Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

BRINCAR AOS DETETIVES NA CASA-MUSEU MEDEIROS E ALMEIDA

Festas de anos para crianças

Amigos, brincadeiras e muita animação são os ingredientes principais para os mais pequenos no seu dia de aniversário. Mas nem sempre é fácil reuni-los em casa, por isso, a Casa-Museu Medeiros e Almeida a partir do início de 2013 abre as portas ao aniversariante e aos seus amigos e desafia-os a tornarem-se em pequenos detetives para resolverem os mistérios escondidos no museu.

 

Será que é possível uma escultura falar sem dizer nada? Um diamante pode ser encontrado antes de ser perdido? É possível percorrer 2500 anos com 25 passos? São alguns dos enigmas que os aprendizes de detetive vão desvendar em 45 minutos de verdadeira emoção.

 

No final da aventura, e depois de todos os segredos descobertos, segue-se o lanche e o sopro das velas na cafetaria da Casa-Museu Medeiros e Almeida.

 

As reservas para as festas de anos das crianças entre os 5 e os 12, que se realizam apenas aos sábados, entre as 13h00 e as 17h30 podem ser efetuadas por e-mail – info@casa-museumedeirosealmeida.pt – ou por telefone – 213 547 892 – entre segunda e sexta-feira das 9h30 às 17h30 (número de participantes entre 10 e 20 crianças).

 

Os pais do aniversariante podem escolher entre duas modalidades. Se levarem o bolo e o lanche, o preço é 11 € por criança. Caso prefiram que a Casa-Museu Medeiros e Almeida disponibilize esta refeição o preço é 15 € por criança, sem bolo.

CURSO PARA RIR E FAZER RIR

Rir e fazer rir nem sempre é fácil. Para quem quer dominar ou aprofundar o estudo da comédia como um todo, vai ser lançado o Curso Comédia e Improv 2013, que se realiza entre fevereiro e julho, promovido pela Formação Teatral. Os melhores alunos terão a oportunidade de estagiar em companhia de improviso com direção artística de Mário Bomba.

 

O curso foi construído pelos melhores profissionais de cada área, entre os quais Maria João da Rocha Afonso, Luís Miguel Viterbo, Guilherme Filipe, Mário Bomba, João Dias, Telmo Ramalho, José Carlos Garcia, Vítor Emanuel, António Machado, Carlos Moura, Frederico Pombares e Sérgio Mourato.

 

Organizado numa lógica prática de partilha de experiência, os profissionais vão resolvendo os problemas gerais do grupo e individuais do ator/humorista/comediante, acompanhando-o passo a passo, experimentando enquanto aprende, usando como mais-valia a matéria-prima principal de cada profissional de comédia: a si próprio, a sua intuição, originalidade e imaginação.

 

Os participantes terão a oportunidade de passar pelos vários estilos de Comédia que marcaram e ajudaram a construir o que hoje reconhecemos como correntes fundamentais da área. Partindo de uma base inicial de Improv Comedy, o curso propõe-se comparar a teoria documentada, desde a História da Comédia, à Escrita para Humor, com a prática de Clown e Performance de Rua, a Comédia física e Slap-stick ou Stand-Up Comedy, utilizando sempre a oferta de cada um, formador e aluno, como ponto de partida para a descoberta e fundamentação do trabalho daqueles que desejam desde sempre rir e fazer rir um público.

 

De Fevereiro a Julho 2013  | 2ª, 4ª e 6ª | 20.30h às 23.30h


Os melhores cenários de batalha e intriga no Syfy

Sete famílias, novos cenários e apenas um trono: assim será a terceira temporada de A Guerra dos Tronos.

As batalhas recomeçam a 8 de Abril no Syfy.


 



Ferozes batalhas e as mais intricadas traições continuam a tomar forma nas paisagens do reino de Westeros em A Guerra dos Tronos. A escolha destes impressionantes cenários não é feita ao acaso e resulta de um intenso trabalho de pesquisa dos produtores e criadores da série, David Benioff e D.B. Weiss. Nesta terceira temporada, que regressa ao Syfy nas noites de segunda-feira a partir de 8 de Abril, novos cenários de batalha serão dados a conhecer.

