Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

ÚLTIMA SEMANA DA EXPOSIÇÃO GOD FACTOR


 

 

 

GOD FACTOR
MOSTEIRO DE SÃO MARTINHO DE TIBÃES
CURATED BY INÊS VALLE
10.NOV.2012 - 22.DEC.2012

 

 

ARTISTAS: ALDO PEIXINHO (PT), ANA MENDES (PT), ANDREW ESIEBO (NG), ANDRÉ FRADIQUE (PT), BHADIR YILDIZ (TR), BRUCE WEST (EUA), CHRISTIAN CRAVO (BR), FILIPE MARQUES (PT), IVO MOREIRA BASSANTI (PT), JOANA LAKTA (PL), JOÃO GALRÃO (PT), JOÃO VILHENA (PT), MACIEL CARDEIRA (PT), MARC BEHRENS (DE), MEGAN HANSEN-KNARHOI (NZ), NATE LARSON (EUA), OLIVIA ARTHUR (GB), PABLO BARTHOLOMEW (IND), PIETER PAUL POTHOVEN (NL), RICARDO TELES (BR), STIJN VERHOEFF (NL).

 

A HISTÓRIA DOS HOMENS É A HISTÓRIA DOS SEUS DESENTENDIMENTOS COM DEUS, NEM ELE NOS ENTENDE A NÓS, NEM NÓS O ENTENDEMOS A ELE”. JOSÉ SARAMAGO

 

O projeto GOD FACTOR explora a dimensão relacional entre arte e religião e toda a problemática que estas poderão suscitar. Partindo de um lugar iconológico – Mosteiro, com uma enorme carga emotiva não só religiosa, mas igualmente social, cultural ou política. “A constante negociação entre local e global, entre estranho e familiar, tem-se tornado uma condição base da modernidade” (Jean Fisher, 1992). (...) No contexto estruturado das normas assumidas tradicionalmente na sociedade, impõe-se o evidenciar o paralelo entre obediência e transgressão e o conflito resultante das práticas que violam e subvertem o dogma religioso.

 

Deste modo, esta exposição procura potenciar a produção de conhecimento, através da confrontação de interpretações, memórias e testemunhos; através da recriação, da revisitação e reformulação dos conteúdos evangelizadores, quer da narrativa, quer da imagética. Por outro lado, confronta-se no paradoxo, no excesso, no manipulável, no poder, na demanda e na propaganda, o sentido do culto, os processos redentores e ascéticos face à imperfeição e à incapacidade de ser “fiel”. A exposição dará enfoque à produção artística que aborda as diferentes problemáticas que, de algum modo, se relacionam ou se aproximam do conceito que se organiza entre a arte e a religião; entre a arte e o ser, entre a arte e o sagrado, entre a arte e o profano, entre a arte e o proibido, entre a arte e os homens ou entre a arte e os deuses.