Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

PASSATEMPO Chove em Barcelona

O Blog Cultura de Borla em parceria com TEATRO DOS ALOÉS tem bilhetes duplos para a peça CHOVE EM BARCELONA para todos os dias de 29 a 2 de Fevereiro  (qua. a sab. 21h30 | Dom. 16h) aos primeiros leitores que:

 

 

- enviarem um mail para culturadeborla@sapo.pt com a frase "Eu quero ver CHOVE EM BARCELONA com o Cultura de Borla" com nome, BI e nº de telefone e a sessão que pretende.

 

- sejam amigos do Cultura de Borla no Facebook e fazem like no post do passatempo.!

 

- façam like na página do Teatro dos Aloés no Facebook;

 

- partilhem o evento no seu perfil pessoal;

 

 

No Museu da Música

1 de FEVEREIRO
17H00 - QUARTETO INDACO
O Quarteto interpreta Beethoven, Webern e Ravel.
O bilhete de entrada no Museu da Música (€2) dá acesso ao concerto.
 
19H00 - JAZZ n' POESIA 
Jazz n' Poesia é um projecto com canções de João Galante e poesia de Isa Fontes.

Bilhete - €5

 

 

Passatempo Camões - O Poeta Soldado

O Blog em parceria com a Animateatro tem bilhetes simples para CAMÕES_ O POETA SOLDADOpara o dia 1 de Fevereiro às 21h30 no Auditório Cinema São Vicente aos primeiros leitores que:

 

- enviarem um e-mail para culturadeborla@sapo.pt com a frase "Eu quero ir ver CAMÕES_ O POETA SOLDADOcom o Cultura de Borla" com nome, BI e contacto;

- façam like na página da Animateatro no Facebook;

- partilhem o evento no seu perfil pessoal;

- sejam amigos do Cultura de Borla no Facebook.

 

01, 08, 15, 22 de Fevereiro | Sábados | no ESPAÇO ANIMATEATRO

21H30 | M12A

Duração 50m 

O Projecto

A descoberta de um poeta é o abrir de um novo imaginário, desvendar Camões é admirável. Ouvir o seu nome remete-nos imediatamente para “Os Lusíadas”, a obra maior da literatura portuguesa, no entanto, existiu Camões antes e para além da obra.

A vida do poeta soldado, as afeições do homem boémio são a inspiração para este espectáculo. Um actor sozinho em palco, confidencia momentos íntimos, envereda pela exploração do movimento, relaciona-se com o espaço cénico, encontra o homem, o poeta, a palavra.

 

O homem da manutenção encontra uma mala perdida, desconfia do seu conteúdo.  A sua curiosidade desencadeia uma epopeia de descobertas perdidas no tempo, este simples sujeito reencarnará acontecimentos dramáticos, cómicos, díspares na sua essência, que fizeram a história de Portugal.

Texto. L. Vaz de Camões (Excertos de cartas, poemas, dramaturgia camoniana e d’Os Lusíadas) | Apoio à Dramaturgia. Professora Gabriela Benavente | Direcção. Ricardo G. Santos / Lina Ramos | Interpretação. Nuno Santos | Figurinos. Lina Ramos | Imagem. César Duarte | Produção. ANIMATEATRO.

PASSATEMPO DONA BÔ E SENHOR NIZ

O Blog em parceria com a Animateatro tem bilhetes simples para DONA BÔ E SENHOR NI para o dia 2 de Fevereiro às 16h no Auditório Cinema São Vicente aos primeiros leitores que:

 

- enviarem um e-mail para culturadeborla@sapo.pt com a frase "Eu quero ir ver DONA BÔ E SENHOR NIZ com o Cultura de Borla" com nome, BI e contacto;

- façam like na página da Animateatro no Facebook;

- partilhem o evento no seu perfil pessoal;

- sejam amigos do Cultura de Borla no Facebook.

