Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

MÁRIO AUGUSTO É O CONVIDADO DO "SÓ VISTO!"- Domingo, às 14h15, na RTP1

Domingo, às 14h15, na RTP1



Diane Keaton adora o seu cabelo. Sarah Jessica Parker já lhe cantou o “Atirei o Pau ao Gato”. Michael Douglas confessou-lhe há muitos anos que tinha um fraquinho por uma jovem atriz chamada Catherine Zeta-Jones. Há mais de trinta anos que o vemos nos Óscares ou nas rodagens dos filmes de James Bond, que o vemos sentado ao lado dos maiores atores e realizadores do mundo. Este domingo, MÁRIO AUGUSTO, o nosso homem de Hollywood, é entrevistado por SÍLVIA ALBERTO. Nesta entrevista vamos conhecer o homem que é – simples, genuíno, profissional, o pai orgulhoso dos seus três filhos. MÁRIO AUGUSTO é admirado por muitos.

Esta semana no "Só Visto!" o cinema, os palcos e a televisão continuam em destaque e com dois grandes nomes nacionais: ALBANO JERÓNIMO está de regresso ao teatro e nós fomos espreitar os ensaios de “Coriolano”. E SIMONE DE OLIVEIRA foi passar uns dias a Beirais e o SóVisto!, claro, não perde nada do que se passa na série preferida dos portugueses.

No SóVisto! vamos ainda testar os dotes culinários de um rosto bem conhecido de todos: MERCHE ROMERO é a nossa Chef em Casa.

"Só Visto!" - Domingo, às 14h15, na RTP1

Companhia Nacional de Bailado traz obras de Anne Teresa De Keersmaeker ao CCVF

 

Este sábado, dia 11 de janeiro, a Companhia Nacional de Bailado (CNB) traz ao Centro Cultural Vila Flor, em Guimarães, uma seleção inédita de obras fundamentais do repertório da coreógrafa belga Anne Teresa De Keersmaeker, uma das criadoras mais influentes na dança contemporânea nos últimos 30 anos. As composições musicais de Debussy, Beethoven e Schoenberg são a génese para três singulares ligações com a dança, expressas sublimemente por Anne Teresa De Keersmaeker.

 

Na sequência da estreia em Lisboa, no último trimestre de 2012, a Companhia Nacional de Bailado apresenta em Guimarães as três obras de Anne Teresa De Keersmaeker que permitiram aos seus artistas o inequívoco reconhecimento do público pela interpretação deste exigente repertório. O programa é composto por obras fundamentais da carreira da aclamada coreógrafa belga: “Prelúdio à Sesta de um Fauno”, de Debussy, “Grosse Fugue”, de Beethoven, e “Noite Transfigurada”, de Schoenberg. A relação da coreógrafa com a música, que lhe valeu o título de “choregraphe musicienne”, está bem patente nesta seleção inédita de peças que a Companhia Nacional de Bailado traz agora ao Centro Cultural Vila Flor.

 

“Prelúdio à Sesta de um Fauno” é uma composição de dez minutos, escrita em 1894 e inspirada no poema epónimo de Stéphane Mallarmé, sendo considerada como um momento chave da música moderna. “L’après-midi d’un faune” (1876) é um poema longo onde a demarcação entre a realidade e o imaginário se esbate com uma subtileza magistral. Um fauno questiona-se sobre se as duas ninfas que se escaparam das suas assiduidades amorosas não seriam uma quimera: amarei um sonho? Ele quer perpetuar essas ninfas, fazer durar o efémero, preservar o desejo. A evocação da natureza paradisíaca é singularmente carnal, a música é uma carícia divina. Esta leveza, este recolhimento, esta busca pela suprema precisão na expressão do que é eminentemente inatingível, são também o desafio da coreografia criada por De Keersmaker para três bailarinos. A sua entusiástica distância encarna perfeitamente a elegância do desejo na música de Debussy.

 

“Grosse Fugue” foi criado por Anne Teresa De Keersmaeker, em 1992, como uma das partes de “Erts”. Coreografado sobre o último quarteto de cordas composto por Ludwig van Beethoven, representa uma meticulosa tradução coreográfica da composição musical. Beethoven constrói dois temas que depois transforma de maneiras diversas, sendo que os bailarinos acompanham, através dos movimentos, essas transfigurações. A escrita coreográfica é ajustada com precisão à partitura e cada nota e cada passo são coordenados com tal exatidão que produzem uma inédita e fascinante dualidade entre o que se vê e o que se ouve.

