Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Festival ExpressArte | 5 e 6 dezembro

 

Palmela e Poceirão recebem Encontro de Teatro e Dança da APPACDM  - Setúbal

 

A Câmara Municipal de Palmela patrocina a realização do XIII Encontro de Teatro e Dança da APPACDM (Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental)  de Setúbal – Festival ExpressArte, com dois espetáculos, nos dias 5 e 6 de dezembro, no Poceirão e em Palmela.

Assim, o Grupo Rodança apresentará, no dia 5, às 14h30, no Centro Cultural de Poceirão, o espetáculo “Sou Igual a Ti” e o Grupo Momentos de Talento e o Grupo de Teatro Puzzle apresentarão os seus trabalhos no dia 6, às 11h00 e 14h30, respetivamente, no Cineteatro S. João, em Palmela.

O XIII Encontro de Teatro e Dança da APPACDM decorre desde o dia 9 de novembro até 6 de dezembro, nos concelhos de Palmela, Moita e Setúbal.

Passatempo "Arturo"

Ficam habilitados todos os que comprarem no sítio da Bruaá um exemplar do livro ARTURO.
Podem usar a página das ENCOMENDAS ou enviar um email com o vosso pedido.

1º PRÉMIO - Um Mini-Arturo feito à mão por Ninamasina no valor de 30€.

2ª PRÉMIO - Dois exemplares do livro ARTURO.

3º PRÉMIO - Um exemplar do livro ARTURO.

Os premiados serão anunciados no dia 11 de Dezembro na página do Facebook e no blogue da Bruaá. Boa sorte!

 

MUSEU DA MÚSICA - 8 de Dezembro, pelas 18h, Recital de Piano por Helena Carichas


 

Programa para o Recital de Sábado:

J. S. Bach – Suite francesa nº 2 em dó menor
I-Allemande
II-Courante
III-Sarabande
IV-Air
V-Menuet I
VI-Menuet II
VII-Gigue

L. van Beethoven - Sonata nº 7 em ré maior, op. 10 nº 3
I-Presto
II-Largo e Mesto
III-Menuetto: Allegro
IV-Rondo: Allegro

A. Scriabin - Prelúdios op. 16
I-Andante
II-Allegro
III-Andante Cantabile
IV-Lento
V-Allegretto

A. Scriabin - Prelúdio e Noturno para a mão esquerda op. 9
Prelúdio em dó # menor, op. 9 nº 1
Noturno em lá b maior, op. 9 nº 2

F. Liszt - Étude de concert S. 144 nº 3 - "Un Sospiro"

 

Helena Carichas é uma jovem pianista portuguesa. Iniciou os seus estudos com a pianista Savka Konjikusic no Conservatório de Música D. Dinis, com quem concluiu o 8º grau de piano. 
Frequentou como ouvinte e intérprete masterclasses com Galina Eguiazarova, Sequeira Costa, Michael Uhde e Olga Prats. É finalista da Licenciatura em Música na Escola Superior de Música de Lisboa, na classe do professor Miguel Henriques. Em Música de Câmara recebeu orientação dos professores Irene Lima, Fernando Fontes, Nuno Inácio, Alexandra Mendes e Clélia Vital. 
Tem estreado regularmente obras de jovens compositores portugueses e desenvolvido um duo com a violoncelista Joana Correia.

Apresentou-se nas seguintes salas nacionais: Teatro Malaposta, Club Setubalense, Teatro São Luiz, Museu da Música, sala Tomás Borba da Academia de Amadores de Música, Teatro Municipal de Almada e Casa-Museu Bissaya Barreto.

Exerceu funções como docente de piano na Academia de Música do Monte Abraão entre 2008 e 2010 e na Academia de Amadores de Música entre 2009 e 2012. Actualmente é professora de piano e pianista acompanhadora no Conservatório Filarmónico de Pombal.

 

LisbonPOP


Exposição individual de fotografia de Nuno Martinho

LISBOA NUNCA FOI VISTA ASSIM

6 dezembro – 20h45 Centro Cultural Malaposta

 

LisbonPOP, exposição de fotografia de estreia de Nuno Martinho, é uma abordagem aos elementos icónicos de Lisboa, em que a fotografia é a técnica base e as imagens finais resultam da aplicação de processos digitais às fotografias originais com uma estética POP.

