Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

O dinheiro

7 de Janeiro

21h30


Casa da Achada

Centro Mário Dionísio, Rua da Achada n11

Mouraria


Todas as segundas-feiras é assim ali para os lados do Largo da Achada: cadeiras alinhadas, projetor apontado para a parede e - bum! - cinema ao ar livre. É algum e fiel o povo que sobe as escadinhas de São Cristóvão, passa pela igreja com o mesmo nome e termina a noite em frente à Casa da Achada - Centro Mário Dionísio para mais uma sessão de encher o olho. É preciso coragem e as noites estão frias? Isso dizem vocêsque ainda não foram sentir o calor do espaço. O programa de janeiro arranca com o filme "O Dinheiro", o último rodado por Robert Bresson, e continuará focado nesse bem que se prevê tão escasso no ano que agora começa. Destaque para "Capitalismo: Uma História de Amor" de Michael Moore e "Tráfico" de João Botelho. / Cláudio Braga

 

Fonte: LeCool

Rão Kyao

6 de Janeiro de 2013

15h

 

Lisboa, Largo Camões - Largo Camões

Por PÚBLICO

Rão Kyao, qual personagem de conto tradicional, pega na emblemática flauta de bambu e atrai os lisboetas à rua para recuperar um hábito antigo - as Janeiras - mas em moldes originais.

 

A fonte musical é o novo álbum, “Coisas que a Gente Sente”, que representa um regresso às suas origens e corresponde à redescoberta de um sentido de portugalidade que não prescinde de viagens musicais por geografias diversas, com o folclore como coordenada central.

No dia de Reis, a arruada por Lisboa parte da Praça Camões e termina no Rossio, sempre com Kyao na liderança. Ao seu lado vão os músicos que o costumam acompanhar… e quem mais se queira juntar (ou não consiga resistir) à flauta que conduz o cortejo.