 

“Noite Transfigurada”, composição do jovem  Schoenberg, representa a primeira partitura romântica escolhida por Anne Teresa De Keersmaeker. O temperamento da composição é vincadamente definido pelo facto de ter sido criada a partir do poema narrativo de Richard Dehmel, intitulado “Verklärte Nacht”, e que descreve um diálogo noturno entre dois amantes, numa floresta. Ela comunica-lhe estar grávida de outro homem. Confessa-se triste e culpada sobretudo por experimentar o verdadeiro amor na nova relação. O amante perdoa-a e assume a paternidade da criança. Os amantes prosseguem o seu caminho sob o céu de uma noite clara. Ainda que sem palavras, sente-se na música a moldura narrativa e a presença das personagens. Anne Teresa De Keersmaeker refere que “anteriormente, em 1988, trabalhei com uma narração em “Ottone Ottone”, no caso uma ópera (“A coroação de Pompeia de Monteverdi”). Pesquiso sempre formas de contar histórias como parte do espetáculo de dança, em busca da precisão com que se pode indicar ou sugeri-las sem nos tornarmos demasiado explícitos.”.

 

O espetáculo tem início marcado para as 22h00 no Grande Auditório do Centro Cultural Vila Flor e os ingressos podem ser adquiridos por 10 euros ou 7,5 euros (com desconto), estando já disponíveis na bilheteira do Centro Cultural Vila Flor e da Plataforma das Artes e da Criatividade, Lojas Fnac, El Corte Inglés, Worten e Sport Zone, entidades aderentes da Bilheteira Online, e via online em www.ccvf.pt, www.facebook.com/GUICUL e oficina.bilheteiraonline.pt.

 

II Concurso Imagem "Março a Partir" | Entrega de propostas até ao final de janeiro

Projeto de participação juvenil chega à 19ª edição

Está aberto o II Concurso Imagem “Março a Partir”

 

Até ao último dia do mês de janeiro, está a decorrer o II Concurso Imagem “Março a Partir”, que pretende selecionar a imagem gráfica que servirá de base para a promoção e comunicação do 19º Março a Partir – Mês da Juventude no Concelho de Palmela. Aberto a todos os interessados, residentes em Portugal, que desejem concorrer individualmente (menores de 16 anos terão que concorrer com autorização dos representantes legais), o concurso terá uma fase de votação pelo público de todas as propostas recebidas, a decorrer na página Facebook do “Março a Partir”, entre 1 e 5 de fevereiro, após o que serão selecionados os cinco finalistas. O vencedor será escolhido pela organização.

Promovido pela Câmara Municipal de Palmela e dinamizado em parceria com as associações juvenis, grupos informais de jovens e outras entidades que, por vocação, trabalham diretamente com a população juvenil do concelho, o projeto “Março a Partir” é uma Escola de Participação para os jovens e para o associativismo, tendo por base princípios como participação, responsabilidade, tolerância, partilha e cooperação. Ao longo de quase duas décadas, o Março afirmou-se como um projeto de e para a juventude, transversal a várias áreas de atuação no campo juvenil. Desportos radicais, de aventura e natureza, música, cinema, teatro, dança, artes circenses, tecnologias de informação e preservação do ambiente, são algumas das principais propostas que podemos encontrar em cada uma das suas edições.

Mais informação em https://www.facebook.com/marcoapartir.

 

Regulamento

 

1. Este concurso é aberto a todos os interessados, residentes em Portugal, que desejem concorrer individualmente, sendo que os menores de 16 anos terão que concorrer com autorização dos representantes legais.

 

2. A votação será realizada via FACEBOOK. Serão selecionados 5 projetos que serão os que obtiverem mais "Gostos" (Like’s) durante o período de votação. Sendo que serão os promotores do projeto Março a Partir que escolherão o vencedor.

 

3. A proposta da imagem deve ser apresentada via email, com os seguintes ficheiros:

a) Conter no máximo de 4 painéis, com uma versão a cores e uma versão a preto e branco. Estas versões devem apresentar uma potencialidade de redução e ampliação com resolução mínima de 300 dpi, extensão eps ou tiff;

b) Memória Descritiva com os dados que acharem convenientes para um melhor entendimento do projeto, em pdf.