 

Da abordagem de Nuno Martinho, sobressaem os elementos, ora isolados em cores vibrantes, ora recortados nas suas linhas mais puras a preto e branco, com pontos de cor que destacam pormenores e apontamentos que escapam à visão comum. LisbonPOP é um mix de tudo isto: da formação de base de Nuno Martinho, da vivência da cidade que é a sua, da estética do movimento pop que nasce nos fifties que foi sempre um apelo ao fotógrafo, da visão depurada que está ao alcance de todos mas que se transforma num elemento vivo e único fruto da perspetiva do fotógrafo: A Torre de Belém migra do século XVI para a atualidade com uma abordagem renovada das referências da cultura pop do século XX. E assim sucessivamente, com desconstruções de imagem que elevam os elétricos de Lisboa, o Padrão dos Descobrimentos, as ruas típicas de Alfama ou os Jerónimos a protagonistas vibrantes de uma abordagem peculiar, experimentalista e atual que consigna o melhor das referências seculares da cidade numa experiência estética apelativa e alegre.

                                                                                                                                                                  

LisbonPOP é o apontar do dedo aos pontos fortes de Lisboa como nunca antes foram vistos.

 

Nota Biográfica

Nuno Martinho nasceu em Lisboa, em 1968, onde viveu até aos sete anos, altura em que migrou para S. Paulo, Brasil, cidade que o acolheu durante cinco anos. Regressou depois a Portugal e, após uma breve passagem por Aveiro, estabiliza em Sesimbra. Nesses anos, frequenta o curso de Fotografia no IPF – Instituto Português de Fotografia, mas a formação final acaba por se realizar no AR.CO

Após dois estágios em estúdios de fotografia, começa a fotografar para várias publicações, especializando-se na fotografia de viagens e, mais tarde, em arquitetura e decoração de interiores, que é o segmento mais forte do seu trabalho desde 1995.

Regressou à cidade de berço em 1997, onde vive desde então num dos mais carismáticos bairros lisboetas, a Ajuda, paredes meias com Belém, seguramente um dos pontos turísticos mais relevantes de Lisboa.

 

O Natal chegou… Centros Comerciais Alegro oferecem 30 mil euros pelos clientes


       

 


 

 

O Alegro Castelo Branco celebra a quadra natalícia com muitas surpresas para miúdos e graúdos. Aqui os clientes ganham presentes e as crianças também, já que é possível fazer parte daquele que é o Laboratório de Natal. O Alegro convida todos a juntarem-se à festa onde as surpresas não vão faltar.

 

Porque os clientes são especiais e a pensar na época festiva o Alegro Castelo Branco e Alegro Alfragide têm para oferecer 30 mil euros em cartões oferta Alegro. O robô de Natal do Alegro entrou em curto-circuito e está a distribuir os cartões de oferta. Ser um dos felizes contemplados é quase uma brincadeira de criança: basta fazer compras no Alegro, apresentar os talões de compras (valor mínimo 20€) de pelo menos duas lojas no Balcão de Informações, jogar na Slot Machine Robô e esperar que a sorte lhe bata à porta.

 

O Robô de Natal estará a distribuir cartões de oferta até ao dia 6 de Janeiro, faça compras no Alegro e habilite-se. 

 

A pensar nos mais novos, o Laboratório de Natal do Alegro está em plena atividade e numa verdadeira azáfama, até ao dia 24 de Dezembro. Este é um espaço a pensar nas crianças, e este ano com as cientistas do Pai Natal a realizarem experiências divertidas de laboratório.

 

Para além das experiências, neste espaço as crianças podem também ter fantásticas pinturas faciais, escrever a carta ao Pai Natal, e tirar um fotografia com o Pai Natal – oferta do Alegro.

Finalmente, o Laboratório de Natal contempla ainda uma ação de solidariedade social, com vista a ajudar crianças desfavorecidas de uma entidade sem fins lucrativos da cidade de Castelo Branco. Este apoio, passa pelas crianças que estão no Laboratório pintarem e construírem os seus próprios crachás. Os valores, simbólicos, provenientes destas vendas revertem imediatamente a favor da instituição.

 

O Laboratório de Natal está em funcionamento durante os fins-de-semana e feriados, das 16h00 às 18h00 e no dia 24 de Dezembro, das 15h00 às 17h00 e aguarda a visita de todos.

GUARDA SOPROS


DIA 19 DE JANEIRO NO

AUDITÓRIO ORLANDO RIBEIRO

 

GUARDA SOPROS volta à cena em 2013. Dia 19 de janeiro pelas 21:30!