 

 

02, 09, 16 e 23 de Fevereiro | Domingos| No AUDITÓRIO CINEMA SÃO VICENTE

16H | M6meses  a 3anos | Público no Palco

Duração 35m 

Em 2002 nasce o percurso da ANIMATEATRO na criação de públicos infantis. Com vista a anular possíveis dificuldades no usufruto deste recurso cultural, tem sido nosso principal propósito levar o teatro junto da criança. Incitados pelos docentes, em 2009, enveredámos pelo teatro dirigido a pequenos de mais tenra idade, abrangendo infantes dos 6 meses aos 3 anos, suprimimos uma lacuna na oferta cultural que se fazia sentir para esta faixa etária.

A concepção criativa é centrada num universo de estímulos, permitindo ao bebé um desenvolvimento psicomotor mais expressivo na relação com os outros e com o meio envolvente.

Neste novo espectáculo partimos de dois sentidos considerados indissociáveis, o olfacto e o paladar, a relação inesquecível; a parceria entre estes dois personagens que integram a história ilustrará a importância de quem cuida, de quem ama.

Vizinhos inseparáveis trabalham paredes meias……Dona Bô arruma a garganta, separa o amargo, salgado, doce e até o ácido, Senhor Niz com a ajuda dos seus fiéis receptores consegue classificar tudo o que lhe aparece à frente; o trabalho destes dois permite-nos até….identificar o sabor dos alimentos! No meio desta azáfama, um soluço surge e o olfacto foge. Será que conseguem recuperá-lo?

Concepção, Encenação e Direcção. Lina Ramos, Ricardo G. Santos | Interpretação. Cláudia Palma, Patrícia Susana Cairrão | Figurinos. Lina Ramos/ João Graça | Confecção. Ana Maria Sousa | Cenário. João Graça | Imagem. César Duarte | Produção. ANIMATEATRO.

 

“Mexa-se em Palmela”

 

Conheça as propostas do programa para fevereiro

 

       A Câmara Municipal de Palmela e os parceiros do programa de atividade física “Mexa-se em Palmela” reuniram, para o mês de fevereiro, um conjunto de propostas para os diversos públicos e graus de forma física. Mesmo no inverno, a prática de atividade física moderada e regular é essencial para a manutenção da saúde e da boa forma.

      Entre o yoga e as caminhadas pelo património natural do concelho, aceite as nossas sugestões, de participação gratuita, e “Mexa-se em Palmela”. Não fique parado, pela sua saúde. Informações através do telefone 21 233 66 36 ou do email desporto@cm-palmela.pt.

 

Dia 1 – 11h00/12h00 | Centro do Yoga de Quinta do Anjo

YOGA PARA CRIANÇAS

(3 aos 5 anos)

Inscrição: 212 880 445 / 967 253 848 / yogaquintadoanjo@gmail.com

Organização: Centro do Yoga de Quinta do Anjo

Apoio: Câmara Municipal de Palmela

 

Dia 6 – 18h30/20h00 | Centro do Yoga de Quinta do Anjo

YOGA PARA CRIANÇAS

(> 10 anos)

Inscrição: 212 880 445 / 967 253 848 / yogaquintadoanjo@gmail.com

Organização: Centro do Yoga de Quinta do Anjo

Apoio: Câmara Municipal de Palmela

 

Dia 10 – 18h00/19h30

Dia 11 – 10h00/11h00

Dia 12 – 19h30/21h00

Dia 13 – 17h30/18h30

Dia 14 – 19h00/21h00

Dia 15 – 11h00/12h30

Centro do Yoga de Quinta do Anjo

YOGA PARA NAMORADOS

Comemore o Dia dos Namorados de uma forma original e saudável: traga o(a) seu(sua) companheiro(a) e tenha direito a uma aula de Yoga grátis!

