESTÁ DE REGRESSO AO DISCOVERY CHANNEL // ESTREIA A 7 DE JUNHO

 

1.jpg

 

Durante cinco anos mantiveram-se longe do pequeno ecrã, desenvolvendo os seus próprios negócios de forma independente. Mas a paixão pelas motos volta a reunir pai e filho, Paul Teutul Jr. e Sr, na nova temporada de ‘American Chopper’. Ambos tentam deixar de lado as diferenças que os separam nos novos episódios da série de êxito do Discovery, que estreia a 7 de junho, às 21 horas.

 

Segurem-se, fãs motociclistas! Paul Teutul Sr. e Paul Teutul Jr., os construtores de motos de classe mundial, estão de regresso ao Discovery Channel com ‘AMERICAN CHOPPER’, com estreia marcada para 7 de Junho às 21 horas.

 

A dupla de pai e filho está de volta para reclamar um lugar proeminente no mundo da construção de motos e quem sabe, reconstruir a relação entre ambos, que tem sofrido ao longo dos anos.

 

AMERICAN CHOPPER estreia no Discovery Channel depois de cinco anos de pausa. A série é, até aos dias de hoje, uma das mais vistas de sempre do canal, nos Estados Unidos, tendo chegado a um total de 3,4 milhões de espetadores, no seu melhor registo.

 

Paul Sr. e Paul Jr., dois dos artesãos mais dotados na área da construção personalizada de motas querem voltar a dominar esta competitiva área. Com celebridades e atletas de topo como clientes, a sua reputação está em jogo a cada encomenda. Para além da construção das motas, pai e filho vão também tentar reconstruir a sua frágil relação, que ficou desgastada pelos últimos anos de trabalho conjunto.

 

Paul Sr. fez um restlyle da Orange County Choppers, tornando a oficina um complexo com uma loja, café, salão de bowling e claro, um showroom, mas a remodelação custou caro e agora o pai Teutul está a sentir-se pressionado para ter resultados.

Entretanto, Paul Jr. também sentiu os efeitos da economia – com o seu negocio de topo de personalização de motas a sofrer com isso... Paul está preocupado com o estado do negócio a longo termo, especialmente agora, que já tem a sua própria família.

 

O duo composto por pai e filho inicia um novo capítulo, colocando o passado para trás das costas... mas agora Paul Jr. tem um filho e há muito mais em jogo. Conseguirão os negócios dos Teutuls sobreviver e até crescer ou irá a complicada relação entre pai e filho ameaçar as suas oficinas?

 

AMERICAN CHOPPER está de regresso ao Discovery Channel a 7 de junho às 21 horas.

Cerimónia de Atribuição de Medalhas de Bons Serviços e Dedicação ao Movimento Associativo dia 31 de maio

Associativismo 3.jpg

 

 

No próximo dia 31 de maio, a partir das 16h00, realiza-se, no Auditório do Hospital Nossa Senhora do Rosário, a Cerimónia de Atribuição de Medalhas de Bons Serviços e Dedicação ao Movimento Associativo Popular. A entrada neste evento é livre.

 

De acordo com o Regulamento Municipal de Atribuição de Condecorações do Município do Barreiro, serão atribuídas as Medalhas de Bons Serviços e Dedicação às seguintes instituições:

  • Associação de Artes Plásticas do Barreiro – 23 de março de 1993 (25 anos);
  • Associação de Basquetebol de Setúbal – 12 de novembro de 1943 (75 anos);
  • Casa do Pessoal do Hospital do Barreiro – 30 de junho de 1993 (25 anos);
  • Persona – Associação de Apoio a Doentes Mentais Crónicos – 26 de maio de 1993 (25 anos).

 

A Cerimónia contará com a animação dos Grupos:

- Alinha

- Grupo de Teatro e Expressão Artística Personalis Theatrum com acompanhamento musical do AcordóFado

 

As condecorações foram aprovadas na Reunião Ordinária Pública de Câmara de 2 de maio último. «De acordo com o número 1 e com a alínea b) do número 2, ambos do artigo 6º do Regulamento Municipal de Atribuição de Condecorações do Município do Barreiro, dedicado à Medalha de bons Serviços e Dedicação, onde se escreve, respetivamente: “Condecoração destinada a agraciar aqueles que, mercê da permanência em certa situação, hajam contribuído para a dignificação e elevação do Barreiro” e “A todas as entidades, independentemente da sua natureza ou objeto, integradas no movimento associativo, que assinalem 25 anos de existência ou quaisquer múltiplos desta idade», fundamenta o Documento aprovado.

