Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Mural Sonoro 2014 - 1.ª Sessão

 

Sexta-feira, 31 de Janeiro de 2014 // 16:00 h

O ciclo de eventos dinamizado pelo projeto Mural Sonoro prossegue em 2014. Para a primeira sessão do ano o tema será a “Música Popular no contexto das tecnologias de produção sonora e musical”. A entrada é livre.

 
Com mediação / apresentação de Soraia Simões, os intervenientes serão Fernando Abrantes (músico, engenheiro de som, produtor, arranjador e formador, conhecido por ter integrado durante algum tempo o grupo alemão Kraftwerk) e Tó Pinheiro da Silva (engenheiro de som, músico, produtor, masterizador, conhecido pelo seu trabalho com muitos dos grandes nomes da música em Portugal). 

Com dinamização do projeto Mural Sonoro, da investigadora Soraia Simões, em colaboração com o Museu da Música, este ciclo de eventos tem vindo a decorrer desde 2013, com uma programação constituída por conferências, exposições e apresentação de recolhas musicais e etnográficas.

Da autoria de Soraia Simões, o projecto Mural Sonoro pretende constituir um arquivo sonoro onde se incluam instrumentos e relatos de Protagonistas (os Músicos, os Compositores, os Arranjadores, os colecionadores, os artesãos – organologia, materiais, instrumentos, discos) no contexto da música popular de matriz urbana e das práticas coreográficas/performativas associadas a algumas das formas musicais com enfoque na diáspora e migrações. Este projecto está alojado num Portal (www.muralsonoro.com) que reúne conteúdos de vários colaboradores.

Soraia Simões (1976, Coimbra) é pós-graduada em Estudos de Música Popular pelo Departamento de Ciências Musicais e Etnomusicologia da Universidade Nova de Lisboa. O seu estudo e trabalhos incidem na cultura popular e nas práticas musicais de países no contexto da diáspora, especialmente a partir do século XX.