Inscrição: 212 880 445 / 967 253 848 / yogaquintadoanjo@gmail.com

Organização: Centro do Yoga de Quinta do Anjo

Apoio: Câmara Municipal de Palmela

 

Dia 15 – 9h00 | Junto ao Cemitério de Quinta do Anjo

CAMINHADA DESPORTIVA “SERRAS DO LOURO, S.FRANCISCO E QUINTA DO ANJO”

Distância: 11/12 km; Duração: 3h30

Destinatários: Alunos, Funcionários, Pais e outros

Inscrição prévia obrigatória através do email cde.23palmela@gmail.com

Organização: Grupo Equipa do Desporto Escolar do Agrupamento Vertical de Escolas de Palmela

Apoio: Câmara Municipal de Palmela

 

Dia 16 – 9h00

CAMINHADA DESPORTIVA “POR SERRAS DE CABANAS E QUINTA DO ANJO”

Grau de dificuldade III (I a V): Percurso médio com algum declive

Distância: 8 km; Duração: 3h

Destinatários: População em geral (a partir dos 6 anos)

Inscrição obrigatória e limitada a 100 participantes até às 16h00 de 14 de fevereiro, através de 21 233 66 36 ou desporto@cm-palmela.pt

A participação na caminhada implica a utilização de equipamento adequado à prática (calçado com rasto e apoio forte no calcanhar). Todos os pertences devem ser transportados numa pequena mochila.

Organização: Câmara Municipal de Palmela

 

 

"SÓ VISTO!" CELEBRA HERMAN JOSÉ - Domingo, às 14h15, na RTP1

Domingo, às 14h15, na RTP1



No momento da celebração dos 40 anos de carreira, o SóVisto! celebra este domingo HERMAN JOSÉ. O maior humorista português, que se estreou no dia 27 de Janeiro de 1974 no programa de Artur Agostinho “No Dia em Que Você Nasceu” na RTP, é o convidado de SÍLVIA ALBERTO para uma conversa a não perder onde  em onde passamos em revista uma carreira extraordinária.

TONY CARREIRA está hoje de regresso ao SóVisto! O cantor apresentou em Paris o seu álbum de duetos francês num showcase que não podíamos perder. E aproveitámos esta visita à capital francesa para passear e conversar com DAVID CARREIRA.

De regresso a Beirais, vamos este domingo saber como anda a Alzira. Fomos ao encontro de NOÉMIA COSTA e acompanhar um dia de trabalho da atriz que está de regresso todas as noites aos ecrãs da RTP na série de sucesso “Bem-Vindos a Beirais”.

Mas ainda há mais: fomos passar um dia com FERNANDO MENDES às gravações de “O PREÇO CERTO” e mostramos os bastidores do concurso de enorme sucesso da RTP.
 
"Só Visto!" - Domingo, às 14h15, na RTP1
 

Concerto | Rosemary Baby | 31 de Janeiro | 19H || ENTRADA GRATUITA

Concerto
Rosemary Baby
31 de Janeiro_19h00

Auditório Restart

 

------------------------------------------------------------------

A RESTART, Instituto de Criatividade Artes e Novas Tecnologias, vai receber esta Sexta-Feira, os Rosemary Baby.

Os Rosemary Baby nasceram em 2012, fruto da inspiração que veio de África, mais propriamente da Ilha do Príncipe em São Tomé, onde compuseram as primeiras canções.
Canções escritas por Bruno Rosmaninho, que passaram da guitarra em casa para o estúdio ainda em 2012, com a participação na compilação dos Novos Talentos Fnac, e para os concertos ao vivo com a estreia a acontecer no Teatro do Bairro em Novembro.

Dos Rosemary Baby fazem parte Bruno Rosmaninho na voz e guitarra, sendo este o seu primeiro trabalho musical, Afonso Lagarto dos Brass Wires Orquestra na guitarra, David Neto dos QUAISS KITIR e B!rd no Baixo, Johnny Dinamite dos Maltês na bateria.

Coisas da Vida, coisas do coração, alegrias e tristezas do dia a dia são as letras, em inglês simples, fáceis de ouvir e sem pretensões.