 

 

CMB

 

 

ARTE EM FESTA 2018 - Pedido de divulgação/publicação Convite ENCONTRO “CÂMARAS DE DESENHAR” COM MÁRIO RAINHA CAMPOS I Quarta 30 de maio, 21h30 I Imargem

ARTE EM FESTA - CÂMARAS DE DESENHAR.jpg

 

ARTE EM FESTA

ENCONTRO “CÂMARAS DE DESENHAR” COM MÁRIO RAINHA CAMPOS

IMARGEM, PRAGAL

Quarta 30 de maio, 21h30

 

 

O Serviço Educativo da Casa da Cerca - Centro de Arte Contemporânea concebeu um modelo de CÂMARA DE DESENHAR para facilitar o desenho de observação. Neste Encontro vamos apresentar alguns projetos de arte participativa em que têm sido integrados contributos individuais em criações coletivas, com desenhos criados usando esta ferramenta, que muitos conhecem como a “mãe” da Máquina Fotográfica e de Vídeo.

 

 

 

APOIO CÂMARA MUNICIPAL DE ALMADA

NOBEL DA ECONOMIA, CO-FUNDADOR DA NETFLIX E MUITO MAIS: PORTO BUSINESS SCHOOL

“The Vertex: Futurefulness”, 17-18 de setembro, Alfândega do Porto

 

NOBEL DA ECONOMIA, CO-FUNDADOR DA NETFLIX E MUITO MAIS: PORTO BUSINESS SCHOOL COLOCA FUTURO UM PASSO MAIS PERTO 

The Vertex é o novo nome da nova conferência anual da escola de negócios da Universidade do Porto, que pretende desenvolver “Futurefulness” – um neologismo criado pela Porto Business School para definir um permanente estado de imersão no Futuro

 

Nos próximos dias 17 e 18 de setembro, a Porto Business School abre as portas da Alfândega do Porto à primeira edição do The Vertex: um novo conceito de conferência que promete explorar o futuro e marcar a agenda do futuro nos negócios.

Depois de sete edições da Porto Business School Grand Conference, a escola de negócios considerou ser tempo de fazer a mudança voltar a acontecer. Em linha com o recente brand uplift e o reforço do seu posicionamento, a Porto Business School lança agora, o The Vertex, um momento inspirador e desafiante, que vai reunir com algumas das maiores referências mundiais.

Richard Thaler, Prémio Nobel da Economia em 2017 e co-autor do best-seller “Nudge – Improving Decisions about Health, Wealth, and Happiness”, Mitch Lowe, co-fundador executivo da Netflix e atual CEO da Movie Pass, a “netflix do cinema”, April Rinne, especialista em Economia Partilhada, Young Global Leader do World Economic Forum e conselheira de algumas das maiores empresas do Fortune 500 e o especialista em liderança, Jean-François Manzoni, que atualmente é dean do IMD - International Institute for Management Development - , a escola de negócios n.º 1 do mundo em Open Executive Education e parceira da Porto Business School, em Portugal, são os oradores confirmados, até ao momento, para o primeiro dia desta conferência.

A mudança acontece a um ritmo exponencial. A tecnologia, os dados e a inteligência artificial fazem parte desta equação do futuro, mas será a capacidade de decisão, enquanto Humanos, que fará a diferença. 

Este é o cenário de inspiração da conferência anual da Porto Business School, que promete explorar os aspetos e o impacto do comportamento humano, incluindo a irracionalidade na gestão e no processo de tomada de decisão.

O formato da conferência anual da Porto Business School muda, também, relativamente às edições do passado. O The Vertex compreende um programa de dois dias: o primeiro dia num formato mais tradicional, reunindo um painel de oradores de renome mundial e um segundo dia dedicado à inovação e ao futuro – “Future Innovation meets Future Business” - promovendo encontros one-to-one entre start-ups e mentores experientes no mundo dos negócios, casos de sucesso de start-ups e um painel de “keynote speakers improváveis que veem para lá do hoje”.

Recorde-se que, recentemente, a Porto Business School foi novamente distinguida pelo Financial Times, como uma das melhores escolas de negócios da Europa .

 

Sobre a Porto Business School:

A Porto Business School é uma escola de negócios com características únicas. Criada por um conjunto de 36 organizações, nacionais e multinacionais e pela Universidade do Porto, a Porto Business School tem por missão a preparação de indivíduos e empresas para serem agentes da mudança ao longo da vida. Este modelo de gestão diferenciador, que combina o pragmatismo e experiência real das empresas com o rigor académico e o acesso à investigação mais avançada permitem à Porto Business School a capacidade de estimular a mudança, aliando o saber fazer com o poder fazer, antecipando o futuro e criando as competências necessárias para indivíduos e organizações. Site: http://www.pbs.up.pt