Na nova temporada, a cidade croata de Dubrovnik deu mais uma vez lugar a King’s Landing. Os espetaculares cenários da Croácia impressionaram a equipa responsável por A Guerra dos Tronos, que escolheu também Arboretum, cerca de 30 km a norte de Dubrovnik, para gravar várias cenas.

O glaciar de Vatnajökull, na Islândia, foi mais uma vez palco de filmagens, sendo o local eleito para as cenas que envolvem Jon Snow (Kit Harington) e toda a ação passada na Muralha de Gelo. Algumas cenas do bastardo Stark foram também filmadas nas verdejantes paisagens da Irlanda do Norte, nas proximidades de Belfast.  

Belfast, na Irlanda do Norte, foi de resto o local escolhido para a maioria das filmagens desta terceira temporada de A Guerra dos Tronos, na continuidade do que já vinha a suceder nas anteriores temporadas. Além das paisagens únicas, amplamente utilizadas para cenários de batalha, grande parte das cenas foram filmadas também nos estúdios Paint Hall e Linen Mill Film, em Banbridge.

Nos novos episódios desta terceira temporada, as equipas regressaram a Marrocos, onde a cidade de Eassaouria serviu de casa à Mãe dos Dragões, Daenerys Targeryen (Emilia Clarke).

A Guerra dos Tronos é uma série do género épico/fantástico criada por David Benioff e D.B. Weiss. A saga, baseada na série de livros “A Song of Ice and Fire”, de George R. R. Martin, retrata a disputa impiedosa entre homens e mulheres pelo acesso ao trono de Westeros. A série estreou a 17 de Abril de 2011 e foi já várias vezes galardoada, destacando-se um Primetime Emmy Award para melhor série dramática e um Globo de Ouro, também para melhor série dramática. A Guerra dos Tronos vai na terceira temporada, cuja estreia está marcada em Portugal para 8 de Abril, no Syfy, apenas uma semana após a estreia nos Estados Unidos.


Sete famílias e um só trono. A guerra continua em Abril, no Syfy.

 

A Guerra dos Tronos – Terceira temporada

A Guerra dos Tronos (Game of Thrones). EUA, 2011

Int: Lena Headey, Jack Gleeson, Peter Dinklage, Michelle Fairley, Emilia Clarke

Estreia: Segunda-feira, dia 08 de Abril, 22h15

 

Esta série pode ser vista nos seguintes operadores de televisão por cabo:

 

Clix: Syfy: Posição 118

Meo: Syfy HD: Posição 67

         Syfy: Posição 68

ZON: Syfy HD: Posição 90

“O Riso por quem o faz” no Museu da Eletricidade

Nuno Markl e Mário Zambujal falam do humor na rádio

 

O ciclo "Riso por quem o faz" traz ao Museu da Eletricidade este sábado, dia 19, uma conversa sobre o humor na rádio. Mário Zambujal e José Duarte - dois históricos do programa "Pão com Manteiga" - e Nuno Markl, da equipa das manhãs da Rádio Comercial, serão os anfitriões.

A exposição Riso, apresenta no Museu da Eletricidade, um ciclo dedicado ao humor, todos os sábados das 17h00 às 18h00. Organizado em conjunto com as Produções Fictícias, este ciclo intitulado "O Riso por quem o faz" inclui espectáculos, conversas, debates e algumas surpresas.

O inexplicável acontece no Syfy


 

O novo ano arranca com mais doses de eventos paranormais no Syfy. Neste mês de janeiro reservámos a melhor dose de mistério com o final de Paranormal Witness e a estreia de School Spirits


 

No início de 2013 prosseguem os eventos misteriosos... incompreensíveis... e paranormais! A série Paranormal Witness chega ao fim no dia 22 de janeiro às 21h30 mas a dose de acontecimentos estranhos não fica por aqui: no Syfy, partimos à descoberta dos mistérios que assombram várias escolas, dormitórios e faculdades norte-americanas com a grande estreia de School Spirits no dia 29 de janeiro às 21h30.

 

School Spirits


É uma perturbante série documental, onde poderá ficar a conhecer os depoimentos reais de alunos, funcionários e professores que viveram fenómenos aterradores, cuja explicação continua por se conhecer...

Sinta o medo e partilhe do terror no Syfy.

