Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

PASSATEMPO O JULGAMENTO – LOBO MAU VS CAPUCHINHO VERMELHO

 

O Blog Cultura de Borla em parceria com ANIMATEATRO tem bilhetes simples para "O JULGAMENTO – LOBO MAU VS CAPUCHINHO VERMELHO" no CINEMA SÃO VICENTE em Paio Pires para o dia 27 de Janeiro (16H) aos primeiros leitores que:

 

- enviarem um mail para culturadeborla@sapo.pt com a frase "Eu quero ver O JULGAMENTO – LOBO MAU VS CAPUCHINHO VERMELHO com o Cultura de Borla" com nome, BI e nº de telefone e indicar a sessão que pretende.

- sejam amigos do Cultura de Borla no Facebook!

 

Teatro pela Companhia PÊNDULO (Lisboa)  

20 e 27 de Janeiro¦ Domingos
16H ¦ M6 | Espectáculo com actividade complementar de Pinturas Faciais no âmbito do tema |
Duração 40m  

Sinopse
O tempo passou e o Lobo Baptista está farto de ainda ser conhecido como Lobo Mau, quer processar a Capuchinho Vermelho por perdas, danos e maus-tratos físicos e psicológicos sofridos durante todos estes anos, em que a sociedade o discriminou. A Capuchinho Vermelho terá de se defender e só um juiz poderá deliberar sobre a responsabilidade daquele dia tão marcante nas suas vidas.
Não fosse o juiz deste Tribunal, a Rainha de Copas tudo correria normalmente… mas não poderá ser, pois a excentricidade prevalece nesta figura!
O tão esperado final da história “O Capuchinho Vermelho e o Lobo Mau” está a chegar e ninguém quererá perdê-lo.

Ficha Artística
Dramaturgia| Anaísa Raquel e Roseane Rocha; Encenação| Maria de Vasconcelos; Interpretação| Anaísa Raquel, Cíntia Lopes e Roseane Rocha; Cenografia| Paulo Ferro;
Fotografia | Mariis Capela; Design Gráfico| Rogério Paulo; Desenho e Confecção de Figurinos| Roseane Rocha; Produção| Pêndulo.

Passatempo Uma noite em casa de Amália

O Blog Cultura de Borla em parceria com as PRODUÇÕES LA FERIA tem bilhetes duplos para "Uma Noite em Casa de Amália" no Teatro POLITEAMA para os dias 25 de Janeiro (21h30) aos primeiros leitores que enviarem um mail para culturadeborla@sapo.pt com a frase "Eu quero ver UMA NOITE EM CASA DE AMÁLIA com o Cultura de Borla" com nome, BI e nº de telefone e a sessão pretendida.

 

 

 

"Uma Noite em Casa de Amália" é um original de Filipe La Féria muito diferente do célebre musical de La Féria "Amália" que durante seis anos foi ininterruptamente representado em Lisboa, Paris, Genebra e outras grandes capitais do mundo, constituindo um marco histórico da Cultura Portuguesa.

Este espetáculo é uma nova visão de La Féria sobre as lendárias reuniões que Amália Rodrigues promovia em sua casa tendo como convidados grandes poetas e músicos portugueses e brasileiros.

"Uma Noite em Casa de Amália" já recebeu convites para ser apresentado no Brasil e a sua estreia será em Junho no Teatro Politeama em Lisboa, estando já aberta a bilheteira e as reservas para este espetáculo inesquecível em que serão recordados os melhores fados de Amália Rodrigues e as imortais canções brasileiras que a Diva do Fado interpretou.

Foto Uma Noite em Casa de Amália

"Uma Noite em Casa de Amália" é o regresso de Filipe La Féria à encenação dos seus próprios textos numa grande produção em que o fado e a bossa nova se encontram no Teatro Politeama já no próximo mês de Junho. Como dizia Vinicius de Moraes, a vida é a arte do encontro e no palco vamos encontrar-nos com Amália Rodrigues (Vanessa), Vinicius De Moraes (Marcos De Góis), Natália Correia (Paula Fonseca), Ary Dos Santos (Ricardo Castro), David Mourão Ferreira (Nuno Guerreiro), Alain Oulman (Hugo Rendas), Maluda (Cláudia Soares) e as participações de Rui Andrade no papel de Militar, Pedro Martinho como o técnico de som da Valentim de Carvalho, Hugo Ribeiro, e Rosa Areia como Casimira, a empregada e confidente de Amália Rodrigues.

La Féria reuniu para este projeto uma equipa de atores e cantores de grande impacto junto do grande público, que nos convidam a viajar a uma noite de inverno de um Portugal nos alvores do marcelismo e a escassos anos antes do 25 de Abril, onde se reúnem as mais significativas vozes poéticas que a língua portuguesa já conheceu. É o reencontro da cultura portuguesa e brasileira numa noite de sortilégio em casa de Amália que La Féria faz subir ao palco do Teatro Politeama antevendo-se um sucesso que atrairá o público português e estrangeiro num cartaz único da cidade de Lisboa no ano em que o Fado foi considerado Património Imaterial da Humanidade.

Nesta tertúlia, passam aos olhos dos espetadores a nossa própria história num momento de rutura e esperança dando às novas gerações o retrato de grandes portugueses que, corajosamente, acreditavam e lutavam pelos seus ideais.