Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Castelo e Centro Histórico têm visitas guiadas mensais

 




Nos dias 4 de maio e 8 de junho, parta à descoberta da vila de Palmela e participe nas visitas guiadas ao Castelo e ao Centro Histórico, numa iniciativa da Câmara Municipal de Palmela com o Dr. António Lameira.

A visita ao Castelo de Palmela tem início às 10 horas, junto à Igreja de Santiago, e apresenta, em pormenor, o Monumento Nacional que foi sede histórica da Ordem de Santiago. A sua localização privilegiada permite desfrutar, também, de uma vista panorâmica singular, entre o Tejo e o Sado.

A partir das 14h30, decorre uma visita ao Centro Histórico de Palmela, com partida junto ao Chafariz D. Maria I. O percurso destaca monumentos, largos, miradouros, edifícios e outros pontos de interesse do núcleo mais antigo da vila.

A participação é gratuita, mediante inscrição até às 12h00 dos dias 2 de maio e 6 de junho, respetivamente, através dos contactos patrimonio.cultural@cm-palmela.pt ou 212336640.

 

| AUDIÇÕES PARA BAILARINOS | CRIAÇÃO DE TIAGO RODRIGUES PARA A COMPANHIA INSTÁVEL

AUDIÇões para bailarinos

criação de Tiago Rodrigues para a companhia instável

 

18 e 19 de Maio de 2013  no Lugar Instável – Piso 1 do Edifício do Teatro do Campo Alegre

 

Envio de CV com contactos de email e telefone, 2 ou 3 fotografias (corpo e cara) e link de vídeos online (opcional) até dia 7 de Maio para lugar@companhiainstavel.pt

 

 

CASA-MUSEU MEDEIROS E ALMEIDA CELEBRA DIA INTERNACIONAL DOS MUSEUS COM 4 VISITAS GUIADAS GRATUITAS

 

O Dia Internacional dos Museus - 18 de maio, é dia de alegrias redobradas na Casa-Museu Medeiros e Almeida, em Lisboa, que abre as portas ao público nesta data às 10h00 com entrada gratuita até às 20h00. Os que se deslocarem para conhecer a vasta coleção de arte de António Medeiros e Almeida vão ter a agradável surpresa de ainda poderem ver a mostra «Intromissões» de homenagem a Eduardo Nery (1938-2013), sendo este o último dia para o fazer.

 

O pintor e artista plástico, que recentemente faleceu, é o autor das 10 obras expostas, que aliam a arte contemporânea à coleção de artes decorativas da Casa-Museu e que já haviam estado expostas entre 2007 e 2008 na Casa-Museu Medeiros e Almeida integradas num núcleo de 32 peças. Tratam-se de fotografias a preto e branco de espaços e obras da Casa-Museu que foram intervencionadas pelo artista num resultado de "duplas exposições fotográficas".

 

Para comemorar o Dia Internacional dos Museus, a Casa-Museu Medeiros e Almeida disponibiliza ainda quatro visitas guiadas gratuitas, com a duração de 1h30 cada, com início às 10h00, 12h00, 16h00 e 18h00. Os visitantes começam por visitar a ala nova da casa, construída nos anos 70, depois o espaço habitado pelo casal Medeiros e Almeida, descobrindo as histórias que se cruzam com cada uma das obras da coleção de António Medeiros e Almeida. No total são 25 salas com um acervo de mais de 2000 obras.

 

Destaque para o púlpito indo-português, único na Europa e símbolo significativo da presença portuguesa na Índia; para o móvel de François Linke, um dos mais afamados fabricantes de mobiliário do século XIX; e ainda para o relógio de noite de Catarina de Bragança, uma peça rara de 1670 criada pelo relojoeiro real britânico Edward East, que pertenceu à princesa portuguesa que foi rainha de Inglaterra.

 

Quem tenha curiosidade em conhecer a história de vida do fundador da Casa-Museu Medeiros e Almeida pode assistir a um filme biográfico de António Medeiros e Almeida, que passará continuamente durante todo o dia.

