Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Festa Guia da Noite: Summer Party ‘09

 

6 de Junho
A partir das 19h30
 
O Terraço
Cç. Marquês de Tancos, 3

Lisboa

 

3518252_400_300_c_tn_m

 

Para quem não tivesse ainda notado (e espera-se falar neste momento para uma reduzidíssima minoria de afectos do síndroma do sofá e do telecomando) gira há algum tempo pelo circuito nocturno lisboeta uma nova edição cartográfica incumbida desta velha missão que une uns quantos samaritanos como nós em “animar a malta cá da terra”. De vez em quando interrompem a emissão das boas novas para os noctívagos e a festa fazem-na eles mesmo. Desta feita, e para o lançamento da sexta edição, o Guia da Noite propõe uma non-stop Summer Party de própria autoria à qual o único não-convidado é mesmo o Sol. ComMike Stellar em versão funk nos pratos, o calor e a brisa nocturna a convidar por longas horas e um spot adequado ao título da estação que a passos largos se avizinha, do pôr-do-sol ao seu regresso, “A vossa noite será mais bela que os dias dos outros” …os tais do sofá e do telecomando. NunoT

 
 

“Concerto São Carlos no ISCTE”

 

© Mundo Universitário
5 de Junho
19h
 
Auditório do ISCTE
 
 
ISCTE e OPART assinam protocolo
Aproximar a cultura da Universidade
O OPART, entidade gestora do Teatro Nacional de São Carlos (TNSC) e da Companhia Nacional de Bailado (CNB), e o ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa, vão celebrar, na próxima Sexta-feira, dia 5 de Junho, um protocolo que visa a realização de acções conjuntas e que tem como objectivo contribuir para o desenvolvimento mútuo, para o estímulo da realização de espectáculos bem como para a formação de novos públicos.
O protocolo assinado entre as duas instituições públicas prevê, por um lado, dotar o ISCTE de uma oferta cultural na área da música erudita e, por outro, fornecer uma sala de ensaio para a Orquestra Sinfónica Portuguesa, corpo artístico gerido pelo OPART.

Ao marcar presença de forma regular no ISCTE, o OPART cumpre a sua estratégia de abertura à sociedade civil, contribuindo desta forma para a captação de mais e novos públicos. Para Pedro Moreira, Presidente do Conselho de Administração do OPART, “esta parceria, para além de permitir dotar a Orquestra Sinfónica Portuguesa de um novo espaço de ensaio, permite proporcionar aos alunos, professores e funcionários do ISCTE, e de toda a Cidade Universitária, uma programação regular de música clássica.”

Deste protocolo estabelecido entre o OPART e o ISCTE resulta a realização, até 2010, de 16 concertos sinfónicos ou coral-sinfónicos, no Auditório do ISCTE. Com esta iniciativa o ISCTE pretende reforçar a sua aposta da cultura, visando aproximar os seus alunos das artes.

“A parceria estabelecida com o OPART permite ao ISCTE receber o Teatro Nacional de São Carlos nas suas instalações, dando ao Auditório uma programação regular o que permite criar uma «Temporada» do São Carlos na Universidade.”, refere Luis Reto, Presidente do ISCTE. “Esta parceria tem particular interesse na medida em que é uma forma de gestão eficiente dos recursos públicos ao fazer-se a rentabilização dos equipamentos públicos e dos recursos humanos das duas instituições.”

O protocolo será assinado na próxima Sexta-feira pelas 19h00 sendo seguido do primeiro “Concerto São Carlos no ISCTE”. O concerto é gratuito e terá lugar no Auditório do ISCTE (Edifício II do ISCTE).
04.06.2009

Festival PopUp

 

Inauguração 5 de Junho
22h
Semana das 14h às 22h| Fds 11h às 19h
 
Antiga Cavalariça do Palácio da Trindade
Rua da Trindade nº18, ao Largo do Carmo
Lisboa
Pop_up1_m
 

Arte mais cidade igual a arte urbana. Artes plásticas, música, dança, conversas, workshops e mais arte para a cidade. Chama-se Pop-up Lisboa 2009 e é a primeira edição de um festival de arte urbana que quer aproveitar edifícios devolutos ou inutilizados e ocupá-los com obras de artistas emergentes. Não tenciona lucrar, apenas intervir. Uma exposição colectiva, música pelas mãos dos Post Hit e Dj Hugo Santana, alunos da Escola Superior de Dança a dançar do Carmo à Trindade são alguns dos exemplos do que este festival vai fazer acontecer. Nos workshops há fotografia, terapia pela arte, reciclagem urbana… É chegar ver, ocupar e intervir na cidade.Catarina Rebelo