+Info:
Facebook

ANIMAÇÃO CULTURAL RESTART
ENTRADA LIVRE

 

 

INFORMAÇÕES
Telefone|
21.3609450
e-mail |
info@restart.pt


RESTART
Rua da Quinta do Almargem, nº 10
Belém

www.restart.pt

Nova criação do Teatro o Bando apresentada em Palmela

“Senhor Imaginário”

 

 

No âmbito do ciclo de programação “Vale dos Barris – Lugar de Espectáculo”, a decorrer no seu espaço sede, em Palmela, com o apoio da Câmara Municipal, o Teatro O Bando apresenta, nos dois primeiros fins de semana de fevereiro, a sua nova criação. ”Senhor Imaginário” é um monólogo, baseado em contos de Vergílio Ferreira, que nos revela Jeremias, um oleiro à escuta das «diminutas vozes que surgem entre classes desfavorecidas e classes trabalhadoras». Estreado em agosto e apresentado em itinerância, com passagem pelo World Stage Design em Cardiff, no País de Gales, “Senhor Imaginário” chega, pela primeira vez, à sede do Bando, em Palmela, com sessões nos dias 1, 2, 8 e 9 de fevereiro. Guilherme Noronha interpreta a peça, com encenação de Sara de Castro e João Brites.

          Até maio, esta programação proporcionará, nos primeiro e segundo fins de semana de cada mês (sábados – 21h00 e domingos – 17h00), produções próprias, estreias na sequência de residências artísticas e criações de grupos de todo o país, parceiros de uma rede informal que tem como objetivo a troca e a partilha. Aqui acontecem espetáculos de grande qualidade, desenvolvidos em palcos inusitados e espaços não convencionais.

           Mais informação e reservas em www.obando.pt ou através dos contactos geral@obando.pt ou 212336850.             

 

 

«Interposto entre a sua arte e a nação, um Oleiro está à escuta das vozes caladas, dessas diminutas vozes alternativas que surgem entre as classes desfavorecidas e classes trabalhadoras. Jeremias, que também é coveiro nas horas mais escuras, sorri sempre, enquanto interpela uma nação inteira, uma aldeia no cabo do mundo. Nascido dos contos de Vergílio Ferreira, este SENHOR IMAGINÁRIO viaja com a loja às costas, transportando a dúvida sobre o local onde deverá construir-se a fonte da aldeia e carregando a certeza sobre a grande razão que está por trás da sede de todas as nações. Afinal, todos sabemos que se não dermos mais voz às minorias, seguiremos sempre o mesmo rumo. Mas, ainda assim, hesitamos em gritar, mesmo quando o que está em causa é a defesa da soberania de um país emancipado.»

 

 

Monólogo desenvolvido a partir de “Auto da Purificação”

Baseado em contos de Vergílio Ferreira

Encenação | Sara de Castro e João Brites

Cenografia | João Brites

Oralidade | Teresa Lima

Figurinos | Clara Bento

Desenho de Luz | João Cáceres Alves e David Palma

Com Guilherme Noronha

Criação | Teatro O Bando

 

 

NÓS OS CHINESES - Amanhã, às 22h30, na RTP2

Amanhã, às 22h30, na RTP2



Amanhã, dia 30 de janeiro, é o início das comemorações do Novo Ano Chinês e a RTP2 emite o documentário "NÓS OS CHINESES". 
 
Um documentário que procura uma aproximação à comunidade chinesa a viver em Portugal e também um apelo à tolerância
 
Vidas em busca da fortuna. Este filme é uma aproximação à comunidade chinesa a viver em Portugal no qual se dá voz à experiência de ser Chinês neste país, às dificuldades, frustrações e espectativas. Embora estejamos muito perto e partilhemos o mesmo espaço territorial, a mesma sociedade, não nos conhecemos.
Vamos saber o que pensam dos portugueses, o que pensam deles próprios e como se sentem enquanto imigrantes em Portugal. É um documentário que procura conhecer e dar a conhecer, desmistificando e rompendo preconceitos, contribuindo para a aproximação e apelando ao diálogo cultural entre portugueses e chineses. É um apelo à tolerância.
 