 

School Spirits (School Spirits) – EUA, 2011

Int: Justin Morck, Kerstin Dietrich e Michael Gucciardo

Estreia: Estreia terça-feira, dia 29 de janeiro, às 21h30. Episódios às terças-feiras às 21h30.

Imagens da série em: http://s666.beta.photobucket.com/user/lewispt/library/Syfy/School%20Spirits

 

 


Paranormal Witness – Final da Segunda Temporada


Paranormal Witness, é uma série documental baseada em factos verídicos que conta o drama das experiências paranormais. Pessoas comuns afirmam ter presenciado experiências com fantasmas, espíritos, assombrações e possessões. Não perca os últimos grandes momentos de inquietação e medo no final da segunda temporada de Paranormal Witness, só no Syfy.

Paranormal Witness (Paranormal Witness) - EUA, 2011

Int: Chris Kerba, Daniel Cannis e Estée Feldman

Estreia: Novos episódios às terças-feiras às 21h30. Final da temporada no dia 22 às 21h30.

Imagens da série em: http://s666.beta.photobucket.com/user/lewispt/library

Fado para Dois - Lenita Gentil e Natalino Jesus no MUSEU DO FADO

 

 

O MUSEU DO FADO acolhe Fado para Dois, um espetáculo único, com duas das maiores e mais reconhecidas vozes do Fado em Portugal, Lenita Gentil e Natalino Jesus.

Este espetáculo e os dois CD’s editados com o mesmo nome foram uma exigência do público, que cobrou ter em palco ao mesmo tempo o melhor dos dois fadistas. Cruzou continentes e palcos sempre arrebatando plateias nos últimos anos, e continua a ser requisitado pela sua qualidade e objetividade.

Aqui o Fado é um duo de almas, memórias e tradição, que nos faz regredir no tempo, lembrando velhos fadistas e autores que marcam o Património Imaterial da Humanidade. 

Dia 30 de Janeiro, às 21h30, no auditório do Museu do Fado.

Entrada livre no limite dos lugares disponíveis. Agradecemos confirmação de presença através do tel. 218 823 470 ou do e-mail info@museudofado.pt

 

 

Lenita Gentil

Com mais de 80 discos já gravados, a cantora que se estreou com 16 anos aos microfones dos Emissores do Norte Reunidos (Porto) pela mão do maestro Resende Dias, tem no seu currículo diversas passagens por festivais de música nacionais e internacionais.

A sua estreia televisiva no programa "Riso e Ritmo" (1964), de Francisco Nicholson e Armando Cortês, abriu caminhos a uma carreira artística de excepção. Entre outros prémios, ganhou o Festival da Canção da Figueira da Foz (1967), o Óscar da Imprensa (1968), Festival Hispano - Português do Douro (Aranda Del Duero) em 1966, 1968,1969 e 1970)) e o Prémio da Crítica nas Olimpíadas da Canção, em Atenas (1973).

Da sua discografia destacam-se os enormes sucessos “Eles Foram tão Longe", (Carlos Paião) e "Preciso de Espaço" (Vasco de Lima Couto/Verónica). Com uma actividade constante, Lenita tem percorrido palcos de quase todos os países do mundo. No cinema participou no filme "Os Toiros de Mary Foster", de 1972, onde protagoniza o papel de cantora. Em Outubro de 2005 lançou o álbum "Outro lado do fado" pela Ovação com temas inéditos adaptados a músicas do fado tradicional, e temas criados por Amália Rodrigues que lhe valeram o “Troféu Amália Rodrigues” para o Melhor Álbum de Fado. Em 2012 lançou “Momentos”, também pela Ovação.

 

Natalino Jesus

Nasceu na Madragoa, um dos bairros mais típicos da cidade de Lisboa. Desde menino que conviveu na ambiência da música popular portuguesa e mormente do Fado. A paixão pela cidade, as suas cores e tipos, as varinas, as marchas populares, desde cedo estão patentes na forma singular como interpreta. Depressa o prazer de cantar o levaria à sua profissionalização enquanto fadista, com apenas 15 anos. Após ter vencido a “Grande Noite do Fado” em 1985 começa a gravar, tendo já mais de 200 temas em discos. É, no entanto, ao vivo e nas inúmeras casas de fado da cidade onde sempre tem cantado, que se reconhece o seu valor como intérprete da grande música nacional portuguesa.