 

4. Os projetos devem ser enviados para o email: marcoapartir@gmail.com

 

5. Cada projeto deverá ser devidamente identificado pelo seu autor, com a indicação do nome, morada e telefone.

 

6. Será realizada uma exposição com os projetos apresentados a concurso na página do Facebook do Março a Partir.

 

7. O projeto premiado será utilizado como Imagem de marca do Março a Partir, em todas as comunicações a ele associadas. Salvaguarda-se o não cumprimento deste ponto, em caso de não qualidade das propostas apresentadas.

A data para apresentação de projetos será de 06/01/2014 a 31/01/2014.

A votação por Facebook decorrerá até de 01/02/2014 a 05/02/2014.

A data da publicação do projeto vencedor será no dia 08/02/2014.

 

Ao participar no concurso, os concorrentes aceitam todas as cláusulas, assim como disponibilizar os Direitos de Autor do projeto à organização deste concurso.

A Urgência da Literatura

Que livros e leitores queremos? Que país temos?
Helena Buescu e Antonio Carlos Cortez
11 e 12 Jan 2014 - 10:00 às 12:30 e 14:30 às 17:00
Sala Luís de Freitas Branco
Entrada Livre
(mediante a lotação da sala)
Numa época de "crise das humanidades" e de necessidade de recuperar um convívio franco e salutar com o nosso património literário, convidamos diversos agentes culturais (instituições, escritores, ilustradores, professores e académicos, jornalistas, editores, livreiros) a pensar a literatura. Fortemente mediatizado, o mundo de hoje impele a juventude para outras formas de distracção e mesmo de alienação. Quando ler parece ser sinónimo de mero entretenimento, que leitores estamos a formar? Como se formam leitores com espírito crítico? Atendendo ao combate contra a iliteracia em Portugal, várias entidades associam-se à Fundação Centro Cultural de Belém para pensar a literatura que se escreve e se lê no nosso país, acentuando a urgência de fazer regressar aos programas escolares uma formação humanística.
 

"OS FILHOS DO ROCK" - Sábado, às 24h00, na RTP1

Sábado, às 24h00, na RTP1



Ah… os anos 80. Dos penteados indesculpáveis e do Passeio dos Alegres. Da SIDA e do Bairro Alto. Dos UHF, Xutos, GNR, Heróis do Mar e Rui Veloso. E d’Os Barões, convém não esquecer.
 
Todas as revoluções precisam de um porta-voz. Na do rock português é Xavier Bastos quem assume esse papel. Amigo de Jorge Palma e conhecedor de música e dos músicos, faz do seu programa “Dias do Rock” o epicentro do terremoto sonoro que abala a rádio nacional.

Outro trio que vai fazer histórias começa ao mesmo tempo. João Pedro, Zé Paulo e Garrafa são rockeiros a valer, e o seu talento começa a ser reconhecido por todos. Por Xavier, o radialista rock que lhes propõe um contrato; por Pedro, o empresário sem escrúpulos que se antecipa e os rouba para a sua editora; pelos amigos, namoradas, até pelas famílias. Pelo mundo da música e pelo grande público.

No episódio desta semana: Barões
Os Mercedes Benz venceram o concurso da rádio e surgem convites para concertos. Maria torna-se a manager não oficial da banda e Xavier oferece-se para lhes tentar arranjar um contrato. Simone abandona a rádio e vai trabalhar para a RTP. Maria dos Prazeres pressiona o filho e pede-lhe que envie uma fotografia do quartel, Garrafa não sabe o que fazer e pede ajuda aos amigos. Estamos em Dezembro de 1980 e os ex-Mercedes Benz, agora Barões, organizam um concerto no palacete que Xavier e Simone nunca irão esquecer. Zé Paulo e Beatriz dormem pela primeira vez juntos.