Esta sexta, Sabão Macaco no Espaço d'Orfeu!

 

Sexta 3 Maio, 23h00
SABÃO MACACO ao vivo!
Espaço d’Orfeu | entrada livre
http://www.inca-agueda.com/

O pátio do Espaço d'Orfeu, em Águeda, vai ser palco do concerto do grupo “Sabão Macaco”, esta sexta-feira 3 Maio pelas 23 horas. Os Sabão Macaco criam a partir da tradição oral portuguesa, com um som entre o tradicional e o eléctrico, cruzando samplers com o rabel, as flautas pastoris e a gaita-de-foles. Um grupo da nova safra para uma bela noite de música ao vivo no pátio, numa iniciativa do projecto “[re]Habitar o Parque” (parceria Incubadora Cultural / CM Águeda), com entrada livre!


Mais sobre os Sabão Macaco:
https://www.facebook.com/sabaomacaco
http://www.youtube.com/watch?v=DxjePcjVZRk



http://www.dorfeu.pt/
http://dorfeu.blogspot.com/
http://www.facebook.com/dOrfeuAC

MUSEU DA MÚSICA - José Mário Branco e Sebastião Antunes - Debate "Mural Sonoro", Sábado, 4, entrada gratuita

Sábado, 4 de Maio, pelas 17h - 5ª Sessão do Mural Sonoro
'Música e Sociedade': um debate com JOSÉ MÁRIO BRANCO E SEBASTIÃO ANTUNES
Quinta sessão de um ciclo de conferências, exposições e apresentação de recolhas musicais e etnográficas que o Museu da Música acolhe ao longo de 2013, iniciativa dinamizada pelo Mural Sonoro, projecto da investigadora Soraia Simões.

BIENAL TEATRARTES ARRANCA SEXTA-FEIRA EM LOURES

O Incorruptível de Hélder Costa, patrono do evento, marcará a abertura da Bienal

 

Loures recebe, de 03 de maio a 01 de junho, a BIENAL TEATRARTES, uma mostra de teatro e outras artes de palco cujos objetivos passam por fomentar hábitos culturais junto da população. A abertura do evento será marcada pelo espectáculo O INCORRUPTÍVEL de Hélder Costa, que também apadrinha esta sexta edição da Bienal. A entrada é livre.

 

Organizada pelo Teatro Independente de Loures, com o apoio da Camara Municipal e da Junta de freguesia daquela localidade, “desde 2003 a Bienal TEATRARTES tem sido uma mostra de Teatro e de outras artes como a Dança, Música, Pintura, Fotografia e etc., restabelecendo o hábito cultural da população relativamente ao Teatro”, afirma João Paniágua, diretor da Bienal. Para este responsável, “o certame é igualmente é uma oportunidade de trazer até Loures os trabalhos daqueles com quem nos vamos relacionando através da actividade teatral e que amavelmente nos trazem a qualidade das suas produções dos mais diversos tipos”.

 

O programa da bienal integra 13 espectáculos. E de 03 de maio a 01 de junho, no Cine-Teatro dos Bombeiros Voluntários de Loures, todas sextas e sábados, o público poderá assistir a espectáculos, visitar exposições e participar em oficinas. No dia 03 de maio, às 21h30, O Incorruptível de Hélder Costa – abre as festividades. Trata-se de uma comédia hilariante que conta as desventuras de um político incapaz de concretizar o seu maior desejo – ser corrupto.

 

Com encenação do próprio Hélder Costa – diretor e fundador d ‘A Barraca e também ele patrono da 6º edição da Bienal Teatrartes - e interpretação dos atores Jan Gomes e Jozé Sabugo, a peça dá-nos a conhecer : Anthôunio, um político que ninguém quer corromper, transformando-se assim num incorruptível. A total e frustrante inépcia de Anthôunio leva-o a ter que recorrer ao psicanalista e a pedir ajuda ao bispo e até de uma bruxa. Tudo inutilmente. A família e os amigos viram-lhe as costas e este político, cuja maior ambição é ser corrupto, acaba por ser demitido do Governo e expulso do partido, em consequência da sua flagrante incompetência para a corrupção.