 

CCB 20 Anos | Como Nasceu o CCB

Conferência com Prof. Dr. Eng. Luís Valente de Oliveira

22 Jan 2013 - 18:30
Sala Luís de Freitas Branco
Entrada Livre

 

No âmbito das comemorações dos 20 anos da abertura ao público do Centro Cultural de Belém, realiza-se a conferência “Como nasceu o CCB”, proferida pelo Professor Doutor Engenheiro Luís Valente de Oliveira.
Esta conferência do académico e ex-governante português que está na origem da ideia que levou à criação do Centro Cultural de Belém permitirá perceber a proto-história deste equipamento e os processos políticos que levaram a que este se tornasse o projecto emblemático do início dos anos 90.
Contamos com a vossa presença.

Viagens pelas Histórias do Fado

 

Da Lisboa oitocentista à actualidade, dos bairros castiços às grandes salas de concerto do mundo inteiro conheça as histórias e os percursos da canção de Lisboa.

Rui Vieira Nery
orientador
19 e 26 Jan 2013 - 17:30 às 19:00
2 e 9 Fev 2013 - 17:30 às 19:00

Sala Luís de Freitas Branco
Entrada Livre (mediante inscrição)

O Fado é um género performativo que integra música e poesia, desenvolvido em Lisboa no segundo quartel do século XIX, como resultado de um processo de fusão multicultural que envolveu danças afro-brasileiras recém-chegadas à Europa, uma herança de géneros locais de canção e dança, tradições musicais de zonas rurais trazidas por vagas sucessivas de imigração interna e os padrões cosmopolitas da canção urbana do início do século XIX.
No século XX o Fado converteu-se no mais popular género de canção urbana em Portugal e é reconhecido pela maioria das comunidades portuguesas como um símbolo da identidade cultural nacional, no seu conjunto. A sua disseminação através da emigração portuguesa para a Europa e para as Américas, e mais recentemente através do circuitos da World Music, tem vindo também a reforçar, no plano internacional, a percepção desse seu papel identitário, conduzindo ao mesmo tempo a um processo crescente de trocas interculturais com outros géneros musicais.

Entrada Livre mediante inscrição prévia para:
Inscricoes.ciclos.humanidades@ccb.pt

Tel. 21 361 24 08

Projeto de digitalização de fundo documental em curso

Atas da Câmara Municipal 1926-28 disponíveis online

 

Primeira página da primeira ata disponível para consulta (22 de novembro de 1926)

 

No âmbito do “Projeto de Digitalização das Atas da Câmara Municipal de Palmela – 1926/ 2001”, iniciado em 2010, estão disponíveis, no sítio oficial www.cm-palmela.pt, as Atas da Câmara Municipal de Palmela, referentes ao período entre novembro de 1926 e janeiro de 1928.

Considerando que não existem Atas anteriores à extinção do concelho, em 1855, este conjunto documental reveste-se de particular importância, no contexto da Restauração do Concelho, em novembro de 1926, assumindo-se como base da identidade histórica municipal.

Também as Atas a partir de 1979, datilografadas e impressas, serão tratadas através do método OCR - Reconhecimento Ótico de Carateres e convertidas para formato PDF, prevendo-se a sua disponibilização para breve.

Segundo o Vereador Luís Miguel Calha, responsável pelo Arquivo Municipal, «este projeto reveste-se de grande importância para o concelho, significando uma aposta da autarquia na preservação e valorização de um património riquíssimo como é o caso da nossa história local, a partir da história da administração». A disponibilização deste acervo contribuirá para «a realização de estudos e trabalhos de investigação académica, que pretendemos estimular, por parte de estudantes, historiadores, docentes e interessados na identidade do nosso território e das nossas gentes». O Vereador sublinha, ainda, que «este é, também, um contributo para a construção da identidade histórico-cultural das nossas gerações mais novas, que pretendemos vir a valorizar cada vez mais, em parceria com os diversos atores locais».