Acompanhe todos os desenvolvimentos de "Os Filhos do Rock" em:
http://www.rtp.pt/osfilhosdorock
http://www.facebook.com/osfilhosdorock
http://media.rtp.pt/blogs/osfilhosdorock/videos/ (com todos os vídeos associados)
http://media.rtp.pt/blogs/osfilhosdorock/instagram/ (fotos do instagram tiradas pelos atores/equipa)


FOTOS DOS BASTIDORES DA SÉRIE

Agenda para Janeiro do Adufe-sons mundo

Dia 10 - 6ª feira - Dj Set - "Viagens musicais" com Pezinhos de Coentrada - 22 horas

Pezinhos de Coentrada é um Selecta que vai sendo frequentador do palco do Adufe-sons do mundo caracterizando-se como um fã do Rock Folk. Para esta noite irá preparar-nos uma noite de sonoridades relacionadas com o Rock e o Punk Folk.

Dia 11 - Sábado - Concerto - Mamadu Baio Super Camarimba (Guiné-Bissau) - 22.30horas

Natural da Guiné-Bissau, Mamadu Baio nasceu numa pequena aldeia no leste deste país chamada Tabato, a qual é bastante conhecida pela sua tradição na construção de instrumentos tradicionais (balafon, kora, djambé, dundumbá, etc.), assim como na perpetuação da sua tradição enquanto griots.

Músico profissional do estilo afro-mandinga, Mamadu Baio esteve no Mali a gravar um CD de originais, no estúdio Moffou, do artista Salif Keita.

A actuarem, desde 1997, por todas as partes da Guiné-Bissau, incluindo os Centros Culturais Português e Franco-Guineense e Mansa Flema também tiveram a honra de actuar para audiências de representantes oficiais de outros países, ONG’s e convidados especiais.

Dia 17 - 6ª Feira - Dj Set - Noite Balcânica com DJ Pralenka - 22 horas

As paisagens musicais dos Balcãs regressam ao Adufe-sons do mundo pela mão do Dj Pralenka. Num Janeiro que começa com muito frio e chuva os sons quentes e desconcertantes dos Balcãs irão aquecer o ambiente e não deixaram ninguém indiferente.

Dia 18 - Sábado - Concerto - Marfa -- 22.30horas

Marfa é um projecto militante de canções para a luta, de Pedro Penilo, Tiago Santo e Rui Alves. A banda foi criada em Janeiro de 2013 e estreou-se em Julho, no Festival Ervançum. Todas as canções - adaptações ou originais - são cantadas em português. Podemos encontrar Brecht, Lopes-Graça, Woody Guthrie e Victor Jara juntos no mesmo espectáculo, a par de originais da banda. Os temas são a luta, o trabalho, a exploração e a vida dos explorados. Tudo sempre carregado de energia e ânimo.

Marfa é o nome da camponesa que avança para a criação de uma cooperativa, no filme do realizador soviético Sergei Eisenstein "Linha Geral (O Velho e o Novo)".

Pedro Penilo - letras, adaptações e voz Tiago Santos - música e guitarra Rui Alves - bateria

 

Dia 24 - 6ª feira - Dj Set - Dj Naicker Bee/ Gaia Sound System - 22 horas

Gaia Sound System celebra a paisagem acústica onde todos os povos se encontram, para falar o mesmo idioma, a música.

Dj Naicker Bee cria uma viagem pelo mundo da World Music, visitando os ambientes sonoros da Ásia, África, Américas e Europa.


E traz-nos nomes como, Kiran Ahluwalia, Tinariwen, Tony Allen, Femi Kuti, Firewater, Rupa & April Fishes, LaBrassBanda, Omiri, Galandum Galundaina, Roncos do Diabo, e muitos outros que têm sido presença no FMM (Festival Músicas do Mundo) e no Festival Med.
Dia 25 - Sábado - Dj Set - World Music com Natty Fred - 22 horas

Esta sexta, Natty Fred regressa para mais uma noite de grande qualidade, como aliás têm comprovado nas suas presenças no palco no Adufe-sons do mundo. As suas abordagens à música realizada nos “4 cantos do mundo” será, certamente, uma agradável viagem pelos sons do mundo.

Dia 31 - 6ª feira - Noite Jamaicana com Selecta Boots - 22 horas

Nesta noite o Selecta Boots traz-nos uma homenagem aos nomes maiores da música jamaicana, através do Ska e Reggae desta ilha caribenha mas também de outras latitudes onde estes géneros musicais se forma enraizando. Uma noite com ritmos bem quentes e onde a qualidade dos músicos escolhidos não deixarão sombra de dúvida para a qualidade musical que aquela ilha possui.