Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Balanço da XV Festa do Teatro – Festival Internacional de Teatro de Setúbal



A continuidade na aposta da qualidade foi ponto de honra da organização (Teatro Estúdio Fontenova em parceria com a Câmara Municipal de Setúbal), e também, exigência mantida pelo público que tem acorrido nas edições anteriores. Nesse sentido, a excelência da programação da XV edição do Festival Internacional de Teatro levou ao palco em Setúbal uma mostra do melhor que se faz em Portugal e no mundo.

O certame conta com um público incondicional que ultrapassa as fronteiras da cidade, daí se percebe o grande destaque e interesse da imprensa nacional que ajudou na maior visibilidade dos espectáculos do Festival.

Uma das novidades foi a utilização do recuperado Fórum Municipal Luísa Todi, duplicando o número de lugares disponíveis relativamente às edições anteriores.

Apesar dos tempos que correm e destas evidências a afluência de público superou as expectativas! Sobrelotando os habituais espaços do Festival como se pôde verificar na abertura em que as cadeiras disponíveis se mostraram insuficientes para a moldura humana que acorreu, moldura esta que voltou a marcar presença no muito bem composto Fórum Municipal Luísa Todi, facto relevante para o espaço, até ao momento, em espectáculos do género.

 

A abertura deu-se no lotado salão nobre da Câmara Municipal de Setúbal.

No discurso de abertura, o Director do Festival José Maria Dias realçou o enorme destaque na imprensa nacional, e, a afirmação da Cultura em Setúbal como complemento ao imaginário de que Setúbal é apenas a terra do choco frito. É Cidade das Artes complementou. Falou da luta que é erguer o Festival todos os anos devido aos parcos apoios, problema que a vontade e o querer da equipa vão contornando.

Invocou as palavras de Jorge de Sena como linha condutora ”A cultura serve para mostrar a nós próprios que somos melhores do que aquilo que pensamos ser”.

Maria das Dores Meira Presidente da Câmara Municipal de Setúbal agradeceu o esforço do Teatro Estúdio Fontenova, e, elogiou a programação do Festival, marco incontornável da vida da cidade. Salientou também a disponibilidade futura do município para o evento.

 

Dia 24

O sobrelotado espectáculo “Que Raio de Mundo” do Teatro Regional da Serra de Montemuro, com gente que fez questão de assistir em pé apesar de já não haver cadeiras, trouxe a magia do sorriso e a arte de nos rirmos de nós próprios e do mundo que nos rodeia.

A contagiante melodia que deixaram nos ouvidos dos espectadores, marcou o ritmo das excelentes interpretações de todos os actores num espectáculo altamente divertido.

A metáfora à espuma dos dias com que o Teatro de Montemuro agraciou quem se lhes juntou na noite de Sábado, é entretimento puro ao ar livre com o “pauzinho na engrenagem” que José Mário Branco canta.

 

Dia 25

No muito bem composto Fórum Municipal Luísa Todi, o Teatro Estúdio Fontenova, brindou-nos com a visceral interpretação de Eduardo Dias.

“A noite antes da floresta” de Bernard-Marie Koltés, é um magistral texto com o poder de sufocar, de criar a revolta e o desassossego. A minimalista mas bela encenação teve o condão de libertar a escrita de Koltés para o elemento humano, o actor.

Eduardo dias numa soberba actuação conseguiu dar vida à montanha russa de emoções no monólogo, criando um uníssono no respirar e sentir com a plateia. Um espectáculo que nos lembra o que a realidade não consegue desmentir, a emigração, os mais desfavorecidos e o flagelo que é o desemprego. Um espectáculo para nos fazer sentir, porque o Teatro é isto, é a Vida.

 

 

Dia 26

A mais recente produção de Paulo Lage “Branca de Neve” em modo de leitura encenada, foi um momento de partilha e debate. O público teve a oportunidade de ver o trabalho em curso antes da estreia e discutir opiniões e debater com os artistas a estética, a encenação, o experimentalismo e o sentir que o espectáculo lhes trouxe. A interacção com o público para poder falar do caminho percorrido e a percorrer.

 

Dia 27

O espectáculo do Teatro dos Aloés “Ensaio ou Café dos Artistas”, é pedaço de luta partilhado pela maioria da gente que cria a magia do Teatro pelos palcos espalhados neste mundo. O sublime texto do argelino M' Hamed Benguettaf é minuciosamente interpretado pelo Teatro dos Aloés, numa brilhante encenação de José Peixoto. O delírio a que este viver muitas vezes leva os artistas, é prato vazio que a vida cospe em muitos outros viveres na busca dos seus sonhos. Muitas vezes é necessário erguer barricadas e lutar por espaço, compreensão, respeito e dignidade, apelo em forma de dádiva para o público partilhar.