Aulas de Dança Contemporânea no Lugar Instável

 

©ManuelSantosMaia

 

Terças e Sextas das 10h00m às 12h30m

 

Janeiro

 

Daniela Cruz: 22 e 29

 

Marco Ferreira: 25

 

Fevereiro

 

Marco Ferreira: 5, 19 e 26

 

Mafalda Deville: 1, 8, 15 e 22

 

Público-alvo: estudante/profissional/intermédio/avançado

Inscrição: 6,50€

 

 

 

 

Lugar Instável - campo para as artes performativas

Edifício Teatro do Campo Alegre - Piso 1

Rua das Estrelas s/n |4150-762 Porto

225 104 294|916 730 455|http://www.companhiainstavel.pt|http://www.facebook.com/companhia.instavel

WORKSHOP O CORPO DO PERFORMER com Rita Alves

 

 

26 e 27 janeiro 10h30m_13h00m


Coreógrafa, encenadora e diretora de movimento. Consultora de projetos especiais da Secretaria da Cultura de São Paulo. Especialização no método Suzuki em Saratoga - Japão, Butoh com Kazuo Ohno, especialização nos centros coreográficos de La Rochelle, Montpellier, Angers e Caen. Foi cordenadora do projeto de educação do Royal Theatre, Inglaterra. Atualmente colabora com entidades artísticas europeias e sul americanas.

 

Objetivos: Trabalho com base na técnica klaus vianna e tadashi suzuki. Uma abordagem à expressividade corporal através da consciência do movimento, jogos de dança-teatro, elementos da dança contemporânea e dramaturgia corporal, preparando o corpo para estabelecer uma linguagem no campo das artes performativas.

 

Público-alvo: M/14 | estudantes/profissionais de dança

 

Inscrições: 25€, até dia 22 jan

 

 

 

 

 

Lugar Instável - campo para as artes performativas

Edifício Teatro do Campo Alegre - Piso 1

Rua das Estrelas s/n |4150-762 Porto

225 104 294|916 730 455|http://www.companhiainstavel.pt|http://www.facebook.com/companhia.instavel

 

UNDER DESTRUCTION de Joana Castro

ESPETÁCULO

PALCOS INSTÁVEIS ciclo de dança contemporânea


 

25 JAN 21h30m

Auditório do Teatro do Campo Alegre

 

Um território construído por três indivíduos que tentam sobreviver debaixo das suas próprias armadilhas.

Um lugar caótico em que a ironia de um último adeus parece ser sempre a tarefa mais difícil de cumprir.

 

Conceção, direção e espaço cénico: Joana Castro

Interpretacão: Anabela Sousa, Bruno Senune e Joana Castro

Música ao vivo: Flávio Rodrigues

Desenho de luz: Alexandre Vieira

 

M/12

Bilheteira: 5€ a 7,5€

 

 

 

Lugar Instável - campo para as artes performativas

Edifício Teatro do Campo Alegre - Piso 1

Rua das Estrelas s/n |4150-762 Porto

225 104 294|916 730 455|http://www.companhiainstavel.pt|http://www.facebook.com/companhia.instavel

WORKSHOP PRODUÇÃO CULTURAL 7.ª Ed. (novos conteúdos)

 

 

 

Com Ana Figueira, Inês Maia e Ricardo Alves

 

22 fevereiro | 18h-21h

23 fevereiro | 10h-13h, 14h-17h

24 fevereiro | 10h-13h

 

Objetivos: preparar para o mercado de trabalho nacional e internacional, abrindo horizontes e metas profissionais no contexto da produção cultural. Haverá um forte foco na direção de cena e elementos técnicos associados à produção cultural.

 

Conteúdos: o produtor cultural, o criador/produtor; criação de pequena estrutura de produção, organização de audições, ensaios, espetáculos; organização de dossier ou portfólio de trabalhos do criador - o "booklet" (exemplos); organização de dossier/pacote para vendas (exemplos); a procura de coprodutores, a venda de espetáculos, organização de dossier; estratégias de abordagem a programadores; a perspetiva do programador cultural; orçamento e gestão financeira; apoios e financiamentos.

 

Público-alvo: interessados em desenvolver conhecimentos e competências no âmbito da produção cultural

 

Inscrições: 68€, até dia 18 fev

NIB 0046 0109 0060 0047 3419 2

 

 

 

 

Lugar Instável - campo para as artes performativas

Edifício Teatro do Campo Alegre - Piso 1

Rua das Estrelas s/n |4150-762 Porto

225 104 294|916 730 455|http://www.companhiainstavel.pt|http://www.facebook.com/companhia.instavel