Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

14 Países e oito mil milhões de dólares: DISCOVERY CHANNEL EMITE DOCUMENTÁRIO SOBRE O MAIOR TELESCÓPIO DO MUNDO | 3 de maio às 21 horas

Uma construção que envolve milhares de pessoas provenientes de 14 países, com um orçamento de oito mil milhões de dólares:

DISCOVERY CHANNEL EMITE DOCUMENTÁRIO SOBRE O MAIOR TELESCÓPIO DO MUNDO

O Discovery Channel revê 400 anos de evolução do instrumento mais importante na observação do cosmos, desde o original inventado pelo Galileo até ao desenho e construção do gigantesco James Webb Space Telescope da NASA, o primeiro representante de uma nova geração de telescópios cem vezes mais potentes que os usados atualmente pelos astrofísicos. ‘Telescópio’, um documentário de uma hora realizado por Nathaniel Khan, já nomeado para um Oscar, estreia no dia 3 de maio às 21 horas no Discovery Channel.

image001.jpg

 

 

O Discovery Channel propõe uma grande viagem pelos bastidores de um dos maiores passos na evolução científica dos telescópios: o desenho e construção do James Webb Telescope, o primeiro representante de uma nova geração de telescópios cem vezes mais potentes que os usados atualmente pelos astrofísicos da NASA, incluindo o popular telescópio espacial Hubble.

Pela mão do diretor nomeado a um Oscar – Nathaniel Kahn – todos os espetadores vão conhecer os segredos deste engenho gigante, uma autêntica máquina do tempo que permite olhar para as origens do universo, e procurar planetas onde pode ter enraizado uma vida mais além do nosso Sistema Solar, para responder a uma pergunta que paira no ar há vários anos: existe outro lugar no Universo onde a raça Humana possa sobreviver? O documentário de uma hora de duração estreia no dia 3 de maio às 21 horas no Discovery Channel.

Com um acesso sem precedente às pessoas e tecnologias que estão a tornar possível a criação deste enorme instrumento, incluindo astrofísicos, engenheiros, operários e pessoal da NASA, ‘Telescópio’ oferece uma visão íntima deste engenho chamado a revolucionar a observação do cosmos. O documentário lança um olhar ao passado para mostrar a evolução dos telescópios nos últimos 400 anos, desde a invenção do objeto até à atualidade.

Nos últimos quatro séculos, o Homem subiu às estrelas através destes instrumentos para tentar perceber o seu lugar no universo. Com os telescópios rudimentares, Galileo descobriu que a Lua não era uma esfera perfeita, que Venus tem fases e que a Via Láctea é feita de estrelas, chegando à conclusão que a Terra não é o centro do universo. Após Galileo, com telescópios com aberturas cada vez maiores, os cientistas continuaram a querer explorar o espaço, descobrindo a existência de novos planetas como Urano e Neptuno, demonstrando que a Via Láctea é apenas uma de muitas galáxias, que o Universo está a expandir-se e que tudo começou com uma grande explosão. O Hubble, que completou 25 anos este ano, elevou tudo a um outro nível, permitindo que os cientistas pudessem determinar a idade do universo, confirmar a existência dos buracos negros, e até analisar a atmosfera de um planeta que orbita uma outra estrela. O último êxito foi o lançamento do telescópio espacial Kepler em 2011, que proporcionou uma mudança de paradigma ao descobrir planetas extrassolares.

No entanto, todas estas descobertas fundamentais são pequenas quando comparadas com os sucessos do telescópio James Webb, cuja construção está a envolver milhares de pessoas provenientes de 14 países, com um orçamento de oito mil milhões de dólares. O Webb será lançado ao espaço em outubro de 2018 numa arriscada missão que representa um dos maiores esforços científicos de todos os tempos.

‘Telescópio’ estreia no dia 3 de maio às 21 horas no Discovery Channel.