 

Dia 28

Existem momentos em que o nada nos assalta, em que nos sentimos pequenos, em que reaprendemos a ser e não conseguimos fugir a sentir. Este momento é um lugar chamado  “Um precipício no Mar” magistralmente interpretado por João Meireles dos Artistas Unidos. Numa sobrelotada sala José Afonso na Casa da Cultura, onde ninguém ficou indiferente, toda a gente trouxe um pouco das estórias retratadas como se fossem suas tal a comunhão entre o actor e o público.

 

Dia 29

Uma grande produção, por uma grande companhia e uma sábia e inteligente encenação por Jorge Silva Melo tem destas coisas, Forúm Municipal Luisa Todi cheio!

“A estalajadeira” de Carlo Goldoni pelos Artistas Unidos é bom gosto num texto em que muitos caiem no ridículo e na brejeirice. Com variadas interpretações de alto nível, crime seria destacar um só numa equipa que funciona como um todo.

É popular? Sim, claro que é! Os artistas Unidos lembram-nos, e bem, que por ser para todos não implica falta de gosto, educação nem falta de profissionalismo. Um bom contributo para a democratização da arte teatral.

 

Dia 30

A “troika” João de Brito, Wagner Borges e Marta Lapa estrearam “T3” após residência artística em pleno Festival.

Os dois actores misturam registos diferentes numa encenação arrojada e “contemporânea”. Contemporaneidade artística que serviu de mote de gozo, para os espectáculos que nada querem dizer da vida, do que nos rodeia e vivem da diferença pela diferença.

O “T3” é arrogante no aspecto em que olha de alto para os seres amorfos em que querem que nos transformemos. É interventivo e esclarecedor, temos de tomar posição!

Muita gente na Escola Sebastião da Gama para participar neste grito de revolta.

 

Dia 31

A heterogeneidade do Festival permite pequenos prazeres, trazer a Portugal uma das melhores companhias do Mundo de Teatro Gestual é um deles.

Da companhia pouco haverá a dizer, o seu currículo ilustrado com Prémios nos melhores festivais mundiais fala por si, o público teve a oportunidade de o confirmar.

O “2º acto” dos franceses Dos à Deux é horrivelmente belo, de uma simplicidade atroz!

A amizade, cumplicidade, solidariedade, tristeza, solidão e a morte são poesia elevada ao sublime no palco pelos Dos à Deux. O sentir da beleza em todos os momentos, sejam eles tristes ou felizes,

foi terapia em comunhão que explodiu numa tremenda ovação.

 

Resta-nos agradecer a todos aqueles que colaboraram e participaram tornando possível mais uma edição da Festa do Teatro, especialmente aos nossos parceiros, nomeadamente, Câmara Municipal de Setúbal, Escola Secundária Sebastião da Gama e Fórum Municipal Luísa Todi.

 

Sempre numa procura de uma verve criativa existente nas periferias, sempre pugnando pelo valor artístico e social das produções apresentadas. Sempre na partilha de novos caminhos e visões.

De 24 a 31 de Agosto de 2013,

Convosco a Festa fez-se!

 

 

 

 


 

 

 

 
 

 

    

 

Câmara Municipal de Palmela | Exposição de Pintura "Marinhas 2013"

“Marinhas 2013”


 

A Biblioteca Municipal de Palmela recebe, de 14 de  setembro a 26 de outubro, a exposição de pintura “Marinhas 2013”, de Luís Liberato.

Luís Liberato nasceu na Guiné-Bissau, em 1955, onde viveu até 1970. Já em Moçambique, onde continuou os seus estudos, expôs individualmente e pela primeira vez, na Casa Amarela, em Lourenço Marques (actualmente Maputo) em 1974.

Em Portugal desde 1975, tira o curso de Equipamento de Interiores na Escola de Artes Decorativas António Arroio e Pintura na Sociedade Nacional de Belas Artes, onde expôs colectivamente na exposição “A Árvore” em 1977.

Dedicado, em exclusivo, à pintura desde 2010, o seu trabalho tem como base uma reflexão contemporânea numa experimentação a nível de materiais, deslocando-se de referência em referência.