Após ter conquistado muito público com as suas passagens pelo Teatro de Carnide, Chapitô e Teatro do Bairro, é agora hoje do Auditório Orlando Ribeiro em Telheiras.

Um espetáculo de emoções, de interação, de introspeção, de gargalhada espoentanea ou até de uma lágrima que quando menos esperamos rolou pela face. Está lá tudo…

É Uma história de adultos para meninos.

Uma história infantil para adultos.

Os velhos são meninos virados do avesso.

Dois homens inventam a alegria dos dias tortos

Velhos que pedem desculpa ao faz de conta para brincarem só mais um bocadinho antes de dormir até...

As birras, os beijos, os rebuçados, os xi-corações, a sopa, as coisas quentinhas, a alma embrulhada com lacinho, os sonhos devagarinho.

Dois velhos palhaços vestidos de fracasso de um circo que nunca acendeu a noite.

O tributo aos palhaços, aos Augustos, aos Faz-Tudo e às soirées de Circo dos nossos avôs.

Um monólogo partilhado por dois.

Um homem. Um guarda - sopros.

No encontro com o silêncio, surge a memória dos “sopros”: vivências, sentimentos, recordações…

Um retrato de afetos, o desfecho da vida de um palhaço que se encontra num momento só seu.

MUSEU DA MÚSICA - 4ª Sessão da Poesia no Museu: Alexandre O´Neill

4ª Sessão da Poesia no Museu, que decorrerá no dia 12 de Dezembro, pelas 19h, no Museu da Música. Desta vez o poeta escolhido é Alexandre O'Neill e a sessão, que será conduzida por Joana Meirim, contará com as leituras de Sebastião Belfort Cerqueira, Carla Quevedo, Filipa Matta, João Figueiredo, Susana Menezes e Susana Pires. 

A entrada é gratuita.

 



Quarta, 12 de Dezembropelas 19h:

ALEXANDRE O'NEILL

Conferência: Alexandre O'Neill: uma coisa assim assim por Joana Meirim.

Leitura de poemas por Sebastião Belfort Cerqueira, Carla Quevedo, Filipa Matta, João Figueiredo, Susana Menezes e Susana Pires.

 

De 15 em 15 dias, às quartas, pelas 19h, entre 31 de Outubro de 2012 e 24 de Abril de 2013, haverá poesia no Museu da Música, com conferências sobre autoresintercaladas com leitura de poemas e conversa com o público. 

O Museu da Música fica situado na Estação de Metropolitano do Alto dos Moinhos (linha azul).

Reservas e mais informações: 21 771 09 90

 

Seguem também, em anexo, o cartaz com a programação até Abril e o cartaz da sessão sobre O'Neill.

 

Cordialmente,

Helena Miranda

 

 

Restante Programa do ciclo Poesia no Museu:

 

JOÃO MIGUEL FERNANDES JORGE

João Miguel Fernandes Jorge por Frederico Pedreira – 16/01, 19h

 

WILLIAM WORDSWORTH

Intimações às coisas que passam por Nuno Amado – 30/01, 19h

 

SHAKESPEARE

Shakespeare por Maria Sequeira Mendes – 13/02,19h

 

MALCOLM LOWRY

Lowry It Will Be por Ana Isabel Soares – 27/02,19h

 

BLAISE CENDRARS

Blaise Cendrars: o preço de um microscópio por Marina Guiomar – 13/03, 19h

 

EUGENIO MONTALE

Montale e a verdura por Carlo Arrigoni -27/03, 19h

 

BOB DYLAN

A poesia de Bob Dylan por Telmo Rodrigues – 10/04, 19h

 

MÁRIO CESARINY

História de Cão e outros poemas por Sebastião Belfort Cerqueira – 24/04, 19h

 

 

MUSEU DA MÚSICA - CARTAZ DE DEZEMBRO



8, Sábado, 16h: Tertúlia no âmbito da exposição "Evocação de Júlia d'Almendra" *

8, Sábado, 18h: Recital de piano por Helena Carichas

12, Quarta, 19h: 4ª Sessão da Poesia no MuseuAlexandre O'Neill: uma coisa assim assim, por Joana Meirim

14, Sexta, 22h: João Galante Trio apresenta Lusitana Blues

15, Sábado, 15h30: Coral de Natal (canto gregoriano) no âmbito da exposição "Evocação de Júlia d'Almendra"*

15, Sábado, 22h: Projecto OCO (concerto World Music)

 

*A Exposição “Evocação de Júlia d’Almendra” estará patente no Museu da Música até Janeiro de 2013)