 

Os meandros da política são, deste modo, apresentados de «uma forma exageradamente satirizada» fazendo da peça “O Incorruptível” um espectáculo para partilhar alegria e refletir...

 

O FIM DA INOCÊNCIA II de Francisco Salgueiro

PVP C/ IVA 15,90€

 

280 páginas

 

Nas livrarias a 6 de Maio

 

 

 

Gonçalo e o seu grupo de amigos (misto), falam-nos dos encontros ao final da tarde, os likes do facebook, a popularidade na escola, a pornografia na internet e as drogas leves. Um livro que nos dá a conhecer o mundo dos adolescentes no séc XXI.

 

 

 

 

 

Sobre o livro

 

Com boas notas, e a estudar num dos melhores colégios de Lisboa, Gonçalo é o filho que todos os pais gostariam de ter. Desde cedo, ele e o grupo de amigos são bombardeados com imagens sexuais em filmes, séries, videoclips, anúncios e celebridades levando a uma erotização precoce. A ausência de educação sexual por parte dos pais e colégio leva-os a investigar o extenso mundo da pornografia na internet.  

 

 

 

Em simultâneo, a sua impreparação para lidarem com as redes sociais leva-os a serem participantes e vítimas na busca vertiginosa de likes para ultrapassarem a mítica marca dos 1000 amigos. Eles apenas pensam nos desafios e nunca nas consequências. As drogas legais, o sexting, a masturbação online com estranhos, serem paparazzi da vida uns dos outros e a prostituição com mulheres mais velhas fazem parte do seu estilo de vida, onde o futuro não existe, apenas o logo à noite.

 

 

 

Depois do best-seller que abalou a sociedade portuguesa, Francisco Salgueiro regressa com uma nova história sobre os adolescentes portugueses do século XXI.

 

 

 

 

 

Sobre o autor

 

Francisco Salgueiro, 1972, tirou o curso de Comunicação Empresarial e é sócio de uma empresa de Marketing Digital, Wibii Marketing Tailors.

 

Pela Leya/Oficina do Livro já publicou 11 livros.

 

Desde 2010 tem percorrido o país a fazer palestras sobre os novos perigos que as crianças e adolescentes do século 21 enfrentam e formas de protegê-las nas redes sociais.

 

 

Dia 13 na RTP1 ESTREIA: "BEM-VINDOS A BEIRAIS"


"Bem-vindos a Beirais" é a próxima série de longa duração da RTP1. Conta-nos a história de Diogo Almada, um gestor de contas bem-sucedido de uma empresa de telecomunicações que se vê a braços com problemas graves de stress e ansiedade, originados pela constante pressão em que vive. Numa tentativa de reaver a sua qualidade de vida, Diogo decide mudar de vida e compra uma casa em Beirais - uma aldeia recôndita, no Portugal profundo a fim de começar uma vida nova como agricultor. 

ARE YOU A TOURIST OR A TRAVELLER? URBAN MARKET “TRAVELLER”, O prazer de viver e sentir a cidade

Portugal Lovers sempre a descobrir o Porto

ARE YOU A TOURIST OR A TRAVELLER?

URBAN MARKET “TRAVELLER”, O prazer de viver e sentir a cidade

Passatempo de fotografia “Alma de Viajante”

Criatividade, Musica e animação


 

10,11 e 12 Maio | Hotel Carris Porto Ribeira | 11h às 22h

ENTRADA LIVRE


 

“O turista anda pelo mundo com máquina fotográfica a tiracolo, guia no bolso, olha o que lhe indicam, compra o que lhe agrada, envia muitos postais, com uma agradável fluidez, sem apego nem compromisso. O viajante caminha com passos lentos, quer morar em cada coisa, cada esquina, ir à origem de tudo, amar loucamente cada aspecto do caminho – a essência da cultura do lugar”.

