Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

17 MARÇO-ESTREIA | SOLOS MULTIPLICADOS | Carpintarias de São Lázaro

SOLOS MULTIPLICADOS_Daniela Reis e Inês Cardoso_f

 
O novo projecto inclusivo de dança contemporânea do coreógrafo Rafael Alvarez é a performance SOLOS MULTIPLICADOS com estreia marcada para 17 de Março nas Carpintarias de São Lázaro, em Lisboa.
 
SOLOS MULTIPLICADOS é um projecto de cruzamento entre dança contemporânea e dança inclusiva. 10 criadores x 10 intérpretes com e sem deficiência onde cada um assume de forma igual, recíproca e partilhada o papel de coreógrafo e intérprete. Um denominador comum - a construção de um corpo e de um palco plural. O programa com curadoria e coordenação artística do coreógrafo Rafael Alvarez apresenta uma série de dez solos com coreografia e interpretação de Ariadne Ferrufino, Daniela Reis, Diana Niepce, Diana Tomé, Cristina Tavares, Frederico Augusto, Inês Cardoso, Joana Martins, Mariana Rodrigues, Sofia Santos e Rafael Alvarez, apresentados sob a forma de espectáculo-instalação coreográfica, numa multiplicação de corpos, sentidos, identidades e poéticas de movimento - um manifesto para um corpo plural. 
 
SOLOS MULTIPLICADOS lança o desafio para uma mudança do contexto e do paradigma das artes performativas e da dança contemporânea em Portugal, criando oportunidades em contexto profissional para o apoio, capacitação, consolidação e surgimento de novos criadores com deficiência e por outro lado contribui para uma mudança de atitudes e práticas artísticas que promovam uma real inclusão e uma efetiva pluralidade na comunidade artística e na oferta cultural, valorizando a diversidade humana como capital artístico.  
É urgente desarrumar a ordem estabelecida nos circuitos de programação artística que se encontram (ainda) praticamente inacessíveis e fechados a artistas com deficiência/diversidade funcional e artistas emergentes. Romper com este sistema alheado da diversidade e da representatividade de outros corpos e de outras vozes e da pluralidade de identidades e de visões artísticas assume-se também como corpo político. Pensar, criar, incluir e transformar a partir do lugar do corpo. Este é o nosso manifesto, uma multiplicação de corpos e mundos para um palco mais plural.
 
SOLOS MULTIPLICADOS
17, 18, 19 e 20 de Março
quinta, sexta e sábado, 21H00 | domingo, 16H00
Carpintarias de São Lázaro (Rua de São Lázaro 72, Lisboa)
Reservas: reservas@csl-lisboa.pt