Exposição + Performance Crash

 

5 de Junho
Das 15h às 19h
 
Galeria Bernardo Marques
Rua D.Pedro V, 81
Lisboa
3210_73761699723_57764049723_1739652_149405_n_m
 

Há já algumas semanas que a Sara Franco se mudou para a casa (do) Bernardo Marques. Mudou-se com obras e bagagens e convidou-nos à visita, para apreciação artística das exteriorizadas criatividades da própria, em Crash. Ora a Lecool esteve-se a guardar para esta quinta feira, porque vamos poder ver, além das vibrantes e coloridas telas de inspiração urbana, a verdadeira artista a pintar ao vivo (processo que se advinha assaz interessante num género National Artistical presents: Sara no seu habitat a fazer o que de melhor faz). Hoje entre as 15h e as 19h não perder esta oportunidade de conhecer a obra e quem a cria. Ah (suspiro) se todas as exposições fossem assim…. Mami

Festa Add Wood

 

4 de Junho
Das 22h às 00h
 
Purex
Rua das Salgadeiras,28
Lisboa
Odete_m
 

Camaradas e camaradas… eis o Pior Festival do Mundo! Com Odete Santos! Diversos artistas portugueses sem um pingo de vergonha expõem obras miseráveis. Para além dessa diva artística que outrora militou num partido a dar para o vermelho, destacam-se nomes como Duendes do Umbigo, Tocha – Cantor Romântico Abandonado, Daltonic Brothers, Ana Borralho & João Galante. E, infelizmente, muitos mais. Todos juntos, ajudam a matar mais um bocadinho aquilo que dá pelo nome de Arte. Adivinha-se todo um circo.Como a Humanidade nutre uma curiosidade por tudo o que é degradante, estamos lá! Os primeiros a chegar têm direito a uma bebida grátis e a um beijinho da Odete. Ou não. Ricardo Quintela

 

Concerto Lonely Drifter Karen

 

4 de Junho
23h30
 
Bar Lounge
Rua da Moeda 1
Lisboa
 

L_8e9524ab611ce1b8caec5e22a5e641af_m

 

Começo já por prometer que o concerto começa mesmo às 23h30! Mas se quiserem ir para o Lounge, beber uns vermutes antes da hora, estejam à vontade. Aliás, quando vierem tragam plumas e tutus porque os Lonely Drifter Karen vão transformar este bar, num pequeno cabaret-circo. As músicas da austríaca Tanja Frinta foram feitas em vários países levam-nos aos cafés de Paris do antigamente, aos bares fumarentos de sei-lá-onde, aos carroceis das férias, aos romances com algodão-doce e por aí fora. Vamos sair de Lisboa por umas horas e não precisamos de pagar nada por isso! Só salvas de palmas. Mami

 

 

 

Ambientar-te LX

 

5 e 6 de Junho

Jardim e Miradouro de São Pedro de Alcântara

 R. São Pedro de Alcântara
Lisboa

 

Ambientar-te Lx

Festas de Lisboa 09

Imagem:

 

 

 

5 Jun
Drumtrumpet
19h30
Los Cubos
22h
Anonima Nuvolari
23h30

6 Jun
Camaleão
10h, 15h30
Face Paiting
11h, 15h
Contabandistas
18h
Johannes Krieger Quartet
19h30
Sotazero
22h
Farra Fanfarra
23h30

Sensibilizar para a questão do ambiente através da música. Será que a música tem esse poder? A associação cultural Bacalhoeiro acredita que sim e por isso organiza um evento no renovado jardim de São Pedro de Alcântara para comemorar o Dia Mundial do Ambiente. O objectivo é levar as pessoas a participar, a fazer e a pensar sobre as questões ambientais recorrendo a diversas formas de cultura: workshops, ateliês, performances, concertos, actividades para crianças...

A partir das 19.30 de sexta-feira, o jardim enche-se de música com os Drumtrumpet, um projecto que se move no campo da fusão da electrónica com a livre improvisação. Às 22.00, Los Cubos trazem os ritmos calientes ao jardim. O seu som mexe-se entre o mambo, a música latina, a salsa e o funk.

Os Anonima Nuvolari, cinco boémios vestidos a rigor pedalam na volta a Itália musical em 50 anos, e fecham a noite. O sábado de manhã é dedicado às crianças com face-painting, passeio no jardim com actividades e jogos de sensibilização ambiental. Os concertos regressam a partir das 19.30 com Johannes Krieger Quartet, Sotazero e Farra Fanfarra.