 

E ser “traveller” na nossa cidade é visitar espaços como estes, entrar pela viela em pedra e ficar deslumbrado. Optar por petiscar umas tapas, ou jantar. Mesmo que seja num hotel, na sua cidade. O Porto tem encantos e recantos que vale a pena descobrir e nós queremos continuar a mostrar.

 

Vamos ter “espalhados” pelo hotel, criadores portugueses de várias áreas (ilustração, joalharia, design de moda, design de produto, food design entre outras), uma selecção  criteriosa, sempre a procurar novos projectos criativos. Os visitantes podem contar com o “Menu Urban Market” no Restaurante Forno Velho por 12€, Tapas na Taparia “A Capela”, dia 11 actuação da Banda Artesania – Filipe Vargas -  e um passatempo de fotografia “Alma de Viajante”.  No dia 12, os Anjos Urbanos Cabeleireiros, conhecidos hairstylists  da cidade do Porto, vão de tesoura afiada para quem quiser fazer uma mudança de visual.

Ser Urbano é conviver com a diferença e pluralidade”, e como é hábito nos nossos eventos, esperam-se três dias com um ambiente cheio de “calor humano”, com conversas, partilhas, vendas, parcerias e onde todos  aprendemos sempre algo de novo. É muito gratificante sentir isto e sentir que os criadores crescem e evoluem em cada edição, quer na originalidade das peças, quer na criatividade da exposição, a qual estamos sempre a sensibilizar para que seja original.

Exposição "21st Century Museum "

 

Inauguração| 19h


A exposição “21st Century Rural Museum” inaugura no dia 16 de Abril , às 19h, no piso 3 do MUDE – Museu do Design e da Moda, Colecção Francisco Capelo, e pretende levar o universo rural do nosso país aos principais centros urbanos de Portugal, de modo a criar uma consciência de transformação social através de diversas propostas artísticas.

Uma exposição itinerante que já passou pelo Palácio das Artes ·  Fábrica de Talentos no Porto, do Círculo de Artes Plásticas de Coimbra e do GDMOA · Guangdong Museum of Art· China e chega agora a Lisboa.

 

 

Apresentações da Escola Portuguesa de Arte Equestre nos Jardins do Palácio de Queluz




A partir de 8 de Maio, terão lugar, todas as 4ªs feiras, às 11h, apresentações da Escola Portuguesa de Arte Equestre, nos jardins do Palácio de Queluz, com a duração de 20 a 30 minutos. Estes espetáculos organizados com os cavalos e cavaleiros da Escola de Arte Equestre, estarão acessíveis a todos os visitantes do Palácio e/ou Jardins de Queluz.

Com o decorrer das obras nas instalações da Escola, e consequente melhoria da capacidade de acolhimento de visitantes/espetadores, serão agendadas outras atividades e espetáculos, a anunciar em breve.

Mantém-se também a possibilidade de agendar espetáculos privados da Escola de Arte Equestre, noutros horários ou locais.

 

A Escola Portuguesa de Arte Equestre, sediada nos jardins do Palácio de Queluz, foi fundada em 1979 com a finalidade de promover o ensino, a prática e a divulgação da Arte Equestre tradicional portuguesa. Recupera a tradição da Real Picaria, academia equestre da corte portuguesa do século XVIII, que usava o Picadeiro Real de Belém, hoje Museu Nacional dos Coches, e monta exclusivamente cavalos lusitanos da Coudelaria de Alter.

 

Em Setembro de 2012, a gestão da Escola Portuguesa de Arte Equestre foi entregue pelo Governo à Parques de Sintra – Monte da Lua, juntamente com a gestão dos Palácios Nacionais de Sintra e Queluz. Atualmente encontra-se em desenvolvimento o projeto de recuperação das instalações, com o objetivo de melhorar as condições de trabalho, alojamento dos cavalos, acolhimento de visitantes e apresentações ao público. Mantêm-se também os espetáculos da Escola noutros locais nacionais e internacionais, bem como a participação em feiras da especialidade.