Produção: Livremeio
Realização: Carlos Fraga
Portugal, 2013


Em virtude da exibição deste documentário o episódio desta semana da série Anatomia de Grey seja emitido, excecionalmente, às 23h30.

Chove em Barcelona I Só até Domingo nos Recreios da Amadora

Ainda não viu?
Apresse-se porque já só tem até Domingo!

Tradução: Anna Eremin

Encenação: Jorge Silva
Interpretação: Anna Eremin, João de Brito, Luís Barros        
M/16

Recreios da Amadora 

(Av.Santos Mattos, 2 | à estação da Cp)

Até 02 de Fevereiro  

(qua. a sab. 21h30 | Dom. 16h)


Sinopse: Chove em Barcelona. Chove no Bairro Raval, antigo bairro Chino, local onde uma mescla imensa de povos e culturas se cruzam. Chove no pequeno quarta de Lali, a prostituta, do chulo Carlos e de David, o cliente. Pessoas do Bairro a quem Pau Miró deu voz e transformou em personagens carregadas de sonhos e frustrações.

Bilhete: 10 € (sujeito a descontos). Reservas: 916648204/teatrodosaloes@sapo.pt


Mais info em 
www.facebook.com/teatro.dosaloes
Faça um LIKE e acompanhe o nosso trabalho.
 

Inaugurações simultâneas no Museu da Cidade | exposições de Gil Teixeira Lopes e Pedro Saraiva | 31 de janeiro às 18h30

O Pavilhão Preto do Museu da Cidade inaugura no próximo dia 31 de janeiro, pelas 18h30, a exposição Sopros de Vida, de Gil Teixeira Lopes. À mesma hora, no Pavilhão Branco, Pedro Saraiva inaugura Gabinete>Linfa.

 

 

Os dois pavilhões expositivos do Museu da Cidade apresentam, em simultâneo, duas exposições de dois artistas de diferentes gerações.

No Pavilhão Preto Sopros de Vida, de Gil Teixeira Lopes, é organizada pela Câmara Municipal de Lisboa em colaboração com as Juntas de Freguesia de Campo de Ourique e de Belém. Expõe cerca de 40 obras, entre telas de grandes dimensões e esculturas, de um artista que se notabilizou pelo seu trabalho não só na pintura mas também na gravura. Nascido em Mirandela em 1936, estudou na Escola Superior de Belas-Artes de Lisboa, onde terminou os estudos na década de 70, e onde viria a lecionar anos mais tarde. Para além da sua atividade como professor catedrático na FBAUL, Gil Teixeira Lopes desenvolveu uma multifacetada e intensa atividade artística, tendo realizado inúmeras exposições em Portugal e no estrangeiro.

A sua pintura reflete, como escreve António Costa Leal no texto do catálogo, “uma multiplicidade de métodos, de pesquisas, de inquietudes e de júbilos”, recuperando e reabilitando “no trabalho de criação e no estudo especulativo, os grandes paradigmas renascentistas.”

Paralelamente, à mesma hora, inaugura no Pavilhão Branco uma exposição de Pedro Saraiva intitulada Gabinete>Linfa. As caraterísticas dos projetos de Pedro Saraiva revêem-se, desde logo, no seu propósito experimental, no valor que o mesmo atribui à combinação de inúmeros meios e técnicas, a par de aturadas referências culturais que, no seu conjunto, permitem-nos desencadear uma profunda e introspetiva reflexão.

Na presente mostra, o autor construiu um "complexo dispositivo", uma "espécie" de jogo estabelecido a partir de atribuições de uma falsária, dos seus diários, e de um conjunto de personagens por ela inventado, onde explora incessantemente múltiplas e diferentes linguagens que, no caso, deambulam por entre a essência pictórica, escultórica e também pelo desenho. Pedro Saraiva é um dos artistas mais influentes da sua geração, expondo regularmente desde o início da década de 80.

 As exposições estão patentes até ao próximo dia 6 de abril, podendo ser visitadas de terça a domingo das 10h às 13h, e das 14h às 18h, encerrando aos feriados. A entrada é gratuita.