Expôs, individualmente, em 2010, na Galeria Arte e Valor, em Lisboa; em 2011, no Palácio Álamo, em Alter do Chão, e participou, a nível colectivo, na VIII Bienal de Arte da Vidigueira 2012, onde lhe foi atribuída uma Menção Honrosa.

A exposição “Marinhas 2013” poderá ser visitada às 3ªs, 5ªs e 6ªs, das 10h30 às 12h30 e das 14h00 às 19h00 e às 4ªs e sábados das 14h00 às 19h00. Encerra aos domingos, 2ªs, 4ªs no período da manhã e feriados.

 

 

 

 

A Exposição “Marinhas 2013”, inaugura dia 14 de setembro, pelas 17h00, na Biblioteca Municipal de Palmela.

 

Mimosa da Lapa apresenta programa Cultural - Dia 13 inaugura exposição de Daniela Reis

Mimosa da Lapa apresenta programação cultural de Setembro/Outubro

 

Exposição de Daniela Reis inaugura no dia 13 de Setembro

 

 

A MIMOSA DA LAPA, uma antiga mercearia de bairro recentemente recuperada sob o mote Mercearia, Bicicletas e Cultura, apresenta um programa cultural que vai animar os fins de tarde e noites entre os dias 13 de Setembro e 12 de Outubro. "QUADROS, CONVERSAS E PETISCOS MUSICADOS" é o tema que vai juntar artistas plásticos, músicos e petiscos a condizer, bem ao jeito da Mimosa.

 

 

A proposta da MIMOSA DA LAPA é que os músicos e autores num ambiente muito intimista, descontraído e de proximidade com o público, se atrevam a desvendar através das suas estórias e experiências, o seu trabalho e o que os move pela vida.

 

A primeira conversa será conduzida por Daniela Reis, que no dia 13 de Setembro inaugura a sua exposição de pintura. As pinturas e personagens de Daniela Reis (www.danielareis.pt, www.facebook.com/danielareispintura) estarão presentes até 12 de Outubro, coabitando com as restantes propostas culturais que vão passar pela Mimosa.

 

Para mais informações, consulte o Press Release em anexo e não hesite em contactar-nos.

 

 

+ Info:

Mimosa da Lapa:

Rua da Bela Vista à Lapa, n 94, Lisboa

Segunda, Terça e Quarta | 10h00 - 20h00

Quinta, Sexta e Sábado | 10h00 - 23h00

 

DANIELA REIS - www.danielareis.pt ; www.facebook.com/danielareispintura

 

PROGRAMAÇÃO CULTURAL

 

Bruno Martins - www.brunomartins.pt

Responsável pela programação e conceito deste evento, a sua actividade tem abrangido as áreas da produção cultural, comunicação, fotografia e vídeo.

 

 

Palmela é palco de desfile de moda com materiais reciclados

AMARSUL Eco Fashion 2013

 

 

No dia 20 de setembro, às 21h00, o Largo de S. João, em Palmela, transforma-se numa passerelle, por onde irão desfilar criações de estilistas portugueses, produzidas a partir de materiais recicláveis, numa iniciativa da AMARSUL, com o apoio da Câmara Municipal de Palmela. Trata-se de mais uma edição do AMARSUL Eco Fashion, iniciativa realizada anualmente, desde 2010, com o objetivo de demonstrar o potencial de reaproveitamento dos materiais recicláveis, contribuindo para a valorização dos resíduos sólidos urbanos produzidos na Península de Setúbal.

Ana Alexandre, Romana Mussagy, Milene Santos, Angela Melnic e Sara Pinto são os estilistas cujas coleções irão brilhar na edição deste ano, apresentada por Merche Romero. Destaque para os Storytailors, estilistas convidados que irão apresentar a coleção “Trash Allure”. Peças únicas, glamorosas e sonhadoras ganham forma a partir de páginas de revistas e jornais, folhetos publicitários e pedaços de embalagens, reconstruídos de forma lúdica.

Além da moda, a música estará presente no espetáculo, com a atuação de Emmy Curl. A artista transmontana, de 23 anos, lançou, em 2012, o seu segundo trabalho “Origins”, e continua a aliar a sua voz doce a um imaginário muito próprio e a uma profunda ligação à terra natal, criando ambientes únicos e etéreos.

O AMARSUL Eco Fashion é já considerado um evento de excelência e obteve reconhecimento, a nível nacional, pela Associação Portuguesa de Comunicação de Empresa, e internacional, pela Summit International Award.

