Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

MILA DORES @ CENTRO DE EXPERIMENTAÇÃO ARTÍSTICA – CPAI

Domingo / 10 Fevereiro / 17:30



 

Mila Dores * Voz

 

André Santos * guitarra,

 

António Quintino * contrabaixo

 

Joel Santos * bateria

 

 

 

Nascida no Porto, Portugal, Mila Dores começou os estudos musicais aos seis anos de idade, tendo estudado piano e canto na academia de música do Vilar do Paraíso.

 

Em 2006 viajou para o Reino Unido onde completou a licenciatura em jazz e música clássica Indiana no Leeds College of Music em 2009.

 

Nesse mesmo ano, após a licenciatura, ganhou o prémio de “jovem músico de jazz” atribuído pelos promotores ingleses 'Jazz Yokshire'.

 

Mila voltou para Portugal em 2011 após ter vivido 5 anos no Reino Unido onde vive desde então.

 

Neste momento está a fazer o mestrado em jazz na escola de música superior de Lisboa onde tem o privilégio de estudar com expoentes do jazz português como a vocalista Maria João e o trompetista João Moreira, entre outros.

 

 

 

Como intérprete, Mila é conhecida como versátil e engenhosa tornando temas conhecidos do jazz e do soul em canções muito próprias e originais.

 

Mila canta ao lado de André Santos na guitarra, António Quintino no contrabaixo e Joel Santos na bateria.

 

 

 

“The bilingual Porto born singer Mila Dores is a free spirit.” The Sunday Times, London, 2012

 

 

 

 

 

“Mila uma rapariga certamente espantosa ou a naturalidade de uma génio…

 

Mila é uma sensação merecida uma autora original uma provocadora ao alternar ao combinar com à vontade e sempre bem Músicas pop com populares com características jazz”

 

 

 

José Duarte, 2012

 

 

 

http://www.miladores.com

 

 

 

Entrada: 5€

 

 

 

Informações e Reserva de bilhetes:

 

 

 

Centro de Experimentação Artística do Clube Português de Artes e Ideias

 

Estrada das Fontainhas, 2745-615 Barcarena, Oeiras.

 

Phone 939 245 561/ 919 175 069

 

Email cea@artesideias.com">cea@artesideias.com">cea@artesideias.com">cea@artesideias.com ; cea.fabricadapolvora@gmail.com">cea.fabricadapolvora@gmail.com">cea.fabricadapolvora@gmail.com">cea.fabricadapolvora@gmail.com

 

https://www.facebook.com/CPAI.CEA

 

 


Máscaras da corte do séc. XVIII na Festa de Carnaval do Palácio de Queluz

Sintra, 1 de Fevereiro de 2013 – No próximo dia 10 de fevereiro (14h30) a Parques de Sintra assinala o Carnaval no Palácio de Queluz com a temática das festas da corte no séc. XVIII que, desde o período de D. Pedro III e D. Maria I ali tiveram lugar, marcando a sua história com uma imagem de referência no que respeita à animação lúdica de eventos palacianos.

Nesta Festa, a decorrer na Sala do Trono, pretende-se recriar o animado e sofisticado ambiente da Corte através da presença de personagens de época, música ao vivo, e um concurso de máscaras. Razão pela qual os participantes são desafiados a levar máscara adequada ao tema, encarnando a personagem. O júri premiará, das melhores, a máscara mais graciosa e fiel à época.

 

Enredados no contexto histórico daquele que foi um período áureo no Palácio de Queluz, cavalheiros e damas serão desafiados a aprender a dança em voga em Setecentos e a dar vida ao magnífico salão de festas.

 

Carnaval no Palácio de Queluz

10 de fevereiro

14h30 às 16h30

8 Euros

Crianças a partir dos 4 anos e sempre acompanhadas por adulto

Necessária a inscrição prévia (npa@parquesdesintra.pt ou +351 21 923 73 00)

 

"PONTAPÉS NA GRAMÁTICA"

Apresentação no dia 6, às 18:30, no El Corte Inglés

Pontapés na Gramática tem como base um programa radiofónico de sucesso com o mesmo nome, na Antena 3, com a linguista Sandra Duarte Tavares e realizado por Joana Dias, que também é coautora da versão impressa, uma edição RTP.

Quem nunca teve dúvidas sobre a grafia de uma palavra, sobre a conjugação de um verbo, sobre qual a palavra adequada para um determinado contexto, ou ainda sobre este ou aquele aspeto do novo Acordo Ortográfico? 

O livro, visando alertar o leitor para os muitos “pontapés” na gramática que são dados um pouco por todo o lado, inclui um prefácio do professor Marcelo Rebelo de Sousa.

Trata-se de um auxiliar prático, organizado em torno das áreas mais críticas da língua portuguesa, que inclui uma seleção de questões que vão ao encontro das dúvidas e dificuldades mais frequentes, incluindo uma secção dedicada ao novo Acordo Ortográfico.

O livro está organizado em 370 perguntas e respetivas respostas, com duas alternativas, de modo a estimular e despertar a curiosidade do leitor, desafiando-o a escolher a resposta certa. Os esclarecimentos relativos aos 370 desafios, sempre com base em argumentos científicos, estão apesar disso redigidos numa linguagem muito clara e acessível ao grande público.    

O que motivou as autoras para a publicação deste livro? «A paixão pela língua através da qual todos expressamos as nossas emoções, sonhos e ambições», mas também a necessidade premente de defender a identidade da língua portuguesa, um património valioso que é necessário preservar.

A edição desta obra corresponde igualmente a uma vocação e a um desejo da Areal Editores, editora de manuais escolares e outras publicações predominantemente direcionadas para o ensino, mas com presença editorial importante também sempre que está em causa dar a conhecer ao público boas práticas, de qualidade e de rigor, em torno da língua portuguesa.