 

Cinema Gratuito ao Ar Livre na Galeria Jumbo de Famalicão

13 e 14 de setembro :: 21h45

 


 

A Galeria Comercial Jumbo de Famalicão vai realizar duas sessões de cinema ao ar livre, totalmente gratuitas, nos próximos dias 13 e 14 de setembro. Num recinto com capacidade para 400 lugares e com uma tela gigante de 12m vão passar os filmes Red 2 – Ainda Mais Perigosos e Monstros: Universidade. Ambas as sessões são às 21h45.

 

e Na sexta-feira à noite passam pelo ecrã gigante as aventuras de um elenco de luxo. Bruce Willis, Johhn Malkovich, Anthony Hopkins e Catherine Zeta-Jones são os protagonistas de Red 2, uma comédia de ação imperdível.

 

No sábado é a vez de Monstros: Universidade. Um filme de animação para os mais novos que conta a história de um jovem monstro que sonha tornar-se um monstro assustador. Para cumprir o seu sonho inscreve-se na universidade dos monstros onde estuda arduamente, mas o percurso torna-se mais difícil do que espera e aí nascem inúmeras aventuras bem divertidas.

 

 

Galerias Jumbo de Famalicão

Cinema ao ar livre :: 21h45 :: Entrada gratuita

Ø  13 de setembro: Red 2 – Ainda Mais Perigosos

Ø  14 de setembro: Monstros: Universidade

 

MOV'es vai mover Lisboa!

Nasceu um novo mapa de Lisboa - Um mapa CULTURAL.


"A Cultura Move a Economia Social" é o lema da 1ª Mostra de Actividades Culturais MOV’es, um evento cultural de cariz social, a acontecer durante o fim-de-semana 14 e 15 de Setembro. Uma iniciativa da CASES - Cooperativa António Sérgio para a Economia Social, com produção da BACKGROUND Spp que vai oferecer a Lisboa um percurso cultural gratuito.

Um pouco por toda a Lisboa, em diferentes espaços, as pessoas poderão experienciar as mais diversas vertentes da cultura: Teatro, Workshops, Concertos e Dança.

Existem actividades para todos os segmentos de público.

De forma a que o público possa usufruir do percurso completo do MOV’es, foi impresso um novo mapa da cidade onde as únicas indicações que constam são os pontos de oferta cultural dos espetáculos que participam no evento.

Movimentar o grande público por Lisboa à descoberta de novas experiências artísticas, é o principal objetivo.

São 34 estruturas de criação artística, 13 espaços culturais, 38 espectáculos de acesso gratuito e para todas as idades.

Carlos Alberto Moniz é o embaixador da 1ª Mostra de Actividades Culturais MOV’es e estará disponível para qualquer entrevista. Associados ao MOV’es estão ainda personalidades da cultura portuguesa como o actor Carlos Paulo (Comuna - Teatro de Pequisa) e a actriz e encenadora Natália Luiza (Teatro Meridional).

Participam na 1ª Mostra de Actividades Culturais - MOV’es: Teatro Carnide, Acting Moon Company, Salamandra Dourada, ARD’5 – Quinteto de Sopros, Ditirambus, Teatro do Elefante, Teatro do Frio, Bandalhada, Arte Pública, Estrela e Vigorosa Sport, Vara Teatro, Circuito Explosivo, District of New Art/Teatro de Praga, Aladiário, Animateatro, Dança para Pelés, Terra na Boca, Lua Cheia Teatro para Todos, Teatro Bocage, Teatro Rir de Nós, Naco, Chapitô, Comuna - Teatro de Pesquisa, Teatro Estúdio Fonte Nova, Petit Gatô, Teatro O Bando, Teatro Meridional, Kind of Black Box, Teatro do Bairro, Bicycle Filme Festival, Mob, Música Portuguesa a Gostar dela Própria, Festival TODOS, Companhia Dança Amálgama.

O Campo Pequeno será o palco principal que acolherá 10 das atividades deste evento. Espetáculos de dança, teatro e música, workshops e a projeção de uma recolha de vídeos de música portuguesa convidam o grande público para uma presença diferente no Campo Pequeno.  

Uma das atividades que gostaríamos de destacar é o Projeto A_ju_dança

Estrela e Vigorosa Sport, um grupo artístico sediado na Invicta (Porto), vai presentear Lisboa com o Projeto A_ju_dança. Projeto esse constituído por 19 pessoas e que apresentam uma proposta de dança inclusiva que oferece meios e convida todos a dançar, independentemente das suas incapacidades físicas, sendo o foco principal a capacidade e não a limitação. Este espetáculo pretende ajudar o bailarino (independentemente da deficiência) a descobrir o olhar, o corpo e a si mesmo, aumentado a sua expressividade e potenciando a sua criatividade. 

Todos os elementos deste espectáculo sofrem de paralisia cerebral.

Um espetáculo que promete mudar estigmas e alargar horizontes.

Um fim de semana recheado de cultura, para que todos se possam despedir do Verão da melhor forma possível!


Programação aqui.!

Câmara Municipal de Palmela | Formação Compostagem

“Compostar, outra forma de reciclar” | 14 de setembro - Palmela

Inscrições abertas para última ação de formação

 

A Câmara Municipal de Palmela e a AMARSUL, entidade responsável pela gestão, tratamento e valorização de resíduos sólidos urbanos da Margem Sul do Tejo, estão a promover a iniciativa “Compostar, outra forma de reciclar”. A prevenção da produção de resíduos domésticos e, em simultâneo, a produção de fertilizante natural são os principais objetivos deste programa de incentivo à compostagem doméstica, que consiste na oferta de um compostor e de ações de formação, bem como no acompanhamento continuado a cada família ou instituição que queira participar.

O programa encerra dia 14 de setembro, às 10h00, na Biblioteca Municipal de Palmela, com uma ação de formação.

Podem inscrever-se agregados familiares do concelho de Palmela que possuam habitações com quintal, horta ou jardim, bem como instituições com condições para a prática de compostagem.  Mais informações e inscrições através do email aneto@cm-palmela.pt ou pelo telefone 212336690.

Final Red Bull BC One Europa Ocidental » Um move decisivo para o Bboy nacional Lagaet [Nápoles, 14 de Setembro


Final Red Bull BC One Europa Ocidental

Um move decisivo para Bboy Lagaet

 


 

A cidade de Nápoles vai tremer no próximo sábado dia 14 de setembro, e todo o mundo vai poder testemunhar. Pela primeira vez na história da batalha de breakdance mais conceituada do mundo, a Itália será palco de uma etapa final: a Red Bull BC One da Europa Ocidental. Após século e meio a albergar espetáculos arrepiantes, o lendário Teatro Bellini prepara-se para receber uma intensa demonstração de skills pelos melhores B-boys do subsolo urbano europeu.

Todo este espetáculo será emitido em direto pelo website  redbulbcone.com – e por cá, todos os olhos estarão postos no B-boy que representa Portugal, o inimitável Lagaet. Este guerreiro do Porto, membro da Momentum crew, acumulou já quatro prémios internacionais só em 2013, e digamos que sempre que pisou a arena da Red Bull BC One ao longo dos últimos anos deixou queixos caídos e devastou a competição. Estará entre os melhores 16 da B-boys da Europa Ocidental a lutar pelo único lugar disponível na final mundial em Seul, na Coreia do Sul.

O respeitável painel de juris contará com o Red Bull BC One All Stars italiano Cico, e ainda El Nino e Venum (EUA), tudo enquanto o carismático DJ Renegade mistura a sua seleção killer de breaks para a noite. Quanto aos gladiadores urbanos: representam a Itália B-boy Froz e o Wild Card B-boy Alex , aos quais se juntam os Bboys Chey (Espanha), Niek , Menno e Skychief (Holanda), Valo (Áustria), Yu- Seng (Suíça), Focus (Escandinávia), Chakal , Franklyn e Tim (França) e o nosso mestre dos power moves,  o B-boy Lagaet.

 

E como a agenda de Lagaet não deixa de nos surpreender, o nosso magnético B-boy participa este mês também no espectáculo Red Bull apresenta Back At The Radiotron, um projeto inovador de dança em prol da sustentabilidade e da inserção social, encabeçado pela artista plástica Catarina Campino e o bailarino e coreógrafo Vasco Alves que estreia na abertura do ciclo anual Lisbon Week, no próximo dia 21 de setembro.

Mas para já, é por dia 14 que todos os soldados do underground da cultura hip-hop esperam ansiosamente, de browsers apontados para redbullbcone.com. A partir das 22:45 (hora portuguesa) poderão ver de perto e em direto o footwork, o popping, os windmills e os freezes dos melhores B-boys do nosso lado do continente na final Red Bull BC One da Europa Ocidental – uma batalha decisiva que escolhe qual gladiador segue viagem para a final mundial em novembro na Coreia do Sul, no ano em que se celebra a 10ª edição da Red Bull BC One.

 

 

Descubram mais:

Comunidade online: www.redbullbcone.com

Facebook: www.facebook.com/redbullbcone

Twitter: www.twitter.com/redbullbcone.com #bcone

 

 

Press information and editorial content:

Moving Images: www.redbullcontentpool.com

Still Images: www.images.redbullcontentpool.com

 

Câmara Municipal de Palmela | Semana Europeia da Mobilidade 2013

“Ar Limpo - Está nas tuas mãos!”

Câmara participa na Semana Europeia da Mobilidade 2013

 

A Câmara Municipal de Palmela participa, uma vez mais, na Semana Europeia da Mobilidade, iniciativa que, este ano, tem como tema “Ar Limpo – Está nas tuas mãos!”.

Comemorada oficialmente entre 16 e 22 de setembro, a Semana da Mobilidade pretende sensibilizar a comunidade para o impacto que as opções individuais de mobilidade têm na Saúde e no Ambiente.

Das atividades promovidas pela autarquia - com início dia 15 e, que se prolongam até ao final de outubro - destacam-se a utilização de biodiesel, produzido a partir dos óleos alimentares usados recolhidos no concelho, no Autocarro do Centro Histórico e viaturas oficiais do Executivo; a Cãominhada e a iniciativa “De Bicicleta para o trabalho”, onde os trabalhadores do Município e empresas do concelho serão encorajados a deslocar-se, como o nome indica, de bicicleta para o trabalho.

 

Câmara promove Cãominhada Solidária

 

No âmbito da Semana Europeia da Mobilidade, a Câmara Municipal, com o apoio da PRAVI (Associação de apoio a pessoas e animais), promove, dia 15 de setembro, uma Cãominhada Solidária, em Palmela. A iniciativa, com ponto de partida da Alameda 25 de Abril, às 9h00, decorrerá na Vila de Palmela e na Serra do Louro, possibilitando a participação dos amigos de quatro patas e o apoio a um grupo local de proteção de animais. Com um grau de dificuldade de nível II, uma distância de 7 quilómetros e a duração de três horas, a participação na Cãominhada é gratuita (aceitando-se um donativo em género, destinado à PRAVI) mediante inscrição obrigatória até ao dia 13 de setembro. Os  interessados deverão fazê-lo através do telefone 212336690 ou dos e-mails ccosta@cm-palmela.pt e aneto@cm-palmela.pt .

Para participar na iniciativa, os cães devem estar desparasitados, vacinados e ter identificação; trela e coleira/peitoral; os seus donos devem levar água e um recipiente para beber e sacos para recolha de dejetos. Não é permitido levar cadelas com o cio ou cães com historial de violência face a outros animais e/ou pessoas. Permite-se a inscrição de pessoas que não levam nenhum cão mas que participam pelo prazer de caminhar.

 

 

DRAGÕES, PRINCESAS E MUITAS CERTEZAS *ESTREIA*

 

XX produção para a Infância ANIMATEATRO
15, 22 e 29 de Setembro | Domingos | Auditório Cinema São Vicente
16H | M4A  
Duração 50m  

A leitura terá sempre o poder de nos transportar para a liberdade.
Ainda é tempo de ser criança, de possibilitar a fantasia, estamos certos de que é urgente brincar!

Gostávamos que tudo fosse perfeito?
Porque é que as princesas têm que ficar presas às aparências? Existem príncipes encantados? E os dragões devem ser sempre os maus da fita?
A nossa princesa acredita que tudo pode ser diferente, basta sonhar, deixarmo-nos levar pela imaginação, ser genuíno.
Nas situações mais improváveis a curiosidade vai ensiná-la…
Esta princesa cria novos trilhos, ela é mudança!

Texto Original. Ricardo G. Santos | Concepção, Encenação e Direcção. Ricardo G. Santos, Lina Ramos | Interpetação. Fernando Grilo, Liliana Costa, Sérgio Prieto, Nuno Santos (Stand-in) | Figurinos. Lina Ramos | Cenografia/ Adereços. Animateatro | Marionetas. João Graça | Composição Musical. André Marques | Imagem. César Duarte | Produção. ANIMATEATRO.

Bilheteira:
Cinema São Vicente │ abertura 1h antes do espectáculo│4€ (preço único) | 3€ ANIMAMIGOS

Produção e Reservas:
Animateatro – 212254184 / 214099896